1. Spirit Fanfics >
  2. Perdido em Busan (Taeyoonseok) >
  3. Arrependimento da traição

História Perdido em Busan (Taeyoonseok) - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Arrependimento da traição




Yoongi foi o primeiro a acordar; ele estava se levantando aos poucos sentindo uma dor de cabeça. Ele se sentou na cama preste a se levantar por completo, mas ele pegou um susto ao perceber Taehyung ao seu lado ainda dormido. Yoongi ficou sem reação, pensando que tudo aquilo não passa -se de um sonho, não acreditando que traiu o seu marido com o Taehyung.


---- Não acredito. ---- Yoongi dizia pasmo.



Ele se levantou e saiu do quarto para tentar esquecer, e, talvez, saindo de la poderia fazer com que Taehyung não se lembrasse do momento passado. Mas quando foi sair viu Taehyung acordando, completamente nu como Yoongi, apenas com um lençol cobrindo o seu membro. Tae ficou um pouco sem entender por causa que tinha acabado de acordar, mas quando sua memória voltava, também se assustou.



---- Yo...Yoongi?! Ah... desculpa por ontem...Eu...ah, não queria fazer isso com você. Me desculpe. ---- Taehyung estava sem jeito, constrangido por ter dormindo com um pessoa casada. Ele tentava se desculpar, porém não conseguia. Mas afinal, como tentar pedir desculpas para o outro se não perdoou si mesmo? Não é mesmo? Pois então, era isso que Tae sentia no momento.


---- Tae, eu também tive culpa. Não se culpe somente você, pois...Eu também errei. Mas vamos esquecer isso e nunca mais tocar no assunto. ---- Ele saiu de presa indo para a cozinha.



Taehyung ainda ficou ali: pasmo, confuso, odiando si mesmo, não acreditando no que fez e se culpando. Ele deitou-se na cama ainda sem acreditar que foi capaz de esquecer que Yoongi era um homem casado. E ainda mais, Tae havia gostado daquilo e queria mais, mesmo sabendo que era errado. Taehyung não se identificava, não estava conseguindo sentir que estava em si mesmo com aquelas memórias e pelo seus atos com Yoongi, que, de um lado, ele queria mas também queria evitar. Ele se levantou e vestiu suas roupas e saiu do quarto, encontrando Yoongi na cozinha pensativo. De repente Taehyung tinha ficado sem jeito, e por isso tentou sair dali sem ser percebido, mas Yoongi já tinha o visto.



---- Taehyung! Eu sinto muito por aquilo...Eu sei que sou um homem casado, e por isso a culpa é mais minha do que sua. Não se sinta culpado por isso, ainda mais porque eu poderia negar, mas eu fiz isso. ---- Yoongi tentava se explicar e Taehyung se vira para o mesmo.


---- Tudo bem. Me desculpa também. Sinceramente, eu nem sei o que deu em mim.

---- Nem eu. Vamos esquecer que isso aconteceu. ---- Yoongi parecia firme em dizer isso, e isso deixou Taehyung abalado. Isso é porque Taehyung estava começando a sentir algo diferente em Yoongi, e ouvir o mesmo dizer isso deixou ele triste, pois era como se tudo aquilo não significou nada...Bom, pelo jeito que Yoongi dizia.


---- Ah, tudo bem. Eu acho. ---- O mesmo cochichava para si mesmo. Ele pega o seu celular e vê a hora. ---- Yoongi, eu tenho que sai e só depois que eu volto, tá? ---- Yoongi apenas assentiu e Tae saiu.



---- O que eu fiz...---- Yoongi se apoia na mesa cobrindo os olhos com as mãos, ainda pensando em que iria fazer.




[...]




Jungkook estava andando pelas ruas pensando em que iria fazer para encontrar Taehyung e Yoongi, que o mesmo tinha ajudado Hoseok a proucurar, até que viu Taehyung andando de cabeça baixa e triste, parecendo que ele iria chorar. Desde sempre Taehyung era muito sensível. Uma alegria bateu forte no peito de jungkook por encontrar Tae, que correu até o mesmo dando um susto em Taehyung, o que deu a ele a vontade de correr, porém jungkook não dava espaço.



