1. Spirit Fanfics >
  2. Perda De Sangue >
  3. O Ataque Do Filho Da Noite

História Perda De Sangue - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite,talvez eu não termine esse cap Hoje,mas se não der,tudo bem,complemento amanhã,Galeourus,sorry mas vou dar um spoilerzinho,AHM...CEM SABEM O THOMAS?......ENTÃOOOO,ELE VAI SER DESVIRGINADO NESSE CAPITULO.... se eu não terminar esse capitulo vou colocar "O CAP CONTINUA" caso estiver apena "CONTINUA" então o capitulo já chehou ao fim e.provavelmente amanhã eu lance mais um...ou dois...

Capítulo 9 - O Ataque Do Filho Da Noite


Fanfic / Fanfiction Perda De Sangue - Capítulo 9 - O Ataque Do Filho Da Noite

Uma festa,era tudo o que eles precisavam,Thomas ficou mais do que feliz,estava preparado para beijar e dessa vez não seria atrapalhado por nada e nem ninguém,não é todos os dias que se faz uma festa,então...ele tinha que se preparar,eles ainda estavam na arena de feitiços,Brnjamin avistou um livro roxo bem peculiar,era estranho e estranhamente chamava a sua atenção.

Benjamin-Oraculo,que livro é aquele?- Benjamin apontou até a estante de livros que estava atras do Oraculo,o mesmo,pegou o livro,limpou a poeira e as teias de aranha que estavam no livro,na capa frontal do livro tinha uma pedra azul,igual a do colar de Benjamin,o livro também era selado,uma pequena coluna fina de ferro ligada entre a capa frontal com a traseira,não havia fechadura ou algum mecanismo para abrir o livro,o Oraculo eentregou a Benjamin o livro,e como uma relampado as pedras do livro e do colar de Benjamin brilharam e apagaram,Benjamin não percebeu,mas o Oraculo sim,ele ficou fascinado,nunca tinha visto aquilo antes "Hum,interessante" disse o Oraculo,olhando para Benjamin,Emma,Eva e Thomas estavam conversando perto da porta da arena,não estavam prestando atencão no que Benjamin e Oraculo estavam fazendo...Benjamin ao colocar o livro na mesa sentiu um pequelo calafrio subir pelas costas,ele estigou sua mão esquerda e abriu o livro,sem mais nem menos,o selo havia se rompido,não havia mais trava,o livro estava aberto,o Oraculo...estava completamente perplexo,aquele selo tinha 6000 mil anos de idade,era mais velho que os primeiros "MALEFICIS" Benjamin não estava entendendo o que estava escrito no livro.

Oraculo percebeu que seria bom dar mais conhecimento aos meninos,então sussurrou um feitiço que fizesse efeito em Benjamin..

Oraculo- "LEGERE"- O Oraculo fez,o feitiço funcionou,Benjamin estava lendo,não demonstrou reação,surtou por dentro,mas estava calmo por fora,"Vamos Ben,a gente tem que se arrumar pra festa" Thomas chamou por Benjamin,"Eu posso levar o livro Oraculo?" Perguntou Benjamin e o Oraculo assentiu com a cabeça dando permissão,todos sairam,"Bom,até mais....eu acho" disse Léo indo para sua casa,Thomas e Benjamin se despidiram de Emma e Eva "Até mais meninas" Disse Thomas sorrindo,no caminho para a casa de Thomas,ele percebeu que Benjamin estava lendo um livro estranho desda hora que sairam da arena,Thomas tentou espiar o que era mas não conseguiu entender o que estava escrito então decidiu deixar pra lá,chegando na casa de Thomas,dentro da casa eles se depararm com seus pais saindo,iram viajar por alguns dias.

Mãe- Thomas,eu e seu pai iremos viajar,consegue ficar alguns dias com seu irmão Tod né filho?- Sua mãe foi bem serena,estava cansada,merecia muito aquela viajem,Thomas não queria ficar só com irmão em casa,mas seus pais mereciam,então suportaria sim o irmão.

Thomas- É claro mão,eu consigo sim,podem ir- Thomas também se lembrou da festa,como seu irmão não ligava para o bem estar dele,eles poderiam voltar a hora que quisessem "Estamos indo então,tenham juizo rapazes" e assim os pais de Thomas foram embora curtir a viajem,Thomas pegou no braço de Benjamin e o puxou para o seu quarto,fechou a porta encostou o amigo na parede,colou seus braços entre a cabeça de Benjamin e o trancou entre a parede e ele,Thomas estava animado então berrou na frente do amigo,"Nósss vaammmooossss aaa ffeeessttaaa" Thomas saiu de perto do amigo pegou uma toalha e foi para o banheiro,Benjamin ficou ofegante.

