História Planos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Meredy, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Ultear Milkovich
Tags Erza Scarlet, Fairy Tail, Gajeel Redfox, Gale, Gray Fullbuster, Gruvia, Jellal Fernandes, Jerza, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy Mcgarden, Lucy Heartfilia, Meredy, Mirajane Strauss, Miraxus, Nalu, Natsu Dragneel, Shortfic, Ultear Milkovich
Visualizações 625
Palavras 2.517
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


AAAAAAAAE CAMBADA, VOLTEI NESSA PORRA DE NOVO!
Eu prometi que iria voltar com uma fanfic Nalu, não prometi? Então, cá estou.
Se você leu Alone e as notas finais do mesmo, provavelmente lembra que comentei que será uma short-fic, e de fato vai ser uma short-fic, provavelmente não vai ter mais do que cinco capítulos.
Mas é isto, espero que vocês gostem, tentarei trazer capítulos toda semana. <3

Capítulo 1 - Praia


Fanfic / Fanfiction Planos - Capítulo 1 - Praia

Lucy acordou assustada ao ouvir seu celular tocar de forma incessante, eram apenas 06:02 da manhã em pleno sábado e a loira já queria matar o infeliz que lhe tirara do seu sono profundo. Bufou pegando seu celular do seu criado-mudo, tirando-o do carregador e logo atendendo sem ao menos sequer olhar para a tela.

— Eu juro que eu vou te matar por ter me acordado! - Foi a primeira coisa que a Heartfilia proferiu ao corresponder a chamada, arrancando gargalhadas do outro lado da linha.

— Ora, ora, minha cara prima, vejo que seu humor está no pior nível hoje. - Laxus respondeu cessando a sua gargalhada, com uma clara de tom de voz divertida, adorava irritar a sua prima mais nova, não negava.

— Ah, Laxus, o que diabos você faz acordado a essa hora da manhã? - Indagou mais calma, deixando escapar um profundo suspiro por entre seus lábios ressecados.

— Te liguei para avisar que mais tarde estaremos indo te buscar para a praia. - Proferiu sem mais nem menos, logo desligando na cara da loira sem deixá-la responder.

Lucy decidiu que assim que se deparasse com o mais velho iria dar um belo de um tapa na cara dele, o mesmo mais do que ninguém sabia o quanto a loira odiava ser acordada cedo em finais de semanas e feriados e quando desligam na cara dela sem deixá-la responder. Ou seja, odiava as atitudes do seu primo, mas não o odiava necessariamente.

A jovem garota não teve outra escolha a não ser se levantar da cama e se arrumar logo antes que seu querido primo chegue e se irrite com a mesma por não ter feito o que havia mandado. Quando o loiro ficava irritado parece uma chuva de trovões em uma cidade, é impressionante e assustador ao mesmo tempo.

Lucy tomou seu banho e vestiu uma roupa casual simples e folgada, para ser mais exata, um short curto jeans deixando visível as suas pernas torneadas e uma camisa branca regata com uma estampa colorida de um dos seus jogos preferidos. Por debaixo das roupas já estava trajada do seu biquíni também da cor branca com estampas floridas.

Seu longo cabelo estava preso em um rabo de cavalo deixando algumas mechas capilares soltas para dar um toque mais feminino e sensual em si. Sempre ocorre essas repentinas saídas entre amigos, e desde sempre Lucy tenta seduzir Natsu Dragneel, seu melhor amigo desde o primeiro ano do ensino médio.

Já perdeu as contas de quantas vezes se frustrou pelo rosado não notar a sua beleza e tratá-la apenas como amiga, era lerdo demais, burro demais, idiota demais, bonito demais. Tudo demais.

Até mesmo Mirajane já zombou de Lucy dizendo que suas táticas de sedução não eram nada, claramente a loira ficou irritada e retrucou respondendo que o rosado só é crianção demais para perceber.

A mesma não sentia apenas atração sexual, como também era perdidamente apaixonada pelo garoto com olhos cor ônix, tudo isso desde o segundo ano do ensino médio quando percebeu que o que sentia pelo Natsu não era só amizade.

