1. Spirit Fanfics >
  2. Perdida no Passado >
  3. Bruxas

História Perdida no Passado - Capítulo 12


Escrita por: YoominDu

Capítulo 12 - Bruxas


Fanfic / Fanfiction Perdida no Passado - Capítulo 12 - Bruxas

P.O.V.: S/N

Acordo e sinto o cheiro do café da manhã, ao olhar para fora da janela vejo todos meninos conversando e se divertindo. Vejo que conseguiram alguns lanches e saio, me contaram como roubaram uma casa longe daí. Dei risada mesmo sabendo que é errado isso, mas no lugar deles não devo julgar.

Nam me puxa até atrás da casa e sorri ao ver eu ainda usando o anel que o mesmo me deu, e me encosta na parede de madeira me beijando. Eu retribui apesar de surpresa e o mesmo começa a levantar meu vestido. 

Apesar de saber que do outro lado da casa havia seus amigos eu não ousei parar seu ato, sua mãos acariciava minhas coxas me causando calafrios sempre que chegava perto a minha intimidade, sua boca estava brincando com mordidas e chupões em meu pescoço. Estava entregue e sem chão. 

Namjoon - Ei preciso de você. 

Ele sussurra em meu ouvido me fazendo delirar e acariciar seus cabelos. Logo ele se abaixa e se põe abaixo do meu vestido logo passando sua língua por minha intimidade me fazendo tremer um pouco a estrutura. Logo começa a me chupar e acariciar a região com seus dedos ágeis e preciso segurar minha boca com minha mãos esquerda para não fazer barulho auto enquanto segurava na parede com minha mão direita.

Ele brincou por um bom tempo até que eu não aguentei mais ficar de pé e cedi ao chão. Ele me segurou e logo abaixou suas calças, seu membro duro saltou para fora, ele me ergueu no seu colo e eu ajudei a encaixar seu membro em minha intimidade soltando um gemido sem querer ao senti-lo.

O mesmo para e sorri ao ver eu corar por ter feito barulho, mas logo começa a me mover para cima e para baixo e vejo seus olhos reviverem. Ele me encaixa na parede e começa as estocadas mais rápidas e fundas, o mesmo segura sua mão em minha boca agora para que eu não faça mais barulho, eu estava completamente em transe quando finalmente gozemos e ele se senta no chão comigo ainda em seu colo.

Eu mal conseguia ficar de pé e ao escutar passos ele se vestiu rápido e eu abaixei meu vestido e escondi meu rosto em seu peito. Escutei a voz logo reconhecido Jungkook.

Jungkook - Achei vocês. Pensei que tinham fugido. Bom, vou urinar aí do outro lado então. 

O mesmo passa pra nós e sorrimos por ele não ter percebido nada. Namjoon acaricia meus cabelos e eu me permito fechar meus olhos confortável com o carinho que ganho.

Depois de curtir a grama fresca da manhã nos levantamos e os meninos falam que encontraram um rio para tomar banho, e que faltava só nós dois agora. Fomos então pelo caminho que eles ditaram e logo pudemos ouvir o som da água e mais a frente a água cristalina. 

Olho para ele que sorri de sinaliza para mim ir na frente. Eu aceito seu cavalheirismo e tiro a roupa, corro e pulo na água. E essa foi a piro coisa que já fiz, pois a água estava gelada. 

S/N - Desgraçado porque não me avisou?

Ele começa a rir e se senta no chão. 

Namjoon - Como não sabia disso? Para alguém do futuro tá bem "desatualizada" né?

A ele me paga por essa. Eu saio da água e corro o puxando para dentro, lógico que não daria certo e ele me joga de volta na água. Mas eu sou esperta e fico submersa fingindo ter me machucado e ele pula com roupa e tudo na água para me pegar.

O mesmo me puxa para a superfície e quando saímos eu expiro água que enchi nas bochechas na cara dele. Vejo seu olhar decepcionado por ter acreditado em mim e ele sorri comigo. 

Namjoon - Preciso me lembrar que você é esperta e sabe se cuidar bem.

Ele tira a roupa molhada e joga na superfície fazendo um estouro pelo peso da água. Logo se vira para mim e me puxa para um abraço e um beijo delicado.

Nos limpamos e antes de sair ele me pega em seu colo e me abraça, dessa vez foi diferente, era como se ele precisasse daquilo, encostava sua cabeça no início do meu peito e abaixo do meu pescoço. Abracei ele forte.

Namjoon - Me promete de verdade que assim que puder você voltará para sua casa sem pensar em ninguém aqui? 

Fico em silêncio e me solto dele saindo da água, ele vem atrás e nos vestimos.

Namjoon - S/N... Me responda. 

S/N - Prometo que quando eu puder irei embora.

Namjoon - Mesmo se estivermos em perigo?

S/N - Nam...

Ele se aproxima e segura minhas mãos. 

Namjoon - Por favor.

Não consigo dizer não para este homem e concordo o abraçando, ele me põe em suas costas para me levar de volta e aproveito para dormir um pouco.


× × ×


P.O.V.: Jennie 

Me aproximo do jovem príncipe adormecido e acaricio seu rosto o fazendo acordar assustado. Ele se afasta ao me ver e percebe que está preso com uma corrente em seus pulsos.

Jennie - Bom dia fofo!

Taehyung - Não me chame assim.

Jennie - Ok fofinho.

