1. Spirit Fanfics >
  2. Persona:Novo desejo dos deuses >
  3. Demônio vermelho

História Persona:Novo desejo dos deuses - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Hoje eu tava com vontade de escrever essa fanfic, eu geralmente tenho uma frequência de Togashi então não se acustumem, eu não consigui gostar desse cap tanto quanto eu gostei do primeiro, mas eu dei o meu melhor nelez aproveitem

Capítulo 2 - Demônio vermelho


Num pequeno quarto desprovido de luz e qualquer mobilia, uma pequena mocinha que cobria o corpo com um grande manto negro e segurava um bastão um pouco mais longo que o corpo da garota, ela tinha seus olhos cobertos por diversas faixas que ela mesmo havia amarrado na própria cabeça. Mesmo com os olhos cobertos e com o quarto ausente de uma sequer particula de luz, a menina consegue enchergar com perfeição

A mocinha não via nada daquele quarto, até porque nele não havia nada demais para se ver. Mas, ela via com clareza o que acontecia num grande corredor cinza muito distante dali

Ela tinha sua atenção totalmente voltada para uma dupla que parecia ter uma pequena discussão, era um garoto moreno totalmente vestido de branco e uma garota alta que estava despida da cintura pra baixo. O garoto de branco era deverás familiar para a menina, depois de o reconhecer ela mordeu o dedão da mão esquerda e bateu a ponta do bastão no chão, ela tinha um misto de emoções em relação aquele jovem, porém a emoção que se destacava com certeza era a raiva

Ela fincou os dentes na carne de seu dedão e conseguia sentir o gosto do sangue que escorria dali entrava em sua boca, ela continuou fincando os dentes mais fundo até ela sentir os dentes dela encostarem no osso daquele dedo. Então ela passou a descontar a raiva que a existência daquele rapaz lhe causava batendo o bastão dela repetidamente no chão várias vezes sem tirar o dedão de dentro da boca

Até que a moça não mais se aguentou apenas castigando o próprio dedo e o bastão em sua mão, com uma última batida forte que arrancou uma lasca do chão, a moçinha abriu sua boca com os dentes da frente sujos de sangue e exclamou:

-Condenado vermelho!!! Como tua assassina e dona da sua alma eu ordeno que ponha fim a vida daquele desgraçado!!! Esmague ele!!! Quebre ele!!! Mate ele!!! Acabe com ele!!!!

Enquanto ela exclama o bastão e o manto da garota passam a brilhar, as palavras delas chegam até o "Condenado Vermelho" que as ouve com clareza

...

No corredor cinza, a dupla de antes continuava a interagir, Diego fazia um discurso em que se gabava de seu conhecimento avançado em relação a magia de quase todo tipo. O rapaz latino para seu discurso e se prepara para um conflito e instrui sua companheira a fazer o mesmo com um gesto, ela segue seu conselho

Um portal surge na frente deles, tal portal foi ativado remotamente por um usuário de magia bastante distante daquele local. Este portal trás uma criatura das trevas para o corredor onde estava a dupla de jovens usuários de magia

Tal criatura das trevas é chamada de demônio vermelho, uma figura semelhante a um humano alto com sobre peso com uma clava, porem a pele era de uma tonalidade vermelha bem destacada, ele possuía cerca de 4 metros de altura e o corpo dele tinha uma largura de 3 metros, os cabelos brancos como a neve, seis olhos totalmente amarelos sem pupila, os dentes afiados visíveis em seu sorriso cruel, sua clava de 3 metros pesava 20 toneladas, mas ele a manuseava como se tivesse o peso de um palito de dente

Logo depois de ser trazido pelo portal, o demônio vermelho correu na direção de seu alvo, o rapaz conjugou um discurso e invocou um espírito das chamas que fez o demônio recuar com uma rajada de fogo antes do demônio conseguir o acertar o rapaz com a clava

-Sabe que pode me chamar sem essa formalidade toda sabia?-O espírito das chamas disse ao seu invocador

-E que elegância teria nisso?-O rapaz respondeu prontamente

Sem muita demora o demônio ja preparava outro ataque, ele não tinha pra onde desviar naquele corredor estreito tendo um corpo tão grande portando ele ja foi partiu para o segundo golpe preparado para não recuar perante uma simples rajada de chamas. Isto era fácil devido ao fato de demônios vermelhos tipo serem resistentes a golpes do elemento fogo apesar de não ser totalmente imunes, ele apenas foi pego de surpresa pelo último golpe, isto não iria ocorrer denovo