Benjamin-Puta...merda....mas que sensação é essa?..AARRHHH SAI DA MINHA CABEÇAAA....eu to cansado disso- Benjamin tinha ficado ofegante e quente,alem de corado sentia  como se seu coração fosse sair pela boca,esstava triste e com taiva de si mesmo,queria que quilo sumisse,se ele falasse para o amigo talvez isso fosse embora mas ele tinha muito medo....mas também não podia se permitir sentir aquilo...estava pronto,iria falar para o amigo,na festa,ele iria falar Na festa..."Toma,pode ir tomar banho" Disse Thomas entrando pelado no quarto e jogando a toalha na cabeça de Benjamin.....Meu deus,o coração de Benjamin iria estourar,não tinha mais cabimentos,tinha falar e rapido,mas queria falar na festa,Benjamin colocou o livro no criado mudo de Thomas e foi em direção ao banheiro,la ele tirou suas roupas,e tomou um belo banho,ao sair pegou roupas que havia esquecido a tempos na casa de Thomas,Uma calça jeans preta,uma blusa vermelha sangue,uma cueca preta,uma jaqueta jeans cinza,um tenis preto de cadarços brancos,se vestiu,estava pronto,pegou seu livro e voltou a ler ele.

Thomas,ja estava pronto,vestido com uma blusa azul escura,uma cueca vermelha,uma calça preta e sapatenis azul escuro,estava penteando seu cabelo,Benjamin estava na cama de Thomas,sentado e lendo com atenção um encantamento,na verdade era um feitiço de banimento com o titulo de "PEISÃO LUNA" Benjamin comentou.

Benjamin-Nossa,esse feitiço que estou estudando agora só precisa de um copo d'agua e a luz da lua,da pra acreditar?-Benjamin estava fascinado,mas Thomas estava pensando em mais coisas,em Emma,pra ser mais exato,queria ter uma relação com ela,queria ter mais que uma amizade platonica.

Thomas-Bem legal Ben,mas...você acha que eu tenho chances com a Emma?...seja honesto!?- Thomas foi bem serio em frente ao espelho,Benjamin parou de ler,aqui foi um baque para os dois,Thomas que estava apaixonado e sendo mal correspondido e Benjamin que amava secretamente o amigo e sofria internamente com aquilo....

Benjamin-Eu...bom,eu não sei Thom..você,sempre teve bons amigos e sempre foi extrovertido com as garotas...-Benjamin falou com um tom de voz fraco e manso,Thomas saiu do banheiro e ficou na porta,esperando o amigo complementar.

Benjamin-Mas,eu acho que sim,se não tentar não há respostas- Benjamin elevou seu tom de voz,Thomas estava pronto" Ta bom,vou tentar,é agora ou nunca,vamos Ben?" Chamou Thomas,Benjamin estava pronto,mas queria levar o livro,porem sabia que sria estranho,então tirou uma foto da pagina do feitiço de banimento e foram em rumo a festa,Thomas estava nervoso,Benjamin nem tanto,Benjamin notou a exteria do amigo,não sabia o por que de o amigo estar assim.

Benjamin- O que foi Thomas?- Thomas olhou para o amigo e respirou fundo,admitiu que estava nervoso"Eu estou com medo Ben e se a Emma me rejeitar?...e se..." Benjamin enterrompeu o amigo.

Benjamin- E SE,E SE....para Thom,ja chega,se você gosta dela,tem de falar isso a ela,mesmo se ela não gostar de você,o que valera a pena é se declarar,sua inimiga ela não vai virar,não tenha medo,seja prudente e direto-Benjamin aconselhou o amigo,que logo ficou com um alto astral,"Você tem rasão,nossa amigo muito obrigado"...Benjamin estava preplexo e furioso com si mesmo,o conselho que dára a seu amigo valeria mais para ele do que para Thomas,mas com uma voz fraca ele respondeu "DE NADA AMIGO..."...Thomas se sentia feliz,Benjamin estava certo,seus sentimentos valiam mais do que um simples relacionamento,se desse certo seguiria em frente,se desse errado,deixava pro lado,nossa como ele estava feliz..queria poder ajudar o amigo também,então teve uma brilhante ideia

Thomas- Eu vou arrumar a Eva pra você Ben,perder o BV é a prioridade,bom,além de termos que derrotar os filhos de "AZAOLIR" e termos destinos magicos...bom tirando tudo isso,perder o BV é a prioridade agora- Benjamin não se sentia bem com as decisõe do amigo,mas,beija uma pessoa,uma mulher,poderia retirar Thomas de sua cabeça,então ele assentiu com a cabeça,em questão de minutos ja estavam frente a casa,frente a festa,na porta foram barrados- QUEM SÃO VOCÊS DOIS?!- um Rapaz alto e negro perguntou na porta,"Somos colegas do Léo,ele nos convidou pra fest" Respondeu Benjamin com seriedade em sua voz,o rapaz os deixou entrar,logo avistaram Emma e Eva,estavam quietas em um sofa da sala de estar da casa,a festa estava boa,muitos jovens entrando e saindo,musica alta, o sol estava abaixando e a noite surgia...Thomas,Eva,Emma e Benjamin estavam conversando no sofá,logo chegou Léo.

