1. Spirit Fanfics >
  2. Perdidos e Amaldiçoados >
  3. Setenta

História Perdidos e Amaldiçoados - Capítulo 70


Escrita por:


Notas do Autor


MAN DU CÉU... eu aqui jurando que a fic não ia passar cedo capítulo 60 kskskakaka
Mas enfim, boa leitura.
Eu amei escrever esse capítulo!🙌💜

Capítulo 70 - Setenta



Narradora On:

Com a música tocando, Yasmin descia as escadas graciosamente já fazendo movimentos da dança do ventre, usando roupas com cores vibrantes típicas do Oriente Médio, seus pés descalços com algumas finas correntes de ouro no tornozelo, uma saia azul com várias fendas pela mesma, mostrando suas coxas, na parte da cintura muitas pedrarias azuis e alguns guizos que faziam barulhos ao mexer a cintura enquanto descia os últimos degraus da escada, assim que chegou no meio do salão se curvou ao alfa, sentindo muitos olhares pesando sobre si, a barriga a mostra, seus seios eram cobertos apenas por um "sutiã" cheio de pedrarias azuis e o rosto certo por seda da mesma cor, e na cabeça vários objetos em dourado, assim como seus pulsos com várias pulseiras. Yasmin ficou parada no meio do salão esperando que (S/n) fizesse a mesma coisa que ela, para assim começarem o espetáculo. 


(S/n) começou a caminhar em direção as escadas lentamente, assim como Yasmin, descalça em um tornozelo usava correntinhas cinzas, descia as escadas andando, um andar lento e sensual, sua saia que assim como de sua prima, com várias fendas era de um tecido mais fino na cor vermelha, tão fino que chegava a ser transparente realçando suas pernas, mas principalmente uma parte que Yoongi observava atentamente com muita vontade de bater, na cintura guizos misturados com pedrarias, nos braços pulseiras cinzas assim como as correntinhas em seu tornozelo, mas se engana quem pensa que era prata! Seu "sutiã" vermelho coberto por pedrarias e pequenas correntinhas chamavam a atenção de muitos, mas principalmente de Min Yoongi, que a olhava com sangue nos olhos por chamar tanta atenção dos homens, se curvou perante o Alfa, e apenas esperava a ordem para começar a dançar, o rosto coberto pelo tecido vermelho, o cabelo solto levemente bagunçado e um adereço na cabeça que simulava folhas de oliveira, completava a vestimenta da mais nova.


Enquanto isso no presente, Yoongi temia o pior, não conseguia sequer olhar sua amiga nós olhos, se sentia com uma sensação horrível de estar sendo forçado a estar com ela, desde o dia do incidente com a flecha ele se sente assim, não queria ignorar sua namorada, ele acredita nela, ele a ama e agora está arrasado por saber que talvez ela não queira mais ele, e mesmo ela terminando o relacionamento, Yoongi não consegue colocar isso na cabeça, pra ele, ela ainda é sua namorada.


— Sai dessa hyung, (S/n) vai voltar pra você! — Jungkook tentava mais uma vez naquele dia, animar seu hyung, mas falhou, desde o incidente Yoongi não sai do quarto em que as três partiram, sem sair de cima da cama achando que elas voltariam para aquele mesmo lugar, Jungkook sempre ia ali ver como Yoongi estava, mas era apenas isso, e depois saia, dessa vez ele foi até o banheiro e achou algo estranho dentro da pia, não entendia muito bem, mas sabia que eram testes de gravidez, viu todos os resultados negativos, mas antes de sequer pegar neles, acabou esbarrando sua mão na torneira a ligando e fazendo os testes descerem pelo ralo, bom... Todos estavam negativos, então não tinha com o que se preocupar. Também estava preocupado com sua garota, mas sentia que estava tudo bem. Os pais de todas já sabiam do ocorrido, mas estava complicado viajar naquele momento para dar suporte aos que ficaram na casa de campo.


Já no passado as coisas andavam como o planejado, as duas dançavam maravilhosamente bem, conseguindo o que queriam, a atenção de Namjoon, Jin matinha uma face de apreciação no rosto, mas estava enciumado em ver o amado tão focado em mulheres, quando o único digno de sua atenção ali, era ele! Mas não negava que as garotas dançavam bem.