---- O que está fazendo aqui? Eu já te falei que tudo entre a gente acabou! Vê se entende! ---- Tae tentava ir direto para o seu destino, mas jungkook empate segurando o seu pulso.


---- Me escuta! Taehyung, você sabe o quanto eu te amo e quero ficar com você. Por que você não me perdoa por ter chegado em casa naquela noite?


---- Não foi por isso, Jungkook! É que eu não sinto mais nada por você. Eu não consegui te amar como eu te amava antes. Tantas vezes eu tentei te falar e você não me ouvia. Isso teria doído menos se você me ouvisse antes. ---- O mesmo olha diretamente com lágrimas para os olhos castanhos de jungkook.


---- Mas me fala! O que foi que eu errei? ---- Pelo o seu tom de voz, fez uma determinada multidão olhar para os mesmos.


---- Nada. Só que simplesmente não sinto mais nada por você. Só isso... agora me deixa ir. ---- Taehyung segui o si caminho e Jungkook ficava parado onde estava se sentindo mal.



Uma vontade de chorar deu no mesmo, que se sentou em um banco de espera de ônibus. Ele chorava de cabeça baixa, até que sentiu alguém sentar em seu lado. Jungkook levantou a cabeça vendo Jimin ali, olhando preocupado. Jimin tinha um Crush pelo jungkook e Jimin queria poder ter apenas uma chance de provar que poderia fazer Jungkook feliz. Jimin o amava, mas jungkook não dava atenção para o mesmo, mesmo sabendo que Jimin gostava dele. Jimin tocou em seu ombro.


---- Está tudo bem? O que aconteceu? ---- Seu olhar preocupado se tornava um olhar fofo.

---- Nada! Só... Me deixa. ---- Jungkook respondia rude, pois ele achava que Jimin iria se aproveitar para tentar fazê-lo aceitar o mesmo para algo mais forte que uma simples amizade.


---- Você não quer conversar? Eu tô aqui para te ajudar.

---- É que... É que... ---- Antes que Jungkook conseguisse completar a sua frase ele se joga dando um abraço em Jimin, chorando feito um bebê em seus braços. Jimin o acariciava, dando carinho para o mesmo se acalmar.


---- É por causa do Taehyung, né? ---- Jimin perguntava já sabendo, ficando meio desepcionado.

---- É. ---- Ele continuava em seu ombro chorando.


---- Sabe, Jungkook, às vezes temos que esquecer certas coisas e certas pessoas, e principalmente o passado, para poder ter um futuro. ---- Aquelas palavras tocaram em jungkook, mas já que ele era teimoso, acreditou que tinha que continuar lutando por algo que nunca iria se cumprir. Jungkook se soltou dos braços de Jimin o encarando.


---- Não! Você só está dizendo isso porque você quer, mais uma vez, fazer eu gosta de você. ---- Jungkook se levanta meio bravo e sai de lá deixando Jimin sozinho no banco, machucado.






[...]




Hoseok estava no hotel, até que ouviu uma batida em sua porta. Ele deixou de fazer os seus afazeres e foi abrir. Mas ele se surpreendeu ao ver quem era.


---- Yi... Yeri? ---- Hoseok fazia sua cara de assustado, com uma sobrancelha levantada a encarando.


---- Oi, Hoseok. ---- A mesma parecia feliz.


Yeri estava usando um lindo vestido vermelho e seus cabelos castanhos lisos estavam soltos.


---- Eu não acredito que é você. Pode entrar. ---- Dando espaço a mesma entra. ---- O que te trouxe aqui? ---- De repente, Yeri encara Hoseok.


---- Hoseok... Eu estou grávida...você vai ser papai. ---- Yeri parecia com cara de lamentação. Um choque se fez presente em Hoseok.

---- O que? ---- Ele dizia ofegante, com dificuldade.

Hoseok já tinha achado em que tinha engravidado aquela mulher, mas agora estava tudo comprovado. Ele não acreditava, assim como Yeri, que tinha engravidado uma pessoa que nem a conhecia.


---- É isso mesmo: você vai ser papai. ---- Um clima rolou ali, com encaradas sérias um para o outro.















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...