História Piercing and Flowers- Shumdario - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Magnus Bane, Matthew Daddario
Tags Harry Shum Jr, Matthew Daddario, Shumdario
Visualizações 105
Palavras 1.835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Lemon, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então gente aí está novo capítulo espero que gostem ♥♥♥

E eu queria pedir pra vcs comentarem pq isso é muito importante pra mim saber se vcs estão gostando ou tem alguma coisa que precisa melhorar se vc querem que algum outro personagem apareça ou algo assim, então desde já obrigada ❤

Capítulo 3 - Chapter Three



       "V-você vai me machucar?? M-mas eu gosto de você.."

        "...e o que isso tem a ver?" 

        "Meu amigo Dom me disse que não devemos machucar de forma alguma alguém que nós gostamos..você não gosta de mim??... e-eu pensei q-que você fosse diferente... " - era possível notar pela sua voz que ele estava segurando o choro - 

        "Heey..não comece a chorar. Eu gosto e você o suficiente pra te escolher esta noite, não acha?" - Matthew limpou uma lágrima que escorria pelo seu rosto e concordou com o maior.

         Harry achou o garoto adorável...parecia ser tão doce... isso seria mais divertido do que o imaginado.

         Se aproximou dele sutilmente e acariciou seu rosto com delicadeza, deixando o garoto menor mais confortável ao seu toque. Então se aproximou mais, juntando seus lábios com os dele, que deixou um pequeno suspiro sair. O puxou pela cintura, e sentiu Matthew passar suas mão em sua nuca, acariciando o local. Matthew já tinha uma noção do que iria acontecer...mas não sabia se era o certo..e começou a desejar não ter ido para aquele local com ele...

       "H-harry...eu não.." - "Shh..." - Matthew se calou e deixou o mais velho deitar seu corpo no gramado macio.

        Harry subiu suas mãos por dentro da camiseta dele, retirando-a. Fez o mesmo com o seu moletom e voltou para os lábios dele. Matthew foi ficando cada vez mais nervoso, ainda mais quando sentiu que as mãos do mais velho saíram do seu cabelo e foram para o botão de seu shorts, tentando retirar a peça dele. Matthew fechou suas pernas e tentou o empurrar, mas o maior segurou sua coxa, o impedindo.. - 

        "N-não..eu não quero.."

        "Fica quieto Matt! Nós estamos aqui, e eu estou excitado.. e sei que você também está. Eu não vou parar." - Harry começou a perder a paciência e Matthew ficou com medo.

        Harry conseguiu retirar o curto short do garoto, e gostou muito do que viu. Se não fosse pelo volume destacado na frente do pano branco, ele poderia achar que ele fosse uma garota. As pernas compridas e nuas do menino pareciam ser bem macias. E para não ficar na duvida,  passou suas mãos por elas, apertando um pouco. Separou-as para observar melhor o volume que havia ali, e percebeu que o pano branco já estava ficando meio transparente e bem molhado... - 

        " Matthew, Matthew, Matthew...olhe só para o seu estado! "- Falou dando um tapinha na coxa dele. Matthew por outro lado estava morrendo de vergonha - 

        "H-harry...a-qui não é um lugar adequado... e eu n-não estou pronto..podemos nos encontrar um outro dia e.."

        "Quieto. Você deveria ter pensando nisso antes de aceitar vir pra cá comigo. O que você pensou? Que viríamos para este lugar dar apenas alguns beijos? Me poupe da sua imaginação infantil. Eu não vou parar..e olha ao nosso redor. Apenas nós..as estrelas, as arvores, as flores, os vaga-lumes.. a natureza. Você gosta muito da natureza. Não existe lugar melhor." - disse e logo após tirou sua regata preta e a jogou junto com as roupas do menino. Deitou-se para frente, sobre o corpo dele e tomou seus lábios mais uma vez. Matthew não sabia o que fazer então deixou-se imóvel para o maior. 

