História Piratas do Caribe em Busca da Jóia dos Mares - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Piratas do Caribe
Personagens Capitão Jack Sparrow, Elizabeth Swann, Joshamee Gibbs, Personagens Originais, Tia Dalma, William "Will" Turner
Tags Ação, Aventura, Fantasia, Luta, Romance
Visualizações 14
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Descupa a minha demora.
Troxe a continuação da treta do capítulo anterior.
Boa leitura!💋

Capítulo 34 - Ela ainda me paga!; O pedaço de Nérites



Agatha juntou a pistola de um dos marujos do chão e descarregou ela no pescoço do bichinho de estimação da Wisp. Deixando Wisp ainda mais putassa da vida com ela.

O monstro não morreu. Apenas urrou, se retorcendo com a dor que parecia queimar toda a garganta.

As mãos de Wisp se envolveram em uma fumaça negra enquanto ela própria ofegava furiosa.

A fumaça negra envolveu o corpo dela da cintura até os pés.

Agatha viu e pensou em fazer algo pra dete - la. Ela só não sabia como. Ainda.

A fumaça deslizou pelo chão até desmaiar todos ali.

Só Wisp, Agatha e tia Dalma estavam conscientes.

(Tia Dalma estava consciente?

Sim, porque a tia Dalma é a Calypso e a Calypso é mais poderosa que a Wisp, ou seja imune a ela. Mais não pode enterceder por Agatha pelo fato de estar aprisionada na forma humana... Lamentável.)

Agatha fez menção de se aproximar de Jack mais Wisp foi mais rápida e a fumaça negra envolveu ele até o pescoço.

(Sacanagem... Isso não vale!)

"Devolva os oito pedaços da jóia dos mares que eu sei que estão com vocês... Ou eu mato um por um."

Wisp ameaçou.

Os olhos de Agatha estavam verdes por completo. As mãos de Agatha soltaram faíscas verdes e ela levitou um palmo acima do chão.

"SOLTA ELE!"

Ela gritou furiosa.

O monstro se deitou atrás de uma árvore grande, afim de se esconder com medo da raiva de Agatha.

(Que nem na capa do capítulo anterior)

O monstro observou tudo sem urrar nem rugir. Quietinho atrás da árvore como se ninguém estivesse vendo ele lá.

(Tá mais pra gatinho assustado!... Que tipo de monstrengo medroso é esse que fica se escondendo?)

Wisp olhou feio pra ele como que estivesse repreendendo ele pela atitude desesperada.

(Eu sempre disse que era um bichinho de estimação.)

Agatha olhou pro animal tendo uma idéia ridiculamente perfeita.

(Wisp tá cansada de saber que se mexer com o Jack a Agatha vira o capeta... Por que ela ainda insiste?)

Agatha fez um gesto com a mão direita e o monstro foi parar dentro da água.

Quanto mais ele se mechia mais ele afundava. Ele só não tinha se afogado ainda por que ele seria o objeto de negociação de Agatha.

"O seu bichinho ou o pedaço de Nérites? O que quer? Faça mal a qualquer um deles e você vai ver o que vai acontecer com o seu bichinho... Especialmente se fizer algo contra o Jack."

Foi a vez de Agatha ameaçar.

"Pode afogar ele, tem muito mais de onde esse veio. E bem mais poderosos, esperando pra assumir o lugar disso aí. Mais se quiser o pedaço de Nérites, seu namoradinho fica."

Wisp retrucou levitando Jack pela gola da blusa.

"Ele não é meu namorado, é meu marido!"

Agatha gritou arremessando uma espada contra Wisp.

Wisp pegou a espada no ar e a jogou no chão.

"Vocês não vão levar mais esse pedaço!"

O monstro estava quase se afogando e Wisp não cedia.

"Você vai nos deixar seguir daqui. Ou vou ter que afogar você também?"

Agatha fechou a mão direita, que estava usando manter a cabeça do monstro fora da água, e o monstro já não respirava mais. Ele afundou na água.

"Tola."

Wisp sorriu de canto ao ver a monstro atrás de Agatha.

Agatha encarou o monstro nos olhos e tentou dominar ele. Aquele olhar...

Havia uma cicatriz na garganta do monstro como se alguém tivesse cortado a garganta dele alguma vez.

"Que coisa feia Agatha, tentando hipnotizar o próprio pai..."

Wisp gargalhou.

Agatha o encarou mais uma vez.

"Não é verdade Agatha! Seu pai não está mais nesse mundo. Esse era o seu padra..."

Tia Dalma alertou.

Mais Wisp a interrompeu ao fazer um gesto com a mão, tia Dalma foi jogada pra longe, batendo contra uma árvore e desacordando.

Agora Agatha estava sozinha.

