1. Spirit Fanfics >
  2. Pintura Noturna - woosan >
  3. I thought we had already talked

História Pintura Noturna - woosan - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Oii oii apareci 👉🏻👈🏻 leiam as notas finais.

Boa leitura☕

Capítulo 12 - I thought we had already talked


Fanfic / Fanfiction Pintura Noturna - woosan - Capítulo 12 - I thought we had already talked

When you said your last goodbye I died a little bit inside I lay in tears in bed all night Alone without you by my side, But if you loved me Why did you leave me?.

Quando você disse seu último adeus, Eu morri um pouco por dentro Eu deito na cama chorando todas as noites Sozinho, sem ter você ao meu lado. Mas se você me amava Por que me deixou?

▶Kodaline - All i want






 - Você não fez oque eu pedi de novo né, seu parasita. - falou o homem alto, o chefe, para o rapaz a sua frente.

O garoto demonstrava uma feição plena, como se não estivesse com medo do que poderia vir ou acontecer com sigo. E ele não estava errado. Não tinha. Não mais.

- Pode me chamar do que quiser, chefe - a última palavra saiu com um nojo no tom - Nada vai adiantar sabe disso, porquê continua tentando? Inveja talvez?.

- Não me teste garoto!!!- o homem parecia frustrado, sentado de frente a uma pilha de papeis em cima de sua mesa, enquanto o garoto não facilitava as coisas pra si, continuaria agitado, queria logo oque tanto desejava... A queda de Choi San.

- Só estou aqui por ameaças - ressaltou.

- Sabe que posso te matar, não sabe?.

Suspirou fundo enquanto ainda se mantinha de pé. Sabia oque queria dizer, já não tinha mais sentido continuar, já era a hora.

- Pode fazer isso se quiser - parou por uns segundos olhando fixamente para os olhos castanhos continuando - E se não fizer, eu mesmo farei!.

- Você não teria coragem sabe disso - o olhou com sua voz e expressão num deboche.

- Pague pra vê então - se virou indo em direção a porta, a abrindo mas antes olhou uma última vez seu "chefe" saindo logo em seguida fechando a porta.

O garoto andou ate esta do lado de fora daquele lugar. Nunca mais voltaria, sabia muito bem disso, mas valeria a pena.

Segurou forte o anel que carregava consigo em um colar, sussurrando pra si.

- Me desculpa meu amor, irei partir mais cedo doque eu esperava.

⚜•°.PINTURA NOTURNA•°.⚜

Haviam se passado duas semanas depois do ocorrido na casa, agora de Wooyoung. Quando iriam conversar, o celular do choi havia tocado e acabou que a conversa foi deixada pra uma outra hora. Várias perguntas e dúvidas rondavam sua cabeça, mas como tira-lás se tem um Choi San para tirar o resto de sanidade que tinha? Pois é.

Sempre que queria perguntar alguma coisa ou tirar explicações do mesmo, ele sempre vinha pra cima do jung de uma forma irresistente, e sempre acabavam na cama jogados com seus corpos suados, a respiração ofegante e lençóis bagunçados.

Estava sendo sexo, só sexo!. San parecia que estava comendo a melhor comida quando se tratava do jung. Bem Wooyoung pensava que San era o próprio pecado na terra céus!.

O sexo era de um jeito bruto mas gostoso, com algemas e vendas. Fora alguns brinquedos de BDSM.

Wooyoung tinha brigado com San. Após finalmente ter tido a explicação do maior com relação a hongjoong, apesar de que, ele não era nada dele por tanto não se preocupou tanto com o assunto. Mas era seus melhores amigos, Hongjoong tinha traído Seonghwa com San.

Mas não tinha porquê de estar assim. Já passou e isso foi erro dos envolvidos e não dele, talvez seja o motivo ciúmes?.

Estava em casa, era seu dia de folga depois de meses trabalhando na Hearde Psicose.

Deitado no sofá - lê se debruçado - Olhando pro teto e pensando em várias coisas, teria que ligar pra Seonghwa, e conversar com San.

E foi pensando no de cabelos escuros que seu telefone tocou, era ele. Ele havia enviado uma mensagem pedindo para se encontrarem em sua casa.

Caso não tivesse recebido a mensagem, talvez iria para a exposição de artes no centro de seul.

