História Pink Land - Interativa - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 53
Palavras 2.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É aquela frase... Demorei, mas cheguei com mais uma obra de arte que é a Minhee. Não é querendo bancar a fã chata, mas é tipo comeback do bigbang, demora, mas vem arte. kkkkkkkkkkkkkk
Ai que viagem, olham essa capa maravilhosa dessa segunda parte das apresentações.
Boa leitura, beijos.

Capítulo 8 - Vega


Fanfic / Fanfiction Pink Land - Interativa - Capítulo 8 - Vega

05 de Janeiro, 2018

Aquela reunião iria durar horas, afinal os produtores tinham muito a falar sobre o grupo e as integrantes. E falavam muitas besteiras e algumas coisas que faziam sentido para eles, mas Sook simplesmente achava que eles não estavam falando em coreano quando começaram a falar sobre as porcentagens, mas os seus olhos ficaram regalados ao ver o tanto de números que apareciam nos papéis. Realmente um debut custava caro, agora Sook entendia o motivo da demora da empresa de lançar novos grupos, os gastos eram muito mais do que um MV, isso ia de divulgações até as questões mais práticas, como a moradia delas e as contas do dia a dia.

A garota tossiu ao ouvir um dos produtores falando uma quantidade grande de dinheiro.

— Você está bem? — Bon-hwa questiona olhando direto para a menina, mas não estava com tanta vontade de saber a verdade, já que Sook estava brincando com o menino desde o começo da reunião.

— Estou melhor... — Sook resmunga bebendo a sua água.

A reunião continuava normalmente, naquele momento Sook apenas desejava sair correndo por aquele corredor e voltar quando estiver rica e mais linda do que o normal, também não se importava mais em deixar de ser uma artista solo, portanto que acabasse logo aquela reunião. Ficar ali escutando os produtores e o Bon-hwa falando poderia ser considerado mais torturante do que dividir tudo com outras meninas. Ela desenhou bonequinhas de palito, todas as meninas até agora apresentadas e depois fez um coração sobre o desenho que ela considerou ser ela, essa seria a sua forma de contar o número de meninas que teria no grupo novo.

— Agora vamos apresentar a próxima trainee provável no grupo, seu nome é Jung Minhee. — Bon-hwa fala enquanto olhava para o seu tablet para mostrar os vídeos selecionados pelos treinadores.

O primeiro vídeo mostrava o seu vocal junto com a menina tocando piano, o único instrumento que sabia tocar, estava cantando Love is you mostrando o quanto a sua voz é poderosa para os produtores. Todos ali estavam impressionados com a voz potente da menina e muitos elogios foram feitos a ela, Sook revira os olhos e pensa estava mais divertido quando o assunto era eu. Após a apresentação do seu vocal eles mostraram a garota dançando em uma das aulas com outras trainee, à mesma tinha sido escolhida para ficar no centro, mesmo assim a sua forma de dançar não agradou os produtores ali.

— Esperava mais de alguém que estava na lista para o debut. — O produtor fala de maneira negativa, afinal todas as meninas mostraram ser boas dançando e quem não era tão boa tinha algo especial enquanto dançava.

— Mas ela canta muito bem, algo bastante natural, acho que é um acréscimo necessário para Pink Land. — Lee Soo-man fala enquanto observava as anotações que os treinadores fizeram sobre ela.

— O importante é que ela parece esforçada, isso é bom, pois vai continuar querendo mais... — Uma produtora fala de maneira positiva quanto à garota.

— Ela precisa é de mais aulas... — Sook resmunga, mas as pessoas ali acabam a escutando.

— Ainda bem que ela vai ter a melhor dançarina entre as trainees da SM para dar aulas particulares. — Bon-hwa fala de forma bastante sarcástica.

Sook encostou as costas na cadeira e soltou um suspiro pesado ficando com os seus braços cruzados, por fim os produtores pediram para Bon-hwa falar qual seria a estrela que Minhee representaria.

— Minhee ira representar a estrela Vega a mais brilhante da sua constelação... — Antes que ele pudesse terminar a fala Sook o interrompe.

— Mas não sou eu a mais brilhante? — A garota questiona um pouco perturbada com a situação.

