História Plano J - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Mamamoo
Personagens Hwasa, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 26
Palavras 3.506
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A FANFIC É DE UMA AMIGA!!!

a sumida aparece do nada, e ainda com essa kkkcrise
vocês nunca sabem o que esperar de mim, né?
Então, é isso mesmo que vocês leram, essa one não é de minha autoria. Quem me acompanha (se é que alguém me acompanha mesmo :v) vai saber só pela escrita. É muuuito diferente.
Eu amei muito essa fanfic, ela retratou uma verdade muito triste, porém real - talvez com um romance muito ficcional, mas finge que não - que acontece não só com o membro que foi retratado, mas infelizmente, com outros, e dentro do próprio fandom.
Eu, que não sou do fandom, acho todos os meninos necessários, não entendo o motivo disso. Mas enfim, estou falando demais aaa
eu gostei muito dessa fanfic, e como a autora apagou a conta dela, e eu queria explanar essa maravilha, ela me permitiu deixar por um mês por aqui.
Espero que gostem e comentem bastaaaante, pra eu mandar os feedbacks pra ela, belezinha?

tem umas palavras em coreano, vou colocar o significado nas notas finais.

enjoy!!!

Capítulo 1 - O plano dele


Fanfic / Fanfiction Plano J - Capítulo 1 - O plano dele

Ele abriu a porta e me olhou confuso. Não era um lugar onde todos os meninos iam. Era uma sala de dança do antigo crew dele.

- O que está fazendo aqui?
Ele perguntou.

- Posso?

Perguntei fazendo menção de entrar.
Ele sorriu tristonho, mas não cedeu. Eu já o tinha feito sofrer demais ao me deixar entrar em seu coração.

Flash Back on

HyeJin esperava, ansiosamente, pela saída de Jungkook do dormitório.

Como uma army informada, de férias e rica, ela podia fazer o que bem entendia no seu tempo livre, já que graças ao dinheiro dos seus pais, gasto com a sua educação, ela tinha entrado em Seul university e podia gastar todo o tempo antes das aulas começarem vigiando o Bangtan... Mas sempre vigiando DESESPERADAMENTE Jeon Jungkook.

Jeon esperava alguém na porta do dormitório, e esse alguém assim que saiu não pode ser identificado por Hyejin até que ela reparasse na sua altura. " Com essa estatura só poderia ser ele. A pessoa mais desnecessária do Bangtan." - pensou.

HyeJin não era uma army  que abrangia todo o grupo. Como sua aurea meio saesang¹ e stalker, ela também tinha outros quesitos ruins que a desvalorizavam como army. E o outro quesito era: HyeJin não gostava muito dos outros membros quando ofuscavam a sua visão do maravilhoso Jungkook. Tendo o Jungkook como prioridade, sempre que o via, preferia-o sozinho... Pois assim ela teria como bolar, um dia, um plano maravilhoso onde ela pudesse fingir não ser fã. Ou onde ela pudesse ser uma fã controlada que o valorizaria como pessoa. Ou ela poderia encontra-lo em um desses momentos que so existem em filmes românticos, trocariam olhares e sentimentos jamais sentidos e então ,BUM, estariam apaixonados. Mas nada disso poderia acontecer com Jungkook acompanhado.

Jeon saiu chutando pedrinhas pela rua, sendo seguido pelo de cabelo colorido. O mais velho estava meio cabisbaixo e HyeJin pensou " Também né... Ninguém pode ficar sorrindo toda hora."

Ela era uma boa investigadora e sabia, através de algumas poucas meninas biaseds dele, que o garoto tinha se chateado novamente por causa da falta de consideração das armys. E isso não deixava Hyejin nem um pouco chateada, pois ela mesma era uma das que escrevia " jungkook odi-so²?" Em todas as lives do mais velho.

Então, observando-os Hyejin teve uma brilhante ideia: Jungkook sofre muito quando os hyungs sofrem... Seria maravilhoso ser a noona que traria alegria para o seu hyung... Assim ela se aproximaria de Jungkook, sorrateiramente, e o faria se apaixonar por ela. Mas isso envolveria ter contato romântico com a pessoa mais flop- ao seu ver- do Bangtan, e ela não queria isso...

Após pensar bem, ela concluiu que os anos de dinheiro gasto por seus pais valeram a pena, pois os fins finalmente justificariam os meios.

