1. Spirit Fanfics >
  2. Personality (Jikook) >
  3. Sentimentos

História Personality (Jikook) - Capítulo 16


Escrita por: Mink_Jikook

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 16 - Sentimentos


Jm- vocês não me conhecem? Eu sou MinJi, agora me falem onde estamos?

Yoongi-Fora da clínica.

Jm-disso eu sei, seu inútil.

Tae-Fala direito com ele.

Jm-enfim, preciso que um de vocês me de um soco.

Yoongi-Pra que?

Jm-o Jimin tem que saber que não se livrou de mim.

Yoongi-Você é estranho demais.

Jm- vão me bater ou não?

Yoongi-Nao.

Jm- inúteis.

Tae-Folgado.

Jm- eu preciso que alguém me machuque.

Yoongi-Mds... Ele só dá problema.

Jm- aff.

Ele bateu a porta no braço.

Yoongi-Misericordia.

O braço dele estava bem roxo, Jungkook entrou no quarto.

Jk-o que estão fazendo?

Tae-Seu outro namorado ta batendo a porta no braço.

Jk- MinJi?

Tae-isso.

Jk- por que está se machucando?

Jm-o Jimin queria se livrar de mim.

Jk- É, talvez.

Jm- e ele te comeu antes de mim.

Jungkook corou.

Yoongi-Que ótimo assunto em.

Jungkook puxou Jimin para fora do quarto.

Tae-Finalmente.

Yoongi-o Jungkook vai querer matar esse tal de MinJi.

Tae-Com certeza.

*Jungkook*

Jk-por que falou aquilo seu idiota?

Jm-Pq é verdade.

Jk- me fazendo passar vergonha.

Jm-Não fiz ninguém passar vergonha.

Jk- fez sim, e por que está aparecendo de novo?

Jm-Porque eu quero.

Olhei seu braço, estava roxo.

Jk- e o que você fez com o seu braço?

Jm-Bati ué.

Jk-de propósito?

Jm-Sim.

Jk- aff, não pode ficar se machucando.

Jm-Você não manda em mim.

Suspirei.

Jk-ta, então faz o que quiser.

Fui me deitar.

Jm-Você só sabe reclamar.

Jk- não tenho culpa se você que faz as merdas.

Jm-Não fiz nenhuma merda.

Jk-se machucando atoa.

Jm-Não é atoa.

Jk-entao por que fez isso?

Jm-Pra ele saber que não se livrou de mim.

Jk-se continuar fazendo essas coisas, o Jimin nunca vai sair do hospital.

Jm- por que ele sairia se tem tudo lá?

Jk-eu não vou ficar lá para sempre, nem o Yoongi.

Ele ficou quieto.

Jk-tem como agir como uma pessoa normal?

Jm-Eu to agindo.

Jk-ta agindo igual uma criança.

Jm-Não é como se você se importasse.

Jk-eu me importo.

Jm-Sei.

Jk- eu me importo de verdade, você já não posso dizer o mesmo.

Jm-Você se importa com o jimin.

Jk- com você também, porque vocês são a mesma pessoa.

Jm- eu e o Jimin só dividimos o mesmo corpo.

Jk-eu sei, eu me importaria mais com você, se você fosse legal, mas só sabe agir desse jeito.

Jm-eu sou legal.

Jk-se machucando e xingando as pessoas?

Ele ficou quieto.

Jk-vamos dormir logo, temos pouco tempo e ainda vamos correr para o hospital antes que alguém descubra.

Ele se deitou ao meu lado, me virei, ficando de costas para ele. Ele se aproximou... Me afastei um pouco.

Jm-Não precisa ficar tão longe.

Suspirei e me aproximei um pouco.

Jm-Não gosto quando ele toma os remédios.

Jk- eu sei.

Jm-E você quer que eu suma tambem.

Jk- é porque você trata as pessoas mal.

Jm-A claro.

Jk- toda vez que você aparecia, queria ver pessoas se machucando.

Jm-Não é bem assim.

Jk-nao?

Jm-Não, eu só fiz uma vez.

Jk- vou fingir que acredito.

Jm-As outras foram por acaso.

Jk- hm.

Jm-Vou tentar me comportar... Se ele parar de tomar o remédio.

Jk- e se ele tomar o remédio?

Jm-Não vejo motivos pra me comportar.

Jk- você quer apodrecer naquele hospital?

Jm-Vocês querem que eu suma, então é melhor ficar lá.

Jk- o Jimin vai parar de tomar o remédio e você vai se comportar... okay?

Jm-Ok.

Jk-promete se comportar?

Jm-Prometo.

Jk-otimo.

Jm-Boa noite.

Jk-boa noite.

logo dormi, depois de algumas horas acordamos e voltamos rápido para o hospital. Ninguém reparou que saimos.

Fui para o meu quarto, MinJi me seguiu.

Jm- vai mesmo fazer o Jimin parar de tomar o remédio?

Jk-vou tentar falar com ele, não prometo nada.

Jm- entendi.

Me deitei, MinJi se aproximou.

Jm-esta com sono?

Jk- um pouco.

Ele começou a fazer carinho no meu cabelo.

Jk- por que tá fazendo isso?

Jm- quando minha mãe fazia isso em mim, eu dormia mais rapido, era bom.

Jk-sua mãe?

Jm-é, quando eu ficava no lugar do Jimin.

Jk-pensei que não tivesse mãe.

Jm-a mãe do Jimin é minha mãe também.

Jk- o que o Jimin sofreu para acabar tendo duas personalidades?

Jm- ele quase matou o irmão dele, quando era pequeno.

Jk-por que?

Jm-ele queria ajudar, achou que ele estava com dor e jogou um remédio na garganta do irmão dele, mas ele era pequeno e não sabia engolir, ele se engasgou e ficou sufocando.

Jk-ele morreu?

Jm-não, o pai dele salvou o irmão dele, só que os pais dele começaram a deixá-lo de lado, tudo que acontecia de ruim com o irmão dele, virava culpa dele.

Jk- então por isso que ele foi internado.

Jm-O Chanyeol era o favoritinho dos nossos pais, ele até tentou se aproximar, mas ele era fraco demais e se machucava até esbarrando em árvore.

Jk- e seus pais odiavam quando você ficava perto dele?

Jm-sim, isso foi deixando o Jimin com mais raiva, ao ponto de querer matar o Chanyeol, mesmo sem coragem, foi aí que eu apareci.

Jk-apareceu apenas para matar o Chanyeol?

Jm- eu não sei, nunca pensei na minha utilidade, eu só sou mais corajoso que ele, eu acho.

Jk-hm.

Jm- agora dorme, deve estar cansado.

Jk- MinJi.

Jm-hm?

Jk- você gosta de mim ou só quer transar comigo?

Jm- eu...

Ele parecia pensativo.

Jk- é, parece que só está tentando se aproximar para isso.

Me virei, o ouvi suspirar e sair do meu quarto.

*MinJi*

Por que o Jungkook parecia chateado? É estranho, ele me odeia e agora fica magoado? Eu deveria ter respondido que gosto dele? Isso é meio confuso, eu nem sei o que é gostar de alguém, nunca fiquei tempo o suficiente no controle para isso.

*Jimin*

Eu "acordei", já estávamos no hospital, droga... O efeito do remédio tinha passado, eu devia ter levado um comprimido comigo.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...