História Perfect - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Becky G, Daniel Alves, Edinson Cavani, Kylian Mbappé, Neymar, Thiago Silva
Personagens Becky G
Tags Kylian Mbappé
Visualizações 697
Palavras 1.293
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello babys! Como eu já havia dito, minhas aulas voltaram aaaaaf então vai ser mais difícil pra eu postar
Eu tô no 8° período, então já é bem puxado, mas eu prometo que pelo menos nos finais de semana vou postar
SO NAO ME ABANDONEM kkkk
Enfim, boa leituraaa

Capítulo 11 - Vou pedir você em namoro


Fanfic / Fanfiction Perfect - Capítulo 11 - Vou pedir você em namoro

O cabelo tingido de vermelho contrastava com a pele negra, o vestido preto justo e curto deixava as pernas longas a mostra. Alta, magra e linda. Por um instante me perguntei quem era, mas a resposta veio em mim mente de imediato. Era ela.

- O que você tá fazendo aqui? – Kylian estava com os olhos arregalados.

- Dispensa ela. Vou te esperar na sala! -disse como se eu nem estivesse ali, como se eu não estivesse ouvindo e saiu do quarto com a maior tranquilidade do mundo. Eu estava em choque demais para falar qualquer coisa. Kylian não parecia muito difere de mim.

Olhei para ele por alguns instantes, esperando alguma reação ou alguma explicação, qualquer que fosse ela. Levantei irritada, procurando minhas roupas que estavam espalhadas pelo quarto e me vestindo apressadamente.

- Lua, me perdo... – ele não pôde concluir a frase porque eu interrompi.

- Tudo bem, Mbappé. – falei seria, é claro que não estava tudo bem. – Já está tarde, eu tenho que ir.

- Espera , vou só me vestir... -falou, mas eu não esperei. Só queria ir embora logo e ficar arquitetando mil ideias sobre o que aconteceria ali após a minha saída.

Na sala, a mulher cujo o nome eu ainda não sabia estava na sentada no sofá com as pernas cruzadas.

- Com licença! – Pedi, sem olhar nos olhos dela. Eu sabia que ela havia sentado praticamente em cima da minha mochila e do meu blazer propositalmente.

- Claro! -disse com deboche, se afastando para que eu pegasse minhas coisas. – Como você se chama?

- Elektra, deixa ela em paz! -a voz de Kylian interrompeu antes que eu respondesse.

- Já vou chamar o uber pra ir embora. -procurei meu celular nos bolsos da mochila, abri umas três vez o mesmo bolso só pelo nervosismo.

- Não, você fica, Lune! -disse sério. – Elektra, você vai embora. Não sei nem o que você está fazendo aqui.

- Esqueceu que deixou passe livre na portaria para quando eu quisesse te surpreender, baby? -disse com uma voz manhosa, quase que eu vomito.

- Vou avisar lá que você não é mais bem-vinda aqui. – ele continuava sério e quando ela tentou se aproximar dele, ele se afastou.

- Eu preciso ir mesmo, amor! -fiz questão de dar ênfase na última palavra. – Me liga mais tarde.

- Amor? -a mulher que agora eu sabia que se chama Elektra riu. – Você é a Lune, então? Engraçado você está até que falando muito hoje. Outro dia quando você ligou e eu atendi, você não disse uma palavra.

Olhei para Kylian, que arregalou os olhos. Então era mentira, eu sabia que era muito estranha aquela história de a mãe dele ter atendido.

- Lua... – ele foi até mim, eu poderia me desvencilhar e fazer cena, mas eu não ia dar esse gostinho de vitória para ela. Deixei que ele me desse um beijo e quando ele se afastou solicitei o uber no celular.

- Meu uber está, chegando! – falei seria. – Até mais.

Elektra tinha um sorriso cheio de veneno nos lábios, Kylian me olhava com tristeza e quanto a mim, bom, segui em direção a porta sentindo meu coração se apertar a cada passo. Eu sabia que gostava dele, mas naquele momento só de imaginar perdê-lo eu soube que era bem mais do que gostar.

[...]

Assim que entrei em casa encontrei um Thiago sentado no sofá com a cara fechada.

- Cadê a Belle e os meninos? -perguntei um pouco desconfiada.

