História Pétalas Sangrentas (Thorki) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Fandral, Jane Foster, Lady Sif, Loki, Odin, Personagens Originais, Thor
Tags Adultério, Álcool, Drama, Elfos, Ficção, Gay, Gravidez, Incesto, Loki, Magia, Marvel, Mitologia, Mpreg, Novela, Revelaçoes, Romance, Thor, Thorki, Traição, Ucm, Vingadores, Yaoi
Visualizações 43
Palavras 379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Lemon, LGBT, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Mudanças, a alguns alegra, a alguns machuca


Fanfic / Fanfiction Pétalas Sangrentas (Thorki) - Capítulo 6 - Mudanças, a alguns alegra, a alguns machuca

Essas promessas não muito duraram, com o passar dos anos se esvaíram como a água da chuva penetrando solenemente o solo úmido da terra molhada 

 

 Pois com o passar dos anos, o primogênito de Odin não conseguia lembrar de momentos como esse com seu irmão, em que eles, ainda crianças conversavam por horas na calada da noite, sobre qualquer bobagem, abraçavam ou cuidavam um do outro, brincavam por horas com espadinhas de madeira, riam e corriam pelos corredores do castelo, quase atropelando os servos e qualquer um que estivesse no caminho ou simplesmente ficavam em silêncio, apenas curtindo a companhia um do outro, quando palavras sequer eram necessárias, pequenos e simples momentos, porém mais preciosos que todo o ouro do reino dourado

 

 Porém esses momentos foram morrendo aos poucos, como uma árvore que seca vagarosamente em meados do inverno até sua morte

 

 Thor não se lembra direito como tudo aconteceu, como deixou tudo acontecer

 

 Quando crianças mal era perceptível, porém, a medida que envelheciam, a diferença entre eles era grande demais para ser ignorada

 

 Em meados da adolescência de ambos o loiro começou a treinar árdua e bravamente para se tornar o guerreiro mais forte de Asgard e um herdeiro digno para o trono de seu pai, e isso veio acompanhado de novos amigos, dali pra frente, tudo era um borrão de lembranças de grandes festas, batalhas e comemorações, muita bebida belas mulheres, as quais dificilmente ficava só nos beijos, Hogun, Fandrall, Volstagg, e Sif, onde Loki não se encontrava em praticamente nenhum lugar de suas recordações adolescentes e adultas 

 

 Thor tinha poucas lembranças com ele nessa época, quase tudo era sobre seus novos e incríveis amigos e sua vida de fanfarrão guerreiro e toda a glória que o envolvia, mas tinha leves recordações

 

 De seu irmão tentando puxar conversa com ele sobre qualquer coisa com a esperança de dialogar pelo menos um pouco com Thor o modo como seu irmão se afastou tão bruscamente de si para ir atras de suas próprias aventuras o machucava ele só queria ter alguma conversa com Thor, mesmo que curta e irrelevante, mas o mais velho só respondia qualquer  coisa, sem muito interesse ou educação e dava as costas, dirigindo-se a mais alguma festa ou treinamento

 

 

Ele definitivamente não cumpriu sua promessa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...