História Pirates: Love or Obsession? - Capítulo 11


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jikook, Jimin Masoquista, Jjk!top, Jungkook Sadomasoquista, Kookmin, Namjin, Piratas, Pjm!bottom, Sope, Taegi, Taeyoonseok, V-hope, Yoonseok
Visualizações 207
Palavras 2.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shounen, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii, é, eu sei, deixamos vocês muito confusas neh, perdão... Mas trouxemos um capítulo novo para aquecer o kokore de vocês.
Já peso desculpas pelos erros.
Kisses of the bunny 🐰💋

Capítulo 11 - A noite da tormenta do King


Fanfic / Fanfiction Pirates: Love or Obsession? - Capítulo 11 - A noite da tormenta do King

             “A Noite da Tormenta do King”



     Satisfação, ato ou efeito de satisfazer(-se): comportamento, prazer advindo da realização do que se espera, do que se deseja.


 Era esse o sentimento de Park naquela noite, nunca ficou tão satisfeito em matar alguém. Park não dormiu naquela noite, só imaginando como seria a cara do Jeon assim que ele descobrisse que um dos seus morreu, é claro que seria um peso a menos na carga de Jeon, mais o mesmo queria ele mesmo o punir e bem, não terá mais esse prazer.

 

  Mais Shuu não era a única pedra em seu caminho, tinha uma que o incomodava muito mais, a oxigenada, vulgo Lalisa. Há, como Park a odiava e o mesmo não entendia muito bem todo aquele ódio, não que a loira fosse flor que se cheirava mas, deveria ter um motivo certo? Talvez fosse simplesmente pela forma que ela o tratou, ou por um certo moreno que só em Jimin pensar nessa pessoa um calafrio percorria por todo o seu corpo. Jimin não negaria que sentia uma certa atração pelo moreno, mas era só atração, não é mesmo? Ah coitado de Park, aquele pensamento iria o atormentar muito ainda, aquela pergunta ao qual o mesmo não sabia responder.

“Será que é apenas atração mesmo?”


 Ao pensar em outra possibilidade acabou relembrando do que Jeon fez antes do mesmo dormir e uma raiva mistura com uma certa tristeza que Park não percebeu, dominou seu ser então rapidamente retirou aqueles pensamentos de sua cabeça, virou para o lado e foi dormir.



      (💀)


Tempos antes da morte do Shuu...


   Suga após sair da sala do capitão irritado consigo mesmo por ser tão desleixo por cair no papinho daquela vadia, vulgo Lalisa. Suga nunca gostou daquela piranha, a odiava tanto quanto Jimin, mais é claro que ninguém sabia disso a não ser Hoseok, se Jeon queria estar com ela foda-se ele não era obrigado. Seu caminho todo até seu quarto se passou pensando no seu ódio pela loira, quando se deparou já estava em frente a ele e precisava tirar satisfação com Hope agora, é claro que não o julgaria pois ele mesmo sentia atração por Taehyung, mais queria tirar a dúvida se a vadia falava mesmo a verdade, uma coisa que Suga odiava era traição e Hoseok sabia muito bem disso. Foi pensando nisso que entrou no quarto e teve a sua frente uma cena maravilhosa, Hobi sem blusa todo molhado com uma toalha enrolada na cintura, ele tinha acabado de tomar banho e estava tão sexy.


 Hoseok não tinha percebido a presença de Suga mais ao ouvir o outro suspirar alto se virou de frente para Suga levando um pequeno susto, mas logo após deu um grande sorriso e foi em direção ao de cabelos negros, Hobi amava Suga, mais tinha medo de dizer aquele sentimento ao mesmo pois não sabia se o mesmo o amava também então toda vez que o via seu coração disparava descontroladamente, nunca tinha sentido aquilo por outra pessoa, bem não até agora. Estava quase com seu lábio no de Suga mas o mesmo acabou se afastando e o ruivo ficou muito confuso.


