História Perfect - 1 Temporada - Capítulo 80


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, One Direction, The Originals
Personagens Harry Styles
Tags 50 Tons De Cinza, Drama, Harry Styles, One Direction
Visualizações 122
Palavras 1.136
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 80 - Pressagio


Fanfic / Fanfiction Perfect - 1 Temporada - Capítulo 80 - Pressagio

Pov’s Sophia

Estou na cozinha, fazendo algo para que Harry e eu possamos comer, quando uma fincada forte e sentida no meu peito.

-Aí...

-Sophia, amor o que foi?

-Eu não sei! Só, meu peito dói muito!

-Calma senta aqui!

Meu peito dói muito, Harry traz água para eu tomar, mas um aperto e uma angustia se faz no meu peito.

-Sophia!

-Tem alguma coisa errada! Eu...Harry.

-Calma vai passar!

Bebo a água e depois de um tempo a dor some, mas não a angustia. Harry fica na cozinha me olhando acabar nosso almoço e comemos em silencio mais ele tem um olhar preocupado.

-Passou a dor?

-Sim! Mas eu não sei, como se algo tivesse errado, sinto uma dor no peito.

-Amor, não e nada! Está tudo bem.

-Espero! Eu vou subir e me deitar um pouco.

-Tudo bem! Vou trabalhar, mas um pouco e subo para te ver.

-Ok!

Beijos os lábios de Harry e vou para o quarto, um banho e me deito na cama, mas não durmo pelo contrário tenho uma serie de pesadelos, com Ariana, com Renne.

[...]

-Me solta! Eu vou bater em você, seu chato. Minha irmã vai me achar. <Ariana diz tentando se soltar da cadeira do avião>

-Não conseguem manter uma menina de dez anos quieta! Ariana se gritar, mas uma vez, eu juro. <Renne>

-O que seu chato! Se me encostar eu vou gritar muito mais.

-Quanto tempo até o México não aguento essa pirralha! <Lucca>

-Há eu vou continuar sim! Lá lá lá lá...Háaaa <Lucca tapa a boca dela>

-Vinte horas! Mantenha ela com a boca fechado, por favor! 

-Renne?

-O que foi Lucca?

-Seja lá o que Diego tenha te ordenado, eu não vou tocar na menina, não vou matar uma criança. <Lucca>

-Não se preocupa Lucca, só uma pessoa vai morrer e não é Ari, sim Sophia!

-Você não a amava? <Lucca me pergunta olhando Ariana na cadeira do avião amordaçada e presa com as mãos>

-Sophia me machucou muito!

[...]

Pov’s Harry

Estou no escritório, Niall já me ligou cinco vezes e eu só percebi agora, pego o celular e retorno a ligação para ele;

<Ligação on>

-O que houve, tem cinco ligações suas no meu celular!

-Sophia está perto?

-Não! No quarto dormindo. O que houve?

-Ariana, sumiu! Estava na porta de casa brincando, parou um carro e pegou ela. Só tinham crianças na rua, já revirei a cidade e nada, a policia não pode fazer nada por que não tem vinte quatro horas, não sei o que fazer!

-Avisou o Alexander?

-Sim! Ele está tentando algo, mas nada.

-Tem que ser ele! Diego sabe que se pegasse Ariana atrairia Sophia.

-Tem que manter ela sem saber!

-Tudo bem! Me avise como vai a procura.

-Sim!

-Niall calma! Vai achar ela.

-Eu sei Harry, e só que elas era minha responsabilidade, se algo acontecer com Ariana.

-Calma, não vai acontecer nada.

<Ligação off>

-Amor aconteceu alguma coisa está branco?

-Não foi nada! Não estava dormindo?

-Estava, mas tive uma serie de pesadelos. Meu peito, Harry, tem certeza que é seguro onde Niall está com Lola e Ariana ? 

-Amor calma está bem, ela está bem com eles.