Pobre coitada, além de sofrer por um amor não correspondido tem que sofrer nas mãos de seus amigos, mas em compensação os mesmos sempre tentam aproximar os dois em outro sentido, o que nunca deu certo. Pelo menos até agora.

Por algum motivo, até mesmo Erza sentia que as investidas da loira iriam ser um sucesso, e quando menos esperarem, um novo relacionamento amoroso irá surgir entre o círculo de amigos dos jovens.

Lucy foi tirada de seus pensamentos quando ouviu a campainha da sua casa tocar, e rapidamente se levantou do sofá que estava sentada pegando a sua bolsa com as suas coisas e foi até a porta, abrindo-a e se deparando com todos, e quando seu olhar cruzou com o do Dragneel, sentiu seu coração parar em sua garganta e o tempo ao seu redor parar.

Seria assim por longos minutos se não fosse por uma certa ruiva tirar a loira de seu mundo pessoal com uma tapinha leve em seu ombro.

— Deixa para planejar o seu futuro mais tarde, vamos logo para a praia. - Erza proferiu com uma pitada de malícia que não foi passado despercebido por todos, com exceção do rosado, como sempre.

— Você sabe que é inevitável, Erza. - Mirajane disse deixando escapar uma breve risada, se referindo ao fato dela não ter sucesso nos seus planos e sua única escolha é se contentar com a sua mente fértil.

— Vamos, vamos, deixem de indiretas e vamos de uma vez. - Laxus interrompeu com um sorriso divertido fixado em seus lábios, empurrando de forma leve os ombros de sua amada albina.

Lucy apenas revirou os olhos e assim como os outros foram até o carro, ali estavam presentes apenas Erza, Jellal, Mirajane, Laxus e Natsu. Os outros estavam curtindo os seus relacionamentos sozinhos, era sempre assim desde que começaram a namorar, segundo eles, é bom sair entre amigos, mas também é muito bom ficar com a pessoa amada.

A loira concordava, e como concordava, o único problema é que não possuía um parceiro, não por falta de opção, mas apenas tinha olhos para o seu melhor amigo.

— E então, Lucy, você já zerou aquele jogo que eu te emprestei? - Natsu perguntou assim que adentrou o carro juntamente com a jovem garota, sentando-se ao lado da mesma no banco de trás.

— O Shadow of The Colossus? - Lucy respondeu com outra pergunta, confirmando se já não estava começando a ter problemas de memória.

— Sim, esse mesmo.

— Ah! Já sim, faz tempo, mas acabei esquecendo de te devolver. - Disse dando uma breve risada, se ajeitando para ficar confortável no lugar em que estava sentada.

— Não tem problema, eu passo lá na sua casa para pegar depois. - Natsu proferiu se inclinando para o lado descansando a sua cabeça no ombro da garota.

E assim foi o restante da viagem, hora ou outra todos conversando sobre o mesmo assunto, até que enfim chegaram na praia. E por sorte não havia tanta gente assim, e Lucy agradecia, odiava praias ou até mesmo piscinas lotadas de pessoas, se sentia sufocada em meio a um imenso grupo desconhecido.

— São que horas, Jellal? - Perguntou Erza se dirigindo a uma mesa vazia, pronta para ser usado pelos recém-chegados, colocando suas coisas no chão enquanto se espreguiçava, sem tirar os olhos do seu amado.

— São 07:50 ainda, amor. - Respondeu terminando de olhar para o horário do celular, desligando-o novamente e colocando sobre a mesa.

— Então, temos tempo de sobra para nos divertirmos. - Natsu comentou animado, com seu típico sorriso alegre, arrancando acenos positivos do restante do grupo.

— É uma pena que a Levy e a Juvia não estão aqui. - Mira resmungou suspirando, colocando sua bolsa em cima da mesa.

— Sim, mas relaxa, semana que vem eles já estão de volta. - Erza respondeu com seu típico sorriso malicioso, com quem já planejava fazer travessuras contra os casais.

— Não sei se deveria ter pena deles ou medo de você. - Lucy proferiu balançando a cabeça negativamente como se dissesse que não havia necessidade para aquilo, mas convenhamos, estamos falando da Erza.

— Ora, cara Lucy, quando chegar o seu momento eu não pegarei leve, então deveria ter pena de si mesma também. - A ruiva disse deixando escapar uma gargalhada maldosa, tirando suas vestes ficando apenas com o seu biquíni preto, logo arrastando o seu namorado até a água.

