1. Spirit Fanfics >
  2. Planeta Vermelho - Imagine Kim Minseok >
  3. Prologue

História Planeta Vermelho - Imagine Kim Minseok - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oioioi pacotinhos, tudo bem com você? Estão lavando a mão direitinho?

Bem, estou aqui com mais uma fanfic, desta vez, do nosso liendo Xiumin, pra matar essa saudade né!

Avisos!!!

--- É um long, eu não sei bem quantos cap vão ter.

--- vocês tem 30 anos

--- A fanfic se passa no ano de 2055

Boa leitura!

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Planeta Vermelho - Imagine Kim Minseok - Capítulo 1 - Prologue

Meus olhos passam pelas inúmeras palavras do contrato. Balanço a caneta azul em minha mão e olho para frente, vendo os dois homens usando terno e gravata me encarando, esperando minha resposta.

Sou uma cientista, quer dizer, sou a melhor cientista dos EUA. Meus conhecimentos são bastante evoluídos e por isso, eu fui chamada para ser a primeira pessoa a pisar em Marte, na intenção de ficar lá, para estudar uma provável colonização. Eu ainda estava pensando, eu iria ficar lá sozinha por muito tempo, talvez, pra vida toda, mas é uma chance única. Ir para Marte, é um dos meus maiores sonhos.

Sou uma amante de astronomia e estudo sobre nosso universo a muito tempo. Ah! não posso deixar uma informação para trás, eu também trabalho para a NASA, sim, NASA.

Parece mentira mas não é, trabalho aqui faz cinco anos, foi melhores anos da minha vida.

Não quero me gabar, mas sou a melhor no que faço. Todos elogiam minha inteligência e minha capacidade profissional.

— Então, irá assinar? — Peter me olhou seriamente, com as mãos encostadas no canto da folha. — Você sabe muito bem que é a mais qualificada de ir para lá.

— Sou apenas uma cientista.

— A melhor cientista. — Andrew deu ênfase no 'melhor', dando um pequeno sorriso de canto, fazendo de tudo para que eu aceite tal coisa.

Me inclino na cadeira e sorrio de canto. Eles realmente estão desesperados. Eles sabem muito bem que nenhum de nossos astronautas são bons o suficiente para estudar as coisas que estão no Planeta Vermelho. Eu poderia estudar por meio de câmeras, mas, não seria a mesma coisa de estar lá.

Então...

— Eu aceito. — giro a caneta em meus dedos e assino o papel.

Olho para os dois que se entreolharam e deram um sorriso vitorioso.

— Ótimo.

[...]

— Está me escutando S/n? — indagou Andrew, falando no ponto de comunicação. — Está tudo certo por ai gatinha?

— Está e não me chame assim. — revirei os olhos, fazendo uma pequena careta para me consertar em cima do estofado de couro daquela foguete.

Nunca imaginei estar dentro de um desses antes. É tão empolgante.

— Até parece que não gosta. — seu tom rouco era minimamente zombeteiro.

— Que lindo vocês dois, agora vamos para o que interessa! — Peter falou, me fazendo rir levemente. — Leu o manual?

— Li. — falo suspirando, era a milésima vez que ele me perguntava sobre isso.

— Apenas quero me certificar que você vai ficar bem lá. Então, vamos a contagem!

Respirei fundo e apertei meus olhos, após escutar a contagem regressiva.

[...]

Olhei ao redor, parece que eu estava quase lá. Estou nesse foguete há três meses. Nunca pensei que ia ser tão chato.

Mas parece que estou chegando lá. A tecnologia avançou muito nesses últimos anos, então ficou mais rápido para chegar em Marte.

Seria 687 dias para chegar lá, antes. Agora são mais ou menos três meses e meio para chegar, pois nosso foguete está muito avançado e isso é ótimo!

— Xeque-Mate. — falo jogando a peça de Xadrez no ar, observando a mesma flutuar do meu lado.

Dou um suspiro baixo, fazendo bico.

— S/n! Você está quase lá, se prepara para pousar no Planeta Vermelho! — Andrew falou eufórico no rádio. Eu olhei para a pequena janela do foguete.

— Puta merda! Eu tô vendo, ai que lindo! — gritei ao ver Marte tão pertinho. — Eu não acredito que estou quase lá!

[...]

Respirei fundo antes de sair do foguete e pisar ali, em Marte. Olhei ao redor e um nevoeiro vermelho me impedia de ver nitidamente. Comecei a andar e sorrio toda feliz.

— Como é ai? Liga a câmera. — Andrew falou.

— Espera, me deixa curtir um pouco. É muito bonito, mas a atmosfera é tênue. — começo a andar, sentindo meu corpo mais leve. — Aí que legal.

— Você está aí pra estudar, não pra se divertir. — Peter falou. — Liga a câmera, precisamos ver o que tem ai.

Suspiro e pego a câmera para poder ligar a mesma. Espremo os olhos para ver onde está o botão mas um barulho estranho me faz olhar para o lado.

Eu não deveria ficar tão surpresa, eu estava num planeta diferente, logicamente iria ter barulhos que eu nunca ouvi na minha vida.

Meus olhos passam pelas rochas que haviam ali e uma coisa me chama atenção. Começo a andar devagar. Será que tem um ser desconhecido aqui? Ou só estou ficando louca mesmo?

— S/n, o que foi?

Eu não respondi Andrew, apenas continuei andando. Me abaixei e me escondi atrás da rocha gelada. Estreitei meus olhos e vi uma coisa.

Quer dizer, alguém.



Notas Finais


Bem, foi isso, espero que tenham gostado desse pequeno prólogo. Querem que eu continue? ;-;

Capa e banner feita pela maravilhosa @Plasweet


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...