Porém antes do demônio efetuar seu segundo ataque, a moça que acompanhava o rapaz se meteu entre ele e o demônio. Sem muita paciência o demônio atacou a moça com um golpe horizontal com a clava

Ele pensou que destruiria ela com aquele golpe, porém ela o surpreendeu mostrando uma técnica impecável manuseando a espada, ela claramente usava movimentos da esgrima francesa manuseando a espada com a mão direita e mantendo a esquerda fora do caminho

A moça bloqueou o golpe da pesada clava com um único movimento rápido em que ela acertou a lateral da arma do oponente e desviando para o lado direoto e se deslocou para o lado oposto. Sem perder um segundo ou movimento, a garota avançou contra o demônio logo depois de bloquear seu ataque, porém o oponente atacou a moça com o braço esquerdo, um golpe semelhante a um tapa de sumo o qual a garota recuou para desviar

Quando ela recuou o demônio tentou atacar com a clava novamente, porém ela escapou do golpe com um elegante salto e a clava colidiu contra paredes e criou uma pequena cratera ao redor do local da colisão

Ambos os rivais se encaram por um momento, eles sorriram vendo o olhar determinado na face de seu rival. O demônio soltou a clava e juntou as mãos e estralou os dedos de ambas

-Acabou a brincadeira-O demônio exclamou sem tirar os olhos da oponente que não perdeu a oportunidade de posar elegântemente de forma a exibir sua qualidade usando a espada

A garota não pode deixar aquela provocação passar batida e avançou visando atacar o coração do oponente com uma estocada. O demônio colocou o braço esquerdo no caminho da espada da garota, mesmo com toda a força ela não conseguiu fazer a espada ir muito fundo no corpo do oponente, ela mal foi atravessou a pele do demônio

A criatura das trevas tentou acertar ela com um tapa visto que a espada estava presa no braço do demônio. Sentindo o golpe do demônio prestes a atingir o corpo dela, a garota soltou a espada e recuou alguns metros. Sem perder tempo o demônio avançou contra a garota que agora estava desarmada, ele desferiu um tapa mais forte que os outros na direção da garota com a mão esquerda assim que ela estava no alcance dele

Era um golpe veloz, ela não era capaz de desviar, o demônio achou que a luta ja estava ganha, afinal aquele tapa possuía a mesma força que o impacto de um avião colidindo contra o corpo da garota teria. Porém antes de ser atingida, a garota enfrentou a mão do demonio de frente, ela ficou na postura de esgrimista e materializou sua espada, com uma técnica impecável ela acertou a mão da criatura na lateral como havia feito com a clava dele na outra vez, com mais técnica do que força, ela dessa vez desviou o tapa mais para a direita e foi para a esquerda ao mesmo tempo

Antes do demonio ter tempo de ficar surpreso por ver a garota que estava desarmada até então materializar a espada no último momento. A garota saltou na parede e com um único impulso das duas pernas se atirou na direção da face do monstro com a ponta da lâmina apontada para o cérebro da criatura, ela não percebia mais inconscientemente estava usando magia para aumentar as próprias capacidades físicas desde o começo da luta, por isto ela conseguia combater um demônio com tanta força física, na hora em que ela se impulsionou na parede mirando a cabeça do oponente ela aumentou a quantidade de magia que ela colocava nas pernas, tornando o reforço nessa parte muito mais forte, a velocidade com que ela avançou na direção do demônio foi muito maior que o esperado por ambos

Vendo que a garota o surpreendeu usando magia para materializar outra espada, o demônio resolveu mostrar seus próprios truques. Quando a garota esta em rota de colisão com o rosto dele em uma velocidade grande demais para que ele fosse capaz de bloquear com o braço a tempo, o demônio abriu a boca e lançou uma rajada de chamas

O fogo atingiu o corpo da garota em cheio, ela que não tinha quase nenhuma proteção ao redor do próprio corpo sentiu o fogo literalmente na pele, ela gritou de dor sentindo tudo aquilo

Felizmente pra ela, a rajada de fogo não durou muito mais que um segundo. Jake'O Lantern lançou uma rajada de chamas na direção da criatura e Diego materializou um arco e flecha e atingiu o pescoço da criatura