Os quadris se mexendo conforme a música ora devagar, ora rápida. Mas estavam conseguindo o que queriam, mas Yasmin estava cansada, seus pés doíam, então se afastou um pouco deixando (S/n) sozinha no meio do salão. O nervosismo de (S/n) apenas aumentou por ter que dançar sozinha ali, mas ao perceber que O Min a olhava, decidiu dançar pra ele, mas olhando Namjoon. Teria que manter a atenção dele em si até a hora do ataque. Tratou de pegar sua espada num ponto estratégico do salão, já tinha estudado sobre isso na faculdade, sabia como fazer, só tinha um leve medo de me cortar.


— Kim Namjoon eu vou te matar se continuar babando nela! — Jin sussurrou no ouvido alheio, que apenas foi ignorado deixando um certo mago emburrado.


(S/n) equilibrava a espada em seu corpo, mas a jogou longe quando se cortou sem querer, fazendo alguns vampiros ali presentes quase avançarem nela, mas Hoseok estava atento, ela o ajudou, e agora ele se sentia em dúvida com a moça do olhar sensual, qualquer coisa ele iria interferir sem pensar duas vezes, já Taehyung estava sério, por algum motivo não gostava de vê-la ali sensualizando pra tanta gente.


A música começou a acelerar gradativamente, assim como os movimentos da garota que tinha um fino filete de sangue escorrendo pelo seu antebraço, mas ela ignorava aquilo, fechou os olhos sentindo a música em seu corpo, era a paixão dela, sempr foi! E queq vez que dançava se entregava por completo ao ato, Mi-hee observava todo aquele show com tédio, queria estar em seus aposentos descansando, mas não estar ali seria quebrar uma tradição de anos. Jungkook, seus olhos não estavam na dança, e sim na garota do vestido verde esmeralda, ele se encontrava totalmente encantando, mesmo não vendo seu rosto, foi ali que o coração do jovem bateu mais rápido, quando ela o olhou, mas rapidamente desviou o olhar envergonhada, Jungkook pegou uma taça de vinho de uma bandeja que lhe foi oferecida sem olhar o rosto da pessoa, se arrepender cruelmente quando viu ser Ariela depois de dar um bom gole na bebida, e começava a se perguntar, o que ela fazia ali? Rapidamente avisou Mi-Cha, que estava ao seu lado, ambos ficaram atentos aos convidados.


(S/n) finalmente abriu os olhos, por um momento achou estar sozinha de tão entregue que estava, seu olhar encontrou o de Yoongi e o encarando firmemente, deu uma leve rebolada o vendo morder o lábio inferior em desejo, mas quando a última nota musical soou pelo salão, alguém entrou quase arrombando as portas, era o mercador de mais cedo, todo ensanguentado caindo de joelhos no chão, e por um momento, estavam todos estáticos, sem saber o que fazer.


— ESTAMOS SENDO ATACADOS PELOS BECKER'S!! — Outro entrou gritando assustando a todos no salão, cada um começou a pegar suas devidas armas, e Namjoon que antes estava sentado se levantou com brutalidade derrubando a cadeira em quer estava sentado, assustando a todos com seu rosnado alto, seus olhos estavam vermelhos, suas presas começavam a aparecer e suas unhas cresciam.


Todos entraram em posição de ataque, alguns já começaram a se transformar em lobos, assim como Namjoon, e Hoseok. Era evidente o ódio nos olhos do alfa, tanto que (S/n) sentiu um arrepio na espinha ao vê-lo naquele estado, o alfa saiu correndo com o lobo de Hoseok pra fora do salão, Jungkook começava a se sentir mal, sem saber o motivo daquilo, e a primeira coisa que passou em sua mente foi Ariela e o vinho. Todos começavam a sair do salão pra defender a alcatéia do ataque, Jungkook começava a subir as escadas sentindo seu corpo extremamente fraco, Nara o observando e já sabendo o que fazer foi até ele ajudar, seus olhos que outrora estavam normais, agora se encontravam totalmente brancos, assim como seus cabelos, Jungkook se assustou no começo, mas foi impedido de raciocinar quando seu braço ficou dormente.


Ao lado de fora estava um verdadeiro caos, sangue pra todos os lados, pessoas correndo desesperadas em direção a floresta e (S/n) não estava diferente, se escondeu num beco tentando recuperar o fôlego perdido, estava horrorizada com o que estava acontecendo. Yasmin não estava diferente, mas estava do outro lado da alcatéia, sentia suas mãos formigando e quando olhou para elas uma energia negra saia delas, Hari apareceu em sua forma pantera se abaixando para que a híbrida subisse em suas costas e assim fez, Yasmin se sentia diferente, mais ... Poderosa!


