História Pique-Esconde - 2Won - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, Won Ho
Tags 2won, Sad
Visualizações 34
Palavras 846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem resolveu aparecer

Capítulo 8 - Eight


Assim que cheguei no colégio, uma sensação de vazio tomou conta de meu corpo. Após muito tempo, eu estava com medo.

Não ter Hoseok ao meu lado me deixava extremamente nervoso. Tentei ignorar este fato e apenas andar, evitando olhar para os alunos no corredor. Evitando Hyunwoo e seus amigos. Senti um alívio enorme ao chegar na sala de aula, o lugar de Hoseok estava vazio. Será que ele estava apenas atrasado?

- Senhor Chae, está bem? - ouvi a professora perguntar e apenas assenti. Não tinha escrito uma única palavra no caderno e tocava uma melodia triste em meus fones

Não iria admitir que sinto falta de Hoseok, mas é como eu precisasse dele. Só não me sentia com ainda mais medo pois Hyunwoo também havia faltado.

Eu não fui para o jardim. Me deixaria com ainda mais saudade dele. Então apenas abri a marmita da vó no meu lugar e comi ali na sala. Se eu soubesse onde Hoseok mora, até poderia lhe fazer uma visita. Ele iria saber que eu me importo. Ele iria saber que estou preocupado. 

Não me senti confortável pelo resto do dia, e na saída ainda tive um encontro inesperado com Jooheon. Meu coração batia rápido e descontrolado, eu tremia. Me misturei com todos os alunos no portão e consegui passar sem que ele me seguisse, então eu apenas coloquei meu capuz na cabeça e comecei a andar até a sorveteria. Poderia pedir qualquer coisa apenas para esfriar a cabeça. Só não lembrava bem do caminho, mas não acho que seja difícil seguir crianças. Uma música animada tocava dessa vez, fiquei com preguiça de mudar e além disso, eu gosto dessa música. 

Peguei a Polaroid em mim caderno e sorri ao ver Hoseok. Eu me sentia tão diferente do que quando conheci o rapaz de cabelo preto. Ele tinha sempre um sorriso radiante e tentava quebrar minhas muralhas. Acho que deu certo.

🌠🌠🌠

Minha vontade de levantar era mínima, mas fiz isso por minha avó. Ou ela iria se preocupar demais como sempre. Me arrumei rapidamente e desci para a cozinha, ela me esperava com o café pronto. Conversamos sobre faculdade mas eu ainda não sabia o que iria fazer e muito menos onde. Nem sabia se eu estaria vivo.

Saí e levei um breve susto ao ver Hoseok em frente a minha casa. Ele não usava uniforme, mas estava com a mochila nas costas e um sorriso besta.

- Bom dia, Shin - disse calmamente andando pela calçada

- Olá, Chae. Está pronto para um passeio? - ele correu para ficar ao meu lado

- Matar aula, você quis dizer - corrigi franzindo o ccenso

- Hey, você tem as melhores notas do colégio. Acho que precisa descansar - senti ele pegar minha mão e não pude evitar de ficar ruborizado. Maldito sentimento estranho - Prometo que vai ser legal

- Igual no zoológico? - olhei ele de relance, vendo que o mesmo sorria - Parece que rasgaram seu rosto

- Para, você também sorri - riu e atravessou a rua comigo, me levando para o caminho contrário ao do colégio

Não posso mentir, estava com uma adrenalina estranha, mesmo que já tenha faltado aula várias vezes.

Andamos bastante até chegar a praia. Me sentia em um livro clichê, e não sabia o porquê de estar ali. Talvez fosse a influência de Hoseok. Ele esticou um pano na areia e sentou, puxando minha mão para que eu também sentasse.

- Faltamos aula pra sentir o cheiro do mar? - arqueei minha sobrancelha

- Faltamos aula para descansar na praia - Hoseok riu enquanto acariciava minha mão com seu polegar

Assenti levemente e tirei a mochila das costas, me deitando ali. O sol não era forte e não fazia muito frio, estava agradável. Eu estava confortável. 

Tenho certeza de que eu nunca vou me sentir assim com qualquer outra pessoa. Não poderia negar a peculiaridade que estava acontecendo, mesmo tendo lido livros e mais livros, eu não entendia o que era aquilo. Estava necessitado? Por que eu não conseguia afastar Hoseok como antes? Ele me cativou... Como um certo príncipe cativou sua raposa, como foi cativado por sua rosa. Eu fui cativado.

- Está no mundo da lua - ele murmurou após vários e vários minutos de silêncio

Virei meu rosto para encara-lo e senti um pouco de vergonha ao ver que ele já estava me olhando. Ainda não havia me acostumado com o afeto de Hoseok.

- Estou pensando no quanto mudei - voltei a olhar o céu e senti ele acariciar minha mão, apoiando-se em um dos braços

- Isso é ruim? - sua voz pareceu vacilar. O carinho em minha mão ainda continuava, me acalmando internamente. Podia sentir que ele ainda me olhava, ainda apenas retribuí seu olhar

- Isso é ótimo, se quer saber - dei um leve sorriso e senti ele apertar minha mão sem muita força

- Eu tinha medo de que me afastasse de vez - Hoseok jogou o cabelo pra trás e sorriu abertamente como fazia

Meu coração estava acelerado.

- Não vou te afastar, Seokkie - puxei o rosto dele de encontro ao meu

Eu beijei ele.



Notas Finais


Amo vocês galeris


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...