História Pirulitos-VKook - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Hentai, Vkook
Visualizações 282
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O meu maior capítulo ♡♡♡♡♡

Capítulo 52 - Capítulo 17 - Você só queria fodê - lo


~- Agora coma suas panquecas, ficaram deliciosas!~

              》 》 》 》

Encontramos Jin sentado em um lugar alto que havia perto de onde sempre sentávamos.

- Estavam boas? -Pergunta sem ao menos nos olhar.

- Estavam incríveis. -Tae responde baixo.

- Que bom que tenham gostado, isso me deixa feliz! -Força novamente aquele mesmo sorriso. Acho que ele quer que acreditemos que um dia aquele falso sorriso possa se tornar um sorriso de verdade. Mais acho que isso iria demorar um pouco.

- Tae...Iram vir algumas pessoas aqui para começar um tratamento com você. Eu faria por mim mesmo, mais esqueci como se faz.

- Você tem experiência com isso? - O mesmo pergunta surpreso.

- Eu tinha...Já fui assistente de um médico, ele me ensinou tudo que sabia.

- E o que aconteceu depois?

- Me demiti! Não suportava ver pessoas morrendo, era horrível.

~Ficamos em silêncio.~

- Que horas eles virão? -Pergunto.

- Já devem estar chegando...-Posiciona seus dedos em seu queixo, pensativo.

A campainha toca e uma voz feminina grita por Jin. O mesmo dá um leve aceno com as mãos de onde estava, mesmo não sabendo se a pessoa o viu ou não.

Ele desce e nós o aguardamos até que as pessoas pudessem nos ver.

- Olá! -Diz a voz feminina. -Prazer, meu nome é Park Jung Li, mais podem me chamar de Lin. -Sorri, cumprimentando com um aceno de cabeça.

Fazemos o mesmo.

- Esses são Tae e Jungkook. -Aponta o dedo.

- Quem será meu "paciente"? -A mesma faz entre aspas com os dedos dando um grande sorriso.

Um sorriso muito bonito no caso.

- Este aqui! -Aponta novamente. -Podem começar o mais rápido possível por favor?

- Começaremos agora mesmo, não se preocupe.

                    [...]

Estou sentado ao lado de Jin, o mesmo parecia estar calmo, já eu...Estava muito preocupado. Minhas mãos suavam e minhas pernas permaneciam inquietas.

Ele percebe e logo fala.

- Não precisa se preocupar, seu irmão está bem.

Olho preocupado para ele.

- Eu sei é que...

- Eu entendo você.

~Ficamos em silêncio~

- O que achou daquela garota? -Cutuca meu ombro.

- Hãm? Porque está me perguntando isso?

- Olha...Sei que você ama seu irmão, mais você precisa conhecer novas pessoas...Garotas novas...

- Não quero conhecer ninguém, muito menos uma garota. O que pensa que eu sou?

- Um cara sozinho.

- Não sou um cara sozinho, tenho Tae ao meu lado.

- E se Tae por acaso se apaixonasse por alguém...Uma pessoa que não seja você...Deixaria que o fizesse?

Penso em uma resposta boa para aquela pergunta. Não quero ser egoísta, mais amo muito Tae para deixá - lo gostar ou amar outro "alguem

- Você não conseguiria vê - lo com outra pessoa certo? -Volta a falar.

Assinto.

- Você pegou um amor sobrenatural por ele.

- Eu não peguei, eu adquiri. -Fico com raiva.

- Então me diga...Quando você viu Tae pela primeira vez em muitos anos, tudo o que você quis fazer era transar com ele, certo? Saciar sua vontade com o puro e jovem corpo dele. Você ao menos perguntou a ele se ele sentia o mesmo que você sentia por ele? Ou a única coisa que realmente interessou a você foi fodê - lo? Não estou dizendo que você o forçou a te amar, só quero que pense um pouco em como seria sua vida se tivesse namorado uma garota e ele também.

Apoio minhas mãos em meus joelhos, dobrando pouco da calça que estava larga. Meu olhos lacrimejavam e por fim, deixavam que as lágrimas caíssem.

- Eu não preciso imaginar minha vida com uma mulher ao lado. Sim, eu me importaria em vê - lo com uma garota, mais eu sou paciente, seria perda de tempo...Garota alguma o faria se importar, ele nunca conheceria o amor, e no dia em que suas forças tivessem mais vulneráveis eu o beijaria e o levaria para cama. E sim, eu apenas queria fodê - lo antes de me apaixonar perdidamente por ele. Somente olhá - lo me faria gozar, não preciso de seu corpo para me saciar. -Choro pelo fato de ele achar que eu supostamente só estava querendo me "aproveitar" de Tae. -Como você pode saber dessas coisas? Esteve me observando?

- Nunca precisei...

- Então como sabe, porra?

- Digamos que sou seu anjo da guarda...Desde a primeira vez que o vi, você foi aberto comigo, então olhei para o fundo de seus olhos e pude ver uma porta, na qual eu não ousei abrir...Nela, todos os seus sentimentos ficaram amostra para mim. Daí em diante eu não sei como, mais é como se fosse possível eu ver através de seu corpo. Eu cuidei silenciosamente de você...Estive presente em suas escolhas.

- Meu anjo da guarda...-Blefo. -Não brinque com isso, não é coisa que se faça.

- Acredite se quiser Jeon. Como dizem as crianças...Os gêmeos podem ler mentes?

- Gêmeos? -Olho assustado para o mesmo.

- Você não sabia Jeon? Mamãe e papai não te contaram? Somos irmãos Jeon Jungkook. 



Notas Finais


Desculpe algum erro ^-^ ♡ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...