Nara levou Jungkook até o quarto que o viu em sua premonição, pegou o livro depois de o deixar deitando no amontoado de cobertores e foi preparar o que o livro dizia.


— Como... Sabia do livro? — Jungkook perguntou gemendo de dor tocando o próprio braço, e quando olhou sua mão haviam cinzas, ele estava sendo queimado de dentro pra fora, Nara não respondeu sua pergunta, estava mais focada em salvar ele.


— Não faz perguntas! — Nara disse após um longo tempo preparando aquela poção, muito complicada para alguém que não conhecia a magia por completo, mas ela conseguiu e logo deu para Jungkook beber.


(S/n) se sentia perdida, sem saber para onde correr, Haru apareceu em sua forma de pantera, e logo ela montou nele, precisa de suas armas urgentemente, foi atacada por um vampiro, que foi jogado longe por Yasmin, ela estava diferente, os cabelos mais pretos que o normal, alguns fios estavam flutuando dando um ar bagunçado, os olhos totalmente negros e em seu rosto suas veias eram aparentes, principalmente na região dos olhos. Estava acontecendo um verdadeiro massacre, mas vale a pena frisar que os Becker's estavam perdendo, e muito feio!


Namjoon estava totalmente descontrolado, parecia uma máquina mortífera arrancando as cabeças de seus inimigos que o atacavam. Estavam todos espalhados pela alcatéia e pela floresta, ninguém sabia onde estava ninguém, apenas lutavam. Mi-Cha ajudava as mulheres e crianças a se abrigarem num local seguro, enquanto Yoongi procurava seu primo desesperadamente, ele não fugiu com o mais novo para acabarem assim! Nos céus uma luta de anjos da Lua Negra e o clã Becker era travada, em terra os bruxos e feiticeiros faziam escudos protetores para abrigarem os mais novos e inexperientes, Jin era o único mago ali, e ajudava como podia, era possível ver a magia emanando de seu corpo, assim como Henry que sentia medo de perder a amada. 


No quarto de Jungkook as coisas começavam a correr bem, ele melhorava rapidamente devido a poção, e logo Yoongi entrou no quarto desesperado, gritos, muitos gritos podiam ser ouvidos ao lado de fora, Yoongi levou um susto ao ver a segunda da Trindade com as vestes completamente brancas, vestes essas que flutuava em algumas partes, na cabeça uma especia de coroa pontiaguda e no dorso de suas mãos o símbolo de um pentagrama, ela sentia que precisa ajudar lá fora, e assim fez usando seus poderes para de teletransportar, uma grande raposa com alguns desenhos em vermelho imitando o vento se aproximava dela, imediatamente reconheceu ser seu "Monstrinho" e logo já estava em cima da fera.


A terra tremia, o céu se fechava, mas o clima era quente, muito quente! Quando as três se encontraram, outra grande raposa apareceu com os mesmos desenhos em forma de ventos, mas na cor azul, logo se aproximou de "monstrinho" fazendo suas cabeças se tocarem.


Yoongi observava o caos ao lado de fora, apoiou Jungkook em seu ombro e saiu de dentro da imensa hanok, precisava achar um lugar seguro para o mais novo e ir ajudar na batalha, e assim fez, achou Mi-Cha ajudando algumas crianças e deixou Jungkook com a celestial mais velha. Os quatro animais estavam ali parados sem fazer absolutamente nada, e a Trindade parecia num transe infinito, Yasmin agora estava como a irmã, coroa pontiaguda na cabeça, e as vestes diferentes, mas tudo em tons escuros.


— MATEM A TODOS, NINGUÉM FICA VIVO!! — Uma voz estridente soava pelo local, encarava as três com um ódio mortal, Yoongi viu sua ex amada correndo em direção a floresta, sabia que ela havia envenenado seu primo, e foi tirar conclusões com a traidora, começando a correr atrás dela.