— Sook! A escolha das estrelas foi puro sorteio, serve apenas para deixar os fãs animados. — Bon-hwa a responde voltando a ficar irritado.

Realmente essa reunião seria longa, naquele momento as pessoas daquela sala olharam de maneira mais discreta possível as horas no celular ou até mesmo no relógio de parede que havia no local.

 

11 de Janeiro, 2018

18:00 PM

Minhae ainda se encontrava na sala de dança, desde que havia sido separada apenas para treinar com mais outras três meninas sentia um frio na barriga com um sorriso animado só em pensar que em breve poderia estar em um palco ouvindo as pessoas gritarem o seu nome a fazia continuar animada, o seu namorado a alertava sobre o lado difícil de ser uma idol, ela sabe que não vai ser um mar de rosas, mas naquele momento em que estava com os olhos fechados lembrava-se das falas de como se sentia ao estar no palco cantando e dançando com os seus amigos do grupo. Deu pequeno sorriso só de imaginar e tentar sentir mais ou menos como seria isso, voltou a abrir os olhos, estava deitada no chão fazia cerca de vinte minutos que havia acabado o treino de dança, as meninas já haviam saído restando apenas ela, seu corpo estava dolorido pelo seu esforço naquele dia, mas só de pensar que essa chance de debutar estava perto a energia voltava. Ergueu-se do chão e pegou a sua bolsa, caminhou com passos calmos para apagar a luz da sala, depois disso a sua caminhada passou a tomar rumo em direção ao vestiário das garotas, havia decidido tomar um bom banho antes de ir para casa.

Assim que terminou de se secar vestiu uma saia jeans escura que acabava pouco antes do seu joelho e uma camiseta branca com estampa de gatinho. Quando saiu em uma das cabines, abriu o seu armário para pegar o seu sapato sentou em um dos banquinhos era um tênis da cor preta que combinava com o par de meias brancas. Vestiu a sua jaqueta jeans e depois pegou a mochila, amarrou os seus fios de cabelo castanho escuro enquanto caminhava em direção a saída daquele local, após alguns minutos de caminhada saiu do prédio. Durante o caminho para casa encontrou uma menina, não era possível que em plena Seul com várias pessoas caminhando pelas calçadas ela encontraria aquela menina, virou o rosto e tentou caminhar com os passos apressados.

— Ora, se não é a pequena bolinha. — A garota fala logo atrás da Minhee.

A mesma sentiu o seu corpo congelar dando tempo para outra caminhar e parar logo a sua frente.

— Não é possível que tenha me esquecido, tão bobinha. — Ela comenta dando uma risada irônica.

Minhee continuou quieta enquanto escutava a menina falando mal sobre a sua aparência, por fim a outra suspira ao notar que não teria resposta por parte da mais baixa.

— Fiquei sabendo que a SM provavelmente vai te colocar no novo grupo, bem... Sempre tem uma estranha e eu acho que eles escolheram você. — Assim que ela fala pisca para garota e volta a caminhar, deixando Minhee para trás.

A mesma observa a menina caminhando quando a outra some em meio às pessoas que caminhavam na mesma direção, apertou a alça da sua mochila com certa força e passou a caminhar com passos curtos, olhar para aquela garota a fazia se recordar de péssimos momentos na empresa. Encheu o seu peito de ar enquanto olhava para os seus pés e logo suspirou, a mesma animação que estava antes de sair da empresa havia se perdido.

Por conta disso acabou chegando mais tarde em casa, caminhadas a fazia conseguir pensar melhor e aproveitou o caminho para casa justamente para isso, aproveitou cada momento e inclusive optou por pegar o caminho mais longo, Minhee acabou se arrependendo, porque aquela menina tinha um poder de deixar ela completamente desanimada e sem nenhuma confiança e apenas conseguia pensar nisso. Assim que a garota abre a porta nota um garoto passando pela sala de estar comendo kimchi, a menina olhou para os lados depois de fechar a porta se perguntando se estava acontecendo alguma filmagem, esse era um dos problemas de ter um irmão idol, nunca se sabe quando teria uma câmera apontada para você e pedindo para você o elogiar de forma natural. O menino deu alguns passos para trás, ainda comendo o kimchi.

— Acho que a sua irmã chegou, Hoseok. — Jin fala olhando para o garoto que estava na sala.