Uma semana depois, Hyejin começou uma "amizade" com algumas biaseds do garoto, afim de conhece-lo mais e o "caçar".

Por conta da maioria das biaseds dele preferirem ele sozinho, pois fotos com outros membros proporcionavam  criticas ao bias, o melhor momento pra se aproximar dele sem que fosse atacada por suas fãs seria quando ele estivesse acompanhado. E para ela, se ele estivesse com qualquer um que não fosse seu querido Jeon, não faria diferença.

Flash Back off

Pov Hye Jin

- Ele te rejeitou? 

Sabia que ele perguntaria isso. Seria o único motivo lógico, talvez nem esse, para que eu fosse atrás dele.

Mas eu sorri disposta a contradizer todos os pensamentos que um dia eu cultivei por Jeon Jungkook.

- Eu nem mesmo me encontrei com ele.

Flash Back ON

HyeJin não teve nada a temer. Sempre foi discreta e paciente... Uma verdadeira sociopata no quesito fã. Mas ela fazia com que isso parecesse totalmente fofo e engraçado para ele.

- Não acredito que você pintou o cabelo de verde. É a minha cor preferida. E combina com você.

Ela sabia que era sua cor preferida, mas queria que ele sorrisse perto do Jeon, quando ele ficaria satisfeito em ver a "Noona fazendo o Hyung feliz.".

Tinha sido fácil entrar em um relacionamento com o mais velho. Ele era carente e extremamente amigável. No mesmo dia que ele saiu acompanhado por Taehyung, ela pôde causar um "acidente" e fazer com que ele se interessasse por ela.

Troca de números. Chama-lo de oppa. Troca de mensagens de madrugada (mesmo com Hyejin caindo de sono e se matando para não perguntar sobre seu querido Jeon). Tudo feito meticulosamente para capturar o coração do garoto mais velho.

Ela sorriu falsamente feliz.

-Você acredita que eu não fazia ideia? Simplesmente gostei.

E ele sorriu novamente, e para a satisfação da garota, enquanto Jungkook passava.

Boa tarde, Noona!

O garoto disse sorridente e ela respondeu da mesma forma. 

- Boa tarde, Jungkook-ah.

Como era bom falar com ele diretamente... 

-Ela não ficou linda com essas mechas verdes?

O mais velho tentou abraçá-la, mas ela deu um tapa no seu braço disfarçando com um " oppa!" Repreendedor.

O mais velho sorriu, enquanto Jungkook a elogiava.

- Sim,  HyeJin Noona ficou ótima.

A garota sorriu ainda mais... Seu bias tinha a elogiado... Parecia que o próprio Hyung do garoto queria conduzi-la até ele.

Mas ela pensava enquanto tentava se controlar: " um passo de cada vez. Um de cada vez."

Flash Back off

- Como assim? Pensei que você se declararia pra ele.

Ela sentiu as lagrimas nos olhos. Nunca se arrependeu tanto do seu passado como hoje.

Sabia que tinha sido cruel... Ela sabia o quanto tinha feito ele se machucar.

Flash Back on

2 meses depois:

"Jagya³! Você terá aulas a tarde?"
Era a quarta mensagem que ele enviava só pela manhã. E isso fazia com que HyeJin pensasse " como ele ficara quando souber que eu nunca o amei?" A duvida começava a incomodá-la. Mas sempre que Jungkook falava com ela, ou respondia alguma das suas mensagens mandadas, estrategicamente uma vez por semana, ela esquecia desse pensamento.
O coração duro e quase anti-fã contra o BTS tinha dado uma amolecida depois da aproximação estratégica. Não que ela estivesse os amando, mas começou a entender que Yoongi, Namjoon, Jimin,TaeHyung, Hoseok, Seokjin e o Seu Jungkook formavam um bom grupo.... Claro que ela ainda atribuía toda a beleza e grandiosidade do grupo ao Maknae. Mas isso não fazia dos hyungs "ofuscadores", como antes. Via-os com bons olhos depois de 3 meses proximidade.

Resolveu respondê-lo por educação:
"Oppa, sabe como são difíceis as atividades da faculdade? Estarei tão cansada hoje a tarde.< carinha de choro>."

A resposta veio em 5 minutos.
"Tudo bem < corações>"

O curso de literatura não era tão difícil, levando em conta o quanto ela estudou para entrar na universidade. Ela só não estava afim de sair com ele. Não só com ele.