        Harry por sua vez abriu seu cinto e o zíper, deixando um espaço para aliviar seu membro que já latejava. Pegou a mão do mais novo e a colocou dentro da sua boxer, fazendo-o segurar sua ereção. Matthew gemeu surpreso - 

       "Hmm.. Matt...movimente sua mão.." - gemeu rouco no ouvido dele. Matthew fez o que ele mandou e se surpreendeu com o tamanho - "Ah.. Matt.." - retirou a mão do garoto dali e tirou sua calça por completo. Matthew o observou fazer aquilo, e pensou direito. Ele não sairia dali tão fácil assim e se ele lutasse contra o maior seria pior. Melhor mesmo é tentar aproveitar sua chance. Pelo menos isso estava acontecendo com alguém que ele realmente gosta. 

       "No que você está pensando?" - Harry perguntou baixo para ele enquanto segurou o pescoço seu pescoço, sentindo ele engolir inseguro - 

       "E-Eu..Ok...v-vamos fazer isso. Eu vou deixar você...fazer." - Harry olhou para o rapaz com uma sobrancelha arqueada, sem acreditar muito no que acabou de ouvir -

          "Oh, você está me dando permissão? É isso? E vem cá, e desde quando EU preciso da permissão de alguém? Eu faço o que eu quero, quando eu quero. E agora eu estou muito afim de foder você. Então cale essa sua linda boquinha e se prepare, porque eu não sou nada pequeno." - Matthew não gostou do tom de voz que ele usou. Se sentiu ofendido por ser tratado daquela forma, porém Harry já estava enfiando dois dedos entre seus lábios - "Chupa. E deixe-os bem molhados." - Matthew abriu seus lábios, sugando os dedos dele - "Olha... eu ainda estou sendo muito bonzinho com você Matthew.. já tirei a virgindade de muitos garotos sem nem ao menos um pingo de preparação." - Matthew ficou com ciúmes do que  ouviu. Ele não queria ser apenas mais um garotinho que foi usado pelo famoso Harry Shum Jr. 

         Com a mão livre, retirou completamente a cueca que já estava molhada do garoto, abriu mais as suas pernas e dirigiu seus dedos para a entrada dele - 

          "Você já usou seus dedos aqui alguma vez Matthew?" - perguntou enquanto circulava o dedo médio no pequeno botão rosa - 

          "A-algumas vezes apenas..antes de ir dormir. " - Harry se inclinou para sussurrar para o menor -

          "E no que você pensa enquanto está fazendo isso?" - Matthew soltou um grunhido e virou o rosto, deixando claro que estava com vergonha - "Vamos Matt..me diga. No que você pensa enquanto brinca com seus dedos aqui? Você pensa em outros homens fazendo isso para você? No final de tudo você ainda acaba não sendo tão inocente assim, né?" - riu de leve e lentamente ele introduziu seu dedo médio. Matthew se incomodou com a invasão, mas não foi de todo ruim o que sentiu. Sem querer acabou soltando um gemido, fazendo Harry sorrir largamente. Logo após introduziu outro dedo junto apenas para ver a expressão de dor dele. Matthew tentou se acostumar com aquilo. Harry estava a fim de ser cruel com o garoto, então retirou seus dedos dali e arrancou completamente sua cueca. Cuspiu em sua mão e massageou seu membro para facilitar o que iria acontecer a seguir - "Agora..está na hora da ação."

         Harry abriu mais as pernas do garoto e se posicionou em sua entrada. Ele apoiou suas duas mãos no espaço no chão que havia ao lado da cabeça e acima dos ombros dele e olhou fixamente para os olhos amendoados lacrimejados dele - 

        "Ah Matthew...quando você me olha desse jeitinho eu me descontrolo mais, sabia? Está pronto?" - Matthew negou com a cabeça, deixando uma lágrima rolar por sua bochecha - "Shh...no final você vai gostar..confia em mim." - e ele empurrou seu membro para dentro do menino. 

         Matthew fechou os olhos com a dor que sentiu, e não conseguiu segurar os gemidos sofridos que saíram da sua garganta, e nem as lágrimas de seus olhos. Harry não fez nem sequer uma pausa para ele, apenas foi empurrando até estar completamente dentro. Ele adorou o aperto do menino ao redor do seu pênis, e queria ver se o garoto iria implorar para ele parar.