Os golpes fizeram o demônio fechar a boca e recuar um pouco menos de um metro, a garota estava com queimaduras por todo o corpo e práticamente inconsciente. Diego não perdeu tempo e correu na direção dela e usou um feitiço de cura

O demônio tentou atacar eles enquanto a moça era curada mas Jack lançou uma série de rajadas de fogo que tinham impacto o bastante para afasta-lo

-Perdão companheiro-Disse Jack se metendo entre o demônio e a dupla-Mas não posso recuar quando vejo uma donzela em perigo

-Isso vai custar sua vida!-O demônio esclamou desferindo um tapa na direção do pequeno espírito flutuante

-Mas eu já estou morto!!-Jack exclamou dando risada enquanto desviava do tapa

Assim se iniciou a luta entre os não humanos, Jack usava sua mobilidade para evitar os poderosos golpes do demônio vermelho enquanto atacava com rajadas de chamas que causavam pouco dano. Jack estava na desvantagem, afinal ele não conseguiria desviar para sempre, sabendo disso ele manteve o demônio vermelho longe de seu parceiro pelo maior tempo que ele conseguisse até que a bela esgrimista acordasse e pudesse assumir aquela possição na linha de frente

Jack quando sentiu que não iria aguentar por muito mais tempo (Depois de um minuto) usou sua astúcia e conseguiu diminuir sua desvantagem acertando o ferimento no braço do oponente deixado pela espada da garota alguns momentos atras com uma bola de fogo, isso causou um pouco mais de dano que os outros ataques dele e fez a velocidade dos golpes daquele braço ser reduzida

Enquanto isso, a menos de um metro desse combate. Diego usava um feitiço de cura em sua companheira, ela não havia morrido apesar de ter queimaduras de 3°grau ou mais por todo o corpo, exceto pelo troco e pelos braços, estes estavam cobertos pela jaqueta que Diego havia emprestado, como o parceiro de Diego é um espírito do fogo ele e as roupas dele tem uma resistência especial a esse elemento, ele conseguiu sentir a vida dele sendo regenerada quando a jaqueta foi atingida pelas chamas (Ele não sabia que as roupas dele tinham o poder de mandar energia pra ele mesmo estando com outra pessoa, ele guardou essa informação com carinho)

Foi um pouco mais difícil curar a garota desta vez, aparentemente ela é fraca contra golpes do elemento fogo, mesmo que não fosse ela era inexperiente e a rajada de chamas do demônio vermelho é realmente forte. Mesmo assim depois de 1 minuto ela estava perfeitamente saudável novamente, Diego é realmente bom com feitiços de cura. Ela abriu os olhos e a primeira visão que teve vou o nariz empinado do rapaz que nem se importava em olhar para ela enquanto lança sua cura sobre a garota, ele focava na luta de Jack'O Lantern esperando o momento certo para interferir

A garota se levantou e procurou por cicatrizes em seu corpo, depois de não achar ela dirigiu o olhar para o seu parceiro que estava segurando um arco e flecha pronto para atirar

-Não vai perguntar se eu estou bem?-Ela perguntou

-Eu lancei um poderoso feitiço de cura sobre você-Ele respondeu-Lógico que você está bem

-Que confiança

-É claro, eu sou um poderoso suporte que domina todo tipo de feitiço de cura com perfeição, por isso não me importo de deixar você partir pra cima de um inimigo com mais do dobro do seu tamanho de forma imprudente daquele jeito

-Que arrogante

-Não é arrogância, é a verdade, enquanto estiver comigo pode morrer mil vezes se quiser, irei te trazer de volta melhor que antes todas as vezes

-Wow, que cavalheirismo da sua parte

-Mas, eu não me importaria se você usasse ao menos alguma roupa ao redor do corpo

-Foi mal, não tenho nenhuma

-Por que você não cria uma do mesmo jeito que você faz com a espada?

-Que ideia genial!