Depois que suas aulas acabaram, HyeJin foi pra casa, um apartamento modesto que seus pais tinham dado para que ela não ficasse tão longe da faculdade. Pois apesar de ricos, seus pais amavam o ar praiano que Busan proporcionava e não estavam dispostos a se mudar para a filha estudar na capital, fazendo com que a garota morasse sozinha, porém com a promessa de falar com eles todos os dias com horários marcados.

Depois de comer a comida encomendada e dar uma conferida nas fãbases do Jungkook, ela se dispôs a estudar de verdade. Não lhe custaria nada.

Lá para as 3 da tarde ouviu a campainha tocando. Foi até o monitor  da câmera e viu o mais velho de pé, com varias sacolas na mão.
Revirou os olhos, mesmo sentido uma aceleração em seu coração. Não podia ignora-lo. Ele sabia que ela estaria em casa estudando... Maldita boca. Malditos dedos.

Abriu a porta.

-Oppa, o que está fazendo aqui?
O garoto abriu um sorriso enorme.

-Está com uma cara péssima. Deve estar cansada. Vim te trazer uns agrados.

Um sorriso involuntário se abriu, mas ela sacudiu a cabeça, tentando tira-lo do rosto. Queria que Jungkook fizesse isso por ela, mas por que estava se sentindo feliz naquela situação? E com ELE.

-Trouxe o quê pra mim?
Não seria ruim se aproveitar mais um pouco da situação.

-Chocolate branco com cookies, seus preferidos.

Ela fez sinal com a cabeça para que ele entrasse. O garoto entrou e quando ela fechou a porta ele lhe deu um selinho.

O coração dela, que já não batia normalmente, acelerou e ela não entendia o porquê. Já o tinha beijado antes, não era o seu primeiro beijo, nem o primeiro com ele. Ela tinha entrado nessa sabendo que teria que beija-lo. O primeiro não foi estranho, pois como todos os outros que já tinha beijado, HyeJin pensava "será assim quando eu beijar Jeon Jungkook?".... Todos os beijos dados nos 21 anos de sua vida tinham sido com esse pensamento. Poderia chama-la de louca? Sim, mas ela não se negava a esse prazer. Mas por que dessa vez tinha sido tão catastrófico dentro de si? Talvez por ter sido pega de surpresa?

-Oppa!

Ela o repreendeu, saindo do transe. 

O garoto sorriu.

-A porta já estava fechada.

Foram até a sala, onde o garoto pôde ver o quanto ela estava estudando e beijar sua bochecha como recompensa.
Deixando ela ainda mais nervosa.

Flash Back Off.

Pov Hye Jin

Eu sabia que ele não queria me ver chorando. Ele não era esse tipo de cara.

-Não fui encontra-lo. Não fui atrás dele.

-O que esta faltando para você ir até ele?  Você sempre gostou de coisas exatas.

Sorri. Ele agora sabia o quanto eu sou calculista.

-Não pretendo ir atrás dele. Nunca mais.

Ele me olhou intrigado. Provavelmente queria saber se havia uma gota de verdade no que eu estava falando.

Flash Back On

-A Noona é tão bonita que eu me apaixonaria facilmente.

HyeJin viu Jungkook falando com Yoongi assim que ela chegou na sala de treino, logo ele recebeu um tapa na nuca.

-Você toma cuidado!
HyeJin foi até eles como se nada tivesse acontecido, com o coração batendo forte. Porém não tanto quanto imaginou.

-Que Noona, Jungkook?

O garoto sacudiu a cabeça envergonhado.

Touché. Ele falava realmente dela.

Mas HyeJin não se sentia realizada... Algo estava errado.

-Onde ele está? 

Ela perguntou mudando de assunto.

- Acho que foi beber água lá fora.
Jungkook pigarreou e a respondeu. 

Ele estava nervoso com a sua presença? Por que ela não estava saltitando por dentro?

- Certo. Vou encontrar ele.

Disse, levantando a mão para que Jungkook fizesse um high five com ela. Contato físico!  Era disso que precisava. O garoto fez o High five e ela nem mesmo sentiu o corpo esquentar. "O que há de errado comigo? " pensou HyeJin.

Saiu da sala e andou pelo corredor até encontrar o garoto.

