1. Spirit Fanfics >
  2. Perfectly Wrong >
  3. Colar

História Perfectly Wrong - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


+1 ❤

Capítulo 36 - Colar


Fanfic / Fanfiction Perfectly Wrong - Capítulo 36 - Colar

De noite

Emma:

 

Andei a cidade praticamente inteira, e quando digo inteira é de ponta a ponta, mas nada de achar a Lisa. Fui em bibliotecas, em sua casa, liguei, mas não deu em nada. Eu não queria magoa-la, mas também não podia deixar a Hanna sair com o Damon sem proteção.

 

— O que foi, irmãzinha? – Me deparo com Noah vendo tv, assim que entro em casa. Ver ele bem, conversando, é completamente surreal, porém real, entendem?

— Lisa eu meio que brigamos – Me sento ao seu lado.

— A sua amiga gatinha? – Olho na mesma hora pra ele.

— Lisa é uns 3 anos mais velha, Noah – O empurro, de brincadeira — Toma vergonha nessa sua cara.

— Hanna é gata, mas a inteligência da Lisa me fascina mais – Reviro os olhos.

— Você é nojento – Rimos.

— Eu só estou brincando... não gosto de te ver tristinha – Viro meu corpo pra ele.

— Sabe que te amo, não é?

— Claro que sei – Sorrimos — Mamãe conta como me ajudou quando estava em estado de choque, só quero te ajudar também.

— Não me deve favores, Noah – Sou sincera — Só quero que possamos ser aqueles irmãos unidos, sem nada mudar.

— Claro que somos assim – Me abraça — E ah, conheci uma garota – Me afasto na mesma hora dele.

— O que disse?

— Ela é linda. É alta, cabelos longos, tem uns olhos brilhantes magníficos e...

— ESTÁ APAIXONADO – O corto — Noah, isso é incrível.

— Ela é incrível – Me corrige.

— E quando vou conhece-la?

— Estou pensando em um jantar amanhã, já que é Sabado. Com o Shawn, Damon... todos! – Dou um sorriso ao saber que ele quer meu namorado junto.

— Vai ser perfeito, de verdade.

— Vou mandar mensagem com ela combinando – Levanta do sofá em um pulo — Só uma coisa – Volta me olhar — Não me envergonha – Rimos, antes que ele corra até seu quarto.

Não dá tempo de eu respirar direito, quando a campainha de casa toca. Dou um pulo do sofá, só podia ser a Lisa e estou empolgada para poder, de alguma forma, me explicar com ela.

— Lisa, eu sinto muito e... – Paro na mesma hora quando observo que é o Caio.

— Me desculpa por não ser a Lisa – Dá um sorriso.

— Tudo bem – Assento com a cabeça — No que posso te ajudar?

— Shawn, Emma – Meu coração palpita mais forte — Podemos falar aqui fora? – Seu olhar é preocupado — É preferível que ninguém ai dentro escute.

— Claro, como quiser – Preocupada, saio para fora com o Caio.

— Pode parecer loucura, mas ele e o tio são vampiros – Ok, eu não faço ideia de como reagir a isso. Eu sabia que não era loucura, mas tinha que demonstrar que era. E CALMA, como ele sabia disso? — Tem que acreditar em mim!

— Caio, eu... – Dou uma pausa — Você bebeu?

— Posso provar, tá legal? É só você se cortar na frente dele, o Shawn vai querer seu sangue e...

— Por favor – O corto — Sei que não gosta do Shawn, mas inventar coisas bizarras assim é doentio – De alguma forma, me sinto mal em mentir — Você teve sua chance e me traiu, Caio. Precisa conviver com isso!

— Se não acredita, só faz a prova – Me olha determinado — Depois vai ver que não menti – E sai dali, em passos firmes.

— Ah meu Deus – Levo as mãos em meu rosto — Preciso falar com o Shawn.

 

Casarão do Shawn

Shawn:

 

— É incrível como sua namorada não confia em mim – Damon entra com tudo em casa, onde estou na sala lendo um livro.

— Oi pra você também – Brinco.

— Qual a graça de fazer isso comigo depois de tudo que fiz por vocês? – Abaixo o livro, porque percebo que sua voz é triste de verdade.

— Como?

— Isso, Shawn – Joga o colar que a Emma deu a Hanna em cima de mim — Deu verbena para a Hanna quando soube que íamos sair juntos – Seu maxilar se contrai — Você pode namorar, eu não posso? Qual a diferença de nós dois, Shawn? – Vou tentar falar algo, mas ele não deixa que eu nem comece — Ah, eu sei qual é – Respira fundo — Eu estou me redimindo para ser melhor, enquanto você e sua namoradinha não confiam em mim.

— Damon, eu sinto muito e...

— Vocês não sabem o que aconteceu – Somos cortados por Emma entrando em casa, sem bater, o que me deixa preocupado porque ela não é assim.

— Chegou o assunto – Damon revira os olhos.

— Caio, gente. Ele sabe o que são... precisamos fazer alguma coisa urgente!

 

Continua...


Notas Finais


❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...