1. Spirit Fanfics >
  2. Perfect Harmony >
  3. He needs your help.

História Perfect Harmony - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


hello :)


boa leitura!!

Capítulo 6 - He needs your help.


Fanfic / Fanfiction Perfect Harmony - Capítulo 6 - He needs your help.

Já era quase fim da tarde. 


Rosie e Mason ainda estavam no mesmo lugar. Agora, um pouco mais frio, Rosie estava encolhida na camisa ainda molhada de Mount, enquanto o jogador parecia tranquilo ainda sem camisa, ambos sentados na mesma pedra. 


Fazia algum tempo que Rosie não se divertia tanto como havia se divertido com Mason aquela tarde. Longe de assuntos escolares, longe de toda aquela tensão que os consumia antes. Estavam apenas sendo eles mesmos, como podiam ser com pouquíssimas pessoas. 


- Por que nunca trouxe seus amigos aqui? - Rosie perguntou. 


Fitou o moreno, vendo-o pensar um pouco sobre aquilo. 


- É o único lugar que eu posso organizar os meus pensamentos ultimamente, Rosie - respondeu por fim - Você ainda acha que só estamos estudando ou agora podemos ser amigos? 


- Você não é tão insuportável como eu pensava - Rosie respondeu e sorriu. 


- Você me achava insuportável? Uau, Rosie. Da próxima vez eu deixo você se afogar - Mount fez uma falsa expressão de ofensa. 


A morena riu, negando com a cabeça em seguida. Arrastou a mão até o celular, puxando o aparelho e arregalando os olhos ao ver a hora. 


- Mason, já está tarde! Precisamos voltar - falou. 


- Eu me esqueci completamente da hora, Rosie - o jogador também arregalou os olhos. 


Mason esperou - de costas - que Rosie tirasse a sua camisa e vestisse novamente a sua roupa, então colocou a mochila nos ombros ainda sem sua camisa. Rosie também pendurou sua mochila no ombro, pegou o celular e passou a caminhar pelo caminho de volta ao lado de Mount. 


- Já fazia algum tempo que eu não me divertia desse jeito, sabia?! - Mason disse distraidamente. 


Rosie quase achou que o moreno havia lido seus pensamentos. 


- É, eu também - a garota disse - Como é a sua relação com os seus amigos, Mason? 


- É ótima! Mesmo - respondeu - Kai e Christian são meus amigos desde sempre. Quer dizer, o Kai veio da Alemanha no início do ensino médio, mas eu e Christian somos praticamente amigos de infância. O resto do time é como uma família. A gente briga, se desentende, mas estamos sempre juntos. 


- Isso é muito bonito - Rosie disse. 


- É. O treinador Campbell também é gente boa, mas leva o seu trabalho muito a sério. É óbvio que ele está certo, mas às vezes pega pesado demais - Mason murmurou - O Kai e o Christian me conhecem melhor do que ninguém. É bom ter alguém assim. 


- Stacy é praticamente a minha outra metade. Nós somos amigas desde bem pequenas. Ela é a única pessoa que eu confio de olhos fechados, e que sabe cada defeito meu - Rosie falou - Nós somos tão distintas uma da outra, e ainda assim, Stacy é a minha melhor amiga. 


- A Stacy realmente é uma garota bem legal - Mason falou - Ela adora futebol também. 


- Stacy já tentou me fazer assistir um milhão de vezes, e em todas elas eu não entendia absolutamente nada, até que desisti - a morena riu. 


- Fala sério, Rosie. Como isso aqui vai dar certo se você não gosta da coisa que eu mais amo no mundo? - Mason perguntou. 


- A gente tem outras coisas em comum, Mount - Rosie fez uma careta para o drama do jogador. 


- Não! É inadmissível. Você vai precisar sair comigo outra vez para que a gente assista a um jogo da Premier League - Mount falou. 


"Sair comigo outra vez" foi a frase que fez o coração de Rosie dar um sobressalto. Talvez fosse bobo, mas será mesmo que Mason estava considerando aquilo um encontro, ou algo do tipo? Estavam apenas se conhecendo melhor. Era só isso. 


- O.K - Rosie respondeu. 


Caminharam pelo resto do caminho em um silêncio confortável para ambos, enquanto se sentiam bem apenas com aquilo. 


Mason fez questão de deixar Rosie na porta de sua casa, sabendo que a noite já caia e os pais da garota poderiam estar preocupados.


