1. Spirit Fanfics >
  2. Perdicão Uchila - Madasaku >
  3. Êxtase, Tentativa de fuga e consciência

História Perdicão Uchila - Madasaku - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olha o pãozão quentinho, quer dizer o capítulo rsrs...

Capítulo 2 - Êxtase, Tentativa de fuga e consciência


Fanfic / Fanfiction Perdicão Uchila - Madasaku - Capítulo 2 - Êxtase, Tentativa de fuga e consciência

- Ohh Deus por favor estou tão perto , me deixe chegar até lá antes de acordar, oh por favor, nunca te pedi nada, isso madara, porra , ahhh, ele me estocava com força, eu o sentia inteiro em minha, revirei os olhos quando ele segurou meu quadril e passou a arremete com força e precisão em mim, senti meu corpo tremer, um calafrios passou por meu corpo.

- estava tão louco para te ter pra mim, quero você Sakura, seja minha, só minha- falou entrando em mim com força, ahhh gemi sentindo que estava entrando em um território desconhecido pra mim.

- ma da ra- gemi

- isso meu amor, deixe vir , tenho certeza que aquele moleque nunca se preocupou em lhe dar isso hum, assim, seu corpo esta desesperado para chegar aonde jamais chegou sakura, seu corpo me reconhece como seu dono, isso ,calma amor estou com você, só eu te darei isso, goze Sakura, goze mais uma vez, goze verdadeiramente pra mim amor- falou e senti meus sentidos ampliados, parecia que até seu toque fazia parte do que eu precisava para vir, jamais havia entrado num osgasmo desse, intenso, até a dor me dava prazer , estava totalmente imersa naquilo me perdendo gradativamente, todo e qualquer resistência se foi, meu corpo não lutava contra o prazer, eu recebia e aceitava o prazer, virei um massa manobrada deliciosamente por ele, já não sabia mais respirar, nem tinha certeza se estava viva, não tinha mais voz, minha mente não sabia mais trabalhar, meu corpo havia delegado diversas funções para sentir apenas o prazer, além de gostoso o homem sabia o que fazia, sorri ao entrar a luz que não imaginei que existia, sentia ele segurar meu corpo com força contra o dele, e ele gemia alto enquanto estocava com uma força que não imagina que existia, não estava mais conseguindo me segurar nele, depois de todo meu corpo grudar no dele como se fosse morrer, meu corpo aceitou aquilo como bom e eu o recebia, sentindo que talvez eu morreria ali, e a morte mais linda, de prazer nos braços do homem que sempre quis, senti meu corpo ainda tremendo, ele entrou ainda mais forte e gozou em mim, senti seus braços fortes me agarrando, me sugando com força, até parece que iria fugir daqui, tô quase sem consciência depois de tudo que acabei de encontrar, ainda respirava com dificuldade, senti beijos quentes e salgados em minha boca, não é possível que ele estivesse chorando, não conseguia abrir os olhos, meu corpo ainda precisa aproveitar os resquícios de prazer que estava ali.

- amo você Sakura, amo você- ouvi ele falar, queria reponde-lo , mais não consegui, queria dizer que também sentia amor por ele.

Acordei um tempo depois ,olhei ao redor, puta que pariu fui sequestrada pensei , estava vestida com uma camisa masculina, como pode eu dormi em algum lugar e fui sequestrada, não estava sonhando com nada decente, assim que levantei senti minha intimidade arder , puta que pariu, Deus por favor não me diz que alguém abusou de mim, comecei a andar com calma até ir vi uma foto, era madara e outro homem, esses Homens são todos gostosos desse jeito minha gente, caralho, segui devagar e meu plano era dar o fora mesmo,senti que estava sem calcinha, mais ainda estava de saia e uma camisa masculina, comecei a rastrear a cozinha pelo cheiro, cheguei lá e vi um homem de costa, estava com um calção e só, não se distraía com gostosos sakura, comecei a andar para trás em direção a saída e assim que iria girar a maçaneta, o outro homem da foto entrou e me pegou no flagra.

- Boa tarde linda Flor!- falou e senti o cara cozinha se aproximar

- Boa tarde irmão, tudo bem e que cheiro maravilhoso e já quero, fez para mim ou foi só para a visita fujona ?

