História Pesadelo ou realidade? - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Countyhumans
Visualizações 5
Palavras 749
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


-3- boa leitura

Capítulo 2 - Nova casa, nova vida


Fanfic / Fanfiction Pesadelo ou realidade? - Capítulo 2 - Nova casa, nova vida

10.27 a.m.

1 semana depois



Alemanha on


Papai já foi para a guerra...ele pediu para me esconder ou tentar pela sorte...pelomenos ele não acordou com raiva.

Eu estou sozinho na mansão sem nada para faze por umas horas até que a guerra de fato aconteça....já sei, vou fazer um esconderijo, eu poderei não passar fome.


Alemanha off


Logo Alemanha  acha um canto pare se esconder, ele leva muita comida,  traviseiros, lençou, água potável(muita) e seus brinquedos.


Logo Alemanha escuta o som de balas voando de muito longe, a guerra já havia começado.  


O rosto de Alemanha fica trêmulo, soado e apavorado para não morrer, soldados alemãs passavam e passavam, o som dos passos deles era tão forte que dava para sentir eles de longe.


Com medo doque viria, ele lacrimeja.


Alemanha- Oh senhor, ajude meu papai e suas tropas, que eu não morra e meu papai também n-não...


×Quebra de tempo×

4 anos se passaram


Nazi on


Nazi- E-E-Eu falhei...EU FALHEEEI(lacrimeja um pouco) N-NÃO...

Soldados russos e o próprio Urrs batem na porta daquela casa que Nazi estava.


Urrs- ABRE A PORTA NAZI, EU SEI QUE ESTÁ AÍ!


Nazi: porra...o que eu fasso... o que eu fasso, o que eu fasso, o que eu fasso?


Urss- SEU FILHA DA PUTA RESPONDE!


Nazi saca sua arma e a foto de Alemanha, ele chora um curto tempo, e mira para sua cabeça.

Nazi- N-N-NUNCA ME PEGARÁ VIVO SEU COMUNISTA IDIOTA!!!( atira na própria cabeça)

Urss faz sinal de arrombarem, e logo se depara com o seu rival, sujo de sangue que só escorria, ele fica pasmo com Nazi que ainda chorava, sem saber o que fazia, ele pega coisas que tinha nos bolços do narzista.


Urrs- meu deus... tenho que achar o seu filho-

-soldados, quero que me sigam até a antiga casa de Third Reich.


Eles vão até àquela casa que foi difícil de achala pelo fato de não falarem a língua dos nativos que ainda estavam vivos, tirando o fato das ruas cheias de mortos com sangue já seco.

Urrs bate na porta, não vem ninguém, então ele toca a campainha e arromba a porta(só conta com quantas portas esse doido vai arrombar) e aparece o Alemanha sem ver quem era logo diz.

Alemanha- PAPAIIII

Urss logo da de caras com o jovem que já estava com 8 aninhos, ele tinha aquele chapéu do Nazi, e aquelas rolpas de escola(short com regata e meias nos joelhos)


Alemanha- Cade papai?

Urrs-....ele morreu...

Alemanha- P-P-PAPAI!?

ele cai no chão chorando de tristeza e indignação, por quê Deus não me escutou? pensava.

Urrs- eu irei te levar á minha casa, ficará lá até ter uma idade já de ir morar sozinho, suba encima de mim garorinho.

Alemanha quase encharcado sobe bem devagar encima das costas do maior.

Urrs libera os soldados e vai em direção sua casa.


Ao sair da casa do seu ex-rival, estava no inverno soviético a noite, nevando muito, a luz das estrelas e da lua eram a unica coisa que tinha luz para a escuridão. Flocos de neve caiam sob eles, Alemanha se tremia bastante,mas infelismente Urrs não tinha nada para o cubrilo, ele apertou o passo(acelerou) e continuou ao seu destino.

Alemanha- como...papai morreu?

Urrs- F-Foi...suicídio...

Alemanha logo lacrimeja um pouco - v-você conhecia ele?


Urrs logo se lembra de tudo que já fez com o falecido Nazista, de quando eram crianças até a traição, ele perplexo não responde o garoto cujo estava em suas costas largas.

Constrangido por Urrs não ter reapindido ele logo responde.

Alemanha-...perdão, ele nunca me contava nada de seu passado...


×Quebra de tempo×


Urss abriu a porta de sua casa, apenas 5 de seus filhos estavam acordados naquela noite fria, eram a maioria baixos, menos um que tinha uma ushanka e um suéter branco com listras azuis,calças jeans azul claro e botas marrons, seu rosto era afilado e seus olhos redondos, tinha toda a sua alegria expressa pelo seus olhos.

Alemanha ficava adimirando aquele garoto que tinha a aparência mais velha dos outros.

Urss- Crianças, este é Alemanha, irá morar conosco normalmente, algum garoto disposto a dividir quarto?

Alemanha- N-N-não precisa, eu posso dormir no sofá...

garoto A- eu acho melhor resolvemos amanhã quando todos estiverem acordados pai.

garoto B- você tem toda a razão Ucrânia, não tem todos aqui presentes e isso seria injusto....

Urss- Ucrânia meu filho, arranje por favor um travesseiro e um lençou.


×quebra de tempo×


garoto C- boa noite Alemanha. O garoto de ushanka dá um abraço bem curto no germânico.

Alemanha- boa...(ele se cora)

.


.


.


.


.








Notas Finais


então...até alguma hora pelo fato que tenho aula amanhã,_,


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...