Léo- Ei...otários,que bom que vieram,tem bebidas no balcão da cozinha,podem pegar é liberada aqui dentro,se divirtão e se quiserem fazer algo mais,sem os quartos la de cima- Léo foi franco e bem alto,o som estava alto também,Léo apontou para cima mostrando os quartos enquanto saia para curtir a festa,ele estava um pouco bebado,Thomas estava dando encima de Emma,Eva e Benjamin estavam com muito tedio,Benjamin nunca havia bebido alcool na vida,queria esperimentar,levantou-se e foi até a cozinha para pegar algumas bebidas para ele e o pessoal,na cozinha,duas meninas estavam olhando pela janela para a parte de fora de tras casa,"Eu vi alguma coisa la fora,vai la ver ANA" disseram as meninas para uma amiga delas,uma jovem ruiva,ela saiu para investigar,Benjamin saiu da cozinha voltando para onde seus amigos estavam,"SÓ PODEM ESTAR BEBADAS" pensou Benjamin,ele chegou com 4 garras de cerveja,ofereceu e todos pegaram,abriram e tomaram,todos cuspiram fora..."WWHUAAAARR É HORRIVEL,QUE GOSTO HORRIVEL" disseram Eva e Emma,Thomas deixou a garrafa de lado,Benjamin tentou tomar de novo,mas não conseguiu,não se acostumou com o gosto,Emma se levantou e foi ao banheiro com Eva,Thomas se sentia confiante,queria pegar Emma e beija-la,mas também queria que o amigo beija-se Eva.

Thomas-Eu vou beijar a Emma,eu duvido você beijar a Eva!?-Benjamin não se sentiu confiante como o amigo

Benjamin- Ahm,eu não sei Thom,eu acho que não é uma boa ideia-Benjamin queria beijar alguém,mas seus sentimentos fortes pelo amigo o faziam girar em seus pensamentos.

Thomas- Qual é?!...ta com medo amigo?...não tem coragem?-Benjamin se sentiu com raiva,medo? Talvez mas sem coragem,isso já estava fora de cogitações "EU NÃO ESTOU COM MEDO,EU TENHO CORAGEM SIM" Disse Benjamin com muita rava e segurança em sua voz "Ah é,então prova,ali,elas estão vindo" Thomas desafiou o amigo,Eva e Emmas estavam voltando do banheiro,Benjamin se levantou e foi em direção a elas,chegando em Eva ele disse " EU QUERO BEIJAR VOCÊ" Eva não entendeu,mas queria muito perder o BV também e sem mais nem menos ela respondeu"Eu também quero te beijar" Benjamin chegou o seu rosto ao dela e deu-a um selinho,pegou passagem com sua lingua e deu inicio ao beijo,ali já não era mais ele,ele se sentia em outro universo,era bom,era molhado e gostoso,se sentia nas nuvens.Eva se sentia muito bem,era como se o mundo tivesse sumido,ela sentia algo gostoso,era como se ela estivesse em um rio,era guada pela lingua de Beijamin.Enquanto Beijamin beijava na boca e perdia o BV,no outro lado da sala,no sofá Thomas estava absmado,não acreditava que Benjamin faria mesmo,estava feliz pelo seu amigo,então Thomas se levantou e foi em reta de Emma "Vamos se pegar tambem?" Thomas foi direto e reto com Emma.

