História Pingos de chuva - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Flores por todo lado


Fanfic / Fanfiction Pingos de chuva - Capítulo 8 - Flores por todo lado

Depois que acordei vi as mensagens de Suki, ele realmente era um florista com a delicadeza das flores , como diz minha mãe.

Levantei-me e arrumei as coisas para ir estudar, comprimentei minha mãe e fui até o colégio.

Chegando lá, vejo o garoto do projeto na porta da biblioteca. O mesmo vem até mim ao me ver.

-Ei, viu meu recado de ontem?

-Vi sim, não foi incômodo algum, tô acostumada a ficar sozinha.

-Ah..-A expressão dele parecia melancólica.

-Bom, Tchau.-Disse, indo para minha sala de aula.

O dia seguiu assim, e logo que o sinal para ir embora corri para casa.    Eu estava apressada para ler o livro que Suki havia me dado, eu queria muito saber o final da história mas sem ouvir spoilers.

-Cheguei mãe!-gritei, entrando.

-Ok! Vá comprar flores amarelas pra mim levar para uma amiga, ela está doente, pode fazer esse favor?-propôs ela.

-Ah, ok. Vou me arrumar então.

Em 5 minutos, tomei meu banho e me arrumei para ir comprar as flores que minha mãe tinha me pedido.

" Pelo menos não é tão longe, haja", pensei, seguindo caminho.

Chegando na floricultura já fui cumprimentada por Suki, que sorria como ontem, ao ver a pequena admiradora de flores.

-Bem vinda de volta.-Disse ele.

-Ah kkk, obrigada. Senhor florista que gosta de poesias e emojis kawaii

-Me chame de tiu Suki, por favor.

-Nha, eu sei. Bom, eu vim aqui pra pegar um Boque de flores amarelas, não posso demorar pois minha mãe deve estar apressada.

-Flores amarelas? Ok, vai querer mais alguma coisa?

-Ah, na verdade sim, mas não agora. Quando eu voltar aqui eu pergunto.-Falei, pegando as flores e pagando o boque.-Tchauzinho.-Despedi-me dele, voltando para casa e entregando diretamente a minha mãe, as flores que ela havia pedido.

-Aqui está suas flores, mãe.

-Obrigada, querida. Agr eu vou indo pra lá. Fique aí e não deixa a TV ligada enquanto estiver lendo. Tudo bem?

-Claro, sem problema algum.

-Que bom, volto logo.-Ela me deu um beijo na testa e entrou em seu carro, indo visitar a amiga.

Enquanto estava em casa, fiz o de sempre, ler. Nada melhor que ler quando não se tem tantos amigos, mas isso não vem ao caso. Pois ler é bom à qualquer momento, da paz ao espírito, bom, pelo menos ao meu.

Depois de um tempo minha mãe chegou, com a notícia de que sua amiga estava melhor, com grande felicidade.

Continua..


Notas Finais


Desculpem!!! Novamente peço desculpas pois fiquei sem tempo e sem criatividade para escrever!;-;)
E tbm pq tenho ultimamente ficado assistindo um anime beeem longo e uma série que estou viciada.
Então vou fazer capítulos sempre que der, talvez de 3 em 3 dias.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...