1. Spirit Fanfics >
  2. Perfectly Wrong >
  3. Prologue 'm a princess.

História Perfectly Wrong - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiii gente! Meu nome é Camilly. Como podem ver minhas habilidades com capa pra fanfic não são nada boas, então se souberem fazer ou se conhecerem alguém que sabe, por favor, me ajudem! (ISSO É UMA SÚPLICA).

FANFIC LEVEMENTE INSPIRADA EM A SELEÇÃO.


Perfectly Wrong é a história mais intensa e engraçada que você vai ler este ano. Eu espero que saia no topo da Times Square. (Brincadeirinha). Espero que você goste e se divirta. Boa leitura!

Capítulo 1 - Prologue 'm a princess.


Fanfic / Fanfiction Perfectly Wrong - Capítulo 1 - Prologue 'm a princess.

MABEL, 7 anos de idade. 

— Mabel! 

A doce menina com aparência nobre e delicada se vira e vê a pequena Joanna correndo em disparada na sua direção pelo corredor dourado do palácio. Joanna é filha de Eleanor, criada de Mabel. Pelo menos o seu pai, Rei Clarkson e sua mãe Rainha Anneliss exigiam que ela seja tratada como criada, mas a pequena já tem um enorme carinho pela moça. Joanna analisa o abismo de diferença entre ela e Mabel, a começar pelos pequenos detalhes em traços físicos da menina. Pele branca como a neve, tão diferente da dela, que era negra. Cabelo liso escorrido, bochechas rosadas. E aqueles vestidos lindíssimos em seda cor de rosa que ela desejava todas as noites quando brincava de ser princesa, mesmo estando tão longe disso. 

Joanna ainda não sabia que a cor de pele dela era o principal fator por ela estar naquela condição. Astrea era um país muito retórico, ainda havia escravidão e sofrimento, e infelizmente sua mãe vivia como escrava. Mas elas eram apenas crianças e não precisavam saber disso, pelo menos por hora.

— Seu cabelo está lindo hoje, Anna. — a pequena Mabel diz impressionada com os cabelos em forma de caracol de Joanna. 

— O seu também! Vamos brincar lá fora. 

— Você não pode ser vista com a Mabel, querida. — Eleanor se intromete. 

— Por que não? — a pequena Joanna indaga cruzando os braços. 

— Príncipe Clarkson e Rainha Anneliss não gostam. 

— Mas ela é minha amiga! — Mabel diz irritada e suas bochechas ficam vermelhas. 

— Querida! Seu pai está esperando na sala de jantar a horas. — Rainha Anneliss se aproximou com um lindo sorriso.

— Mamãe, eu estou cansada de tantos compromissos. — a pequena disse dando um suspiro cansado, arrancando risadas da mãe que a pegou no colo.

— Acostume-se querida. Você é uma princesa.

(...)

Rainha Anneliss descia delicadamente as escadas seguida da pequena Mabel. A sala de jantar do palácio era tão enorme que a menina nunca nem conseguiu correr por aquela sala inteira. A mesa era quilométrica e farta de comida. As cadeiras eram luxuosas e lapidadas a ouro.

— Dê as boas vindas ao Rei e Rainha de Iléa, lindinha. — Rei Clarkson sorriu quando viu a filha se aproximar e ocupar um lugar a enorme mesa. A pequena fez uma breve reverência ao casal nobre em sua frente, que retribuiram. 

Mabel estava uma linda criança deslumbrante, com seus cabelos pendendo em uma longa trança sobre o ombro, cravejada com dezenas de pedras de cristais que reluzem ao sol que atravessa os vitrais das janelas. Apesar da inocência, ela já é muito sagaz e inteligente. Se assusta ao ouvir a conversa de adultos na mesa, aparentemente envolvendo o seu nome.

— Mabel vai ser uma bela princesa para Matthew, nós temos certeza! Essa negociação vai nos beneficiciar muito. — Rei Clarkson sorriu enquanto brinda sua taça de vinho.

A pequena arregala os olhos curiosa com tal afirmação. Ela ainda era nova demais para decidir se de fato aquilo seria bom para ela. Mas o que importa? 

Ela teria que se acostumar, afinal... Ela é uma princesa.

 

 


Notas Finais


Comentem e deixem suas opiniões! 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...