História Photography - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Taekook, Vkook
Visualizações 424
Palavras 2.652
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii galerinha então FINALMENTE O BENDIDO LEMON FOI POSTADO KKKK, me perdoem se ter ficado ruim, de verdade este é o primeiro que escrevo, inclusive estou muito insegura sobre ele, se tiver erros podem me avisar nos comentários, eu só revisei uma vez e posso ter deixado algo passar haha.

Pra quem não leu na sinopse e caiu nessa one shot de paraquedas ela faz parte de uma au no twitter escrita por mim!!! Então se não quiserem ficar perdidos leiam ela
(Link nas notas finais)

Bom amores sem mais enrolação espero que gostem, beijinhos ❤️

Capítulo 1 - O melhor ensaio


Fanfic / Fanfiction Photography - Capítulo 1 - O melhor ensaio

 

Ao chegar na casa de Jungkook, Taehyung se deparou com a porta aberta, ao entrar curiosamente não encontrou a Sra. Jeon e muito menos Micha, achou estranho mas pela curiosidade estar o matando pelo último ensaio logo subiu as escadas correndo, o quarto de Jungkook estava encostado e pela fresta da porta dava pra ver luzes azuis e vermelhas, ficou mais curioso ainda então logo adentrou o quarto se deparando com um cenário totalmente diferente, Jungkook simplesmente mudou o quarto dele por inteiro, ficou impressionado observando cada detalhe.

 

-Gostou? Sei que podia ter ficado melhor mas o tempo foi curto e minhas ideias estavam poucas então…

 

-Jungkook está incrível, simplesmente incrível.-Taehyung logo falou interrompendo o outro, o que resultou em um moreno com bochechas vermelhas.-Me conte sobre esse ensaio!

 

-Bom, pensei em explorar seu melhor lado, o da sensualidade, apesar de já termos feito um ensaio com o conceito mais sexy desta vez eu quero aprofundar ele e junto quero misturar amor.

 

-Isso é sério?

 

-Sim e também vou tirar uma foto junto com você.

 

-QUE?-Taehyung falou surpreso.-Q-Quer dizer como assim? Que foto?

 

-Eu só vou te ajudar, fica tranquilo não é nada demais.

 

Apesar do aviso Taehyung estava com o coração disparado, pelo conceito descrevido ficou bastante nervoso ao imaginar que tipo de foto seria.

 

-Certo vamos começar.-Jungkook falou pegando a câmera nas mãos.

 

Taehyung afirmou com a cabeça e o ensaio começou, as poses ficavam cada vez mais ousadas, detalhes mínimos eram acrescentados, como olhares, luzes, movimentos, objetos e posições, Taehyung ia perdendo a vergonha cada vez mais, o clima ia até ficando mais quente, Jungkook não estava diferente, fazia pedidos detalhados e ousados a Taehyung que obedecia todos eles, chegou até um certo ponto que as fotografias não eram mais pro concurso do Jungkook e sim para ele mesmo.

 

Primeiro a blusa de Taehyung foi aberta e depois foi totalmente tirada, toques pelo corpo do loiro feitos Jungkook para arrumar alguma coisa já eram comum durante aquele momento, mas a cada toque Taehyung estremecia de uma forma que o envergonhava.

 

-Acho que já tenho tudo aqui.-Jungkook comentou enquanto observava as fotos na câmera.

 

-Ficaram boas?-Taehyung perguntou se aproximando do mais novo.

 

-Ótimas.-deu um sorriso de lado para o outro.-Vamos fazer as fotos juntos agora, mas fique tranquilo ninguém vai ver que é nós dois.

 

-Tudo bem eu não me importo nem se perceberem.

 

Dito isso Jungkook posicionou a câmera e a programou para tirar as fotos, foi para perto de Taehyung que ainda se encontrava sem camisa e começou a tirar a sua, Taehyung sentiu o coração acelerar mais uma vez e a calmaria que já havia o tranquilizado ir embora, acabou observando até demais o peitoral desnudo do mais novo a sua frente, era cada vez mais difícil afastar os pensamentos que o faziam ver o amigo de outra forma, mas neste momento até Jungkook havia travado uma luta gigantesca com sua mente para manter sua sanidade imóvel.

