1. Spirit Fanfics >
  2. Perdão >
  3. Diversio(7)

História Perdão - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Diversio(7)


Frances : oque achou?.

Isadora : adorei.

Frances : estou me desculpando pelo meu pai.

Isadora : já passou.

Frances : sei que estar triste ,e não gosto de te ver assim.

Isadora : é que nossos filhos tem nossos brinquedos e nem nasceram e meu subrinho também e O pequeno Samuel não tem nenhum.

Frances : então podemos comprar presentes para ele ,aquele menino não tem nada haver com oque aconteceu com vocês dois no passado .

Isadora : não precisa se preucupar com ele ,eu não o amo e nem confio nele ele é covarde eu duvido muito que aquilo na cara de Iracema tenha sido uma queda no chão .

Frances : se quiser que eu o demita e só falar.

Isadora : sei,mas sei também como é dificio uma pessoa de cor como nós arrumar emprego com filhos.

Frances : você não é negra.

Isadora : mas me considero uma  porque sou filha de uma e me orgulho disso ,posso ser Clara mas tenho raiz negra.

Ela passou a mão em seus cabelos ondulados.

Frances : e você não sabe como eu amo seu cabelo.

  A semana  passou . E o médico revelou que o bebê se tratava de um menino.

Passou se uns dias e a decoradora decorou os quartos.

Era um dia de manhã depois do café ele levou ela até o quarto do pequeno Enrrico .

Frances : já pode abrir olho meu amor.

Ela abriu e viu o quarto todo lindo .

Frances : gostou.

Isadora : eu adorei.

Frances : espera até ver da Isabel.

  Ele a levou.

Isabel : que gracinha.

Frances : gostou ?.

Isadora : muito.

Ela o beijou.

Isadora : você é demais .

Frances a levou ao quarto do lado e mostrou um quartinho.

Isadora : e esse quarto ?.

Frances : esse é do Samuel , ele também vai ser como se fosse o nosso filho.

Isadora : o amor você é muito  bom.

Ela o abraçou.

Frances : você ficando feliz já me deixa também.

Isadora : já que me agradou eu também o quero agradar .

Frances : Então deixe-me ,calvagar com os outros fazendeiros hoje.

Isadora : tabom.

Ela o beijou e ele foi.

Isadora chamou Iracema .

E mostrou a surpreza.

Iracema : nossa senhora ,você é muito boa.

Isadora : não ,vocês merecem,ele continua te batendo?.

Iracema : as vezes.

Isadora : quando quiser dormir em outro quarto me fala que eu mandarei imediatamente.

Iracema : ele tem razão de gostar tanto de você.

Isabel : mas eu não o amo ,estou muito feliz ainda mas com a chegada de Henrrico.

Iracema : Queria que meu casamento fosse feliz como a sua.

Isadora : eu vou te ajudar , a conquistar seu marido.

Iracema : não adianta ele nunca vai gostar.

Isadora : vou te ajudar você vai ver.

Iracema : por que você quer me ajudar.

Isadora : por que já fui como você e eu sei que você vai utrapassar varias barreiras como eu ultrapassei  só precisa de ajuda como eu tive de uma pessoa que acreditou em mim.

Iracema : e essa pessoa é o Senhor Frances.

Isadora : foi e acredita em mim até hoje ,e eu confio em você.

Iracema : obrigada ,por tudo e eu vou me dedicar a ser ajudada.

Isadora : e eu vou ajuda-la.

Isadora : amanhã começa-remos .

Iracema : oque eu faço enquanto isso?.

Isadora : se faz de dificio e caso ele tente algo que você não queira ou ele tente te bater mude de quarto aja diferente .

Iracema : sim senhora.

Isadora : me chame de você.

Iracema : desculpe você.

Isadora : ai agora vamos ,quero mostrar o quarto dos meus bebês.

Elas foram.

Depois quando Frances chegou ela foi se deitar com ele.

Iracema : vamos Samuel ,dormir no seu quartinho.

André : você não vai.

Iracema : você não manda em min.

André : mando sim enquanto estivemos unidos por Deus.

Iracema : e des de quando você liga para isso.

André : se você não ficar você vai ver.

Iracema : me bate é isso que quer fazer covarde,mas sabe qual é não tenho mas medo de você e nunca mas vou ter.

Ela foi e levou o menino para seu quarto ele já dormia em seu colo pos em sua caminha.

Iracema foi para seu quarto separado do de André.

E ele foi atrás e a bateu e bateu muito.

André : isso é para você me obedecer e agora você vai fazer isso.

Iracema : agora você arrumou um problema para sua vida.

Ela gritou por severino que o tirou do quarto.

Ela foi dormir depois que as meninas ajudaram com as feridas.

Carla acordou isadora que foi desisperada atrás de Iracema.

Ela a acordou e a fez carrinho.

Isadora : ele vai pagar.

Iracema : não quero mas ficar com um cara assim,que não me dá valor mas eu sei que não posso me livrar dele e sou únida a ele para sempre condenada a viver com esse mostro.

Isadora : Você quer se separar dele ,tem certeza disso?.

Iracema : tenho.

Isadora : então vou fazer isso,enventaram o divorsio agora e você pode fazer isso,o ruim é que você vai ter que fazer ele assinar o papel.

Iracema : me ajuda por favor não quero mas viver assim mereço ser feliz.

Depois disso passou se uns dias e iracema teve um banho de loja cabelo,unha sambrancelha foi tudo renovado.

Iracema : não sei como agradecer tudo oque anda fazendo comigo.

Isadora : sendo feliz.

Severino apareceu na sala e deu um boque de flores para ela.

Severino : essas são as que olhei e me fizeram pensar em você.

Iracema : obrigada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...