História Plantas Mágicas e suas propriedades - Capítulo 19


Escrita por:

Visualizações 3
Palavras 388
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


As plantas aparentemente também podem ser petrificantes...

Capítulo 19 - 17. Cicuta



17. Cicuta 


    Ao contrário do que muitos pensam, não são apenas basiliscos que podem gerar a petrificação, existe uma plantinha que o faz também, a cicuta. Com um nome discreto, e belas flores, essa espécie parece inofensiva, mas seu consumo processado em pó ou líquido pode levar a paralisia total do corpo.
    O que acontece é: ninguém sabe muito bem a origem de tal espécie, mas ela tem distribuição pela atual Europa, Oriente médio e bacia mediterrânica, mas por possuir um temperamento complexo, sua história não é bem definida para nós bruxos. As folhas e flores da cicuta são inofensivas, de longe se mantêm tranquilas, como plantas comuns, o perigo mora em suas raízes. Sua parte submersa na terra, a qualquer contato com a parte superior, se desenterra e morde o curioso, levando à morte em oito minutos e vinte e dois segundos.
    A única chance de se conseguir coletar a espécie, sem efeitos letais, é esperar que as raízes durmam, e aí sim extrair a parte aérea do vegetal, que também concentra a sustância, porém de maneira distribuída, e não extremamente concentrada como nos dentes das raízes. A dificuldade está no fato de as raízes da cicuta dormirem apenas oito horas por semana. Pouquíssimos são os que se arriscaram o suficiente para descobrir o intervalo exato de tal feito, ou se há um intervalo regular. 
    Como única medida para alguém mordido, que esteja a beira da morte, um antiveneno é a solução. Sim há um antiveneno, então porque toda essa fatalidade envolvendo a planta? Bem, por se tratar de uma planta extremamente venenosa, sua coleta, manipulação, preparação das folhas em pó ou líquidas como veneno e inclusive a produção de seu antiveneno são consideradas práticas proibidas pelos ministérios da magia de todo o mundo. Afinal, alguns bruxos e bruxas poderiam fazer mal uso dessas propriedades. Tais informações quando conhecidas, são consideradas magia das trevas, e existe uma força tarefa de herbólogos associados aos ministérios nacionais (mas não vinculados a nenhum setor específico, como falaremos mais tarde...) para o monitoramento e aniquilação da distribuição de tais espécies. Ao serem localizadas, são lançados feitiços que a escondam do resto dos olhos do mundo, para evitar seu mal uso, uma vez que esse já foi descoberto, mas não impedi-las de viver, pois não cabe a nós decidir tal destino.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...