 

Com timidez Jungkook colocou uma das mãos nos ombros de Taehyung, a pele quente do garoto causou um choque contra sua mão fria fazendo ambos arrepiarem, com a outra mão livre levou-a ao rosto do loiro posicionado seu dedão no lábio alheio e o puxando um pouco para baixo, se aproximou mais do mesmo e o olhou, dava pra sentir a tensão que crescia ali, a respiração ficava cada vez mais pesada e apesar de não ser um dia quente as primeiras gotas de suor começavam a surgir na testa deles, Jungkook encarava descaradamente a boca de Taehyung e se perguntava como seria senti-la, pois mais errado que isso soasse era o que ele mais queria naquele momento, sentir cada vez mais Taehyung.

 

O clima foi cortado assim que se ouviu o barulho da câmera anunciando que a foto foi tirada, os dois se soltaram desconcertados, Jungkook logo correu para ver como a foto tinha ficado e programar a câmera novamente enquanto Taehyung pedia forças do além para não fazer besteira.

 

-Fique de costas por favor.-Jungkook pediu sem fazer contato visual com Taehyung.

 

O loiro apenas concordou e fez o que foi pedido, Jungkook terminou de programar a câmera, ajustar o foco e logo seguiu para perto de Taehyung novamente, ficou de frente ao mais velho e colou o corpo no dele, neste momento tudo ficava confuso em sua cabeça, suas conversas com sua psicóloga iam ficando cada vez mais claras, o que ele sentia que nomeava apenas como uma atração se mostrava ser muito maior que isso, era desejo, mas não só carnal Jungkook desejava Taehyung por inteiro, desejava tê-lo só para si e isso era tão errado e estranho, Jungkook nunca havia sentido nada parecido, chegava a ser assustador, Taehyung por outro lado apenas tinha a sua resposta para todas as suas perguntas pessoais, ele gostava de Jungkook, era fascinado pelo mais novo que era um enigma ao qual ele decifrava cada pedacinho a cada dia que se passava.

 

Sem muito receio Jungkook levou uma das mãos as costas desnudas do outro cravando as unhas com cuidado, ato que fez Taehyung suspirar alto até demais, mais um “click” vindo da câmera anunciava que a foto havia sido tirada mas Jungkook desta vez não correu até a ela, deixou que a mão deslizasse pelas costas do outro e se afastou o suficiente para poder ver o rosto dele, o desejo recíproco era visível e apesar de todos os receios que assombravam o moreno todos os dias ele não exitou em se aproximar novamente de Taehyung colando as testas dos dois, fechou os olhos sentindo a fragrância doce que o corpo alheio tinha e desejou que esse momento nunca acabasse.

 

-Tata…-Jungkook falou quase em um sussurro.-Eu posso te beijar?

 

Taehyung totalmente surpreso com o pedido decidiu optar por não responder a pergunta de Jungkook apenas levou as mãos a cintura do mesmo e colou os lábios deles, iniciando assim um beijo calmo cheio de sentimentos e vontades reprimidas por tanto tempo, encostou o outro na parede com cuidado e pediu passagem com a língua que logo foi cedida, ambos tinham o desejo de ter cada vez mais um do outro, a fome por cada toque aumentava fazendo ósculo entrar em perfeita sintonia e se aprofundar cada vez mais, Jungkook levou as mãos a nuca de Taehyung fazendo um carinho de leve ali e consequentemente arrepiando o outro que suspirou pesado, Taehyung colou ainda mais os corpos deles fazendo o volume encontrado na calças de ambos se roçarem, a excitação havia tomado conta dos pensamentos a essa altura, nada mais importava além dos dois naquele quarto.

 

Taehyung interrompeu o beijo o que deixou Jungkook um pouco desapontado, desejava sentir a boca dele por mais tempo, mas o sentimento de decepção logo foi tomado por um mar de desejo ao sentir a boca do outro trabalhando em seu pescoço e distribuindo vários beijos por ali, Jungkook apreciou o momento fechando os olhos e acabou por deixar escapar um gemido baixo em meio a isto, querendo conhecer cada parte do corpo do moreno Taehyung deslizou uma das mãos pelo peitoral do outro, passando as unhas de leve até passar pelo abdômen e finalmente chegar onde mais queria tocar, a intimidade alheia, apertou com cuidado o membro de Jungkook recebendo um gemido mais alto e arranhões nas costas, Taehyung olhou o rosto do outro que transbordava tesão e isto foi o ápice para ele resolver cometer as besteiras das quais ele não queria, afoito abriu os botões da calça de Jungkook que não impediu nada e esperava ansioso por mais, desceu a calça junto a cueca revelando o membro ereto e molhado do outro, o mais novo coroou um pouco por estar tão entregue logo de primeira e desviou o olhar.