— O'Que foi? O'Que aconteceu? Por que se afastou?


 Dizia Hoseok levemente preocupado, Suga não era de negar os seus beijos, ao contrário, era completamente viciados nele, por esse motivo Hope acabou estranhando o comportamento do de cabelos negros.


 — Precisamos conversar.


 Hope na hora ficou preocupado, Suga não era muito de conversar, ele era mais de agir, Suga estava muito estranho e Hope não estava muito empolgado para a tal conversa, até porque Yoongi estava sério demais.


— Sobre o'que quer conversar?


— Sobre você e o V.


Arregala os olhos.


— Como assim eu e o V? Não existe eu e o V. Por que está falando dele?


Suga coça a nuca meio desconfortável mas não podia ter dúvidas, não era do forte dele ter dúvidas sobre algo. Ele era verdadeiro demais e queria que Hope contasse logo a verdade porque ele estava sentindo algo que ele não sabia identificar, vulgo ciúmes, e estava o deixando irritado e por causa desse mesmo sentimento ele tinha levado uma bela de uma bronca do capitão então não queria enrolação.


 — Fiquei sabendo que você passou a tarde quase todo com esse prisioneiro e que vocês pareciam muito próximos, quero saber que história é essa.


Hoseok o olhava incrédulo, não estava acreditando que Suga estava com ciúmes dele, se é que ele podia classificar assim, mais sem querer acabou rindo o que irritou Yoongi profundamente.


 — Será que eu sou um palhaço agora para você estar rindo da minha cara?


— Des-desculpa,e-eu… Kkkk


 Não conseguia completar a frase de tanto que ria, Suga ficou extremamente irritado.


— Para de rir de mim seu puto, ou terá graves consequências, agora me responda o que está acontecendo entre você e o V.


 Hope respirou fundo tentando acalmar sua crise de risos.


— Aí Yoongi, você fica muito fofo irritado e com ciúmes.


Suga o encarou incrédulo.


— Você disse o que? Que eu sou fofo? Que eu estou com ciúmes? Se tá maluco Hoseok? Quer morrer quer? Se acha que está falando com quem?


Suga estava extremamente vermelho, tamanha a raiva que estava sentindo, odiava ser chamado de fofo, se fosse outra pessoa sem ser Hope provavelmente já teria arrancado a língua da pessoa. Hope apenas ignorou suas perguntas e foi direto no que o interessava.


— Eu só estava coletando informações, muito da importante aliás, não tenho nada com V, mais ele é um puta de um gostoso, e eu sei que você também acha, já vi você comendo ele com os olhos.


Suga se incomodou um pouco quando Hobi disse que V era gostoso, não que fosse mentira o mesmo também o achava, mas sentiu uma pequena pontada de ciúmes quando o ruivo disse isso.


— Que tipo de informações?


Ignorou o que estava sentindo, e acabou ficando curioso.


— Eu preciso da sua ajuda.


Suga franziu o cenho.


— Que tipo de…


Antes de terminar a frase escutaram um barulho que no mínimo era suspeito por conta do horário. Suga olhou para Hobi que rapidamente colocou sua roupa e os dois saíram de seus apontamentos se deparando com sangue e o membro de alguém pendurado no corredor. Hobi arregalou os olhos e entrou em desespero, mais ele precisa fazer alguma coisa, ele precisa limpar toda aquela bagunça antes que algum tripulante visse e precisava falar com o capitão o mais rápido possível.


— Eu vou procurar o capitão e vou procurar quem não está mais no navio, preciso descobrir quem não está mais entre nós, tome cuidado Hobi, a pessoa que fez isso pode ainda estar em algum desses corredores, Jeon vai virar uma fera, por favor vai limpando isso enquanto eu falo com a ele.


Diz Suga completamente abalado, nunca tinha visto nada disso antes, sua cabeça estava a mil. Foi em direção ao quarto de Jeon, o corredor pelo qual passou estava todo ensanguentado.