Vejo ele fechar a cara bravo, me aproximo novamente dele desta vez de joelhos e levanto seu pescoço, seu ferimento estava curado já, que alívio. Rose perde o controle muito rápido as vezes e quase matou esse menino ontem sabendo que a gente precisa dele.

Jennie - Você ficará bem Taehyung, só por favor, não tente questionar as ordens de Rose, ela pode te machucar pra valer da próxima vez.

Taehyung - O que querem de mim? 

Jennie - Um filho.

Vejo ele me olhar assutado e dou risada, me levanto quando vejo Lisa entrando. Ela tirou o capuz e encarrou Tae seria.

Jennie - Achou as duas? 

Lisa - Jisoo ainda tá ocupada com aquela velha bruxa, parece que ela precisou parar ajuda uma moça a soltar seus amigos de uma emboscada. Parece que o príncipe aí entregou as pessoas que confiaram nele.

Taehyung - Não fui eu.

Lisa - Cala a boca. 

Minha irmã não tem modos, penso isso colocando as mãos na cintura encarrando ela seria.

Lisa - Desculpa, é que pelo que entendi era o seu exército especial atacando eles. Não faz sentido dizer que não foi você. 

Bom, pelo menos ela ainda tem senso.

Jennie - E Rose?

Lisa - Essa é mistério. Depois que deixou o príncipe aqui sumiu. Mas quanto ao incêndio na vila eu encontrei a marca dela lá. 

Jennie - Que droga.

Nos últimos anos Rose teve problemas em superar a morte de nossa mãe e as vezes ela perde o controle dos seus poderes, e como seu elemento é fogo o resultado é sempre trágico.

Jennie - Preciso achar ela antes de ter mais vítimas, bom, ele já tá curado bem, cuida dele Lisa, eu vou sair.

Lisa - Eu não quero!

Ela resmunga e eu saio sem dar atenção, ela iria cuidar bem dele eu sei. Vou em direção a mata e uso meu meus sentidos e sinto uma vibração estranha vindo do rio. Ao me aproximar vejo um casal na água. 

Fico escondida e observo a moça, ela... Ela tinha uma energia diferente, era como se fosse avançada de algum modo... sensação estranha ao ver ela. Vejo os dois saindo e me abaixo para não ser vista. Ambos se abraçam e depois ele a leva no colo para longe. 

Respiro aliviada de não ter sido vista, mas aquela moça me intrigou demais, quando tiver mais tempo irei atrás Dela. Sigo novamente meu caminho e vou na direção das montanhas, geralmente eu sento ela sempre próxima a essa região, mas dessa vez eu não sinto nada de Rose.

Ao chegar no pé na montanha vejo marcas de sangue, sigo elas já sabendo aonde me levariam... e lá estava Rose caída sem roupa e toda machucada, a mesma se encontrava desmaiada.

Me aproximo e jogo a capa que trouxe junto comigo em cima dela e a acordo, ela se senta ainda confusa e parece estar com frio. Levanto ela e ajudo a mesma a andar, seguimos de volta para casa.

Chegando lá vejo Lisa sentada com Taehyung na mesa... Ela soltou ele?

Jennie - O que tá acontecendo aqui? 

Os dois me olham surpresos.

Lisa - Eu não ia dar comida na boca dele!

Vejo que ela o amarrou pelo pé e suspiro aliviada. Por um momento pensei que ela o tivesse soltado de verdade. Entro com Rose e a levo para o quarto. Deito ela na cama e vejo Jisoo aparecer.

Jennie - Voltou!

Abraço ela. Se não for ela me ajudar a cuidar dessas duas não sei o que faria.

Jisoo - a velha bruxa fugiu de novo. Ela tá ainda fazendo aquilo sabe. Trazendo pessoas do futuro e do passado pra cá.

Jennie - Ela vive no lugar deles e depois some sem mandar eles de volta. Típico daquela bruxa. 

Jisoo - Ela não manda porque ninguém fica vivo até lá, mas.... Vamos lá fora conversar. 

Saímos e deixo Rose dormindo ainda. Saio e faço sinal pra Lisa ficar de olho no príncipe e ela faz cara de tédio. Não a julgo, ela mal cresceu.

Chegando do lado de fora sentamos em um banco sob a sombra de uma árvore. 

Jisoo - Parece que da última vez ela foi pro futuro e trouxe uma moça pra cá e pra bem perto se nós, só que a moça ainda tá viva!

Jennie - Sério? 

Ela concorda e fico feliz por algum motivo.

Jisoo - Mas eu não consigo encontrar ela, essa menina devia ser bem diferente de todos, porém acredito que ela soube se adaptar ao nosso tempo e tá vivendo em busca de uma forma de voltar.

Jennie - Ela nos procurará, e quando ao motivo da velha bruxa? 

Jisoo - Então. Parece que o filho perdido dela reencarnou, e ela tá desesperada atrás do filho, mas ela não sabem o tempo que ele nasceu...

Entendo a situação, mas ela faz uma bagunça na vida de tantas pessoas, ela não precisa ocupar o lugar de ninguém, é como se ela quisesse se sentir numa família, afinal ela ja viveu sozinha pra tanto tempo. Mas é impossível chegarmos perto dela.

Respiro fundo, acredito que a moça que ainda sobrevive aqui irá procurar ajuda de bruxas para voltar ao seu tempo. Espero que em breve nos encontremos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...