Ele mantinha a língua pra fora enquanto bebia água diretamente do bebedouro, mesmo com sua garrafa cheia em mãos. Ele tinha os sapatos com os cadarços desamarrados. Ela sabia que ele gostava de dançar descalço e só estava calçado para sair e beber água.

Quando ele a viu, abriu um grande sorriso e então mais uma vez HeyJin estava em uma luta interna assim que sentiu o coração acelerar. Pensou: QUE MERDA É ESSA QUE EU ESTOU SENTINDO?? Coração, onde esta sua lealdade ao nosso Jeon?

-Annyeong⁴...

Ele disse manhoso, enquanto andava até ela. 

Fez um biquinho para que ela o beijasse e ela o fez, sentido seus lábios formigarem."Talvez porque os lábios dele estejam gelados"- pensou.

Ele não a abraçou porque sabia que ela odiava abraços grudentos de suor.

-Por que você veio hoje? A gente não tinha marcado nada.

Dessa vez HyeJin também não sabia o porquê, muito menos por quem.

Flash Back Off

- Por que nunca mais?   

Ele arqueou a sobrancelha, desconfiado.

- Também não confiaria em mim.

-Você não esta se fazendo de vítima?

Ele perguntou, coçando a nuca. HyeJin sabia que ele estava ficando balançado... Ele a amava.

-Talvez meu subconsciente pregue peças em nós dois.

Flash Back On

Por mais que seu coração acelerasse com o mais velho, HyeJin não queria dar o braço a torcer. O plano era se aproximar dele para  Jungkook enxergá-la, não para que ela também caísse de amores por ele.

HyeJin seguiu planos a vida toda... Não queria deixar isso de lado agora. O grande problema era que seu coração não obedecia a cabeça. E isso trouxe consequências desastrosas.

Sua cabeça fixada em Jungkook fazia com que ela colocasse fotos dele em todos os seus aparelhos eletrônicos, como forma de lavagem cerebral. Entretanto, quando fechava os olhos, seu coração fazia com que ela imaginasse todos os momentos em que o mais velho estava do seu lado, beijos, comprar,abraços, lanches, passeios, caricias e olhares... Tudo levava HyeJin para Hoseok.

HyeJin passou 2 semanas evitando os dois e concluiu que Jungkook era o que ela sempre quis. Terminaria o que tinha com o mais velho e deixaria que a amizade de Jungkook se tornasse algo mais com um tempo, pois já era sabido que o garoto sentia algo mais por ela.

Flash Back off

O garoto coçou a nuca, já sem saber o que fazer.

Ela deu um passo a frente, passando por baixo do braço dele e entrando na sala de treino, onde ele estava sozinho.

-Não precisamos voltar para o que éramos... Só me deixe assistir você dançar hoje.

Flash Back On

"Oppa, você poderia vir aqui em casa?"

Enquanto escrevia isso, ela podia pensar no sorriso que ele teria . Ela quase nunca o chamava pra sua casa... Seu coração se apertou.

-Seja forte HyeJin...ashiiii! Seja forte!

Ficou passando as fotos que tinha de Jungkook no celular, na tentativa de não pensar em Hoseok.

Ouviu a campainha  e com o coração acelerado foi atender.

-O oppa trouxe candyssss!!! 

O garoto disse animado, fazendo com que o corpo de HyeJin tremesse pelo que estava por vir.

-Você pode esperar eu fechar a porta antes de fazer escândalo?

Ela disse em um tom estranho, fazendo Hoseok encará-la.

- Aconteceu alguma coisa? 

Ela suspirou. Tirar o band aid dói menos quando é feito rapidamente.

- Quero terminar.

Ela riu de nervoso e Hoseok estranhou.

-O quê? Terminar? 

Ele tentou se aproximar dela para um abraço, achando que era brincadeira, mas ela deu passos para trás.

-Hobi, não...

Ela apertava o celular com força, tentando fazer a foto da tela entrar em sua pele e correr pelo seu sangue até o coração.

- Não o quê? Isso é serio?

- Nunca falei tão serio.

Ela o encarou.

- Porquê?

Ele falou ainda sem acreditar.

Seria cruel demais dizer o motivo? Que o tinha explorado da pior forma possível e do jeito que ele mais odeia? Seria? Claro que seria!

-Nós só não combinamos.
Ele sorriu.

- A gente tá se dando tão bem... Por que isso?