-Eu sei é só que...eu tenho esse pressentimento.

-Não vai acontecer nada com ela.

-Obrigado por me tranquilizar.

-Faz um lanche para nós?

-Sim! Vamos ficar gordinhos nessa casa, só comendo!

-Boba!

Sophia sai do escritório e eu olho o telefone mais uma vez, se Diego pegou mesmo Ariana a primeira coisa que vai fazer e ameaçar Sophia com isso, não posso contar para ela tenho que manter a cabeça no lugar para ajudar, por isso aviso Liam e Zayn que se movimentam tentando ajudar. Mas a noite cai e nada ainda. Sophia e eu dormimos juntos no quarto.

Pov’s Sophia

Harry está deitado na cama e de madrugada, mas a dor em meu peito e toda agonia ainda não desapareceu, desço para a cozinha com Layde e a luz do meu celular tentando iluminar a casa, não quero ligar a luz e nem fazer barulho de mais para não acorda Harry.

-Ai Droga! <Digo esbarrando no sofá> -Ótimo, celular pelo céus quem é!

<Ligação on>

-Quem é?

-Sophia?

-Renne? Como? O que você quer?

-Sabe eu não imagina o quanto ardilosa podia ser, para se esconder. Trocou de número para que eu não te achasse?

-Você tem me mandando mensagens a dias me ameaçando o que queria! O que quer, como sabe meu número?

-Você é esperta, mas não como eu! Sabe Ariana aprendeu direitinho, ela realmente decorou número de telefones para emergência, dois telefones o seu é o da Lola.

-O que você fez seu cretino!

-Ariana está comigo e você vai fazer exatamente o que eu mandar, ou nunca mais vai ver a menina!

-Não é verdade! Prova, agora se está com ela.

-Lucca?

-Sophia, por favor me ajuda! <Ariana chorando>

-Seu maluco! Como pode fazer isso com ela? Você a viu crescer Renne! Por favor, não machuca ela eu faço o que você quiser.

-Boa garota! Ela vai ficar bem, mas você tem vinte horas para estar no México, sozinha Sophia. Você me entendeu?

-Sim! Mas...

-Sem mais! Vinte horas, se seu pai o namorado ou qualquer outro for avisado, a próxima vez que ver sua menininha vai ser num caixão.

-Renne por favor! Eu vou só não machuca ela.

-Eu não vou! Vinte horas Sophia, seja rápida.

<Ligação off>

Ele desliga o telefone e eu começo a tremer;

-Calma Sophia, pensa na Ariana!

Não posso pedir ajuda ao Harry, ele nunca me deixaria sair daqui. Olho o escritório, deixo um bilhete para ele, volto ao quarto devagar pego uma roupa e meus documentos, as chaves do carro e sai de Brad ford. Eu amo minha família e Harry, mas nunca deixaria que machucassem Ariana, mesmo sabendo que vou morrer assim que Diego me encontrar.

Pov’s Harry

Acordo de manhã, Layde está deitada no tapete do quarto a porta aberta e estou sozinho na cama, saio pela casa procurando Sophia.

-Amor onde está?

Nada, ela não está em parte alguma da casa, mas perto do telefone da casa a um bloco de notas, Layde me olha e late como se quisesse me dizer algo, pego o bloco a letra e de Sophia;

Meu amor quando encontrar isso estarei longe e talvez ontem a noite foi a última vez que me viu com vida. Eu te amo Harry e nunca poderia amar alguém assim, minha família e tudo para mim e Ariana está em perigo. Renne a pegou e só eu posso fazer algo, meu telefone rastreei ele e certifique se de que Ariana estará viva. Diga ao meu pai que eu o amo.

-Você não fez isso!

Corro para fora da casa, o SUV não está na garagem.

-Droga Sophia! 


Notas Finais


Ferrou! O que acham que vai rolar, por que eu tenho mal pressentimento!
Comentários?
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...