1. Spirit Fanfics >
  2. Perfeito Caos >
  3. Ir atrás

História Perfeito Caos - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Heyyy galera<33

Como vcs tão??

Boa leituraaa!

Capítulo 42 - Ir atrás


- Calma.. Você tá muito sobrecarregada, Mari. - ela disse com sua voz doce e serena enquanto colocava uma mercha do meu cabelo atrás da orelha e com a outra mão limpava uma lágrima que escorria do meu rosto.

- O que eu faço?

- Não faz nada, você já fez demais.

- Então eu fico sentada esperando alguma coisa acontecer? 

- Só não se cobra tanto. Desde que seu pai sumiu você se fechou, guardou todos os seus sentimentos a 7 chaves, e assumiu tudo, você acha que tem fazer todos bem, sempre coloca a felicidade dos outros na frente e nunca se lembra de ser feliz.

- E quando eu tento ser, só resulta nisso. Decepções. Ótimo, eu sou um perfeito caos.

- Seja bem vinda à vida. É assim que ela é, cheia de decepções. Mas não significa que vai ser assim pra sempre - ela alisou meus cabelos e me deu um beijo no rosto. O sinal tocou na mesma hora e os alunos começaram a entrar novamente na sala de aula, junto com o professor de literatura. Fiquei olhando para porta fixamente esperando que ele entrasse, mas não o fez. Ele não entrou, diferente da Chloé, que sentou ao meu lado e olhou fundo nos meus olhos me causando um arrepio. O fato dele não ter entrado na sala me fez querer esquecer tudo aquilo. Mas eu não podia, não se eu quisesse dormir tranquila hoje, e para isso, eu precisava de uma explicação.

- Professor, posso ir no banheiro? - questionei levantando a mão. Ele apenas fez um movimento afirmativo com a cabeça e me levantei e fui no caminho contrário do banheiro. Fui atrás dele. Podem escrever “trouxa” na minha testa se quiserem. Mas não era para me humilhar ou por achar que não vou achar alguém melhor. Eu só quero respostas. Procurei pelos corredores, mas não o achei. Até que enxerguei ele de longe, estava no estacionamento da escola, caminhando sozinho em direção ao seu carro. Corri para conseguir alcançá-lo e quando cheguei perto suficiente, chamei.

- Ei. - falei e ele se virou para trás para ver quem o chamava.

- O que você quer?

- O que você quer? É sério que é isso que você vai me dizer? Isso é tudo que você tem? - perguntei incrédula, ele não respondeu, apenas continuou me olhando, seu rosto não revelava nada.


Notas Finais


Eita Dr👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...