- oi izuna, não imaginei que chegasse a essa hora, mais fiz o suficiente-falou

- aliás Sakura esse é meu irmão mais novo izuna- falou e apertei a mão dele

- Você é o que do meu irmão, ele nunca trouxe mulher aqui?-perguntou izuna

- Ex aluna- respondi

- mais não é só isso maninho, ela é minha namorada- falou e eu me engasguei com o ar ou com a vida não sei.

- e por que sua namorada estaria fugindo de você- perguntou

- não sei, ela tem mania de fugir, principalmente de mim- falou

- Ela sabe que é sua namorada, ela está parecendo assustada!- falou izuna

- Vem vamos comer- madara segurou em minha mão e fomos para cozinha, depois de respirar diversas vezes e tentar me segurar a alguma realidade.

- como cheguei aqui mesmo, sei lá só para eu entender- perguntei

- Não vou te responder agora, talvez depois que você se alimentar bem e repor as forças, se hidratar e descansar mais um pouco, aliás você não tem descansado direito né meu amor- falou e eu só posso estar numa realidade paralela.

A comida estava maravilhosa, ainda me assustava cada vez que sentia sua mão em minha perna , quase engasguei na primeira vez , muito realidade paralela, tentei ajuda- los com a limpeza mais madara mandou o izuna limpar e ele foi de boa, que sonho de pessoa, ele me carregou para a sala e perguntou como eu estava e eu como sempre respondi.

- Estou esperando a primeira oportunidade para sair correndo eu acho- falei e madara riu

- Vou esconder todas as chaves então- respondeu bem sério

- Sei que começamos de uma forma estranha sakura, mais não vou deixar você fugir de mim, não de novo, e não vou deixar nenhum idiota com terceiras intenções se aproximar de você, eu jamais amei alguém na vida assim, mais não deixarei ninguém tira- lá de mim- falou e eu sorri

- muito obrigado mesmo madara, por onde eu saio mesmo – perguntei

- Você não sente nada por mim sakura, você quer mesmo ficar sendo feito de trouxa por um idiota, eu eu amo você, não vou mais permitir mais isso e sei que pelo menos prazer eu posso te dar- falou

- não, não, e não, olha só, eu gosto de você, gosto muito , tipo demais, mais não aceito relacionamento dessa forma, não sou um brinquedo- falei

- Eu só quero te proteger- falou seco

- madara eu acho que amo você, eu não gosto do seu parente idiota a muito tempo e aliás é ele que tem vindo atrás de mim, mais se vamos fazer isso dar certo teremos que conversar muito!- falei

-hum...posso te convencer de outras formas- falou adentrando com a mão por debaixo da minha saia

- ma ma ma dara o que você está fazendo?- perguntei me sentindo excitada com aquilo

- buscando um acordo-falou enfiando dois dedos em mim, estava sensível

- oh não faça isso estou sensível- falei

- é claro que está estávamos sedentos na nossa primeira vez juntos, eu também estou , mais já quero mais Sakura, sempre fico tão duro perto de você, sinta, estou tão duro que dói- falou colocando minha mão sobre sua ereção , gemi e me joguei em cima dele, chupei os dedos que estava dentro de mim e o vi gemer.

- caralho Sakura, não fode minha mente mulher- falou e me esfreguei sobre sua ereção, ele me pegou no colo e me levou para seu quarto, aonde iniciamos um sexo intenso, ele se arremetia forte , me arrancando gemidos, murmúrios e quase gritos, Deus que homem é esse, naquela noite tive meu corpo esfregado vagarosamente e fodemos com calma na banheira.

Ino me infernizou pois me ligou e eu não atendi, madara depois de me deixar em casa, madara passou a vir me ver, e trasavamos que nem coelhos , acordar com ele me fazia acreditar que aquilo agora fazia parte da minha realidade , acordar em seus braços, ter seu perfume impregnado em cada roupa minha, as vezes ia casa dele e izuna me chamava de fujona, em uma das vezes que saímos para jantar vi madara imobilizar sasuke e o deixar finalizado no restaurante depois de um mata leão, as vezes ele é ciumento , mais com muita conversa e sexo nos entendemos, seguimos nossas vidas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...