Ela não podia dizer o porquê. Ela  imaginava como ele iria se sentir. "Céus. Quando eu comecei a me importar tanto com Jung Hoseok?" Se perguntava.

- Vamos só parar por aqui.

Ele se aproximou dela novamente, tentando pegar a sua mão. No susto, HyeJin jogou o celular no chão, com medo de que ele o pegasse, mas como o garoto era um cavalheiro, se abaixou parar pegar o aparelho.
A única reação dela foi fechar os olhos e pedir a Deus que tudo aquilo fosse um pesadelo do qual ela acordaria e se daria conta de que nunca teve nada com Hoseok, nem Jungkook.

Hoseok se levantou rapidamente, com o olhar cheio de decepção.

-Sua foto de tela é o Jungkook?

Ela respirou fundo. Ainda daria tempo de disfarçar?

Hoseok desbloqueou o celular dela e olhou a galeria de fotos.

MERDA MERDA MERDA. Deveria ter umas 1.000 fotos de Jungkook.

-Cadê as nossas fotos? 

Ela piscou 2 vezes.

-Eu... Para que guardá-las se nós vamos terminar?

-Então porque essas fotos do Jungkook?
O olhar dele ja era de decepção.

-POR QUE ESSA FOTO SUA COM ELE?
Ele se alterou, com lagrimas nos olhos.

-Hobi eu não podia te contar.

O garoto respirou fundo.

- Você me traiu, melhor, vocês me traíram?

Ela sacudiu a cabeça negando. Jungkook não podia ser vitima da sua loucura.

Hoseok colocou a mão na testa, meio trêmulo.

- Foi tudo planejado?
A única pergunta que não podia ser feita. HyeJin não queria mentir. Já havia mentido demais. Mas não queria machuca-lo... Não poderia... Não mais do que já fez. Mas não tinha outro jeito.

Com lagrimas nos olhos e arrependimento latente, HyeJin respondeu simplista e gaguejante.

-F-Foi.

Hoseok sacudiu a cabeça vagarosamente, tentando entender.

-Ele sabe? 

-Não...Hobi, eu não...

-Tudo bem.

Ele a interrompeu e ela olhou pra ele confusa.

-Não é uma paixão platônica, sendo que você já o conhece. Se confesse.

-O QUÊ?

-Seria pedir demais ser amado de volta assim tão facilmente... Se você gosta dele vá até ele.

HyeJin engoliu o choro.

-Se eu for, como você fica?

Ela perguntou, esperando desesperadamente que Hoseok convencesse seu cérebro a ficar com ele.

-Não é a primeira vez que eu me apaixonei e fui passado pra trás...

Foi como uma facada na boca do  estomago de HyeJin.

-Talvez só primeira que eu amei.

Ele completou. Abriu a porta e saiu.

E assim que ele fechou a porta atrás de si, HyeJin pensou "ESSA FOI A MAIOR BURRICE DA MINHA VIDA."

Então o cérebro de HyeJin finalmente funcionou em prol de Hoseok.

Flash Back Off

Ela não queria planejar. Os últimos planos da sua vida, exceto passar na faculdade, se converteram de coisas maravilhosas para desastrosas...

Ela sabia que  Hoseok não tinha contado nada, pois os meninos ainda perguntavam o porquê do sumiço dela e do termino.

Ela se perguntou se deveria esclarecer as coisas com Jungkook, mas nunca deixou transparecer nada... Então isso só dizia respeito a ela e a Hoseok.

Por garantia, ela perguntou especialmente para Jungkook onde Hoseok passaria o dia, deixando que o garoto entendesse, subliminarmente, que o coração dela pertencia ao seu Hyung. E o garoto respondeu de bom grado.

Tocou a campainha da sala de ensaio. O garoto abriu e depois de uma rápida conversa, deixou a brecha pra que ela entrasse.
Ela pediu para que ele a deixasse assistir e ele assentiu, mas não dançou.

-Você veio me ver dançar?

HyeJin sorriu de lado, porém nervosamente.

-Acho que se eu quisesse só te ver dançar pediria um vídeo.

- Ao Jungkook?

-A qualquer um dos meninos, até para seu coreógrafo.

O garoto estava de pé, tremendo, encostado na parede espelhada.

-Então...

-Foi tudo mentira.

O rosto de Hoseok ficou vermelho. Ele sabia que era mentira, tudo foi uma mentira.

- Tem mais mentiras que você ainda não descobriu. 