 

-Não precisa ficar com vergonha Kook, você é lindo, até demais...-Taehyung falou enquanto tocava o membro a alheio e rodeava com a ponta dos dedos a glande molhada, fazendo Jungkook morder os lábios com força e fechar os olhos sentindo o toque.-Mas tenho certeza que vai ficar mais lindo ainda se você se soltar, não sinta vergonha apenas me sinta.

 

Dito isso Taehyung se ajoelhou a frente de Jungkook e terminou de retirar as vestes dele, ao terminar olhou para o rosto do mais novo que já implorava por mais contato, passou seus lábios por todo o membro alheio e ao chegar na glande passou a língua por toda ela sentindo o gosto de Jungkook que era totalmente maravilhoso, aos poucos começou a se movimentar e colocar o membro que já pulsava de excitação dentro de sua boca, Jungkook já não poupava os gemidos e não estava nem aí se os vizinhos ouvissem, a saliva de Taehyung logo se misturava ao pré gozo, o prazer era inexplicável para ambos, os movimentos eram mais rápidos e logo Jungkook o ajudava movimentando seu quadril, estava perto de gozar e sentia que aconteceria a qualquer momento mas o mais velho não queria isso, pelo menos não agora.

 

Jungkook ficou totalmente confuso quando Taehyung se levantou e parou de o estimular, aquilo era a pior das torturas mas o loiro sabia o que estava fazendo.

 

-Você é virgem né Kook?-Taehyung perguntou quase em um sussurro no ouvido de Jungkook.

 

-Sim…-respondeu um pouco nervoso.

 

-Você confia em mim?

 

-Com a minha vida.

 

-E você me quer?

 

-Mais do que tudo.-essa resposta era música aos ouvidos de Taehyung, ele também queria o moreno, mas não queria só por agora, queria pra vida toda.

 

-Deite na cama de bruços.-pediu autoritário e Jungkook levado pelo desejo resolveu obedecer sem questioná-lo.

 

A este momento Jungkook começou a ficar um pouco nervoso, sabia o que iria acontecer e ele queria que acontecesse com Taehyung, mas mesmo assim ainda sentia um pouco de medo e insegurança o que não era esquisito a ser sua primeira vez, assim que ouviu o barulho do zíper de Taehyung sendo aberto fechou os olhos com força e escondeu o rosto no travesseiro.

 

-Kook.-Taehyung chamou sem obter resposta.-Ei Kook, olhe pra mim.

 

Mesmo assim Jungkook não conseguiu olhar para o outro, a insegurança era imensa, Taehyung acabou percebendo e lógico que não queria estragar algo deveria ser tão especial para ambos, ele não iria fazer nada que Jungkook não quisesse e que ele não estivesse preparado.

 

-Meu amor eu não vou te machucar.-falou enquanto tirava o resto de suas roupas e se aproximava da cama.-Você não disse que confia em mim, hm?-deslizou a ponta dos dedos pelas pernas de Jungkook.-Eu te prometo que se você não quiser eu irei fazer nada, basta apenas falar pra eu parar, como eu disse anteriormente apenas me sinta.

 

Dito isso Taehyung se inclinou em direção a corpo alheio e tocou seus lábios nas coxas do mais novo distribuiu beijos até a parte interna dela fazendo Jungkook relaxar cada vez mais e dar espaço para ele trabalhar entre suas pernas, começou a subir os beijos indo em direção a bunda farta que desde o começo ele teve tanta vontade de tocar, deixou uma mordida em uma das nádegas o que fez Jungkook empinar um pouco e dar mais acessibilidade a Taehyung, o mais velho não esperou muito para levar sua língua a entrada do outro o deixando bem molhado, Jungkook acabou se rendendo e voltando a gemer novamente mas desta vez mais alto, sentir a língua molhada do outro simular quase um beijo em sua entrada o fazia perder o juízo total, a insegura ia embora dando lugar ao desejo novamente, a fome de prazer crescia o fazendo rebolar na boca do outro, o que deixou Taehyung ainda mais excitado e querendo sentir Jungkook por dentro.

 

Assim que Jungkook estava bem molhado Taehyung abandonou a entrada do outro e subiu dando beijos nas costas largas de Jungkook, deu um chupão na nuca do mesmo que arfou e levou a boca para o orelha dele, suspirou pesado ali enquanto levava uma das mãos dele a entrada de Jungkook rodeando a mesma com um de seus dedos.

