História Perdido em seu olhar - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Kaede, Kagome Higurashi, Rin, Sesshoumaru
Tags Continuação, Final Alternativo, Hentai, Inuyasha, Rin, Sesshoumaru, Sesshy, Sesshyrin
Visualizações 150
Palavras 890
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos andando que essa viagem ja esta chegando quase em seu destino final ^^

Capítulo 6 - Seguindo viagem


Fanfic / Fanfiction Perdido em seu olhar - Capítulo 6 - Seguindo viagem

Ao amanhecer Rin acordou revigorada, como se a noite de sono tivesse devolvido todas as energias que perdeu durante os dias passados. Como acordou mais cedo que todos decidiu descer para o pátio para treinar um pouco com a espada. Fazia algumas semanas sem treinar e isso era imperdoável.

Rin estava com um kimono emprestado tipicamente tradicional dos youkais cobra, era feminino mas muito prático para batalha, totalmente branco, mais alvo impossível. Ela sacou a espada e fechou os olhos, estava concentrando energia de miko na espada quando ia deferir o golpe foi surpreendida por um espectador logo a sua frente que a olhava curioso.

-Mas o que?! Por Kami-sama Jae-ha! Você não faz barulho ao se aproximar eu poderia ter ferido você.

-Você?! kkkk Não esperava rir logo cedo. - o garoto enxugava as lágrimas de tanto que ria. 

Rin prontamente fez uma carranca o que fazia o menino rir mais ainda. Então para lhe ensinar uma lição lhe deu uma rasteira o derrubando no chão e encostou a espada em seu braço para fazê-lo entender o perigo. A energia de miko purificadora o queimou de leve disparando diversos choques pelo seu corpo, sua reação foi recuar de imediato. Com os olhos arregalados ele a olhava incrédulo.

-Você pode ser um youkai, poder ter poderes mas não subestime jamais qualquer que seja seu adversário. - Rin o olhava tentando fazê-lo entender  -Não se pode estar preparado para tudo, então seja cauteloso. 

Ele abaixou o olhar ainda segurando o local da queimadura, não estava mais doendo, o problema era que ele usou de arrogância e foi surpreendido. Ele agora a olhava com os olhas brilhando.

-Eu antes tinha um desejo agora tenho a certeza que você é a minha futura rainha!

-O QUÊ!!! Jae-ha do que você está falando? Você é uma criança pare de brincadeiras!

-Hahaha eu vou estar grande mais rápido do que você possa imaginar.-sorria abertamente declarando sua certeza.

-Eu duvido que cresça até após o desjejum... - Rin debochava do rapaz.

Ele então entendeu o que ela quis dizer e voltou a ficar sério. 

-Vão mesmo partir esta manhã?

-Sim, estamos indo às Terras do Oeste.

-Tem algo lá importante para você?

Rin parou e sorriu ao dizer aquilo em voz alta.

-Não é algo e sim alguém.

O garoto pareceu assumir a derrota mas ainda assim fazia bico de cabeça baixa.

Após reunir suprimentos e terminarem o desjejum a turma partiu continuando a viagem. Rin viu um lado do futuro rei dos youkais cobras que acreditava ninguém nunca ter visto, o lado da inocência de criança que ela sabia não durar nem um mês entre aquele povo que era muito rígido e disciplinado.

Passados alguns dias pacatos de viagem pelas colinas eles entrariam em um território que já pertencia as Terras do Oeste mas ainda ficavam distantes do Shiro do Lord Daiyoukai. A floresta das 100 cachoeiras, Rin nunca ficara tão animada, afinal o que peixe gosta é de água e era assim que ela se sentia, tendo um pouco do que gostava. 

Quando adentraram um pouco mais a floresta chegaram em uma pequena cachoeira larga mas de águas cristalinas. Rin nem se quer se importou com os colegas já ia retirando o kimono quando recebeu uma bronca.

-HEI! O que pensa estar fazendo Rin? Você vai agir assim na frente do seu Lord?

Shippou ficou surpreso com a postura de Kohaku de corrigir a garota, ele não sabia se ria ou se ficava quieto pois podia sobrar para ele.

-Mas Kohaku está tão calor,qual o mal de um banho?

-O problema não é o banho Rin e sim você fazer isso na frente de dois homens!

-Ué e onde eles estão?

-kkkkkk Nya! Não esperava por essa né bocó kkkkk - Shippou ria muito até entender que sobrou para ele também - Epa! Espera! Que isso Rin eu não te fiz nada!

-Não é isso. É que não vejo nós três como adultos ainda rsrs afinal somos como irmãos. -Rin declarou carinhosamente.

-Faça como você quiser, mas não acho que Sesshoumaru iria aprovar... -Kohaku saiu deixando um clima pesado e uma Rin confusa e pensativa.

É, realmente ele não iria aprovar, o senhor Sesshoumaru não deixava ninguém se aproximar quando Rin era criança e se banhava nos rios, lagoas ou cachoeiras. Então a menina apenas se refrescou molhando  rosto, pés e mãos. Shippou ficou meio incomodado com a mudança imediata de postura de Rin em apenas pensar no que o youkai que ela venera possa pensar.

-Rin...-pensou bem em suas palavras e continuou - O que você vai fazer assim que encontrar o Lord Sesshoumaru?

Rin não tinha exatamente um roteiro esquematizado afinal esperava ser surpreendida, talvez até receber um pedido de desculpas... Não, isso seria impossível. Mas sabia o que devia perguntar.

-Vou perguntar o porque ele sumiu por 10  anos. - parecia um pouco mais difícil agora parando para pensar, soltar todas essas palavras em frente ao Lord youkai imponente.

-É, você é muito corajosa Rin, acho que mais ninguém nesse mundo afrontaria assim o Lord Sesshoumaru.

Rin riu mas sabia que o amigo estava certo, seria como reencontrar depois de anos e colocar o braço na boca de um tigre e torcer para que ele te reconheça do passado e não o morda. Mas o que seria dela sem essa resposta?

 


Notas Finais


E mais um Capítulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...