- Obrigada por hoje, foi bem legal - Rosie sorriu assim que pararam em frente a sua porta. 


- Eu adorei hoje, Rosie - Mason disse - Deveríamos fazer mais vezes. 


- É, seria legal - a garota sorriu - Você quer entrar? 


- Não. Na verdade preciso ver se a minha mãe já chegou e se está bem - Mount sorriu - A gente se vê segunda? 


- Claro. Até lá - Rosie falou. 


A garota entrou, ainda com um sorriso no rosto e caminhando direto para o seu quarto. 


Os dias que se seguiram passaram rapidamente. No domingo, Rosie acabou indo para a casa da tia para um almoço de família, quase do outro lado de Londres. Na segunda, depois de publicar a edição do jornal da escola no final daquele dia, estudou com Mount na biblioteca da escola por duas horas, até a bibliotecária xingar os dois adolescentes por estarem rindo alto demais e fazê-los rir ainda mais. E na terça, um dia antes da grande prova de matemática, Rosie e Mason estudaram juntos no horário de almoço - onde Kai e Stacy também participaram - e depois das aulas. 


Depois daquela tarde na cachoeira, Mason e Rosie estavam se dando muito bem, o que havia tornado os estudos ainda mais divertidos. Gostavam da presença um do outro, e apesar de terem atraídos olhares durante o almoço de terça-feira, os dois pareciam nem perceber. Rosie já nem lembrava mais o por que se irritava tanto com Mason, nem mesmo quando o jogador cutucava o seu ombro durante alguma aula para perguntar algo totalmente aleatório. 


Quarta-feira finalmente chegara. Por algum motivo, Rosie estava animada, embora preocupada. Achava que era por que, depois de tanto estudar com Mason, poderia finalmente ver um resultado positivo que ajudasse a situação de Mount no time da escola. 


- Bom dia! - Rosie sorriu para Stacy, se aproximando dos armários. 


- Bom dia - Stacy sorriu para a amiga - Está animada pra quem vai fazer uma prova de matemática daqui há umas horas. 


- Isso é por que tudo o que eu e Mason estudamos nos últimos dias vai finalmente valer a pena - Rosie disse e sorriu - Falando nisso, viu ele por aí? 


- Não. Mas depois vocês namoram, ele já já chega - Stacy disse. 


- Eu e ele não- 


- O.K. Você já recebeu o convite? - Stacy empurrou para Rosie um pedaço de papel - É o aniversário da Patty. 


- Sua amiga líder de torcida? - Rosie perguntou pegando o convite - Não recebi. Caso você tenha esquecido, eu sou a pessoa mais antisocial dessa escola. 


- Para sua sorte, nós somos melhores amigos, e eu tenho o convite com direito a acompanhante - Stacy sorriu sugestiva. 


- Tenho certeza que seu acompanhante será o Havertz - Rosie sorriu da mesma maneira. 


- O Kai já tem convite, Rosie. Você vai comigo. É sexta-feira de noite - Stacy disse. 


- Sem chances, Stacy - a morena negou com a cabeça - Não. 


- Ah não, Rosie. Nós vamos sim! E o Mason também recebeu convite, quem sabe vocês não arrumam um cantinho lá pra estudar - Stacy disse e então sorriu em malícia - Ou... 


- Nem completa essa frase, Stacy Trevor - Rosie pediu, ouvindo a melhor amiga gargalhar. 


Tornou a olhar para os lados, tentando encontrar Mount com o olhar, mas não tinha nem sinal dele. 


- Ei! - ouviu a voz da amiga, tornando então a olhar para a líder de torcida - Relaxa, Rosie. Ele vai aparecer! 


Rosie sorriu e assentiu com a cabeça. 


O sinal da primeira aula tocou, então Rosie caminhou para a aula de Inglês, enquanto Stacy fora para sua aula de Música. 



••••



A prova de matemática havia terminado naquele minuto. Mason não tinha aparecido. 


Rosie se levantou da sala para ir ao intervalo de almoço, ainda nervosa e com o coração na mão. Deveria estar brava com Mason por tê-la feito estudar com o rapaz por tantos dias para nada, se nem aparecera para fazer a prova que poderia mudar muita coisa. No entanto, Rosie estava com medo e preocupada. Não sabia o motivo de ter o seu coração tão apertado, mas ele estava. 