"Padra...? Padrasto!" Agatha pensou e se voltou pro monstro com raiva.

Era ele, ela não sabia como, mais o corte na garganta... Fora feito por ela. Ela tinha certeza.

"Quer se vingar de mim? Se vingue! Eu estou aqui. Você pode me matar agora. Vamos, se vingue! Ou não é isso o que você quer?"

Agatha provocou abrindo os braços.

Ele ergueu a pata para esmagar ela, mais ela foi mais rápida e desviou. Ele abaixou a cabeça e soprou.


Mais nada aconteceu.

Ele estava molhado,...

Ele nunca soltaria fogo estando molhado.

Agatha aproveitou a distração dele e quando ele percebeu ela já estava cortando a garganta dele com sua espada.

Agatha admirou o sangue dele escorrendo em sua espada e encarou Wisp.

"Eu não sei como você fez isso com ele, ou muito menos o que você fez, e nem quero saber. Agora, acorde todos."

Agatha falou.

"Você vai sair daqui. E ai eu acordo todos pra irem embora com você."

Wisp propos.

(Hoje a Wisp tá insuportável...)

"Se quiser sair viva daqui, acho bom fazer o que eu estou mandando. Acorde todos."

Agatha falou séria.

Quando Agatha arremessou a espada contra Wisp novamente, Wisp se desmanchou em fumaça negra, reaparecendo ao lado de Agatha.

"Vai ter que me obrigar. Saia da ilha."

Wisp apontou pro Pérola Negra.

"Vai ter que me obrigar! Acorde todos!"

Agatha se alterou.

"Está bem. Você que pediu."

Wisp movimentou as mãos.

Agatha caiu de ajoelhos no chão tamanha a dor que sentiu na região onde ela devia ter um coração.

"Ela ainda vai me pagar caro por isso..."

Agatha sussurrou pra si ao cair deitada no chão.

"Cadê a sua coragem agora?"

Wisp gargalhou.

Agatha não respondeu, lágrimas se formavam em seus olhos. Ela estava gemendo e gritando de tanta dor.

"Você vai ver só! Quando eu botar as minhas mãos em você... Vou fazer você se retorcer como uma minhoca no anzol!"

Agatha gritou com revolta.

Lágrimas escorriam por seus olhos e formavam caminhos por todo o seu rosto. Ela tentou se levantar mais Wisp apoiou o pé sobre a barriga dela a impedindo de se levantar.

"Fique aí. Você merece."

Wisp gargalhou mais uma vez e sumiu.

Tudo voltou ao normal e Agatha desacordou.

Tia Dalma e Jack foram até ela.

"Wisp,... Wisp tirou o meu pedaço da jóia dos mares da Agatha... Ela devolveu o coração de Agatha a ela."

Tia Dalma disse horrorizada e enraivecida.

"O que aconteceu? Onde eu estou? Quem são vocês?"

Agatha acordou de repente.

"Meu amor... Agatha. Você... tia Dalma, você poderia explicar o que está havendo?"

Jack se indignou.

Agatha estava assustada. Olhava tudo ao redor com espanto.

"Parte da coragem dela pertence ao meu pedaço da jóia dos mares... Wisp tirou isso dela. Ela é uma garota comum e vulnerável sem ele. Em breve vai se lembrar de nós. Mais por enquanto, é só a garota que não lembra nem o próprio nome."

Tia Dalma saiu dali e foi em direção ao monstro morto e tirou de dentro do corte o pedaço de Nérites.

"Wisp atrasou ela pra fazer isso..."

Jack acariciou o rosto da amada enquanto esta tentava se lembrar aonde estava.

"Exatamente."

Tia Dalma pronunciou algumas frases em uma língua estranha.

"Wisp é do tipo que gosta de jogar sujo..."

Tia Dalma disse guardando o pedaço de Nérites com ela.

"Eu vou começar a jogar imundo e ela vai ver..."

Agatha falou se levantando com a mão na testa.

"Agatha!"

Jack a sufocou em um abraço.

"Achei que ela fosse te matar..."

Agatha disse feliz.

"Vamos embora daqui logo."

Alguém falou.

De volta ao Pérola Negra,...

Agatha parecia ter perdido pelo menos uns dez por cento da coragem que se enchergava logo no olhar.

Jack estava preocupado com ela.

Ela estava menos corajosa. Parecia até outra pessoa.

Mesmo se lembrando de tudo, tinha ficado menos corajosa. E isso era vantagem exclusiva pra Wisp.

(Wisp um, piratas zero)

Depois que Agatha dormiu Jack a ficou a admirando. Até que ele próprio dormisse.



Notas Finais


Fortes emoções hoje né?
Eu acho que a Wisp anda muito apelona.
(Mais agora a Agatha disse que vai jogar imundo...⚠)
Até o próximo capítulo!💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...