Antes de finalmente chegar na corredor que daria ao corredor do quarto do capitão, desviou o caminho e foi em direção as celas que no chão também havia sangue, daria muito trabalho para Hopi limpar aquilo tudo sozinho então resolveu chamar  o acastanhado ao qual era citado minutos atrás.


 Parou em frente a cela do mesmo e percebeu que tinha outro membro do corpo do ainda desconhecido falecido bem em frente a cela dele, estranhou mais não é como se algo normal estava acontecendo no navio aquela noite, não era lá muito comum sair de seu quarto e se deparar com membros e sangue de alguém que você não faz a mínima ideia de quem é espalhados por todo canto, mas okay.


— V, acorde e não grite.


Disse balançando o acastanhado que estava dormindo… Nada.


— Ei levante.


Disse em um tom mais alto, e V acabou acordando.


— O que?


Disse sem entender, coçou os olhos e se levantou.


Não grite.


Tae fez uma cara confusa.


— Por que eu faria… ahhhh


Tae olhou para o corredor e acabou gritando ao ver que o mesmo estava todo ensanguentado e tinha um corpo, ou pelo menos uma parte de um ali. Suga rapidamente colocou a mão na boca do mesmo. Sorte que todos estavam dormindo profundamente demais para escutarem o seu grito.


— Eu disse para não gritar, escute-me. Vai até o corredor do meu quarto e diga para o Hobi que você está lá por que eu mandei entendeu?

Tae não disse nada, apenas balançou a cabeça em concordância e seguiu o caminho ao qual Suga disse.


 Já Yoongi foi finalmente para o corredor do quarto do capitão, onde estava a parte do tronco do falecido e uma mensagem no mesmo. Yoongi estremeceu todo após ler aquela mensagem era o capitão fantasma, não o corpo, mais quem tinha feito isso, não pensou duas vezes antes de ir para frente do quarto do capitão e o abrir não ligando muito se ia receber uma bronca por isso.


 Assim que adentrou o quarto acabou não reparando que Jeon não estava sozinho, foi diretamente até o capitão adormecido e o balançou até o mesmo abrir os olhos, acabou não esperando o outro dizer alguma coisa e finalmente disse algo que não o agradou nem um pouco.


Jeon, estamos com problema.



  (💀)


  Jeon estava muito bravo, ele estava uma fera, além de terem acordado ele no meio da madrugada, estava com uma puta ressaca e ainda por cima estava com um grande problema em suas mãos.


— Eu vou achar aquele desgraçado e eu vou acabar com a raça dele.


Disse transbordando em fúria, tinha acabado de ler a mensagem que estava no tronco do morto.


— Yoongi, você já sabe de quem é esse corpo, ou o resto dele?


Perguntou tentando controlar a irrigação, o que não deu muito certo. Suga apenas negou. Jeon respirou fundo tentando não matar outro naquela madrugada.


— Siga o sangue e veja aonde para, se dermos sorte provavelmente vai mostrar o quarto da pessoa, assim que souber de quem é me avise imediatamente… E tire essa merda daqui, se algum tripulante ver isso, vamos estar em sérios problemas.


— Sim senhor, Hobi já começou a limpar o chão e V está o ajudando.


Disse já pegando uma faca e cortando o tronco que ainda estava pendurado.


— Você chamou um escravo para ajudar? Olha se ele abrir aquela boca dele, eu vou arrancar sua língua e a dele, tá entendendo?


Suga engoli em seco e acente com a cabeça.


— Ele não dirá nada, cuidarei dele pessoalmente.


— Não o mate, preciso dele vivo, ele era o braço direito do capitão fantasma, talvez ele saiba quem ele é. Só não me aproximei, se não ele poderia desconfiar. Faça ele falar, Hobi conseguiu arrancar algumas coisas dele, mas eu quero mais.


— Pode deixar capitão, com licença.


