História Pink and Black - 2° Temporada - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Austin Mahone, Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 1.192
Palavras 1.654
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Esporte, Famí­lia, LGBT, Luta, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, desculpemos erros

Capítulo 66 - Conversa


Fanfic / Fanfiction Pink and Black - 2° Temporada - Capítulo 66 - Conversa

     Pov Camila 

Depois de deixar o Brian no chão que é o lugar onde ele tem que estar fui pra casa da Lauren, a mãe dela estava lá preparando um bolo enquanto Lauren estava sentada no sofá jogando video game 

- Oi, Lo - Abracei ela por trás 

- oi camz, como você ta? - ela virou o rosto, dei um selinho demorado nela 

- estou bem amor, eu deveria perguntar isso à você 

- eu estou bem - eu sei que ela não está bem mas ela fala que está porque ela não gosta de reclamar de dor 

- trouxe o Harry - me levantei - ele queria te ver 

- Oi Deusa grega, você nos deu um baita susto - ele se sentou ao lado de Lauren e deram um abraço. Deixei os dois conversando e fui pra cozinha 

- ta precisando de ajuda? 

- não Camila, obrigada eu já estou terminando aqui, só falta a calda de chocolate, a Lauren disse que estava com vontade de comer bolo de cenoura com cobertura de chocolate 

- ela ama esse bolo 

- eu sei disso, ela quase chorou pra eu fazer esse bolo - olhei pra Lauren, ela estava conversando com o Harry que ria de algo que ela falava, os dois estão bem proximos nesses ultimos meses 

- como foi a noite da Lauren ontem, eu fiquei com o coração apertado por ter deixado ela sozinha aqui, mas hoje eu vou dormir com ela 

- ontem ela teve febre, eu dei um remédio pra ela e a febre baixou, ela reclamou de dores no corpo, o doutor que isso é normal que passaria com o analgésico, ela disse que agora não está sentindo mais dor, mas você conhece a Lauren e sabe que ela não gosta de falar que ta com dores

- hoje podemos trocar, sei que não deve ter descansado direito, eu cuido da Lauren hoje enquanto você vai descansar 

- mas eu vou ligar, e todas as vezes que eu ligar eu quero que você me atenda, eu ligo 10 vezes e a Lauren só me atende uma, dessa vez eu vou ligar pra você e todas as vezes que eu ligar você me atenda 

- sim senhora, farei isso, agora eu vou ver o que aqueles dois estão aprontando - Fui até Harry e Lauren, me sentei em outro sofá prestando atenção na conversa deles 

- uma baladinha LGBT Lauren, pra nós

- Harry, vão querer pegar a minha garota 

- Lauren, não vão querer porque você vai falar que ela é comprometida, você não vai sair gritando aos quatro ventos que ela é sua namorada, é só vocês ficarem de mãos dadas que vai ficar de boa 

- OK,então eu vou nessa sua baladinha LGBT 

- e assim que se fala jauregui 

- Lauren, depois vocês conversam mais sobre essa bakada, agora você va comer bolo e depois vai tomar banho - Ajudei lauren a se levantar, levei ela até a cozinha, harry me ajudou a sentar ela na cadeira 

- estou me sentindo uma rainha sendo carregada por vocês 

- você é Lo, você é a minha rainha - lhe dei um selinho 

Comemos a bolo conversando sobre coisas aleatorias, Clara e Harry foram embora, fiquei sozinha com a Lauren que quis jogar video game e me deixou de lado 

- Morre porra! Morre seu infeliz! - ela gritava e xingava enquanto jogava aquele maldito jogo que tirou a minha namorada de mim 

- Lo, que graça você vê nesse jogo de matar zombi? 

- é um ótimo jogo, se você jogasse saberia do que eu estou falando - Ela voltou a jogar e dar atenção para o jogo e não pra mim, estou com muita vontade de quebrar esse video game pra ela não jogar mais e dar atenção só pra mim 

~ Semanas depois 

Semanas se passaram e Lauren se recuperou bem, ela já voltou a fazer shows com a banda, fizemos um ano de namoro, ela me levou pra jantar em um restaurante japonês, ela sabe que eu amo comida japonesa. O jantar foi incrível, ela fez de tudo pra sair perfeito, depois fomos pra casa e fizemos amor durante horas, ela me fez se sentir amada, ninguém nunca será capaz de fazer isso, Lauren é a única que tem esse poder. 

Lauren vai chegar hoje de viagem, ela estava fazendo shows em Chicago, faz alguns dias que eu não há vejo, estou sentindo muita falta dela. Entrei na casa da Lauren sem bater, encontrei a Veronica sentada no sofá mexendo no celular 

- Se você está aqui a Lauren deve estar - me aproximei dela 

- você está errada - ela guardou o celular no bolso e se levantou - ela não está aqui 

- onde ela está? 

- e o que isso te interessa? 

