1. Spirit Fanfics >
  2. Pessoa >
  3. Night diving

História Pessoa - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Night diving


Fanfic / Fanfiction Pessoa - Capítulo 2 - Night diving

~ Mergulho noturno! essa era a música que tocava em meu fone de ouvido na hora em que nos abraçamos. Uma música não. conhecida, mas para mim muito importante. Logo guardei o celular para podermos conversar, pois estava ansiosa e tensa ao mesmo tempo para saber o que ele tinha a dizer sobre mim. Será que ele gostou de mim? será que me achou bonita? meu perfume não está forte demais? minha maquiagem está exagerada? até que perguntei com um sorriso timido: O que você achou de mim Renan? 

 - Sinceramente não achei que você fosse fazer essa pergunta. Por que esse tipo de pergunta é tão insegura e não combina com a garota linda e espontânea que você é, Elis! Tomei uma logo no primeiro encontro. É, eu poderia ter ficado quieta hahaha! Achei lindo ele me dando uma bronca e ainda abreviando meu nome. Acho que eu estava começando a despertar as borboletinhas azuis em meu estomago. - Que filme iremos ver então Elis? Eu um pouco distraida demorei pra responder, dando um ar de quem estava raciocinando se realmente ia ao cinema ou não. Foi ai que lembrei que Volverine imortal ainda estava em cartaz. 

- A gente poderia ver Volverine Imortal? Aproveitando a pergunta, DC ou Marvel? Sorrindo ele respondeu: Isso está ficando mais interessante ainda, já te gosto muito, e estou louco pra ver esse filme. Foi aí que eu fiquei mais boba . ACORDA ELISA! Isso pode ser uma cilada. Um rapaz alto, com esses cabelos lindos e esse sorriso encantador não vai te querer por tanto tempo, então pra que disperdiçar suspiros? ACORDA GAROTA! Nesse momento paranóico meu, parece que ele adivinhou, e pegou em minha mão pra gente poder ir para proxima estação direto ao shopping. Fiquei gelada, com o toque quente e macio da mão dele. Uma mão tão leve e envolvente. Aí aí, aquela noite ia ser boa , não nesse sentido que você aí está pensando. ainda não. Se bem que eu estava me sentindo tão a vontade, que transaria fácil com ele naquele primeiro encontro e deveria. Já no cinema ele perguntou pra mim se eu gostaria de comer pipoca, tentando fazer a educada, não quis, com medo de engasgar e passar vergonha no primeiro encontro haha

Então entramos na sala do cinema, não muito cheia, sentamos na parte de cima. - Aqui está bom pra você? Eu não gosto de ficar muito perto da tela por que os pixels aparecem (risos) falou renan com um jeito tão educado e atencioso que eu até disse que estava ótimo o lugar, mesmo sabendo que aos 21 anos eu tenho uma visão de uma velha de 70 anos. Aceitei, e ali estava bom, para dar alguns beijos.  Ah, por falar em beijo.... Não sei se irei conseguir descrever o que foi aquele beijo que ele me deu antes de começar o filme. Estava eu distraida, vendo os trailers,  e olhei o horário no visor do meu celular, quando ele pegou em meu queixo e me perguntou se eu estava nervosa. 

- Ei Elis, olha pra mim, você pela internet parecia ser tão "pra frente" e sem timidez (risos) Você está tensa, está nervosa.. Preciso passar confiança pra você, disse  Renan. Eu olhando nos olhos dele e desviando o olhar bem rápido, morrendo de vergonha, disse que estava tudo bem, e até que tomei a decisão de chegar mais perto daqueles labios vermelhos e carnudos. Foi inevitável não beija-lo, foi impossivel não fechar os olhos pra sentir aquele beijo molhado, sentir o gosto da boca dele. Aquele sabor que entrou como uma droga em minha boca, me fazendo viciar. Até hoje eu me deito, lembrando daquele beijo que durou o tempo de um trailler rsrs. Fiquei sem ar, sem batom, e com vontade de beijar mais e mais. Mas precisavamos dar atenção ao filme... Algumas horas depois saimos da sala do cinema, estava uma noite tão bonita e fria, perfeita para um primeiro encontro. Comentar sobre o filme, sobre as nossas conversas, e ah! Beijar muito haha

- Poderiamos comer algo? Você está com fome ? perguntou Renan. Respondi sim com um ar de riso lembrando de uma conversa picante que tivemos no whatsapp. Logo ele percebeu e também sorriu com um ar de timidez. Timidez que eu sabia que não existia. Renan tinha um jeito tão educado de falar, que em vez de comer aquele fundue de um restaurante de franquia, fiquei fazendo charminho e observando o quão ele era lindo. - Você não vai comer? não vai me acompanhar? só eu que estou me acabando nesse fundue de queijo (risos) Quando ele sorriu me deu um frio na barriga com um misto de felicidade e ao mesmo tempo angustia. Será que realmente essa companhia linda e educada vai durar muito tempo? sou uma garota tão sem graça rs. As horas naquela noite passaram tão de pressa que quando percebi já era 22! e eu morava longe, sabia que precisava passar pelo menos mais meia hora pra beijar o Renan. Eu precisava sentir aquele beijo de novo! Enfim fomos para parte de fora do shopping e ele já estava se lamentando que teriamos que seguir um para casa do outro. Eu também pois aquela noite estava tão gostosa que queria ficar mais e mais com meu Renan.

 - Então está chegando a hora de voce ir? ( me envolvendo com seus braços, e apertando minha cintura) eu respondi que ia ficar mais um pouco! Com ele olhando em meus olhos e chegando perto da minha boca...Um beijo bem quente dessa vez, com direito a beijos no meu pescoço e chupadas de leve. Conforme passava os minutos o clima estava ficando muito quente, até que eu resolvi dar um STOP! - Renan (com voz ofegante) Acho bom pararmos por aqui, né? já estamos bem quentes ( Risos) Ele me pediu desculpas e enfim nos despedimos daquela noite deliciosa. Entrei de volta no trem com um sorriso imenso! De quem realmente já tinha esquecido que relacionamentos de internet não dão certo, né Elis ?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...