1. Spirit Fanfics >
  2. Perfeitamente Estranho >
  3. O Aluno Novo

História Perfeitamente Estranho - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem! <3

Capítulo 1 - O Aluno Novo


Bep-Bep-Bep.... O despertador toca. Após alguns segundos tocando eu pego o meu celular, abro os meus olhos, vejo que são 6:30 da manhã e desligo-o. Hoje é o primeiro dia de aula do ano, pensei que estaria animada, mas estou bem indiferente com isso. Me levanto da cama, tomo um banho e depois desço para tomar café da manhã com minha família. Mal olho para o rosto dos meus pais, fico até tonta de ver todos os dias homens e mulheres do mundo inteiro com o mesmo rosto. Tomo meu café da manhã, que por sinal é a mesma coisa desde que eu tinha 5 anos de idade, me despeço dos meus pais e vou em frente a minha casa esperar o ônibus escolar.

Após alguns minutos esperando, o ônibus finalmente chega, eu entro nele e vejo o que já era esperado, pessoas felizes e super animadas para o primeiro dia de aula. Tudo estava perfeitamente bem e normal, eu observava as pessoas em silêncio, como eu sempre fazia, pois não tenho amigos, então não tenho o que fazer além de observar as pessoas. Até que algo chama minha atenção; eu olho para trás e vejo que há um menino novo na minha turma, uma coisa que é rara de acontecer; percebo que ele está me olhando, e o estranho é que ele também está sozinho e quieto, isso nunca acontece, todos os anos que estive nessa escola nenhum aluno ficou tão calado assim, até mesmo os alunos novos, todos são extremamente extrovertidos e falantes, exceto eu, sempre fui diferente.

Depois da gente se encarar por alguns segundos, desvio o olhar e continuo observando os meus outros colegas, que nem notam a minha existência.

 

/Quebra de tempo/

 

Na primeira aula, o aluno novo se apresentou, descobri que seu nome é Gustavo e que ele tem 16 anos, igual a mim. No segundo, terceiro, quarto e quinto período, me senti o tempo todo vigiada, as vezes eu olhava para trás e via ele me olhando. Quando finalmente bate o sinal, pego as minhas coisas com pressa, pois quero voltar cedo para minha casa para almoçar junto com minha família.

Sempre quando volto para casa faço o caminho a pé, e então eu começo a observar as casas que passo, todas são muito bonitas e iguais. Continuo andando, a cidade está silenciosa, como sempre, consigo ouvir perfeitamente o som dos passarinhos cantando, até que começo a escutar passos atrás de mim, me sinto um pouco desconfortável, pois quase ninguém faz o caminho que faço. Olho para trás e não há ninguém. Então o barulho começa a aumentar.

Apresso os meus passos e sinto que a pessoa de trás também apressa os dela, até que começo a correr, estava com medo de ser assaltada (no mundo onde moro assalto só existe em filmes, nunca aconteceu de alguém ser assaltado aqui, mas mesmo assim fiquei com medo), então ela começa a correr também, começo a ouvir sua respiração ficar ofegante e o barulho de seus passos ficarem cada vez mais alto.

Então, decido despistar quem é que esteja me perseguindo. Continuo correndo e procuro algum lugar para me esconder, até que acho um beco perfeito para fazer ele me perder de vista. Entro rapidamente nele e quando olho para o lado vejo que o Gustavo, o aluno novo, era essa pessoa que estava correndo atrás de mim. Fiquei um pouco assustada, por isso, espero alguns minutos para ter certeza que despistei-o, então eu saio do beco e me deparo com ele na esquina me olhando.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...