História Peter Parker and Mia Stark - Capítulo 65


Escrita por:

Postado
Categorias Capitão América, Homem-Aranha, Homem-Formiga, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Bucky, Clint Barton (Gavião Arqueiro), Dr. Bruce Banner (Hulk), Dra. Helen Cho, Eugene "Flash" Thompson (Venom / Agente Venom), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Maria Hill, May Parker, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Pepper Potts, Peter Parker (Homem-Aranha), Scott Lang (Homem-Formiga), Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Filha Do Tony Stark, Peter Parker, Romance
Visualizações 266
Palavras 603
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Amores... Explicações nas notas finais

Capítulo 65 - Véspera de Natal


Fanfic / Fanfiction Peter Parker and Mia Stark - Capítulo 65 - Véspera de Natal

 -Mia

 Finalmente eu e Peter nos formamos na faculdade, foi uma bela cerimônia. Voltamos para Nova York e compramos um apartamento para morarmos juntos.

 Estávamos desempacotando algumas caixas de onde seria nossa nova sala, havia muitas caixas ainda para desempacotar. Peter não parava de me olhar, parecia ter algo para falar.

 _Está tudo bem amor? -Perguntei enquanto abria uma caixa.

 _S-sim, só estou te admirando...

 _Isso é coisa de maníacos psicopatas. -Disse pegando uma almofada da caixa e jogando nele.

 _Não acredito que você fez isso... -Disse levantando-se do chão e vindo em minha direção 

 _Peter não! Sai eu não to com graça... -Disse tentando não rir dando passos para trás 

 Comecei a correr, mas ele me alcançou, me jogou em seus ombros e começou a correr por toda a casa.

 _PETER ME PÕE NO CHÃO! -Gritava batendo em suas costas.

 _Não ponho não! -Disse dando um tapa na minha bunda e correndo mais rápido 

 _Quantos anos você tem? 7? -Perguntei rindo e esperneando como uma criança.

 _Falou a pessoa que está se debatendo igual  lesma no sal.

 Não aguentei e comecei a ter uma forte crise de riso junto com Peter que parou de correr no quarto e me jogou na cama.

 _Não podemos morar juntos, parecemos duas crianças. -Disse ainda rindo 

 _Mas já moramos juntos 5 anos. -Disse ficando em cima de mim.

 _Mas da diferente, estávamos na faculdade nossa vida era estudar de dia e correr atrás de bandidos à noite.

 _Isso não é totalmente verdade... Tínhamos tempo para outra coisa também... -Disse passando a mão em minha coxa

 Em um rápido movimento trocamos de posição e eu fiquei por cima, sentada em seu colo com as mãos apoiadas em seus ombros.

 _Verdade... Mas isso só depois que arrumarmos toda a bagunça dessa casa, ainda temos muitas caixas para desempacotar!

 Dei um rápido beijo em seus lábios e me levantei indo em direção a sala, Peter veio logo atrás para me ajudar a arrumar o restante das coisas.

 

 #QUEBRA DE TEMPO#

 

 Acordei naquela fria manhã com alguns raios de sol batendo em meu rosto, olhei para a janela que estava embaçada devido ao frio, mas pude perceber que estava nevando e havia neve presa ao batente, quando olhei para o lado da cama Peter dormia de costas para mim, suas costas evidenciavam nossa noite de amor com vários arranhões, ele estava arrepiado por causa do frio, rapidamente me levantei indo até o guarda roupa, peguei um cobertor mais quente e coloquei sobre ele que dormia como um bebê, a respiração compassada, o cabelo bagunçado e os olhos levemente inchados... Deus, como pode ser lindo até dormindo?

 Vesti um casaco e fui até a cozinha para fazer o café da manhã para nós, mas antes passei pela sala e acendi a lareira para deixar a casa um pouco mais quente. Comecei a preparar biscoitos enquanto olhava as luzes da árvore de natal que montamos noite passada, por ser nosso primeiro natal juntos na nossa própria casa decidimos passar sozinhos.

 _Parece que está nevando aqui dentro... -Disse Peter aparecendo na cozinha.

 Sua voz estava rouca, e ele estava com um casaco bem quente.

 _Bom dia amor, feliz véspera de Natal!

 _Feliz véspera de Natal meu amor... -Disse vindo até mim e me dando um beijo.

 _O que planeja para hoje? -Perguntei com os braços envolta do seu pescoço.

 _Bom, planejo buscar seu presente e passar o dia todo com você... 

 _Meu presente? Achei que meu presente estaria aqui... -Disse passando a mão pela barriga dele e parando em seu membro.

 _Posso colocar aí se você quiser. -Disse rindo.

 _Bobo...

 _Olha quem fala...


Notas Finais


Então amores... Primeiramente eu gostaria de “me abrir” um pouco com vocês... A um tempo atrás eu fui diagnósticada com depressão, ansiedade e transtorno bipolar...
Precisei ficar um pouco afastada para colocar as coisas em ordem na minha cabeça, principalmente quanto a minha ansiedade pq sempre que eu fico ansiosa eu acabo passando MUITO mal e isso está acontecendo frequentemente comigo... Não tenho certeza se eu estou voltando a programação normal da fic, mas pretendo postar um capítulo amanhã novamente e talvez até começar uma nova fic (não esquecendo dessa, claro) desculpe o capítulo de hoje ter sido pequeno... Bjão amores...❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...