         No momento em que introduziu tudo, ele fez uma pequena pausa para admirar a face vermelha do menino - 

        "Está gostoso, Matt?" - sussurrou no ouvido dele - 

        "N-Não.. i-isso dói.. " deixou um soluço escapar da sua boca - "e-eu não quero mais isso. P-por favor.." - Harry suspirou cansado, mas resolveu ser menos cruel - 

       "Ok...chega de fazer a princesinha aqui sofrer. Vou ser bonzinho com você agora, tá bom?" - ficou parado dentro dele e agarrou o membro que nem estava totalmente ereto ainda e começou a bombeá-lo. Matthew por fim começou a ter algum prazer, e gemeu em aprovação. Não muito depois ele se acostumou com Harry dentro dele, e começou a movimentar seus quadris, deixando claro que ele queria que Harry se movimentasse. 

        E foi isso que ele fez. Soltou o garoto e apoiou novamente suas mãos ao lado da cabeça dele, retirou seu membro e o introduziu novamente, se deliciando com as faces e barulhos do menor. Conforme Matthew gemia, mais rápido ele estocava nele. 

       Logo os dois estavam gemendo ofegantes. Harry enterrou sua cabeça no pescoço dele, deixando um forte chupão e uma mordida ali - 

        "H-Harry..aanh..." - Matthew estava completamente descontrolado, revirando sua cabeça no chão. Harry começou a bombear seu membro novamente, até o garoto se contorcer cada vez mais até alcançar o seu clímax, sujando a mão do mais velho e seu estômago também. Harry por outro lado, passou a mão suja na lateral da coxa dele, segurou a cintura do menino e pegou impulso para as suas estocadas, a fim de alcançar agora o seu orgasmo. 

        "Ungh...chega.." - Matthew pediu para o maior parar, mas ele foi ignorado. Harry usou o garoto até conseguir o que queria, em uma estocada profunda e forte.

      

         Harry deitou sobre ele, e antes que qualquer coisa fosse dita, tomou os lábios do menor para si, em um beijo profundo, que durou o tempo que seus pulmões deixaram.

         

FLASH BACK OFF

 

     Se sentaram de baixo de uma árvore para apreciarem a beleza. Matthew notou que Harry ficou mas sério e pensativo no meio do caminho - 

      "O que foi?" - perguntou enquanto Harry deitava sua cabeça no seu colo - 

      "Eu fui um idiota com você. Me perdoa?" - respondeu olhando diretamente para os olhos castanhos esverdeados dele - 

      "Do que você está falando?"

      "Eu...não fui gentil como você merecia..sabe? Quando eu tirei sua virgindade. Você estava tão doce e assustado..eu fui um monstro. Você me pediu para parar... e eu te ignorei. E mesmo assim..você confiou em mim." - desabafou triste - 

      "Oh, sobre isso.. bom, não se desculpe. Poderia ter sido pior. Eu já era apaixonado por você Harry.." - Harry não estava completamente feliz consigo mesmo com as memórias da primeira noite deles. - 

      "Eu fiz de propósito Matt..eu te machuquei por que eu quis. Por que eu podia..por que você não tinha como fugir. Eu fui um covarde.. Te levei para este lugar deserto..por que eu sabia que você iria se arrepender." 

      "Chega Harry!! Eu já te desculpei..não traga isso de volta. Anda..quero comer!!" - se levantou saltitando, querendo pegar comida no carro. Harry o observou e sorriu triste. Como ele pode? Ele só pretendia transar com ele mais uma ou duas vezes e  iria se livrar dele, igual ele fazia com os outros. Porém ele se apaixonou..e isso mudou tudo. O garotinho fofo que sempre dormia agarrado a ele depois do sexo, os olhos amendoados sinceros, as histórias que ele depois...foi impossível não cair de amores por ele.   

       Porém ele estava disposto a compensar o namorado hoje. No campo de flores.

 


Notas Finais


Então está aí o capítulo do dia até a próxima ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...