— O que ela quis dizer com isso? - Natsu perguntou com uma expressão séria, tentando ligar os pontos em sua mente, mas só conseguia ligar para a pontada de ciúmes que estava sentindo.

Por acaso tem algum maldito dando em cima da Lucy? Era isso o que martelava na cabeça do rosado, fazendo-o ficar nervoso e querer socar seja lá quem for que ousasse tocar a loira, a sua loira.

— Se você não fosse tão lerdo iria entender, Natsu. - Laxus proferiu com um sorriso sarcástico, logo dando as mãos para a albina, assim, indo juntos para a água também, deixando o não casal sozinhos.

— Ora, seu! - Natsu resmungou para o loiro, bufando logo em seguida, sentando-se na cadeira, sendo acompanhado pela Heartfilia. - Está apaixonada por alguém?

— E-Estou. - Lucy respondeu sendo pega de surpresa com a pergunta, sentindo suas bochechas esquentarem subitamente, corando envergonhada e nervosa, temendo que o loiro descobrisse e lhe desse um fora.

— Quem é? - Natsu perguntou se inclinando para frente encarando fixamente a loira, mantendo a sua expressão séria.

A loira podia sentar sua respiração pesada e seu peito subindo e descendo de forma rápida, mostrando o seu nervosismo, fazendo Lucy notar que o Dragneel estava desconfortável com o que descobriu.

Será?

— Eu não posso contar! - Falou em um tom baixo, porém firme, mordiscando o seu lábio inferior de nervosismo se escorando mais na cadeira enquanto tentava acalmar o seu coração que parecia que iria pular para fora de seu peito.

Tsc. - Dragneel bufou, desistindo de tocar naquele assunto, uma hora ou outra iria descobrir, por bem ou por mal. - Vamos nos divertir, eu não quero discutir com você.

Lucy franziu o cenho confusa, até onde sabia aquilo era uma conversa normal entre os dois, okay, um pouco exaltada, mas ainda assim, era uma conversa. Ao seu ver não era uma discussão, seria se os dois estivessem irritados ao ponto de gritarem um com o outro.

— Mas não estamos discutindo. - Decidiu responder, se levantando da cadeira assim como o mesmo, tirando as suas vestes confortáveis e os socando para dentro de sua bolsa.

— Tanto faz. - O maior se aproximou da loira a pegando como saco de batatas e a colocando em seu ombro direito, arrancando um grito fino e curto de surpresa da menor.

— Ei! - Suspirou, revirando os olhos, tentando fazer o mesmo a colocar no chão. - Você está estranho hoje, e coloca no chão Dragneel! - Proferiu dando socos leves em sua costa, arrancando risadas divertidas do mesmo.

— A única estranha aqui é você, loira. - Provocou sorrindo de forma travesso, caminhando até a água, avistando os casais dialogando entre si enquanto observava a cena, satisfeitos.

Estava tudo indo como planejado.

— Falou o que tem um gato azul em casa. - Retrucou rindo de forma travessa e divertida, fazendo o rosado a erguer e a jogar no mar, surpreendendo-a. - Ficou maluco?! - Indagou também o puxando, sem dar tempo do mesmo responder ou agir.

— Não fala do Happy ou eu te mato de cócegas. - Ameaçou com um biquinho se formando em seus lábios, enquanto escutava o restante dos seus amigos se aproximarem dos dois.

— Cócegas não, por favor. - Suplicou recuando, fingindo drama enquanto botava uma de suas mãos em seu peito e a outra em sua testa como se estivesse se lamentando.

— Que porra que tu estás fazendo? - Laxus perguntou rindo assim como os outros, ganhando um soco no peitoral da sua prima mais nova.

— Deixa eu encenar minha lamentação de novela mexicana, seu chato! - Disse não se contendo e acabando por cair na risada também.

— Mas e então, o que vamos fazer? - Mirajane perguntou para os seus amigos, os olhando esperando alguma ideia de diversão, além do habitual.

— Que tal apostarmos natação? - Jellal sugeriu sorrindo, era bom nisso, tão bom que iria ganhar de lavada.