Depois de falar, a garota tira a jaqueta de Diego e a entrega de volta para ele ficando totalmente despida novamente, antes que ele tivesse a chance de a questionar, a garota cria ao redor de seu corpo uma armadura de ferro. Cobrindo totalmente o corpo dela, la estava uma verdadeira armadura medieval, com capacete e tudo, ela manifesta sua espada novamente e parte para cima de seu oponente

-Avante!!!-Ela exclamou enquanto corria em direção ao demônio vermelho

-Você quer matar o demônio ou conquistar Jerusalém?-Diego disse disparando uma flecha que ele havia mirado para o olho do demônio, porém a criatura segurou a flecha dele no último momento e não sofreu dano algum

Voltando alguns momentos, mais específicamente para o momento em que a garota ficou totalmente despida, neste momento o Jack'O Lantern estava em combate contra o demônio vermelho e não havia recebido nenhum golpe, porém quando ele ouviu o discreto e quase imperceptível som da jaqueta saindo do corpo da garota e ele virou a cabeça 180° para dar uma espiada, ele recebeu um golpe da mão direita do demônio vermelho em cheio e ficou totalmente fora de combate, mas não sentiu nenhuma lasca de arrependimento

Depois de vestir sua armadura, a garota ja estava totalmente pronta para o round 2 contra o demônio vermelho. Ela correu na direção dele o mais rápido que pode usando aquela armadura pesada, a criatura das trevas ja começou a luta com o golpe que nocauteou a garota da outra vez, uma rajada de chamas bem forte, como a rajada de chamas foi grande e o corredor era estreito o demônio achou que tinha vencido. Porém, quando ele fechou a boca viu ninguém menos que Diego em frente a ele

O rapaz argentino correu e se meteu entre o demônio e a garota quando viu que a criatura ia soltar uma rajada de chamas. Vendo o arco na mão do rapaz, o demônio deduziu corretamente que a especialidade do rapaz não era combate corpo a corpo e direcionou um tapa com toda a força na direção do rapaz

Antes do golpe da criatura atingir o garoto, a esgrimista puxou Diego pela gola da camisa o tirando da trajetória do tapa. O poder do golpe deixou uma pequena cratera no chão

A garota então partiu para o contra ataque, aproveitando a mão do demônio tão perto dela novamente, ela atacou o braço dele com uma estocada. Mesmo colocando muita força ela não conseguiu fincar sua espada muito fundo no corpo do oponente, mal conseguiu ir alem da pele dele mais uma vez

Sem perder mais tempo o demônio vermelho puxou o braço pra perto de si junto com a espada da garota, o demônio atacou com o outro braço ao mesmo tempo que puxava o direito pra perto de si

A garota ja conseguia ler os movimentos do oponente, sem dificuldade alguma ela evitou o golpe de forma elegante, dessa vez acertando a entre o dedo indicador e o dedo do meio da mão do demônio, não exatamente redirecionando o golpe do demônio mas se impulsionando para cima e para frente. Com esse impulso ela saltou sobre a mão da criatura e subiu no braço dele

Sem perder tempo ela começou a correr na direção da cabeça da criatura, o demônio tentou a afastar com um tapa, porém ele foi atingido por um feitiço de debuff no braço que o impedia de se mover por alguns segundos. Um dos seis olhos do demônio logo se virou para a fonte desse feitiço, um arqueiro que se vestia só de branco

O demônios abre a boca para lançar uma rajada de chamas tão forte quanto a última e da qual a garota não poderia escapar naquela distância. Porém, a garota ja esperava que o demônio iria fazer isso e tinha um plano para lidar com aquela habilidade problemática

Quando o demônio abriu a boca, a garota estendeu o braço esquerdo e tão instintivamente quanto ela respirava ela lançou um feitiço naquela direção, naquele momento ela pensou "Se eu posso materializar uma armadura e uma espada, por que não uma grande bola de ferro?", assim uma esfera maciça de aço foi materializada dentro da boca do demônio, a esfera não era tão grande, tinha apenas o volume necessário para preencher a boca da criatura como uma mordaça e bloquear a saída das chamas

A garota atravessou a lâmina na cabeça do demônio com uma estocada forte, depois disso ele parou de se mover e caiu no chão. Ele se transformou numa pilha de poeira vermelha antes de desaparecer completamente alguns segundos depois

A garota desmaterializou sua espada e seu capacete e deitou no chão depois de ter certeza de que havia acabado com o inimigo. Diego a alguns metros dela, se encostou na parede e sentou no chão para um pequeno descanso também, apesar se dominar as magias de cura ele não confiava tanto em sua qualidade com magias de debuff como a que ele disparou na direção do demônio, ele também estava quase sem magia, ja que precisava constantemente compartilhar ela não só consigo mesmo mas também com o espírito do fogo que era seu parceiro

Ele relaxou por cerca de um minuto, até que foi ele foi surpreendido por uma garota de armadura que o abraçou de surpresa enquanto dizia:

-Isso foi muito assustador!!!