Ignorou a fila do almoço naquele dia e caminhou direto para a mesa dos jogadores, ignorando também toda a sua timidez e insegurança para se aproximar demais. Havertz foi o primeiro a notar a presença da garota, sorrindo simpático. 


- Posso falar com você um minuto? - perguntou. 


Kai assentiu com a cabeça, levantando-se e sendo seguido por olhares. Rosie notou algumas risadinhas debochadas e algo como "o que a nerd quer com o Kai?", mas ignorou tudo, focando somente nos olhos azuis também preocupados. 


- Ele não apareceu, não é?! - Havertz perguntou. 


- Não. E eu estou preocupada. O Mason não faltaria se isso é tão importante pra ele - Rosie falou. 


- Não. Ele não faltaria mesmo. Algo está errado, Rosie - o jogador falou - Você poderia ir até a casa dele no final das aulas. 


- Eu? Mas, Kai... - Rosie engoliu seco. 


- Eu iria. Juro que iria! Mas se eu faltar esse treino, Campbell me mata - Havertz disse - Rosie, é sério, o Mason pode estar precisando de ajuda. Ele têm passado por coisas que você nem imagina. Vai até ele. Por favor! 


- Tudo bem - Rosie concordou sem levar muito tempo pra pensar - Eu vou. 


- Me dá o seu número. Vou te mandar o endereço dele, e depois você me manda notícias - o jogador disse. 


Rosie esperou que Kai anotasse o seu número e então foi almoçar. Levou mais tempo do que Rosie esperava para que o dia passasse. As horas pareciam se arrastar no relógio, e isso só a deixava mais nervosa e ansiosa. 


Assim que as aulas daquele dia terminaram, Rosie juntou suas coisas em uma velocidade que nem sabia que podia, saindo logo em seguida da sala de aula.



"Estou indo na casa do Mason. Conto melhor mais tarde! Xx - Rosie"



A morena mandou a mensagem para a melhor amiga e pegou o endereço que Kai havia lhe mandado mais cedo, sabendo que não era longe dali. Caminhou em passos rápidos pelas ruas, chegando em frente a casa de número setenta e cinco rapidamente. 


Suspirou fundo, caminhando até a porta e tocando a campainha duas vezes, mordendo o lábio inferior com o nervosismo. 


A porta se abriu e o coração de Rosie pareceu parar por alguns segundos, vendo Mason com uma expressão confusa, mas novamente abatida. 


- Rosie? O que faz aqui? - perguntou, confuso. 


- Você perdeu a prova, Mason. Nós estudamos tanto e... Está tudo bem? - Rosie perguntou de volta.


- Não - Mount negou com a cabeça. 


- Você quer conversar? - perguntou - Mason, você- 


Antes que Rosie terminasse, sentiu os braços de Mason ao redor de seu quadril, em um abraço apertado e que surpreendeu Rosie. Não pensou muito antes de passar os braços pela nuca do mais alto, sabendo que era daquilo que Mount precisava. 


- Sinto muito por não aparecer, Rosie. Eu não queria fazer isso com você. Aconteceram algumas coisas - o jogador disse se afastando da morena - Entra. Desculpa a bagunça. 


Rosie franziu o cenho, passando pelo espaço que o jogador lhe dava. Olhou ao redor, se assustando com a cena da bagunça com cacos de vidros, latas de bebidas e garrafas por algumas partes dali também, além do cheiro forte de cigarro. 


- Mason... - a morena virou-se novamente, encontrando Mount com o olhar cabisbaixo em sua direção, enquanto segurava uma vassoura - Eu vou te ajudar com isso, e depois se você quiser, conversamos. Tudo bem? 


Viu o garoto concordar com a cabeça, então começaram a limpar aquela bagunça. Mil perguntas se passavam na sua cabeça, Rosie estava cada vez mais confusa com a situação de Mason. Primeiro o garoto precisava de sua ajuda para estudar e melhorar suas notas, caso contrário estaria fora do time de futebol, o que claramente era importante para Mount. E agora, depois de tanto estudarem, Mason não apareceu para a prova de matemática, e quando Rosie tenta descobrir se ele está bem, encontra a sua casa uma bagunça com bebidas e cheiro de cigarro. 


Óbvio que nada aquilo era da sua conta, mas não deixava de estar curiosa e preocupada. 


Notas Finais


obrigada pelos comentários do último cap, ajuda bastante! ❤️

não esqueçam de comentar aqui também, tá bom?! :)


até logo!! Xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...