Emma- Não,vamos fazer algo mais....elevado...venha comigo-Emma foi guiando Thomas para o outro andar da casa,o andar dos quartos,chegando lá,entraram em um quarto e começaram a se beijar,Thomas nunca tinha sentido algo tão gostoso em sua vida,queria mais,o beijo foi pouco,queria muito mais,Emma Tambem queria mais,queria algo mais picante,tirou a blusa de Thomas,e ele a blusa dela,eles estavam entrando em uma dança sexual,elevando seus sentimentos e deixando o momento levar.Quando ja estavam sem ar,Benjamin e Eva pararam de se beijar,se olharam com vergonha,Benjamin olhou para tras e não via mais Thomas nem Eva via a Emma, "Vou procurar o Thomas" disse Benjamin," E eu a Emma" Disse Eva,Benjamin saiu pela porta da frente"Com licença,ai,desculpa...ahm..licença,obrigado" disse Benjamin ao desviar dos adolescentes que estavam bebendo e cantando e se pegando na porta de entrada da casa,Benjamin não via Thomas do lado de fora da casa,ele estava tão fraco mentalmente,queria dizer ao amigo tudo o que ele sentia,o beijo foi bom,mas ele não sentiu praser,ou sentimentos amais por Eva como sentia por Thomas,do lado de tras da casa um barulho meio alto,um pouco mais alto que a musica,foi soado,Benjamin foi investigar,poderia ser seu amigo.

Enquanto caminhava para tras da casa,abriu a potinha da cerca e depois a fechou,estranhou,não tinha passagem de pssoas atras da casa,não tinha o vai e vem como tinha na frente,ao caminhar para a parte de tras da casa,no meio do caminho sentiu um cheiro de carne podre e sangue,era o mesmo cheiro da besta que tinha visto diad atras no beco...não pode ser...a fera estaria ali?,na festa cheia de gente?...não,era delirio,pensou Benjamin,continuou caminhando,mas paralisou-se ao ouvir um rosnado,"MEU DEUS,NÃO PODE SER" pensou Benjamin com toda a certeza era um ser maligno,o cheiro de carne podre e sangue,benjamin se encostou na lateral da casa e foi se aproximando lentamente,no fim da parede ele olhou bem de vagar,colocando apenas uma pequena parte da cabeça para dar uma olhada,Não era uma "Besta" era um "DEMONIO",um ser Humanoide com asas rasgadas e medias,fedia de lonje,Benjamin ficou apavorado,a Criatura estava devorando um ser Humano,uma garota ruiva,não demorou muito e Benjamin raciocinou,era "ANA" a amiga das bebadas,o Demonia comia com voracidade as viceras da jovem,mordia como um animal,sua mandibola era enome,seus dentes era grandes e fortes o bastante para quebrar um braço em uma unica mordida...Benjamin andou lemtamente para tras,precisava sair dali,chamar ajuda,talvez Emma,Eva,Thomas e Léo pudessem ajudar,Benjamin saiu pelo portãozinho da cerca com muito silencio e cuidado,chegando na frente da casa entrou,procurou por Thomas,"THOMAAASS,THOOOMM....EVVVAAA...LÉÉÉOO" ele berrou,mas ninguém respondia,havia uma multidão la dentro,era como pegar uma agulha no palheiro,mas na sala,usando um nrguilê ele avistou Léo,foi até ele.

Benjamin- Léo,rapido,eu preciso de ajuda,onde esta Thomas? O-ou a Eva,ou a Emma?- Léo estranhou a voracidade do garoto,oulhos para os lados,se levantou e levou Benjamin até a cozinha

Léo- O que foi? Alguém quer te bater?,me fala quem é que eu e meus amigos damos um jeito- Benjamin esta mais preocupado com o demonio do que com qualquer outro problema imaginario.

Benjamin- Não,Léo,la fora,na parte de tras da casa,tem um "Demonio" devorando uma garota,sério- Léo foi em reta da janela da cozinha,olhou bem para fora,não  consegui ver direito,mas bem para o lado esquerdo da casa conseguiu ver uma calda preta com ponta de lança,seguiu de onde a calda vinha,e com muita força nos olhos,viu o demonio de longe devorando algo,com pressa fechou as cortinas da janela da casa,o demonio sentiu a auxencia de luz,e logo correu até a porta da cozinha,estava aberta,Benjamin avistou o demonio correndo em alta velocidade,ele era enorme,auase dois metros,estava nu,não tinha pelos,era estranho,não batia asas mas ainda assim era horrendo,Benjamin fechou a porta segundos antes dele chegar nela,Léo ficu junto com ele pra segurar a porta"Cade os seus amigos BENJAMIN?" Perguntou Léo com alto tom" EU NÃO SEI ,ERA PARA ELES ESTAREM AQUI" disse Benjamin,a festa ainda estava rolando,todos despreocupados,dança,drogas,sexo e musica ainda rolavam na casa,mas em um relance de segundos Eva estrou na cozinha em busca de Emma,mas encontrou Benjamin e Léo segurando a porta com seus corpos,o demonio batia e empurrava verozmente,como um animal enjaolado,ele rugia e berrava," o que è isso" Perguntou Eva com estranhamento na voz...

O CAP CONTINUA....


Notas Finais


Gente,meu celular esta descarregando,amanha pela faixa da tarde postarei o resto bjs vlw flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...