1. Spirit Fanfics >
  2. Perfect For Me >
  3. Alfas, baixinhos, ruivos e irritados.

História Perfect For Me - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Alfas, baixinhos, ruivos e irritados.


Fanfic / Fanfiction Perfect For Me - Capítulo 2 - Alfas, baixinhos, ruivos e irritados.

Shoyo não conteve o sorriso ao ver o ômega de cabelos negros e cara emburrada sair de perto de si pisando forte e resmungando algumas palavras mal criadas que o alfa com certeza escutaria. Talvez qualquer outro alfa perdesse a paciência ou se sentisse ofendido com a situação, mas Shoyo não era qualquer alfa, poucas coisas o tiravam do serio depois dos anos escutando piadinhas sobre sua altura. Ainda na infância todos achavam que ele seria um ômega, talvez até mesmo um beta, mas contrariando todas as expectativas, seu primeiro cio veio aos quinze o mostrando como um alfa e mudando bruscamente seu temperamento. Perdera as contas de em quantas brigas se metera, apesar do pouco tamanho, era inegável o poder da ligação com seu lobo e a agilidade e força física que isso o proporcionava, assim como a dificuldade em controlar o seu temperamento que se tornara explosivo nos primeiros anos. Shoyo ainda lembrava-se de todas as confusões que causara, das mudanças constantes de colégios no ensino médio devido a expulsões após brigas recorrentes e como ainda assim, não perderá um único ano, talvez fosse algum milagre. Aos poucos e com muito esforço ele aprendeu a controlar seu lobo, assim como aprendeu que a melhor forma de se evitar uma briga, era deixando que sua presença mostrasse por si toda a sua força e imponência.

- Sho-yooo. – A voz divertida soou as suas costas antes de ser envolvido por braços firmes em um abraço apertado.

- Yu, tudo bem ? - Falou animado, virando-se dentro do abraço para retribuir o beta, mesmo que não se vissem ha cinco anos, nunca perderam contato, Shoyo havia mudado de cidade para estudar e agora, formado, voltava para cursar sua pós graduação e assumir sua posição na empresa do pai. Sua amizade com Yu vinha desde a infância, as famílias Hinata e Nishinoya eram amigas de longa data e ele cresceu tendo o beta, um ano mais velho, que o ensinou a  jogar volei, como seu herói particular.

- Seu ingrato, como pode vim aqui e não falar comigo em primeiro lugar? - Resmungou indignado, arrancando algumas poucas risadas do alfa.

- Você estava no meio do jogo, um ótimo líbero como sempre. - Shoyo elogiou se afastando do  amigo para acariciar seus cabelos rebeldes. - Não sabia que ainda jogava na pós graduação. - Comentou surpreso. 

- É meu último ano, estou me formando, preciso me focar no trabalho e também... - Yu corou rapidamente antes de completar. - Acho que ja esta na hora de mudar meu sobrenome pra Asahi. 

Shoyo levou pouco menos de alguns segundos para compreender a fala do outro, deixando que seu espanto logo se transformasse em um largo sorriso, sabia o quanto Yu gostava de Azumane e quanto tempo e esforço foram dedicados ao alfa que o retribuia, mas não tinha auto confiança em si mesmo e sempre se achara incapaz de fazer o beta feliz. Perdeu as contas de quantas noites não dormira, pendurado ao celular enquanto Yu chorava e lhe dizia o quanto era difícil, também se lembrava do quão feliz ele ficou ao lhe contar que Azumane finalmente aceitara começar a terapia. Entre tantos obstáculos já se passava quase cinco anos e finalmente, eles iriam se casar.

- Não sabe o quão feliz eu fico em ouvir isso. - Sussurou baixinho enquanto voltava a abraçar o melhor amigo. 

- Assim até eu vou ficar com ciúmes. - o comentário em tom divertido de Azumane que se aproximava dos dois. - Tudo bem Shoyo? - Cumprimentou do seu jeito de sempre. 

- Tudo ótimo. - respondeu com um sorriso vendo o outro mudar o foco do olhar para o companheiro. 

- Yu, precisamos ir. - Falou, vendo o beta assentir e se despedir de Shoyo.

Yu já estava de costas quando sentiu a mão de Shoyo em seu braço, virou-se junto com Azumane para encarar o Alfa que lhe sorriu sem graça antes de perguntar.

- Aquele levantador, quem é ele. - Shoyo não era de se envergonhar facilmente, mas sentia-se desarmado ao ter que perguntar aquilo para o melhor amigo.

- Ah, ele... - Fez uma pausa olhando para o seu alfa que lhe retribuia o sorriso insinuativo. - Aquele é o Tobio Kageyama, segundo semestre de direito, nosso levantador estrela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...