- eu preciso saber onde ela está, preciso matar a saudade que eu estou sentindo dela 

- matar a saudade? É só isso que você quer matar? aposto que não, você quer mesmo é matar a Lauren de vez, porque todas as tentativas foram falhas 

- eu não estou entendendo o que você está falando 

- Camila, não se faça de burra porque eu sei que você não é, você é a melhor aluna da sua turma da faculdade, você não é burra, então não atue como uma. O que você quer com a Lauren? o que você quer de verdade porque até agora eu não entendi o que você quer com a Lauren 

- eu é que não estou entendendo o que você está falando, o que eu quero com a Lauren? 

- sim, o que você quer com ela porque eu não sei. No começo de tudo isso eu não me preocupei, eu achei que você só era mais uma foda da Lauren, uma daquelas como a alexa e a keana, com todo o respeito, mas a Lauren começou a pensar demais em você, ela começou a querer muito você, a querer ficar perto de você à todo custo, e quando ela acabou o que tinha com você ela ficou arrasada, eu não me lembrava do dia em que ela tinha ficado assim por uma mulher, deve ser porque ela nunca ficou assim, foi ai que eu vi que tinha alguma coisa errada, mas mesmo assim eu deixei levar, mas vocês começaram a namorar, a Lauren começou a te proteger demais, ela é capaz de proteger você com a própia vida, foi ai que eu vi que isso não iria dar certo, que a Lauren cedo ou mais tarde iria se machucar, e isso acabou acontecendo, você machucou a minha amiga Camila, você machucou ela sentimentalmente e fisicamente 

- eu nunca machuquei a Lauren, eu nunca machuquei ela desse dois jeito, eu não sou capaz de fazer uma coisa dessas 

- você não é capaz? tem certeza que você acha que não é capaz de machucar a minha amiga? foi isso que você fez Camila, você machucou a Lauren duas vezes antes de começarem a namorar. Primeiro foi quando você saiu correndo da casa dela por medo dela, por medo porque ela disse que ela fizesse algo contra você porque ela era uma aberração, era isso que você pensou 

- NÃO! - Gritei - NÃO FOI ISSO QUE EU PENSEI! EU NUNCA ACHEI QUE A LAUREN FOSSE UMA ABERRAÇÃO, EU NUNCA SENTI MEDO DELA POR ELA SER O QUE É 

- ENTÃO VOCÊ QUER GRITAR! ENTÃO VAMOS GRITAR, VOCÊ DIZ QUE NÃO FOI ISSO QUE PENSOU QUANDO SAIU CORRENDO MAS FOI ISSO QUE A LAUREN PENSOU, POR ISSO QUE ELA ME LIGOU DESESPERADAMENTE PEDINDO A MINHA AJUDA! Foi por isso que ela chorou tanto no meu colo, me machucou ver a minha amiga naquele estado, e a culpa foi sua. Agora o segundo acontecimento: Lauren descobriu que você fez uma barbaridade com a irmã da Rebecca e fez isso por ela ser como a Lauren, e ela descobriu isso não foi pela sua boca, você foi covarde o suficiente pra não contar nada pra Lauren sobre a merda que você fez! - lágrimas cairam sem eu querer - Não adianta chorar, eu não vou sentir pena de você porque essa é a verdade, a Lauren ficou mais uma vez arrasada, você machucou ela duas vezes em menos de um mês caralho! Mas ela te perdoo, e vocês começaram a namorar, eu conversei com a Lauren sobre isso, eu disse que você era a porcaria de uma adolecente mimada de apenas 17 anos

- Agora eu tem 18 

- eu sei disso, a Lauren fez uma enorme festa surpresa pra você. Mas ano passado quando tudo começou você tinha 17 anos, mas mesmo eu falando tudo isso pro bem dela ela não me escutou, ela foi cabeça dura e insistiu nessa merda de namoro 

- Não fala isso! o meu namoro com a Lauren não é nenhuma merda, ela me ama e eu à amo, estamos muito feliz 

- sim, é uma merda de namoro porque a Lauren só se machucou, você só fez ela se machucar, você já contou quantas vezes a Lauren foi parar no hospital por sua culpa - me lembrei das vezes e todas as vezes era algo relacionado a mim - Você fez ela se machucou por diversas vezes, essa última vez que ela fraturou a costela foi por causa daquele seu amiguinho, o Brian, ele que provocou aquele acidente 

- o Brian nunca foi meu amigo 

- tanto faz, foi por sua causa que ele fez aquilo com ela. Camila, se você ama a Lauren se afaste, em menos de uma no você causou coisas horríveis ,e se você continuar com ela vai causar mais ainda coisas ruins - Não aguentei ouvir mais nada. Corri para o quarto da Lauren, me joguei na cama, peguei uma blusa dela que estava encima da cama, senti o seu jeito e não teve como não chorar 


Notas Finais


Pra quem curte a minha outra fic "For you" eu estou demorando um tempo pra atualizar porque estou pensando no que vai acontecer, já tenho o proximo capitulo em mente e já vou escrever mas não sei quando ele sai. Agora falando dessa fic aqui, ela está acabando, não sei quantos Capítulos falta pra ela acabar mas sei que deve ser menos de 10. Até mais pessoal, espero que tenham gostado do capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...