1. Spirit Fanfics >
  2. Play Date >
  3. Capítulo 14

História Play Date - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


PENÚLTIMO CAPITULO, PREPARADOS??????
FICA EM CASA, TÁ?
Vamos para mais um capítulo

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Play Date - Capítulo 14 - Capítulo 14

24 de dezembro. 13:45.

- Nós temos que conversar!

Matteo se aproximou do balcão onde estava Simón.

- O que você quer? - Simón perguntou curioso.

- Falar sobre a minha acompanhante para o seu casamento.

- Deixa eu adivinhar: Luna!

- Exatamente! - Matteo falou. - Você e Ámbar tem que se entenderem com a minha Luna para que ela seja a minha acompanhante.

- Ámbar não quer ela no casamento, nem o resto da família Benson.

- Não precisa ser toda a família Benson, só a Luna.

- Então converse com a Ámbar.

- Cadê essa loira maldita? - Matteo questionou.

- Ei, é minha noiva! - O Álvarez repreendeu o amigo, que apenas revirou os olhos.

Ámbar então se aproximava, mas não estava sozinha.

- Olha quem apareceu para o Roller Jam natalino! - Ámbar disse sorrindo e Gastón estava ao seu lado.

- Amigão! - Matteo abraçou o cordobês. - Que saudade!

- Eu também senti!

- Nina já te viu?

- Ainda não. Estou aqui para fazer uma surpresa.

- Gastón! - Simón saiu do balcão e também o abraçou. - Como estava em Oxford? - o Álvarez se separou e foi ao lado de Ámbar.

- Estava muito bom e minha turma é ótima! - O Perida sorriu. - Mas eu estava morrendo de saudade de vocês, e como recebi o convite para o Roller Jam da própria Ámbar Smith, eu não pude recusar.

- Eu sei que eu sou demais! - Ámbar jogou o cabelo para o lado, fazendo Simón ri.

- Ah, eu não parabenizei vocês pelo casamento! - Gastón disse sorrindo.- Parabéns, estou um pouco surpreso com vocês dois juntos, mas estou feliz por vocês.

- Foi uma surpresa para todos do Roller. - A loira disse rindo. - Mas obrigado!

- Por falar em casamento, tenho que falar com você, dona Ámbar. - Matteo disse relembrando sua conversa com Simón antes.

- Ih, lá vem! - O mexicano revirou os olhos.

- O que você quer, Matteo? - a loira cruzou os braços.

- Luna como minha acompanhante no casamento! - O Balsano foi direto.

- Pode tirar o seu cavalinho da chuva, ela não vai ser convidada!

- Espera, a Luna não é melhor amiga do Simón? - Gastón franziu a testa.

- É cara, você realmente perdeu muita coisa! - Simón disse.

- Ámbar, por favor, deixa ela ir. - o italiano pediu.

- Você tem sorte de ter sido convidado se levarmos em consideração que você é o meu ex!

- Podemos não lembrar disso? - Simón interviu.

- Ámbar... - Matteo disse manhoso.

- Eu não vou deixar aquela mexicana ridícula entrar no meu casamento. Ela quis me humilhar no aniversário do Simón e a sorte dela foi estarmos na casa dos pais dele, ou eu não sei o que eu faria. - Ámbar revirou os olhos.

- É, eu realmente perdi muita coisa! - Gastón comentou.

- Se ela pedir desculpas pelo ocorrido, Luna pode ir ao casamento?

- Se eu ver que ela está realmente arrependida por isso, talvez eu deixe. E ela tem que se comportar, ou eu transformo ela em um enfeite do casamento com minhas próprias mãos. - Ámbar disse, quase ameaçadora. - Agora com licença, preciso trabalhar. Tchau rapazes, tchau meu amor!

A argentina saiu e só os três homens ficaram.

- Ok, vocês precisam me dizer todas as coisas que aconteceram enquanto eu estive fora. - Gastón falou um pouco incrédulo.

- Gastón? - Era de Nina a voz que havia soado. Luna estava ao lado, mas só observava os dois.

- Meu amor! - Gastón abraçou a Simonetti.

- Ai meu Deus, quando você chegou!? - Nina disse segurando o rosto dele.

- Hoje mesmo! - O Perida sorriu. - Quis fazer uma surpresa. Consegui?

- Sim, conseguiu.

O casal acabou saindo.

- Ok, eu acho que eu sobrei! - Luna ia saindo também, mas Matteo a chamou:

- Menina Delivery, Luna Valente, Sol Benson, volte aqui!

A garota voltou e parou no balcão. O clima estava tenso entre os ex-amigos.

- Eu vou deixá-los a sós.

- Simón Álvarez, garçom, guitarrista, você fica aqui! - Matteo falou alto, "ordenando". - Nós vamos conversar os três porque os dois vão se resolver agora!

