História Pinto Cortado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ass, Asshole, Cock, Cunt, Dick, Hentai, Pau, Pinto, Pussy, Saco, Sadismo, Sdh, Sph
Visualizações 68
Palavras 1.565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, FemmeSlash, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


contem zoolofilia, cuidado

Capítulo 1 - A Fazenda Do Jotinha


Fanfic / Fanfiction Pinto Cortado - Capítulo 1 - A Fazenda Do Jotinha

Os Amigos Pablo, De 14 anos, Kaká de 11, José, de 13 e Àvah, a única menina do grupo, com 13 anos estavam passando as férias na fazenda do pai de Jotinha, um playboyzinho de 10 anos que se achava muito foda.

Um belo dia, o papai de Jotinha decide ir até a boate mais próxima para se divertir com as vagabundas e cheirar um pouco de cocaína, então, deixa o grupo de crianças sozinha na grande casa da fazenda.

Jotinha e o resto das crianças estão brincando de futebol em um gramado, aquilo estava entediante, até que José, o filho de um empregado do Sr.J (Pai de jotinha), tem uma ideia.

José—Ooo Jotinha, Ooo Pessoar, que que Ocêis acham de nois í brinca cos cavalo?
O Português de Zé era deplorável, porém, jotinha o responde.

Jotinha- Pô, È Uma boa idéia não é galera?
Pablo- Eu como o mais velho autorizo a gente a ir
Kaká, Pô mano maneiro, nunca andei de cavalo
Zé- Não Não Não Kaká, não vamo andar de cavalo, vamo andar de égua!

O Grupo fica sem entender o que aquele caipira estava querendo dizer, porém, logo começam a segui-lo, indo direto ao pasto onde um cavalo de cor marrom e uma egua branca pastavam livremente.

José(Pensando) –Eita Lasquera! Eu não sei se vo te coragem de montar na egua com meus amigos e essa menina ai me vendo, Sôh, vou é falar pra essa criança desse Kaká ir primeiro!

Chegando no pasto, alguns vão brincando, mas, Pablo, como uma criança de 14 anos normal, estava passando pela puberdade, a primeira coisa que ele vê é a rosada buceta da égua, que pastava longe do cavalo, ele chega perto de Zé e o puxa para um canto.

Pablo- Aí Zé, tu ta pensando o que eu tou pensando?
Zé-Ma é claro uai, minha piça ta louca pra foder essa eguinha nova, essa fiadaputa ta no cio e o cavalo só ta indo atrás de desvirgina a coitada, acho melhor nois faze isso primeiro.
Pablo-Porra cara, então vamo logo!
Zé- Mas você é bobo memo né menino? Tu não ta vendo que tem essa demonha dessa menina junto? Certeza que ela vai falar pro pai do jotinha, vamo botar esse piá de bosta desse Kaká pra ir primeiro
Pablo- Boa Zé, pra um caipira fudido tu é bem esperto!
Zé- Beleza Beleza vai tomar no cu vamo logo!

Falando isso, eles chegam para a galerinha e falam

--Então galera, se liga na brincadeira nova que eu arrumei
Jotinha- fala fala!
Zé- Se liga, tem que abaixar as calças e colocar a pistolinha no buraco que a égua tem no meio das pernas *Aponta para a égua*
Kaká- Pô Maneiro, parece aquele filme que meu tio me mostrou, posso tentar?
Zé- Claro meu amiguinho, pode tentar

Ava- Meu deus, que nojento! Não vai Kaká! Eles tão falando isso pra egua te dar um coice!
Kaká- Po é verdade, vou levar um coice!
Zé- Fica quieta aí o intrometida, tu só ta falando isso por que cortaram teu pinto quando tu nasceu!
Ava- N-Não é verdade! E-Eu nunca tive um! Seus burros *Faz cara de emburrada*
Pablo- Aqui ó *Pega uma corda* eu vou prender os pés da egua, assim a gente pode brincar sem levar coice, Ok?
Kaká- Fechou!

Enquanto Pablo amarrava os pés da egua, Zé amarrou o pescoço dela em um cepo de madeira, para que ela não fuja

Jotinha- Perai, você não tem pinto Ava?
Kaká-Claro que ela não tem jotinha seu burro, as meninas nascem com um monte de pelos no lugar do pinto, e o xixi sai do meio dos pelos! Pelo menos assim que era no filme que meu tio mostrou!
Ava- Ah calem a boca, não é um monte de pelos, toda menina tem uma dessas, é tipo um pinto ao contrario! Não sei como explicar! Ruim deve ser tem uma pelezinha que sai xixi de dentro igual você tem!

Zé-CHEEEEEEEEGA, Vai logo Kaká, a egua vai mofar de tanto esperar

Kaká-Belezinha

Kaká tira seu pequeno penis ainda flácido, com apenas 6 cm

Kaká –è só enfiar no buraco?
Zé- não, tu tem que fazer tua piça ficar dura

Kaká- Como que eu faço isso porra? E do que que tu ta rindo Pablo
Pablo- (Contendo os risos ao ver a piroquinha de Kaká) –Nada nada, se liga, fica puxando a pelinha, tirando a cabeça pra fora e colocando de volta varias vezes!
 

Ava(Pensando)—Nunca vi esse tal pinto, vou dar uma olhada *Se aproxima de Kaká e olha o penis com bastante curiosidade

Kaká- TA!

