1. Spirit Fanfics >
  2. Photographs 2 'Shawn Mendes' >
  3. Nine

História Photographs 2 'Shawn Mendes' - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Nine


Julie's pov

Acordei no domingo mais cedo. Aaliyah iria ao casamento de alguém da sua escola e me pediu para ajudá-la na escolha do vestido, por isso iríamos ao shopping mais próximo que estivesse aberto e voltariamos para o almoço. Meu vôo e de Shawn seria às 15 horas.

—Está pronta? —coloquei metade da minha cabeça para dentro do quarto da minha cunhada após ela anunciar que eu poderia entrar.

—Sim, só vou pegar a minha bolsa —Aali respondeu, como sempre, simpática.

—Te espero lá em baixo.

Não fechei a porta pois sabia que a mais nova logo sairia do quarto. Quando desci as escadas encontrei Manny e Shawn, que eu ainda não tinha visto naquela manhã, sentados vendo um jogo de basquete na TV.

—Bom dia —anunciei minha chegada e me sentei ao lado de Shawn.

—Bom dia —respondeu meu sogro sorrindo brevemente e voltando a se concentrar no jogo.

—Vai sair? —questionou Shawn apertando de leve minha cintura e deixando um selinho rápido em meus lábios.

—Eu e Aali vamos ao shopping. Voltamos para o almoço —respondi enquanto passava meus dedos entre seus fios de cabelo.

—Ah, o vestido. Ela comentou comigo —assenti —Querem carona? —neguei com a cabeça.

—Não é necessário, nós pegamos um táxi —ele então concordou e deixou outro selinho em meus lábios.

—Querida, venha comer algo antes de sair —Karen apareceu na sala.

Me levantei e a segui até a cozinha. Aaliyah também já havia descido e tomamos nosso café juntas comentando sobre algumas notícias que Karen ouvira em algum podcast. Quando terminamos eu lavei rapidamente a louça que sujamos, a contragosto de minha sogra, e então finalmente eu e Aali saimos da residência dos Mendes.

Pickiring não era uma cidade grande, por isso os lugares não eram distantes um do outro. Levamos menos de dez minutos para chegarmos ao nosso destino de táxi. Eu ainda não conhecia aquela área da cidade, na minha última passagem por aqui não conheci tantos pontos, por sorte Aaliyah parecia conhecer cada centímetro de sua cidade natal.

Passamos por mais ou menos cinco lojas de roupas até encontrarmos algo que fosse agradável. Aali parecia ter um gosto bem parecido com o meu, por isso minhas opiniões pareciam ser necessárias e decisivas na escolha da garota. Por outro lado eu me pagava pensando se ela só não escolhera por eu não ter demonstrado gostar, mas logo deixei a ideia de lado. Apesar da pouca idade minha cunhada se mostrava decidida e uma pessoa que defendia suas próprias opiniões.

Depois de muito tempo de procura, o vestido que chamou a atenção da garota (e a minha também, devo confessar), foi um vermelho de seda e com um decote bonito. O vestido caiu como uma luva no corpo curvado da mais nova e encheu meus olhos assim que eu a vi saindo do provador. O sorriso dela também não negava que havia gostado bastante do que vira diante do espelho.

—Temos o escolhido? —perguntei enquanto ela ainda girava e sorria se olhando no espelho.

—Sim.

Após realizarmos o pagamento fomos ver sapatos que pudessem combinar com o vestido escolhido e alguns acessórios que ela também poderia usar na noite do casamento. Esses outros detalhes foram bem mais rápidos do que o vestido, já que esse era a peça principal. Aali também me convenceu a comprar algumas coisas para mim e é claro que não resisti. Acabei saindo com um vestido e um tênis das últimas lojas que visitamos.

Depois de tudo isso nós decidimos lanchar alguma coisa antes de voltar para casa. Já se passavam das dez da manhã e eu ainda tinha que arrumar minha mochila para ir embora mais tarde.

Paramos em um Mcdonalds na praça de alimentação e fizemos nossos pedidos, após isso nos sentamos em uma das mesas vazias e começamos a conversar sobre assuntos banais. Minutos antes dos nossos pedidos chegarem um rapaz alto e bonito se aproximou de nossa mesa segurando a mão de uma garotinha.