- Não temos nada para resolver!

- Sim, vocês têm. - Matteo suspirou. - Vamos lá, Luna, você sabe que eu te amo, mas está agindo como uma infantil com a Ámbar. Eu sei que vocês não se gostam, mas pelo menos um respeito poderiam ter.

- Mas... - Luna tentou falar, mas o italiano a interrompeu.

- Nenhum dos dois vão falar ainda, apenas eu. - Mais uma vez Matteo suspirou e dessa vez olhou para Simón. - Mexicano, eu entendo os seus motivos de ter ficado bravo com Luna e entendo seus motivos de ter saído do Roller, mas você anda agindo impulsivamente, isso você não pode discordar. - Simón ficou calado. - Qual é? Os dois são melhores amigos desde sempre e agora só estão agindo como crianças mimadas. Nenhum dos dois vai dar o braço a torcer?

- Ok, eu concordo que agi como uma criança mimada! - Luna concordou. - Mas eu estava com ciúmes de Ámbar ter conquistado Liz, ela era minha baixinha...

- Vocês têm a mesma altura! - Matteo comentou.

- Posso continuar? - Luna perguntou fazendo um biquinho e Matteo assentiu. - Eu agi como uma criança mimada, confesso e me arrependi das minhas ações. Eu fiz besteira. Eu não deveria ter falado aquelas coisas para Ámbar, nem para você Simón. - A Valente olhou para Simón. - Eu fui egoísta, me desculpe!

Simón viu verdade nos olhos verdes da Sol Benson.

- Está desculpada! - Luna mostrou um sorriso pequeno, mas verdadeiro, após a fala do rapaz.

- E você, Simón? Não tem nada a dizer para a Luna? - Matteo questionou.

- Eu fui impulsivo. Agi na raiva e também magooei você. Peço desculpas por isso!

- Desculpado! - disse Luna.

- Vocês podem ser amigos novamente, por favor?

- Amigos de novo? - Luna perguntou timidamente.

- Vem cá me dá um abraço, baixinha! - Simón abre os braços e Luna o abraça sorrindo.

- Ótimo, aê, finalmente! - O Balsano comemora. - Agora vamos ao ponto principal.

- Ponto principal? - Luna soltou-se de Simón. - Como assim?

- Menina Delivery, você sabe que Simón e Ámbar se casarão não é?

- Sei. Acho que não existe uma pessoa no mundo que não saiba!

- Então eu quero que você seja a minha acompanhante...

- Eu não acho que Ámbar gostará de me ter no seu casamento. - A Valente cruzou os braços.

- Ámbar me disse que se você se desculpasse com ela, ela pensaria na possibilidade de você ir. - Matteo falou. - Simón está de prova.

- Ele tem razão, eu sou testemunha.

- Ok, vou me desculpar com a Ámbar ou pelo menos tentar. Me desejem sorte!

- Boa sorte!
...

Simón estava indo na pista, onde Ámbar estava arrumando as coisas para o Roller Jam de hoje.

Ele parou quando viu Ámbar e Luna conversando, ficando apenas observando as duas.

- Eu surtei, eu sei. Eu só quero que você me desculpe! - Luna disse.

- Eu vou pensar. É só isso!? - Ámbar questionou.

- Tem mais uma coisa.

- Pode falar! - A Smith cruzou os braços.

- Não magoe o Simón. Por favor!

- Eu jamais faria isso. - Ámbar falou com toda sinceridade. - Eu me machucaria antes de machucar o Simón.

Luna apenas deu um sorriso fraco e foi saindo. Já Ámbar continuou arrumando os últimos preparativos para decorar a pista.

Simón se aproximou da loira e a abraçou por trás.

- Como está a mulher mais linda desse mundo? - Simón perguntou sorrindo e Ámbar se aconchegou no abraço do noivo.

- Bem melhor agora. - Ela virou levemente o rosto para ele e lhe deu um selinho. - Seu abraço é o melhor de todos.

- Eu te amo tanto, loira!

- E eu amo você. - Ela virou seu corpo totalmente e abraçou Simón pela cintura. - Ansioso para o primeiro Roller Jam organizado totalmente por mim?

- Sim, estou. - Simón sorriu. - Tenho certeza absoluta que ficará muito bom.

- Tudo que eu faço é incrível!

- Eu sou suspeito para falar... - Simón disse num tom malicioso.

- E eu espero que você goste de me ver com minha roupa natalina. - Ámbar sorriu pervertida. - Te garanto que por baixo dela estará bem melhor!

- Não vejo a hora para chegar a noite! - Simón sorri malicioso e beijou a futura esposa.

- Oh pombinhos! - os dois foram interrompidos pela voz de Nico, fazendo os dois pararem de se beijar. - Sei que estão apaixonados, mas eu posso lembrar vocês que temos um Roller Jam a noite e que não pode ficar de pegação?