 

-Você tá me deixando louco Kook, se não quiser eu vou entender de verdade…-Taehyung dizia enquanto introduzia um dedo em Jungkook que ficou ainda mais empinado e soltou gemidos altos.-Mas Kook sério, eu tô louco pra…

 

-Taehyung por favor cala a boca e me fode, por favor…-Jungkook pediu manhoso e sôfrego enquanto ficava tão louco quanto seu parceiro e ao ouvir isso o pouco de juízo que sobrava em Taehyung se foi.

 

-Vira pra mim, agora Jungkook!- Taehyung ordenou enquanto saia de cima do mais novo e lhe dava espaço para se mexer.

 

Jungkook sem pensar duas vezes se virou ficando de frente para o loiro e o puxou pra cima dele novamente atacando seus lábios, o beijo era afoito e cheio de luxúria, totalmente diferente da primeira vez que se beijaram, Jungkook entrelaçou as pernas na cintura de Taehyung e gemeu junto com ele assim que sentiu o membro molhado e duro de ambos se roçarem, os dois precisavam mais do que nunca do prazer que ambos podiam proporcionar um ao outro, Jungkook não tinha mais medo e isso tranquilizava Taehyung.

 

Em vista disso logo Taehyung resolveu se posicionar na entrada de Jungkook e quebrar o ósculo dos dois, olhou nos olhos do mais novo que aguardava sua próxima ação ansioso.

 

-Se doer muito e quiser que eu pare pode falar tudo bem?-Taehyung falou de uma forma doce e Jungkook concordou com um sinal de cabeça.

 

Taehyung encaixou seu rosto no pescoço de Jungkook e com cuidado e bem devagar começou a penetrar a entrada do mais novo que gemeu alto de dor e arranhou inteiramente as costas dele, ficou parado por um tempo para Jungkook se acostumar um pouco com a dor e logo começou a se movimentar lentamente, Jungkook ainda arranhava as costas de Taehyung com força e gemia de uma forma sôfrega.

 

-Você quer que eu pare?

 

-Não!-Jungkook respondeu sem nem pensar duas vezes.-Continue, vai ficar tudo bem.

 

Taehyung apenas atendeu os pedidos do parceiro e logo os movimentos começavam a ficar mais rápidos, a dor ia sendo substituída por prazer, os corpos entravam em sincronia se tornando apenas um, o suor começava aparecer e a excitação era cada vez maior, o fato de Jungkook ser tão apertado não faria com que Taehyung durasse muito tempo mas ambos estavam quase em seu ápice de prazer, era até uma cena bonita de se ver, os movimentos que Taehyung intensificava, os gemidos que eram como melodias de prazer, os beijos, os arranhões e a necessidade que era visível ali tudo construía uma cena perfeita ao qual ficaria na mente dos dois por bastante tempo, ou talvez pra sempre.

 

-Mais rápido Tae!-Jungkook pediu gemendo alto.

 

Taehyung logo fazia os movimentos o mais rápido que podia, o membro dos dois já pulsava de tanto tesão, depois de muitos minutos, gemidos, toques e excitação os dois haviam chegado ao seu ápice se desmanchando juntos.

 

Juntos, algo que também marcaria eles.

 

A sincronia que havia naquele momento e que provava o quanto eles se desejavam, Taehyung deitou-se do lado de Jungkook e puxou o corpo do outro fazendo o deitar em seu peito, o coração de ambos estavam disparados, estavam exaustos porém ainda tinham fome demais e não seria surpresa se iniciassem tudo aquilo novamente, mas muito além do prazer carnal os dois se sentiam em paz, se sentiam felizes como se finalmente tivessem encontrado o porto de seguro um do outro, Taehyung sorriu ao pensar no acontecido o que chamou atenção de Jungkook e fez o olhar.

 

-Porque está sorrindo?- perguntou confuso.

 

-Porque Kook eu gosto de você, gosto tanto que mal posso suportar esse sentimento dentro de mim, eu estou muito feliz que confiou em mim, que se entregou porque eu estou tão entregue quanto você, eu quero muito ficar ao seu lado se me permitir.-Taehyung falou enquanto sorria o que acabou fazendo Jungkook sorrir também.

 

-Eu gosto muito de você também Tata e te quero do meu lado.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...