Arte... Era seu sonho, sair por ai desenhando e pintando as melhores telas. Um medo acabou com tudo, odiava seu pai por tudo de ruim que lhe fez no passado. Mas agora era diferente.

•••

Estava de noite, Já estava na casa do choi o esperando já que o mesmo estava num telefonema importante e não poderia ser interrompido.

Após alguns minutos, San descia as escadas com suas costumeiras roupas pretas esbanjando elegância e sempre lindo. Wooyoung estava fudido, tinha se apaixonado por San completamente.

- Porque me chamou aqui? - perguntou sem olhar o mais velho que estava agora em sua frente.

- Conversarmos - disse simplista dando de ombros.

- Pensei que já tivéssemos conversado Choi.

- Não totalmente - se sentou de frente pro moreno que estava ainda sem olha-lo, estava sim com ciúmes e um pouco de raiva mas tava fazendo drama.

- Sobre oque quer conversar comigo? - virou finalmente o olhando, Wooyoung estava um misto de sentimentos, estava quase a explodir - Sobre o contrato que você fez comigo que destacava que tudo que tínhamos era só, e nada mais do que sexo?.

- Wooyoung eu-

- Não San! - seus olhos marejavam, quando tinha ficado tão fraco? - San, mesmo você estando comigo hoje na cama eu sei, que no outro dia você vai procurar por outro.

O maior se mantinha calado ao mesmo tempo que surpreso. Pensava ter escondido bem.

- Acha que eu não sei? Um dos seus " parceiros de foda " foi na hearde saber quando teria a " próxima vez " e adivinha quem o atendeu? - se aproximou chegando mais perto do outro - Eu!... Me olha nos meus olhos Choi San e diga que eu não passo de uma válvula de escape pra você!.

Wooyoung não queria saber a resposta, pois já sabia porém queria escutar do outro. Mas no fundo desejava outra resposta, que tudo aquilo fosse mentira. Seu coração estava rachando, esperando para se despedaçar.

Então veio, seu coração não existia mais.

- Você esta certo Woo, não sinto nada por você! Tudo foi apenas contrato e só!.

Ninguém o avisou que doia tanto. Ninguém o alertou que um dia, seu coração iria se quebrar em mil pedaços por causa de alguém. Aquela sensação é horrível e ele pela primeira vez estava sentindo, como se tivesse arame farpado em volta apertando seu coração que doia mais que dor fisica.

- Ótimo! Era só oque eu precisava ouvir. E não me chame assim.

Se virou pegando seu casaco em cima do sofá. Antes de sair olhou, uma última vez para aquele a qual deu seu coração e o fez de montanha russa, subir pra mais intensa das sensações e no final, descer pras piores.

- Sabe San... Todo fim do dia eu penso em você, penso em te encontrar, em te contar como foi bom ou ruim o meu dia. Sempre quero passar horas falando contigo. As vezes sobre tudo, as vezes sobre nada. No final... Eu achei que seria diferente.

Seus olhos quase lhe traíram, querendo deixar cair lágrimas atrás de lágrimas. Mas nunca iria chorar na frente de San. Saiu da grande mansão em passos firmes, sem abaixar a cabeça.

Mas quem queria enganar? Estava destruído. É como diz o ditado... Quem não quer ver estrelas não olha para o céu.










Notas Finais


Aii gente a fic chegou a mais de 100 favoritos e 2k de visualização e eu ainda to assim: 😮😊♥

Muito obrigada a vocês que acompanham essa história e deixam comentários me motivando, isso significa muito pra mim serio eu fico toda boba.(。♥‿♥。)E logo logo painter of the night vai estar chegando ao fim 😔
as vezes me pergunto " se eu mudar de user, as pessoas vão me chamar por ele ou ainda por Aprhodit ou sellene 🤔 " mas desisto kkkk

Surtos com os tease do comeback 🤠



Tentativa de interação: Qual dos membros vocês shippam o yeosang? Irei fazer uma fic com ele mas quero a opinião de vocês, o tema da história vai ser bastante extenso.
E no duo de amigos sempre tem o emo ou serio e o solzinho, vocês são o ou a emo/solzinho de alguém?.
Eu sou o solzinho 🌞




Queria deixar aqui a fic maravilhosa da @Byeolflying1117 é mistakes♥

Tenho varias histórias que adoro e estão todas organizadas nas listas de leitura♥

Até logo beijos e um abraço da lua🌙♥
Byebye🦋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...