Ela sorriu.

O garoto sentou no chão, pois suas pernas não aguentavam tanta proximidade com HyeJin. Não depois de tanta confusão.

-O quê? 

Ele perguntou, incerto.

-Eu sempre fui encantada por ele. E sempre odiei vocês.

-Agora você vem me dizer que é uma seasang?

Ele perguntou, mas não obteve resposta.

-Eu sabia que você amava verde. Planejei tudo muito antes de você me conhecer. Era ciente dos seus traumas e quis usá-los pra conquistar você e me aproximar dele.

As lagrimas rolavam dos olhos dele. Mas ela não queria chorar, para que ele não achasse que era teatro.

O garoto balançava a cabeça assentindo, sem saber onde ela chegaria.

- E então?

Ele perguntou .

- Eu me apaixonei por você.

Ela jogou, na lata e sem rodeios.

Hoseok não sabia se ficava feliz ou chateado por ela ter percebido isso depois de terminarem.

- Eu não planejei. Não queria. Nunca quis um namorado, sempre tive olhos pro Jungkook, desde meu ultimo ano de escola.

-Então você percebeu tudo isso agora que não me tem mais?

- Não. Percebi isso antes de terminar com você.

Hoseok ficou ainda mais confuso. Que garota louca.

-Mas eu tinha planejado tudo... Você sabe como eu sou. Gosto de fazer planos... Tudo que eu fazia envolvia meses de planejamento... A única coisa que eu não planejei foi me apaixonar por você. E eu amei isso.

Um sorriso surgiu no rosto do garoto e HyeJin aproveitou para engatinhar até a parede espelhada e sentar-se do lado dele.
O garoto a encarou, mas ela manteve-se olhando pra frente.

-Eu também não fiz planos pra vir aqui.

Ele sorriu um pouco mais.

- Eu simplesmente vim. Não sabia se iria chorar, espernear ou algo assim. E antes que você me pergunte do Jungkook, foi pra ele que eu perguntei por você. E sim, eu também pensei que ele nunca ficaria comigo porque ele ama os Hyungs mais do que qualquer coisa. Mas eu não estou aqui por isso. Eu estou aqui porque eu conheço você, o Jungkook, todo BTS e vários outros caras. Mas só você me fez desencanar dos meus planos psicóticos. 

-Então você me quer pra preservar sua sanidade mental? 

Ela sacudiu a cabeça negando.

- Eu te quero porque eu gosto dos seus escândalos, das suas risadas, dos seus beijos, dos seus toques, dos abraços, das suas idas de surpresa pra minha casa com chocolate branco com cookies. Eu quero você porque até lutando pra continuar com o Jungkook na cabeça, eu pensava em você. E sonhava com você.

-Então você veio até mim pelo Jungkook, mas acabou por se dar conta de que me amava perdidamente?

Ele sorriu, fazendo uma pergunta óbvia.

- Eu me dei conta de que o Jungkook é tudo que eu sempre quis e planejei.

O sorriso dele sumiu rapidamente.

-Mas você é melhor do que meus planos, Hoseok.

O garoto a encarou sério. Queria achar algo no rosto dela que a incriminasse. 

-Não sei se devo confiar em você.

Ele disse.

-Nem eu sei se você deve.

-Então o que faremos? 

-Me deixe fazer parte dos seus planos, e eu esquecerei os meus.

Hoseok sorriu e a puxou, mesmo suado, para um abraço.

-Hobi, você ta todo...

Ele puxou o rosto dela para si e a beijou, com as mãos em seu pescoço e cintura, enquanto ela acariciava os cabelos dele em resposta.

-Você não sabe como eu quis te beijar todo suado depois dos ensaios, HyeJin.

Ela sacudiu a cabeça pra trás e soltou uma gargalhada gostosa.
Recebendo um beijo no pescoço.

-O que seremos daqui pra frente?
Ela perguntou, com medo de que fosse algo de momento. 

-Desde que você apareceu, Você nunca saiu dos meus planos, jagya.

Ele concluiu e ela o beijou novamente. Tendo a certeza de que estariam juntos.





Notas Finais


sasaeng¹ - é uma pessoa excessivamente obcecada pelo hallyu.

odi-so² - "onde está?" ou algo do tipo.

jagya³ - querida

annyeong⁴ - oi/olá

espero que tenham gostado sz
não se esqueçam de comentar aa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...