-De fato, era um oponente terrível, se você não estivesse aqui acho que eu sairia correndo...

-Não se preocupe, enquanto estiver na acompanhado de mim, não tera que temer nenhum oponente!!! Todos eles cairão perante a espada da cavaleira mais poderosa que ja pisou neste reino!!!! Que por acaso sou eu

Diego riu sinceramente enquanto ouvia ela, a risada dele era suave e até um pouco delicada e bonita

-Estou contando com isso-Diego disse sorrindo

Antes de dizer qualquer coisa, a garota se afastou alguns centímetros do rapaz e colocou as duas mãos entre eles

-Calma la amigo...-Ela disse muito séria

-O que foi?-Diego estava um pouco perdido

-Sei que estamos criando laços muito fortes aqui mas antes que se apaixone por mim devido a soma das minhas habilidades incríveis e de minha incomparável beleza eu tenho que te avisar, eu na verdade "Jogo no outro time" entende?-Ela dizia como um médico que da uma notícia ruim a um paciente

Diego passou alguns segundos processando as informações e não pode deixar de cair na risada

-O que é tão engraçado?!!-A garota perguntou com o rosto avermelhado

-Nada demais-Diego disse se acalmando-Não se preocupe, farei o possível para não ser conquistado por suas incríveis habilidades, não precisarei de esforço para conseguir não me apaixonar por sua "incomparável" beleza, fico muito feliz que tenha sido sincera comigo

-Ei-A garota disse incomodada-Por que estás aspas na hora de falar da minha incomparável beleza?

-Bem, você nunca se olhou no espelho?

-Que eu lembre não

-Então não vou estragar a surpresa

-Então quer dizer que eu sou feia!!!???

-Como eu disse não vou estragar a surpresa...

-Isso é praticamente um sim!!

-Não foi o que eu disse!!!

-Mas é o que queria dizer!!!

-Olha aqui, eu vou reformular minha frase...

...

Num pequeno quarto desprovido de luz e de mobília, uma pequena garotinha que cobria seu corpo com um grande manto preto e segurava um bastão, gritava enfurecida enquanto atacava furiosavamente o chão com seu bastão, ja havia uma pequena cratera no lugar onde ela estava batendo. Os gritos dela continham diversos xingamentos diferentes, todos direcionados ao garoto de roupas brancas

Depois de um minuto assim ela se acalmou um pouco e começou a chupar o machucado que ela mesma havia feito em seu dedão da mão esquerda, ela pensou em várias coisas enquanto ingeria o próprio sangue, ela aproximou sua visão da dupla que parecia se divertir logo depois de ter derrotado o "condenado vermelho" ela prestou muita atenção em ambos, ela soltou seu bastão que ja estava fincado no chão e colocou a mão na orelha, assim que fez isso ela passou a ouvir a conversa daqueles dois usuários de magia com clareza

Depois de os ouvir por alguns minutos ela tirou a mão do ouvido e pegou em seu bastão novamente. Ela também usou um feitiço de cura na própria mão para curar o dedão que ela havia mordido furiosamente e o tirou da boca, em seguida ela voltou a bater o bastão no chão sentindo muito ódio enquanto gritava:

-COMO ESTA PUTA LÉSBICA OUSA DESTRUIR O CASALSINHO QUE EU TINHA ACABADO DE SHIPPAR!!!! IA FICAR TÃO BONITINHO!!!! EU JÁ TINHA MENTALMENTE ESCREVIDO UMA FANFIC!!!!! EU IA GARGALHAR TÃAAAOOO ALTO QUANDO UM DE VOCÊS MORRESSE POR MINHA CAUSA E O OUTRO JURASSE VINGANÇA CONTRA MIM!!!!! Sim... Vingança... Ódio... Me encontrem... Me odeiem... ME ODEIEM!!!!!...

Assim, ela seguiu gritando por um bom tempo...

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, a idéia dessa personagem nova era ela ser estranha mesmo, vou mostrar mais sobre ela e do passado sombrio do Diego mais pra frente então aguardem, daqui é só ladeira a baixo em relação a personagens excêntricos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...