1. Spirit Fanfics >
  2. Plans - Taekook >
  3. Foxbrook Syrah

História Plans - Taekook - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, pessoal! Como vocês estão?
Mais um capítulo fresquinho para vocês, espero que gostem.💕

Capítulo 4 - Foxbrook Syrah




Taehyung pegou quatro tipos de vinhos na adega, aqueles vinhos eram seus favoritos e os favoritos de seus avós e todos eles foram produzidos ali.

Colocou o vinho na mesa de centro que havia na sala, Jungkook havia colocado duas taças ali. Abriram o vinho em silêncio e Taehyung colocou o vinho em ambas as taças.

— Ao que vamos brindar? — Jungkook perguntou enquanto pegava sua taça e analisava o líquido que havia nela.

— Estamos em paz, vamos brindar a nossa amizade. — Kim falou, estendendo a taça na direção do mais novo.

— A Amizade! — Falaram em uníssono enquanto colidiam levemente as taças.

Algumas taças de vinhos depois... ●

— Você é bonito, Taehyung! Por isso foi o homem mais bonito do mundo. — Jungkook falava meio embolado, já estavam na terceira garrafa de vinho e o mais novo era extremamente fraco para álcool.

— Você também é bonito, Jungkook. — Kim falou enquanto bebia o vinho diretamente da garrafa.

— Tenho que concordar. Futuramente vou fazer um dorama onde eu sou um empresário bonito, mas não fala pra ninguém. — Falava sussurrando enquanto colocava o dedo indicador em frente a própria boca.

— Ok! Não vou contar para ninguém. Confesso que você atua muito bem também.

— Tenho que concordar. — Balançava a cabeça positivamente e encarou Taehyung. — Por que você me provocava tanto quando estávamos em alguns eventos? Aquilo me deixava excitado e constrangido. — Disse fazendo um bico em seus lábios e falando as últimas partes em um sussurro.

— Eu gosto de você, então chamo sua atenção e falo umas verdades através de cantadas. — O mais alto disse simplista, também já estava meio bêbado. Ambos não tinham noção das palavras que saiam de suas bocas.

— Você gosta de mim? Tipo gostar? Ah, mas talvez eu goste de você... Bem, eu agora te acho legal, atraente, bonito, compreensivo, legal duas vezes e sexy. — Jungkook falava as coisas meio emboladas e contava nos dedos cada elogio feito ao mais velho.

— Talvez isso seja outro gostar diferente do meu gostar... Eu te acho tudo isso, mas já faz um ano... Eu tenho uma enorme queda e paixão por você, Jungkookie. — Jeon arregalou os olhos com as palavras do outro e se aproximou dele, sentou-se em seu colo e deixou um selar nos lábios alheios. O beijo era inicialmente calmo, os sabores dos vinhos se misturavam com a junção de ambas as bocas, a passagem foi pedida por parte do Kim e liberada por parte do Jeon. Agora as línguas exploravam a boca de ambos, travavam uma batalha quando se chocavam algumas vezes. As mãos do Kim deslizava pela cintura fina de Jungkook, que tinha as mãos depositadas em sua nuca e puxando os fios que haviam ali, o maior soltava alguns suspiros quando seus fios eram puxados. Se afastaram devido a falta de ar e se encararam sorrindo, Jungkook levou a destra até a bochecha de Taehyung e fez um breve carinho ali.

— Acho melhor a gente parar de beber. — Taehyung sussurrou próximo aos lábios do Jeon que negou com a cabeça.

— Vamos fazer alguma coisa. — Falou com um bico nos lábios.

— Estamos presos em casa e praticamente sem internet, não tem nada pra fazer. — Deixou um selar rápido em seus lábios.

— Taetae... — Jeon coçou os olhos e deitou a cabeça no ombro Kim, deixou um selar em seu pescoço fazendo o mais velho se arrepiar e olhar o menor de soslaio.

— Você tá bêbado, não é hora disso. — Se levantou com o menor em seu colo e foi caminhando até o quarto com ele em seu colo.

— Nós vamos transar?

— Não.

— Por que não?

— Você tá bêbado e eu também.

— Mas eu tô consciente o suficiente e a vontade o suficiente para querer.

— Seu lado bêbado te diz isso, mas você não quer, Jungkook. — Assim que chegaram no quarto, Taehyung deitou o garoto em sua cama e se deitou ao lado do mesmo.

— Agora já tô com sono, você demorou muito. — Fez um bico emburrado e coçou os olhinhos.

— Vai dormir, anjinho. — Puxou o menor para abraça-lo de forma mais confortável.

Trocaram carícias e selares até dormi, amanhã seria mais um dia de tédio onde não fariam absolutamente nada além de dormir o dia todo, conversar sobre coisas aleatórias, beijos e discussões.


Notas Finais


Desculpa os erros ortográficos novamente e esse capítulo tá bem curtinho.
Obrigada por ler até aqui mais uma vez.💕 A fanfic é bem curtinha e já tá quase no final.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...