— Eu topo! - Todos disseram em uníssono, rindo em seguida, e logo se preparando para começarem.

— Vamos formar dois grupos, meninos contra meninas, o time que perder, vai ter que fazer tudo o que o ganhador quiser por um dia e uma noite. - Jellal complementou agora com um sorriso malicioso, estava na seca, culpa da sua ruiva que adorava provocá-lo, e sempre arranjava uma desculpa para ficar de greve, era uma tortura dolorosa para o azulado.

— Fechado! - Mirajane respondeu antes que Erza pudesse falar algo, fazendo a ruiva ganhar um tom escarlate em seu rosto, quase igual ao de seu cabelo, e decidiu ficar quieta, não iria adiantar agora que Mira havia assinado o acordo.

— Isso quer dizer que se ganharmos, Lucy vai ter que fazer tudo o que eu quiser? - Natsu perguntou com uma clara sensação de satisfação em seu interior, querendo-o pular de animação e determinação, agora que não iria perder mesmo.

— Isso mesmo, meu caro. - Laxus tomou a palavra, sorrindo maliciosamente assim como o Jellal.

— Fodeu, minha gente. - Lucy proferiu já nervosa e desesperada, ficando ao lado da ruiva que também estava desesperada, e Mirajane não entendia o porquê da reação das duas.

— Qual é a necessidade desse exagero? - A albina perguntou incrédula e confusa, fitando as duas, que tentavam acalmar uma outra, mas não estava dando muito certo.

— Mira, olá, mas estamos apostando contra o Fernandes, Dreyar e o Dragneel. - Erza respondeu respirando fundo, mordiscando o seu lábio inferior.

— Erza, desiste, Mirajane e o Laxus são sadomasoquistas, por isso que foram feitos um para o outro. - A loira proferiu dando tapinhas leves no ombro de sua amiga, já se entregando ao fato de que irá perder.

— Deixem para se lamentarem na cama e vamos logo. - Jellal proferiu ainda com o sorriso malicioso, indo para a parte mais profunda do mar.

As garotas com exceção da albina coraram, e logo se posicionaram ao lado um do outro, ordenando dos meninos para as meninas, e logo Jellal começou a explicar:

— O primeiro de um dos dois times que atravessar a “linha” daquela árvore, é quem ganha. - Jellal disse olhando para os seus amigos, fazendo-o assentir e se prepararem. - Preparados?

1

Se posicionaram direito, prontos para começarem a nadar com todas as suas forças para ganhar aquela aposta como se suas vidas dependessem disso, e de um certo lado, depende mesmo.

2

Erza e Lucy se perguntavam como diabos um passeio pacífico e divertido a praia se tornou um jogo malicioso que se depender da imaginação fértil dos rapazes, as garotas iriam sofrer e muito, mas iriam sofrer de um jeito bom.

3

Enquanto isso os rapazes estavam determinados a ganharem e conseguirem o que querem, tanto que despertava uma animação sem igual dentro de si, iriam transformar em realidade os seus sonhos e pensamentos.

E assim todos começaram a nadar com todas as suas forças, em direção a linha imaginária da árvore, pelo alívio de Lucy a ruiva estava bem na frente, porém, o seu alívio não durou por muito tempo assim que avistou Jellal praticamente na cola da ruiva, sendo acompanhado logo pelo os outros dois. Foi questão de minutos quando percebeu os meninos ultrapassarem as garotas e alcançarem rapidamente a linha de chegada.

— Eu estou fodida. - Lucy sussurrou para si mesma, afundando para molhar a sua cabeça e tentar se acalmar.

Por um lado, poderia ser bom, enfim um relacionamento amoroso poderia se estabelecer entre a loira e o rosado, mas ela tinha medo que isso não acontecesse de fato, estava com medo das coisas não saírem como o planejado; estúpida.

Mal sabia ela que seus desejos mais profundos e deleitosos iriam se tornar reais graças a essa aposta.


Notas Finais


AAAAA como é bom postar uma fanfic nova, senhor. Cof cof mal sabem vocês que demoro 5 meses para atualizar rsrs cof cof
ENTÃO, a gente se vê no próximo capítulo amores, 2 beijos de luz. ♥ Bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...