 Jeon assentiu e voltou para seu quarto atrás de alguma erva para o ajudar na dor de cabeça, e foi aí que se lembrou de Chim’, ele ainda estava com raiva do mais baixo, mas não era ele que ia limpar aquela bagunça e como forma de puni-lo resolveu o chamar para limpar o chão.

Assim que se aproximou do mesmo acabou demorando um pouco antes de chamá-lo, por estar admirando a beleza do outro. Ele era tão lindo e suas madeixas douradas eram iluminadas pela luz da lua, o que o deixava parecendo um anjo de tão belo, Jeon nunca iria dizer que o mais baixo era feio porque se não estaria mentindo para si, e muito, mas estava irritado com o mesmo então o balançou logo o acordando e indo direto ao ponto.


— Houve um ataque e os corredores estão cheio de sangue, limpe-os em silêncio, e se contar o que viu para alguém eu corto você em pedaços e dou para os tubarões está entendendo?


Disse com a voz grave, extremamente assustadora - não para Park que adorou ver o estado que o capitão estava-, foi extremamente grosso e autoritário, não que se importasse, ele costumava ser assim quando dava alguma ordem.


— Sim capitão.


Chim se levantou e foi imediatamente fazer o que foi ordenado, mais é claro que aproveitou a oportunidade para ir atrás de seu irmão, então foi direto até a cela dele, mais se surpreendeu ao vê-la vazia, escutou vozes ao longe e foi atrás delas, se escondendo ao ver Jeon e Suga saindo do quarto de Shuu.


— Então foi Shuu que morreu.


Disse Jeon ao longe sem perceber que estava sendo vigiado.


— É, mas senhor como vamos fazer para encontrar o culpado?


— Já sabemos quem é.


— Capitão, e se foi outra pessoa que fez isso e colocou a culpa nele, pode ser qualquer pessoa desse navio. Ninguém gostava de Shuu.


Jeon  pensou no assunto.


— Aonde você colocou o tronco dele?


Suga estranhou a pergunta.


— Tá aqui no quarto.


Jeon saiu entrando no quarto e leu novamente a “mensagem” escrita nele. Olhou-a incrédulo e saiu do quarto novamente.


— É ele, a marca que está ali é a assinatura dele, foi ele, e o pior… ele usou minhas facas.


Yoongi arregalou os olhos.


— Como assim ele usou suas facas?


Perguntou completamente atordoado.


— Eu sou uma pessoa muito original, na ponta da minha adaga tem uma curva, fiz isso para quando eu fosse usá-la a pessoa sofresse mais, e ela acaba deixando uma marca, essa mesma marca estava nele, não acho que seja uma simples coincidência, acho que ele fez isso de propósito, ele fez isso para deixar bem claro que ele está vivo, e que ele pode fazer qualquer coisa que nós não vamos encontrá-lo… mais se ele acha isso, ele está muito enganado.


 Ainda escondido, Park, prendia seu sorriso, estava tão contente com o que havia feito, toda aquela preocupação exagerada do Capitão King, sua revolta e todo seu estado de estresse, deixava o interior do moreno agitado e ansioso, podia-se dizer que estava satisfeito e feliz, para a desgraça de um certo Jeon.


 Park ainda observava tudo, quando o Jeon e o Suga saíram de seu campo de visão ele foi até onde os dois antes estavam, se permitiu sorrir quase gargalhar da cara do Jungkook totalmente mal e rodeado pela sua aura maligna, Park se embebedava de maldade.


— Nunca estive tão feliz por ter matado alguém!


E isso por que ele ainda não viu a parte de cima do navio, vou amar ver ele reagindo ao meu presentinho amoroso!”


Sorriu de lado.



                              (💀)


Continua...





Notas Finais


É, o Jimin adora uma treta em rs
Eu espero que vocês tenham gostado, obrigada pelo carinho que estão dando a fic.
Kisses of the bunny 🐰💋 @Taehyung_95


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...