História Petals - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Beyblade Burst
Personagens Shu Kurenai, Valt Aoi
Tags Almas, Bbb, Conexões, Flores, Manxman, Passado, Presente, Reencarnações, Valtxshu
Visualizações 20
Palavras 269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!!!

Capítulo 8 - Oito


Estás a fazer-me companhia, dahlias vermelhas nas tuas mãos, a tua atenção longe delas. Estás também a insistir nos vasos. Nos meus esquisitos e assustadores vasos. Palavras tuas. 

Estou a repetir-te o mesmo que disse antes, a verdade em que não queres acreditar, que te faz encarar-me com o nariz franzido. " É porque ainda não és uma constante na minha vida. "

" O teu flarte é tão mau! " tu te ris, fechas os olhos e deixas o meu som predileto rolar pela loja enquanto te vejo tão vívido que as dahlias ao teu lado perdem todo o brilho. 

Eu sorrio, aproximo-te e pego a tua mão, chamo a tua atenção para mim e faço com que me olhes, observo-te. 

Meu coração para, literalmente, não consigo senti-lo porque acho que estou a demasiado tempo sem respirar; tu não desvias o olhar nem por um segundo, fitas-me de volta. 

" Tu nunca te encantarias por algo assim. " é verdade. O anel na tua mão o diz, a forma como baixas o olhar também, e como respiras fundo deixa-me em dúvida das minhas próprias palavras. 

" Tens razão. " te ris, afastas a mão com um sorriso enorme outra vez e esqueces dos vasos, da porcelana chinesa que dizes que já me vais dar uma como presente de aniversário porque com certeza eu já estou a ficar sem. " Já sou comprometido. "

Eu quero esmurrar-me a mim próprio quando o dizes, como a tua voz parece trémula e amarga, como lembrar-te de que já és comprometido simplesmente tira todo o teu brilho que leva minutos a voltar. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpa qualquer erro 😊😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...