- Querido, eu sou a gerente. Eu dou as ordens. - Ámbar se separou do noivo. - Ao trabalho, rapazes!
...

21:00

O Roller Jam natalino estava lindo, Ámbar teve uma ideia incrível e desenvolveu ela perfeitamente.

Havia pinheiros, decorações em tons vermelhos, dourados e verdes, viscos, doces típicos natalinos, luzes piscando, neve artificial... estava absurdamente lindo.

- Posso dizer que você está totalmente linda! - Simón se aproximou de Ámbar.

Ela estava em uma roupa inspirada em Meninas Malvadas, com a diferença de que a de Ámbar tinha glitter, muito glitter. A loira também estava com os cabelos levemente cacheados na ponta e com uma maquiagem linda, com um destaque maior no batom vermelho de sua boca.

- Obrigada! - Ámbar sorriu. - Você está muito gato, mas falta algo.

- O quê? - Simón perguntou confuso.

Ámbar pegou um dos chapéus de papai Noel que tinha na mesa como decoração e colocou no rapaz.

- Agora sim. - Ámbar lambeu os lábios. - Tem que estar vestido de acordo! - O abraçou. - E você fica muito sexy com esse chapéu! - deu um selinho.

- Não tão sexy quanto você! - Simón disse sorrindo.

- Olá para vocês dois. - Cameron se aproximou de mãos dadas com um rapaz ruivo. Simón supôs que era o namorado do garoto.

- Olá! - O casal Simbar cumprimentou-o.

- Vir aqui falar com a minha companheira de equipe que essa festa está incrível. - Cameron sorriu. - A ideia foi muito boa, Ámbar.

- Obrigada! - a loira sorriu.

- E você e os rapazes fizeram uma decoração incrível, Simón!

- Obrigado! - O Álvarez sorriu também. - Esse é seu namorado? - o mexicano perguntou curioso.

- Sim, acho que não os apresentei? - Cameron riu fraco. - Simón, esse é o Drake. Drake, esse é Simón. Noivo da Ámbar!

- Prazer! - os dois rapazes cumprimentam apertando a mão.

- Olha Ámbs, fisgou um "peixão". - Drake comentou sorrindo para a loira.

- Realmente. Esse aqui é só meu! - Ámbar apoiou sua cabeça no peitoral do noivo e sorriu.

- Parabéns pelo noivado de vocês. - disse Drake.

- Obrigado! - os dois disseram juntos.

- Vamos deixar vocês a sós! - Cameron disse sorrindo. - Tchau!

- Aproveitem a festa! - Ámbar diz sorrindo e os dois garotos saíram. - Gosto deles, são garotos legais.

- Eu gosto mais de você!

- Não conta, você é meu noivo! - Ámbar disse sorrindo.

- Eu amo quando me chama assim! - Simón sorriu. - Eu sou tão apaixonado por você, no seu sorriso, no seu cheiro e quando você me chama de "noivo", eu não consigo resistir.

- Não fala assim que eu fico tímida. - Ámbar ficou corada e tocou no rosto de Simón. - Eu te amo demais.

- Eu te amo mais!

Simón ia beijar Ámbar, mas foi interrompido por Matteo.

- Então loira, a Luna vai ou não?

- Caralho, Matteo. Eu estou pensando! - Ámbar respondeu irritada por causa da interrupção do italiano.

- Ainda?

- Sim, incomodado?

- Eu tenho que arrumar uma companhia, ou eu vou levar a avó do Simón como acompanhante! - O Balsano cruzou os braços.

- Minha avó? - Simón perguntou incrédulo.

- Ótimo. Eu adoro a senhora Maricruz e você terá uma acompanhante. - Ámbar sorriu cínica. - Fim do conflito!

- Ele não vai levar a minha avó. Nem vem! - Simón interviu.

- Eu preciso de uma acompanhante e a Luna é a minha garota, então eu acho mais que justo...

- Ok, Matteo, já cansei de seus dramas. - Ámbar disse. - Serei benevolente, Luna pode ser sua acompanhante.

- Sério?

- Sim, agora para de me encher senão nem Luna e nem você estarão no casamento! - Ámbar disse revirando os olhos.

- Você é incrível, Ámbar. - Então o italiano saiu.

- Por que a gente não vai para debaixo do visco? Assim ninguém atrapalhará nossos beijos! - Ámbar perguntou segurando a mão de Simón.

- Eu acho uma ideia incrível!

- Eu sempre tenho ideias incríveis! - ela piscou pro jovem mexicano.

Simón apenas sorriu. Ele a amava. Ele a ama. Muito!

.


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Simón e Luna amigos de novo, Simbar mais juntos que nunca e Luna vai ao casamento (apesar de que eu acharia interessante dona Maricruz como acompanhante de Matteo)
Beijoooooooooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...