— Boa noite para você, Jin. — A garota resmunga, enquanto tirava os seus sapatos e deixava a sua mochila no chão, próxima a porta.

Ainda estava um pouco magoada com as palavras que haviam sido faladas, mas os seus pensamentos foram totalmente desligados quando escutou passos correndo na sua direção.

— Ainda bem que você já chegou! Estava pensando em ir atrás de você. — O menino ergue uma das sobrancelhas e bateu de leve o seu pé no chão.

Jin tampa a boca tentando não rir, achava engraçado o fato dele querer “salvar” a irmã um idol como ele saindo sozinho há essa hora iria piorar a situação, afinal o mesmo não achava que Hoseok iria conseguir se virar sozinho quando fosse procurar a sua irmã.

— Que foi? — O mais novo questiona o outro que deixava óbvio a sua vontade de rir da situação.

 

Minhee deixa os dois discutindo em pleno corredor da casa, foi para cozinha ver se Jin acabou com a comida da casa ou se ele deixou alguma coisa para a trainee comer. A menina desejava que as meninas do seu futuro grupo fossem amigas uma das outras como os meninos do BTS. Deu um enorme sorriso ao ver que tinha sobrado o kimchi que a sua mãe havia feito a mesma era uma ótima cozinheira, Minhee tinha quase certeza que era por isso que Jin vivia visitando a sua casa. Quando sentou a mesa para começar a jantar notou a aproximação do amigo do seu irmão, continuou comendo de forma tranquila até notar ele mexendo nos armários da cozinha até achar um pacote de biscoitos e voltar para sala.

A garota estava tentando entender o motivo do seu irmão e o Jin estarem em casa naquele dia, ela tinha quase certeza deles estarem cheios de compromissos como em breve ela estaria também. Hoseok é um irmão bastante atencioso com a irmã, não é a toa que ele foi uma das primeiras pessoas a lhe dar parabéns quando a notícia do novo grupo da SM foi a público. A menina encostou as suas costas na cadeira um pouco pensativa sobre o seu encontro de horas atrás com aquela pessoa indesejável, soltou um breve suspiro querendo esquecer os tempos em que aquela garota a deixava totalmente para baixo, mas estava difícil pensar sobre isso com o barulho que estava vindo da sala. Ela desejava que um dia fosse igual ao seu irmão, estrear em um grupo e ser bastante bem sucedida no que faz, porém Minhee sabia que seria difícil se ela continuasse sendo tão frágil com pessoas como aquela garota.

Ela se ergueu da cadeira e foi lavar as louças que estavam na pia, eram poucas, estranhava bastante o barulho da sala. Era normal dos amigos dele fazerem barulho, mas naquele momento estava mais do que o normal e nem era a metade do BTS na sua sala. Então quando terminou foi para sala onde viu algo novo na sala era um vídeo game, a menina ficou encantada e ao mesmo triste, acabava de lembrar que os últimos dias estavam sendo mais movimentados do que nunca.

— Desde quando tem um vídeo game em casa? — A garota questiona, agora para ela fazia sentido o motivo da bagunça.

— Desde que o seu irmão virou uma estrela super amada no mundo todo. — Hoseok responde a menina concentrado no jogo.

— A auto-estima ligou e pediu para você devolver metade desse amor próprio para ela. — Jin fala enquanto jogava também.

Minhee riu um pouco com a situação, seu irmão tinha um dom de fazê-la se esquecer de alguns problemas, ela queria ter metade dessa auto-estima, a garota concluiu que se ela fosse como o seu irmão não ficaria triste com as palavras alheias.

— Vou dormir, façam silencio, tem gente que precisa dormir e descansar bem, afinal nem todo mundo aqui debutou. — A garota brinca e então sobe as escadas.

Quando a menina sai da sala, Jin faz um breve comentário.

— A prima do Jimin, Charlie, provavelmente deve debutar nesse mesmo grupo, vai ser legal. — Não tinha tanta certeza, mas apenas havia juntado os fatos.

— Provavelmente... Bem, depois do que a Charlie passou vai ser bom para ela. — Hoseok fala enquanto não piscava, estava muito focado nos seus últimos movimentos no jogo, por fim, gritava. — GANHEI!


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...