Kaká começa a fazer o que seu amigo mandou, com a ponta de seus dedos, ele fica se “punhetando”

Kaká- Aì ta bom?

Zé- (Observando o pinto agora duro e com enormes 8 cm) Mete a ficha!

Kaká sobe em um cepinho para ficar com a altura certa, todos observam a cena com muita cautela, Ao colocar, Kaká sente a melhor sensação de sua vida

Pablo- Isso animal, agora tira e coloca varias vezes até tu gozar!

Kaká- MEEEEU DEEEEEEEUS È MUITO BOM ISSO AAAAANN ONHN (Tirando e colocando seu insignificante penis da buceta quente da egua

Após longos 15 segundos, Kaká mesmo sem soltar nenhum liquido de seu pinto, percebe que é a hora de parar, com ele sentindo o clímax e seu pinto amolecendo novamente

Kaká- Caçamba galera, muito bom mesmo! Melhor brincadeira q eu já vi!

Jotinha- MINHA VEZ MINHA VEZ!

Zé-Mete a ficha jotinha!

Jotinha arreia as calças e exibe o majestoso pintinho dele, com apenas 4 cm
Quanto ele tenta puxar a pele para fora, tem uma surpresa, seu pinto não saía para fora!

Pablo- Eita porra jotinha tu tem fimose cara!
Jotinha- Tenho nada!
Pablo- Tem sim mano teu pinto não sai pra fora!
Jotinha- e o que isso muda?
Pablo- Tu não vai poder colocar, o teu pinto vai estourar se tu brincar!
Jotinha- Ah não cara, pô, queria brincar também!
Pablo- Bate uma punheta jotinha!
Jotinha- E como faz isso?
Zé-Eu explico! Deixa eu te mostrar *Pega no pintinho com a ponta de seus dedos e começa a punhetar* até que jotinha geme de prazer e o pintinho volta a ficar mole

Jotinha- eita porra Zé, isso é muito melhor que minecraft! Tu bem que podia fazer sempre né?
Zé- E eu tenho cara de viado? Faz sozinho seu animal!

Após a pequena discussão, eles percebem q a Avah tava meia emburrecida

Pablo- Que que deu com tu, muié?
Avah-Ah, eu também queria ter um pinto pra poder brincar com vocês!
Pablo- Para de ser burra, tu tem uma igual a egua, a gente que tem que colocar o pinto em você, só que ai tu ficar grávida!
Avah faz uma cara de choro, afinal, gravidez na infância não é algo aconselhável
Avah- E não tem jeito de fazer com outra coisa alem do pinto?
Pablo- Sei la, posso tentar enfiar o dedo, mas eu que não vou fazer de graça! Quero sentir prazer pra mim não por você!
Avah- Ah vai se foder!

Zé- EEEEEEH LASQUERA, XACUMIGO ESSA MIZERA

Zé nunca havia visto uma menina pelada, apenas aliviava seu pinto nos animais da fazenda, aquela era uma oportunidade imperdível

Zé- Tira as ropa ai muié

Avah tira sua calça ficando com a bunda de fora
Zé-Fica de quatro ai, tipo um cachorro!

Avah obedece o Chico bento e fica de quatro como um cachorro, todos vieram observar aquela cena, mas, enquanto isso, Pablo pega seu pinto de 14cm já duro e começa a foder aquela egua, diferente de seus amiguinhos, Pablo já tinha um pinto respeitável e já gozava, então ia aproveitar aquilo como nunca!

Zé observa de perto aquele negocio estranho, não se parecia com a da egua ou a da porca, ele logo começa a mexer e colocar seu dedo levemente, enquanto avah ia soltando alguns gemidinhos

Avah-I-isso é bom mesmo!
Zé- Eu vo é armenta a intensidade!

Zé começa a colocar dois dedos de uma só vez, intensificando a velocidade, seu pinto estava explodindo, e, depois de alguns minutos dedando a menina, ela pede para ele parar.

Avah-Ch-chega Zé, deixa eu ver como é um pinto

Zé- EEEH LASQUERA È AGORA

Zé puxa seu pinto de caipira para fora, medindo 12cm e já duro, avah observa aquela cabeça roxa, e começa a pegar nele com vontade, sentindo o calor que aquele membro exalava, Zé pede para ela colocar a boca, avah rejeita no começo mas pensa bem e começa a lamber e chupar aquele negocinho como se fosse um picolé, enquanto ela chupava, eles ouviam Pablo
--AAAAI QUE DELICIA, PUTA QUE PARIU, GOZEI NA BUNDA DELA!

Todos observavam aquele liquido branco na bunda da egua e ficam instigados, porém, Zé da um tapinha em avah, que continua chupando, até que Zé sotlta seu gozo, ainda transparente, na boca de avah, que logo cospe aquilo fora

Jotinha-Cacete de pijama! Essa é com certeza a melhor brincadeira q já vi na vida, mas agora vamo parar e descançar um pouco, solta a égua ai pessoal!

Pablo- Aí Zé, tirei o cabacinho da egua, tava uma delicia! Nunca comi uma apertada assim! Agora ela ta pronta pro cavalo!

Zé-E eu experimentei uma muié de verdade pela primera veis, foi baum de mais da conta sô!

A turma ia para casa, conversando sobre o novo assunto que eles haviam descuberto!


Notas Finais


se alguem ler essa porra comente, aí eu faço mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...