Algo estranho começava a acontecer, a Lua começava a se tornar sangrenta, e ao mesmo tempo o sol se aproximava dela, e logo o eclipse apareceu, trovões começaram a soar com força. Uivos e mais uivos eram ouvidos, sangue de inocentes era derramado aquela noite, deixando os deuses furiosos, mas não podiam interferir diretamente na batalha. (S/n) saiu do seu transe, já não estava mais com sua roupa da celebração e sim uma roupa de arqueiro, enxergava tudo em câmera lenta, mas direcionou Haru a correr para a floresta, chegando a tempo de ver Yoongi quase ser morto por Ariela que tinha uma adaga dourada e brilhante em mãos, (S/n) não pensou duas vezes antes de pegar seu arco, mirando a flecha em Ariela, logo soltou fazendo a flecha acertar a nuca da outra, Yoongi olhava o corpo agora quase desfalecido em sua frente, olhou em direção a (S/n), atônito, mas agradecido. Nenhum dos dois perceberam, mas Adriel estava ali observando tudo, com ódio da arqueira e a partir daquele momento jurou vingar sua irmã.


No céu uma batalha contra o bem e o mau parecia iniciar, os sons dos trovões pareciam espadas se chocando, mas ninguém parecia notar, e finalmente Mi-hee deu as contas de aparecer, suas asas eram simplesmente magníficas, voava até os céus com pressa, mas estavam todos ocupados demais para notar aquele pequeno detalhe. Os rugidos de Hari e Haru soaram com tanta força que a terra tremeu, e Hadrian Becker pela primeira vez sentiu medo. Monstrinho começava a emanar ventos ao seu redor, e a aura clara que saia de Nara era capaz de cegar alguém. As grandes patas de Hari se encontravam marrons, da cor da terra que tremia, a outra grande raposa parecia fazer chover, e Haru emanava fogo por suas patas e corpo, mas se engana quem pensa que queimava (S/n). 


— FUJAM!!! — Alguns gritavam desesperados vendo as quatro figuras, ou melhor, sentindo o poder que vinha delas, a íris de (S/n) estavam tão cinzas quando a prata, ela se contorcia em cima de Haru com dor, algo parecia querer sair de suas costas, mas estava a machucando demais. 


— NÃO FUJAM COVARDES!! MEDROSOS!! — Hadrian gritava enfurecido, odiava perder, mas sabia que aquela era apenas uma batalha, a guerra ele não perderia, mas mesmo assim alguns ainda estavam do lado deles lutando contra Lua Negra. 


 O chão se rachou no meio, e demônios começavam a surgir dali, deixando (S/n) apavorada, ela sabia que devia resistir a eles, mas não estava fácil, somente em ver as figuras distorcidas indo em sua direção o medo aumentava, mesmo que nenhum conseguisse chegar perto dela, mas ela se mantinha apavorada.


Yoongi reconhecia aquele exército de demônios, sabia que era comandado por seu pai, mas não entendia o porquê dele se meter numa batalha que não era dele, e logo associou que seu pai era o vilão ali, imediatamente suas presas cresceram, os olhos se tornaram tão intensos quanto o próprio fogo do inferno, e de suas costas saíram as asas que tanto gemia libertas, asas erradas de seu pai, asas tão negras quanto as trevas, asas essas que se pareciam com asas de morcegos, mas numa dimensão muito maior.


Todos estavam descontrolados devido ao eclipse, menos a Trindade, que se matinha intacta, ou quase intacta já que flechas começavam a tentar acertá-las, mas seus animais a protegiam usando os quatro elementos essências da natureza, água, terra, ar e fogo.


Hoseok tentava ao máximo se livrar de seus inimigos pra tentar ajudar a terceira, que parecia estar enlouquecendo com tantos demônios e tantô caos a sua volta, e foi a partir dali que sentiu que algo estava errado com ela, olhava fixamente a rachadura no chão sem piscar, sua pantera começou a guiá-la pra perto da rachadura no chão, era possível ver a lava correndo ali em baixo, mas algo lhe chamou atenção, uma espécie de cristal. Ela queria aquele cristal, precisa dele!!


— TRIIIAAAAAAAA!!!! — Hoseok grita já em sua forma humana tentando usar sua velocidade para alcançar ela, mas Taehyung foi mais rápido e a pegou antes que caísse desacordada dentro do buraco que ficava cada vez maior e mais demônios saindo de dentro dele, antes de desmaiar (S/n) conseguiu pegar o que queria, o cristal! Aquela era a chave pra voltar ao presente!!




Notas Finais


Primeira vez que escrevo em terceira pessoa👀

SEGUINTE ARMANDINHOS!!!
Vou começar a postar no wattpad também!
Ah, mas porque? Simples, utimamente várias fics que eu costumo ler estão sendo excluídas, ou as autorxs estão sendo bandidos, ou seja...
EU TÔ COM O CU NA MÃO DE MEDO DE ACONTECER ISSO COMIGO, vou começar postar lá o mais rápido possível.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...