1. Spirit Fanfics >
  2. Pesadelos- Jk e sn >
  3. One shot

História Pesadelos- Jk e sn - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - One shot


Eu e s/n estávamos recém casados e oficialmente morando juntos.Apesar da demora nós encontramos um apartamento perfeito com uma ótima estrutura, privacidade e segurança, já que nosso relacionamento era assumido para o público, a gente finalmente achou o lugar perfeito.Nosso casamento não era perfeito, mas eu o considerava quase, apesar de nós nos amarmos muito, uma das maiores desventuras eram os pesadelos frequentes que s/n tinha.em uma certa segunda nós não tinhamos nada em nossa agenda, então ficamos curtindo preguiça por mais um tempinho. Era impressionante como a respiração lenta e levemente alta de minha esposa conseguia trazer a calma que eu precisava depois de um final de semana cheio de tarefas. Enquanto estávamos na cama senti s/n se mexer , quando percebi sua expressão facial logo deduzi que fosse mais um de seus aterrorizantes pesadelos. Peguei em sua mão e fechei meu braço mais forte sobre sua cintura, a fazendo parar um pouco os movimentos. Quando de repente s/n levanta e diz:
-Aranhas... elas subiam por todo o meu corpo, suas patas peçonhentas, eram centenas, agéis e nojentas, elas não saiam de mim kookie...
A aracnofobia de minha esposa era bem elevada, então a maioria de seus pesadelos eram sobre os insetos de 8 patas- foi... sufocante, nojento, medonho,bizarro e ...- Shhhh-comecei a fazer carinho em sua bochecha a olhando com ternura- tá tudo bem jagiya, foi só um pesadelo, não tem nenhuma aranha aqui okay?-ela afirmou com a cabeça começando a normalizar sua respiração enquanto eu ligava a televisão no noticiário. ela se deitou novamente em meu peito enquanto se acalmava e eu depositava curtos selares em sua testa.
continuamos a assistir o noticiário ainda na mesma posição, extremamente despreocupados. voltava a deitar na cama e s/n acompanhava meus  movimentos, no momento alguns artistas passavam na tv
-Lembra de quando nos descobriram? no nosso aniversário de 2 anos de namoro?-ela perguntou
-Como esquecer? eu quase te perdi por causa daquela maldita foto-disse e ela riu
- a culpa não é minha se você saiu com a minha staff pra combinar a surpresa e esqueceu de usar máscara- disse cutucando meu peito a cada palavra que proferia
- A culpa também não é minha se acessaram meu celular sei lá como e descobriram que a gente se comia á 2 anos- disse e ela gargalhou mais uma vez 
-eu ainda lembro do mama daquele ano, que pesadelo que foi aquilo- disse franzindo a sobrancelha
-ainda bem que a sasaeng que tentou acertar vocês com a arma já tá presa-você não tem noção do susto que a gente levou quando ela subiu no palco.
-porra, imagina a gente que tava com a testa na mira daquela doida-disse e de repente a porta do nosso quarto se abriu 
- quem você está chamando de doida?-a sasaeng tinha um sorriso psicopata no rosto-achou mesmo que tinha acabado?você não vai viver enquanto estiver com meu homem sua vagabunda-ela tirou uma arma de trás do seu corpo,fazendo s/n gelar
-não faça isso-disse sentindo meus olhos lacrimejarem-porfavor,eu te imploro,nos deixe em paz,as minhas lágrimas já desciam pelas minhas bochechas,já minha esposa estava apenas travada no mesmo lugar-eu faço o que você quiser, dou um autógrafo,visita no camarim, algum item especial,qualquer coisa que te deixe feliz, mas porfavor nos deixe em paz!-eu já havia me ajoelhado em sua frente e implorava com todas as minhas forças,ela apenas me olhava com pena
-oh meu amor,eu até aceitaria sua proposta-ela colocou a mão em meu queixo me virando para s/n-mas a única coisa que vai me fazer feliz,é ver essa maldita morta,se você não for meu,não será de mais ninguém-ela engatilhou a arma e mais dois homens entraram no quarto e me seguraram, eu me debatia sem resultado já que ambos eram mais fortes que eu
-Espero que esteja pronta para encontrar suas putas do outro lado, sua vadia- então ela posicionou seu dedo no gatilho- tchau tchau, jeon s/n
-NÃO- eu gritei desesperado, mas não adiantou, ela apertou o gatilho fazendo aquele barulho ensurdecedor entrar perturbar minha mente.
Me levantei da cama,os lençóis molhados com meu suor, meu coração e respiração descompassados.o relógio marcava 3;40 da manhã e minha esposa me olhava preocupada
-está tudo be-a cortei e a abracei forte
- tive tanto medo de te perder s/n-a apertei mais- aquela sasaeng do mama atirou em você, eu não sabia o que fazer s/n eu não me imagino sem você e se se se você morrer eu-s/n me abraçou e começou a me reconfortar. estava ocupado chorando mas lembro das últimas palavras dela quando adormeci
- eu prometo estar aqui quando acordar amor
-eu te amo
-eu te amo
 


Notas Finais


oi sunshines espero que tenham gostado desse imagine.
ele está disponivel para leitura aqui e no instagram tirsty._.bts


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...