- Ela levou eles pra passear. – ele continuava sério, já estava com medo de onde isso iria dar.

- E você ficou aqui por quê? – eu sabia que não deveria perguntar isso porque eu não iria gostar da resposta, mas só queria que ele falasse logo de uma vez.

- Fiquei porque queria conversar com você. – ele disse tranquilo, mas eu sabia que não estava. - Luana, eu só quero que você me diga porquê o Mbappé se meteu em uma briga com um aluno da sua escola.

- Então, aquele cara era um idiota que ficou dando em cima de mim e eu dispensei. Aí eu ia sair com uma amigas minhas e elas são fãs do Mbappé, e como eu tô ainda me enturmando, quis ganhar uns pontos e perguntei dele se ele poderia conhecer elas. Nisso que ele chega lá, vê o cara me desrespeitando e quis enfrentar ele. -me embolei toda na história. Meu irmão me olhava desconfiado, ele parecia estar decidindo ainda o que achava daquilo.

- Estão fazendo muitas especulações sobre vocês dois, sabia? -Thiago perguntou e eu balancei a cabeça negativamente. – Pois é, estão. Esse vídeo tá em todo lugar.

- Sinto muito! -suspirei. – Não imaginava que isso iria acontecer.

- Eu não quero que você minta pra mim. – ele bateu no sofá, na parte ao lado dele, como um sinal para me sentar ali e assim eu o fiz.

- Você é a pessoa que mais amo no mundo, sabe disso né? -meu irmão me abraçou.

- Claro que eu sei, pequena! -o apertei com mais força. – E eu só quero me assegurar que você vai ser feliz, que não vai sofrer. Mas agora voltando pra história, que negócio é esse de o cara ter de respeitado?

- Esquece isso, ele é só um babaca que não sabe levar um fora. -bufei, irritada.

- Se ele voltar a chegar perto se você, me avisa que eu convoco o PSG todo pra dar um surra no desgraçado. -Thiago disse e eu sabia que ele estava falando sério.

- Não se preocupe! -sorri pra ele. Irmão mais protetor que o meu ainda não existe.

- Só me avisa, tá? -reforçou e eu fiz que sim com a cabeça. – Ainda que Mbappé deu uma lição nele então.

- Será que a gente pode sair? -perguntei. – Só você é eu, um cinema ou boliche.

- Claro, chaveirinho! -meu irmão bagunçou meus cabelo. – Corre lá pra se trocar.

Dei um beijo no rosto dele e saí correndo em direção ao meu quarto.

Assim que fechei a porta peguei o celular da mochila e constatei 5 ligações perdidas de Kylian. Eu estava chateada com ele por ter mentido pra mim. Tudo bem que aí da não tínhamos nada no dia que a bonitona atendeu minha ligação, mas ele poderia ter sido sincero comigo, mas ao invés disso ele escolheu mentir.

Tomei um banho rápido e vesti uma calça jeans com uma camisa de moletom preta, calcei um vans branco, prendi meu cabelo em um rabo de cavalo e fiz uma maquiagem leve. Peguei uma bolsa pequena pra colocar meu celular, carteira e um batom.

Corri de volta para sala, conhecendo com Thiago era apressado eu já sabia que não demoraria muito pra ele chamar por mim e reclamar da demora.

- Tô pronta, Mano! -no instante que cheguei na sala travei.

- Oi, Lua! – Kylian sorriu quase que desafiador.

- Lua, desculpa sei que disse que seríamos eu e você. -meu irmão ficou de pé e disse em português. – Mas ele chegou aqui, e se explicou sobre o que aconteceu hoje e também contou que terminou de vez com ex dele e sei que ele deve estar mal...

- Tudo bem, tranquilo! -se o típico “sorriso amarelo". O que eu podia fazer? Dizer não é que não dava.

- Vamos no meu carro, assim vamos os três juntos! – Kylian disse com naturalidade e meu irmão concordou.

Talvez eu seja uma pessoa pessimista, mas eu estava vendo grandes probabilidades de aquilo dar merda. Thiago sentou no banco da frente e eu fiquei atrás.

Peguei meu celular e vi que tinha uma mensagem de Kylian que fez meu corpo inteiro travar:

“Hoje eu vou pedir em você em namoro pro seu irmão”.


Notas Finais


Sinto cheiro de muita tretaaaa kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...