1. Spirit Fanfics >
  2. Planos >
  3. Decimo

História Planos - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Yooo

Espero que gostem.

Boa Leitura!!!

Capítulo 10 - Decimo


Decimo Capítulo  

    

  A Conversa Inevitável. 

 

 

  Severus procurou pelo salão com os olhos, parou sua atenção na mesa dos leões e olhou cada um dos alunos, procurando pelo puro-sangue. Nenhum dos marotos estava lá. Bufou e desejou ter um mapa daqueles para achar o Black mais rápido.  

   Suspirou e se virou, andando pelos corredores. Ele pensou em procurar na torre e depois descartou, Sirius não ficaria em um lugar onde procuraria. Andou mais alguns passos e parou, ele levantou os olhos e ali estava quem ele procurava, Sirius o olhava triste.  

 

- Podemos conversar? – Snape perguntou e o Black deu de ombros e seguiu para fora do castelo. 

 

  Severus suspirou feliz, finalmente ele havia aceitado conversar com ele. Depois de uma semana e nenhum sinal de que o ouviria. Após andarem por um tempo, pararam perto das estufas. Sirius ficou parado de costas, até se virar. 

 

- Sirius... 

- Eu não entendo, pensei que tivesse deixado claro as coisas... 

- Você não me deixou falar. Não quer me ouvir. Não pode simplesmente falar, falar e terminar sem nem ao menos ouvir minha versão dos fatos.  

- Sua versão? A que andava se encontrando com James sem eu saber? Ou a que você estava do meu lado mais continuava suspirando por ele? 

- Sirius... 

- Me diga Snape, alguma vez você realmente pensou em mim quando transamos? - Severus o olhou com horror, ele suspirou e balançou a cabeça.  

- Por que está fazendo isso? Falando como se eu fosse... 

- Só quero que me diga a verdade.  

- A verdade? Quer saber qual é a verdade?  

- Sim. 

- Eu estou completamente apaixonado por você. - Falou o sonserino e o Black o olhou surpreso. - Eu nunca estive com James dessa forma e nem sequer o beijei... Eu nunca pensei em ninguém além de você enquanto estávamos juntos. - Falou irritado e lembrou do beijo, sentiu ficar mais irritado ainda.  

- Você quer que eu acredite que as vezes que saiu com ele foi apenas para conversar como amigos? Sério Severus? 

- Sim, eu gostaria que confiasse mais nas minhas palavras.  

- Você é um Sonserino, sempre se aproveitando das situações, e é o cara por quem você é apaixonado. Espera mesmo que eu acredite que não tirou proveito da situação. 

- Essa imagem que tem de mim é reveladora. 

- Bom, o que esperava? Que eu achasse que é um homem de honra? Severus Snape? 

- Como você se apaixonou por mim? Tendo essa imagem super perfeita de como sou.  

- Eu também gostaria de entender. - Severus apertou os lábios e respirou fundo, sabendo que aquilo não iria a lugar algum. 

- Nada disso muda que eu estava com você, que já tínhamos um relacionamento. E que eu respeitava apesar dessa maravilhosa ideia que tem de mim.  

- Um relacionamento as escondidas. - Sirius disse irritado.  

- As escondidas? Eu fui atormentado por meus colegas de casa por causa de um relacionamento as escondidas? Só se for escondido nessa sua cabeça pequena.  

- Você não reclamou dela quando estávamos juntos. - Severus sentiu o rosto esquentar, Sirius deu um sorriso.  

- Você não consegue manter uma conversa séria? Tudo pra você é piada? O que? Todo esse tempo e o que está acontecendo agora é uma pegadinha dos lendários marotos? 

- E isso o que você pensa?    

 - O que você quer que eu diga? - Ele estava irritado e eu também.  

- A verdade Severus.  

- O problema é que essa verdade que espera ouvir, nunca aconteceu.  

- Você e James... 

- Eu deveria ter mesmo aceitado os sentimentos dele, eu deveria ter me deitado com ele. Devia ter correspondido quando ele tentou me beijar. Me arrependo de jogar os sentimentos dele fora pra ficar com você.  - Gritei em plenos pulmões e logo me arrependi, ele me olhava com dor.  - Ao menos estaria sendo acusado por algo que fiz. 

- E simples.  

- Meus sentimentos por você não significam nada? 

- Os meus significaram? 

- Então isso aqui é sua decisão? Vai me ignorar e decidir que James deve ser mais feliz que você? 

- E sobre você e não James.  

- Eu não serei feliz. Se é sobre a minha felicidade, então fique comigo.  

- Sim, você vai, afinal, você o ama, não é? 

- Sim, você está certo. 

 

   Sirius suspirou e se virou, saindo andando. Severus ficou um tempo ali parado, apenas olhando para o nada. Aos poucos gotas começaram a cair por seus ombros e cabeça, mas nada o fez se mover, ele não conseguia, logo as lagrimas começaram a cair, ele suspirou e deixou os joelhos encontrarem o chão.  

  Os próximos minutos foram tensos, a temperatura do seu corpo caindo e se juntando ao fato de ainda estar fraco por não se alimentar direito. Não demorou pro seu corpo encontrar o chão.  

 

 

 

... 

 

 

     Quando seus olhos se abriram de repente ele olhou em volta no escuro, tentando reconhecer o local, a drástica mudança de posição fez seu corpo reclamar e uma dor latente na cabeça veio. Ele soltou um gemido baixo, tentando se lembrar o que havia acontecido. 

  Aos poucos sua mente foi inundada com as palavras e ele deixou o corpo afundar, não havia mais nada que fazer. Pensou se lembrando das palavras finais, não faria diferença o que ele dissesse.  

 

 

- Onde está o seu juízo? - Ouviu e olhou para o lado, ele tentou forçar a visão no escuro e uma luz foi acesa. Ele pescou algumas vezes antes de se acostumar. 

- O que? - Ouviu um suspiro. Ele viu a roupa da sonserina. Seus olhos caíram no rosto de Regulos.  

- Severus, eu sei que está sendo difícil, mas... 

- Acabou, sem volta. - Falou Severus e Reg o olhou surpreso.  

- Sev. 

- Eu estou cansado Reg. - Sussurrou triste.  

- E quanto a James? 

- Não existe essa hipótese.  

- Sev? 

- Eu quero ir para o meu quarto. - Falou o mais velho. Regulos suspirou e o ajudou a se levantar.  

 

 

   Eles caminharam devagar, com Snape escorado em Regulos, quando chegaram ao quarto dele, ele caminhou até a cama, se cobriu até a cabeça e ficou em silencio.  


Notas Finais


Então?

Devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...