História Perfeitos olhos verdes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Dobby, Duda Dursley, Fred Weasley, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Molly Weasley, Petunia Dursley, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Valter Dursley
Tags Snarry
Visualizações 169
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe por demorar a postar a história eu a estava reescrevendo ela mais agora estou aqui e vamos trilhar essa bela historia juntos

Capítulo 1 - Sinopse


Fanfic / Fanfiction Perfeitos olhos verdes - Capítulo 1 - Sinopse

Harry on



Eu estava na casa dos gritos sozinho Quando vi voldemort conversando com severus algo que severus disse não o agradou só vi o momento em que aquela maldita cobra mordeu seu pescoço murmurei um feitiço verbal e vi a cobra entrar em chamas e explodir Voldemort saiu da casa furioso fui até severus peguei seu rosto em minhas mãos e disse


- Você nao vai morrer eu vou ajudar você está bem - eu disse chorando


-Eu tenho que morrer harry me deixe morrer - disse ele com sua voz rouca falhando .


-Você não vai morrer eu não vou deixar isso acontecer - eu disse eu pensei rápido aparatei com ele ainda em meu colo na frente do saint’s mungus deixei ele com um enfermeiro aparatei em hogwarts novamente para a batalha contra ele cheguei no pátio principal vi ele torturando. Molly Weasley uma fúria se abateu sobre mim só me ouvi gritando .


- EM VOLDEMORT PORQUE NÃO ENFRENTA ALGUÉM QUE POSSA CONTRA VOCÊ SEU COVARDE - disse eu apontando a minha varinha para ele eu o vi virar para mim com sua aparência ofídica e um sorriso maligno e me disse .


-Hora hora se não e o menino de ouro que honra ter você aqui ainda bem que chegou para a festa - disse ele brincando com sua varinha .


-Claro Voldemort eu queria ver pessoalmente a sua queda - disse distraindo ele enquanto entoava um feitiço verbal eu vi cordas enrolarem os comensais e uma cúpula de vidro inquebrável cair também protegi os alunos os aurores é a ordem virei para Voldemort e disse .


-Bom voldemort somos só nos dois agora -disse com minha varinha esticada e o feitiço faiscando .me virei para ele e gritei .


-Bombarda - disse e em desviou meu feitiço bateu na parede é a explodiu.


-Crucio -entou o lorde das trevas contra mim


-Protego -me protegi do feitiço enquanto ele o mantinha eu sabia que devia fazer cancelei o feitiço e me preparei para o tão temido.


-AVADA QUEDAVRA - eu vi tudo a minha volta virar escuro e depois foi clareando eu estava eu um bosque bem bonito Quando avistei minha mãe meu pai em sua forma animaga e meu padrinho também em sua forma animaga brincando em volta da minha mãe eu corri até eles e os abracei eu sentia tanta falta deles estava abraçado a minha mãe quando ela me diz .


-Harry meu pequeno mamãe sentiu sua falta mais ainda não é a sua hora você precisa voltar tem que ajudar nossos amigos e o mundo mágico então acorde meu pequeno e nunca se esqueça nós te amamos .  fui sugado para fora do bosque e acordei e ouvi Voldemort gritando enlouquecido .


-ESTÃO VENDO AQUILO ISSO É O HERÓI DE VOCÊS ELE ESTÁ MORTO E O MUNDO MÁGICO E ESSA ESCOLA SÃO MINHAS - gritava ele ensandecidamente enquanto ria eu levantei minha varinha faiscando o fentiço que saiu dos meus lábios como uma doce canção


-Avada quedavra - vi voldemort se despedaçar e virar pó seus comensais deseperados para sair da cúpula de vidro fui ate aonde estava a ordem e os aurores os libertei chamei os aurores e fomos em direção aos comensais puxei da cúpula de vidro narcissa e draco malfoy me virei para os aurores e disse


-Eles me ajudaram é não vão ser presos porque eles foram forçados o tempo todo ele vão ser inocentados e matidos em segurança estamos entendidos - eles assentiram eu os levei comigo e pedi para os Weasley tomarem conta deles e vou em buscar da minha flor vou atrás da mione para ver se ela está bem quando à encontro. Vou até ela e a abraço ainda bem que ela está bem



-Mione minha flor ainda bem que você esta bem - disse ainda abraçado a ela



Sim meu pequeno estou bem e Você como está -disse ela com a voz suave mais não tive tempo de responder só senti uma rajada de magia vindo em nossa direção eu empurrei a mione para o lado e fui atingido em cheio senti espasmos tomarem o meu corpo minhas pernas fraguejaram ouvi gritos a minha volta mas não sabia da onde estava vindo minha vida passou como  flashes tudo que vivi até parar em Lindos olhos ônix que foram a ultima coisa que vi antes da escuridão me consumir me levando para a inconsciência .


Notas Finais


Obrigado e desculpe pelo atraso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...