—Noah!? —Aali disse surpresa assim que o viu. Eu demorei alguns segundos para raciocinar mas então me lembrei, Noah é o nome do seu namorado.

—Oi —ele se aproximou e a cumprimentou com um selinho —Achei que já estivesse em casa —ele disse.

—Saimos das compras e viemos lanchar antes de ir —ela explicou —A propósito, essa é Julie, a namorada do Shawn. Jul, esse é meu namorado, Noah.

Sorri para o garoto e como uma boa "brasileira" não deixei de me levantar para abraçá-lo.

—É um prazer finalmente conhecer você —falei e sorri para a garotinha que segurava sua mão e me encarava.

—Aali me disse que você e Shawn estariam aqui nesse fim de semana, até me chamou para um jantar, mas ainda não sei se é o momento —sorriu nervoso. Não acredito que ele tem medo do bunda mole do meu namorado.

—Acho que Shawn adoraria te conhecer. Ele faz umas ameaças esquisitas mas é só papo, não precisa ter medo —nós três rimos e a garotinha ainda olhava sem entender muita coisa.

—A Emma está tímida, ela gosta de você e do Shawn —Emma, a garotinha, se escondeu atrás das costas dele em um gesto de timidez que nos fez soltar uma risadinha —Ela me fez trazê-la ao cinema para ver um filme, viemos comorar comida pra levar —concordei.

—Ela é adorável —consegui ver um breve sorriso em meio as bochechas vermelhas de Emma.

Noah e Emma se despediram assim que nossos lanches chegaram e foram comprar os seus para assistirem ao filme. Quando sairam e eu desviei meus olhos para Aaliyah pude reparar que suas bochechas estavam ruborizadas.

—Que foi? —soltei um riso.

—Eu não sabia que ele estaria aqui —apoiou o lado direito do rosto em sua mão enquanto pegava algumas de suas batatinhas.

—Uma hora ou outra a gente ia se conhecer, inclusive, seu irmão vai fazer um drama ridículo quando souber que eu o conheci antes dele —Aali concordou rindo.

—O que você achou dele? —ela parecia realmente preocupada com a minha opinião.

—Sinceramente, a Julie de 15 anos estaria surtando e planejando um casamento com ele mentalmente —Aali gargalhou —É sério, ele é simpático, engraçado e muito bonito, de quebra ainda anda com uma criança fofa do lado, eu me apaixonaria fácil —tomei um pouco do meu refrigerante —Mas não se preocupe, além de ser um crime eu já encontrei a tampa da minha panela e não pretendo trocar —minha cunhada gargalhou mais ainda.

—Garota eu te amo, se um dia o idiota do meu irmão terminar com você me avisa pra EU te pedir em namoro —dessa vez fui eu quem ri.

Voltamos pra casa empolgadas com a manhã que passamos juntas. Eu e Aali criamos um laço de amizade que ia além do meu namoro com seu irmão. Apesar de não ter a menor prestação em findar meu relacionamento com Mendes, eu sabia que se viesse a acontecer meus laços com sua família não seria desfeito, foi algum tipo de conexão instantânea com todos eles.

Naquele almoço nós conversamos sobre nosso passeio e outras coisas. Maior parte do tempo tiramos uma com a cara de Shawn que era o único da família que ainda não conhecia Noah, claro que ele fez todo o drama do mundo e isso foi um motivo a mais para as piadas. Às 14:50 nos despedimos da família Mendes no aeroporto de Toronto e embarcamos de volta para Los Angeles com a promessa de que logo iriamos retornar. Aquele dia perfeito fora definitivamente a calmaria antes da tempestade.


Notas Finais


Vish...

Eu gostaria de dizer que depois de um bom tempo esse foi um capítulo que me agradou, espero que vocês também gostem.

Me desculpem pelo sumiço na última semana, eu estava cheia de coisas pra fazer e sem muitas ideias para escrever. Tô tentando ao máximo produzir pq não quero abandonar a fanfic, por isso tô indo mais no meu tempo pra não me sobrecarregar.

Obrigada pela compreensão de sempre. Eu ficaria imensamente feliz se vcs favoritassem e comentassem sobre o capítulo, isso motiva muito.

Amo vocês ❤🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...