1. Spirit Fanfics >
  2. Play With Fire and Ice - Shoto Todoroki. >
  3. Capítulo - 03

História Play With Fire and Ice - Shoto Todoroki. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiiii gente, tudo bem com vocês? Espero que sim, e se vocês não estiverem bem, espero que melhorem, caso queiram conversar, mandem mensagem no privado, espero que gostem do capítulo de hoje. Boa leitura💞

Capítulo 3 - Capítulo - 03


[....] 7 meses depois.


Cá estamos nós meus queridos, estamos no mês de outubro, eu estou ótima, aconteceu tantas coisas nesses últimos meses, eu criei uma ótima convivência com o pessoal da Cafeteria, ainda trabalho lá, o chefe e as meninas são bem legais e simpáticos, nós tratamos super bem e brigas é uma das coisas que eu ainda não vi durante esse tempo trabalhando naquele estabelecimento.


Meu tio manda cartas frequentemente, somos ótimos amigos, eu sou bem íntima dele e nós combinamos de trocar cartas, o tempo para elas chegarem faria com que ocorresse mais coisas no decorrer dos dias, assim ele teria mais assunto e não iríamos perder a conversa, a cada semana um de nós manda uma carta para o outro. Meu tio está sendo meu único amigo por anos, eu o considero muito, torço muito pela sua felicidade, apesar do meu tio ter 27 anos sempre temos assuntos SAUDÁVEIS para ambos.


Chegamos á contar os meros detalhes dos dias anteriores e muito mais. Na cafeteria aconteceram eventos inesperados um tanto engraçados, eu já passei mico na frente de clientes pedindo para esperarem pra mim anotar o dinheiro direitinho e etc. Nós últimos meses eu percebi que não sou boa para o ramo em que estou trabalhando, recepcionista com toda certeza não é o meu forte. 


Por esses motivos que eu consegui convencer meu chefe de trocar nossos cargos, eu pedi para que Yolanda ficasse com o cargo de recepcionista, ela é melhor que eu nessa parte, eu expliquei e dei diversos motivos para Yolanda ficar no meu lugar, ela é mais velha que eu, no auge da juventude com seus 24 anos, ela sabe tratar os clientes muito melhor que eu, em alguns incidentes que ocorreu de alguns clientes insatisfeitos que vieram até mim reclamar ela tomou a atitude e resolveu a situação.


Sempre com a boa educação claro, ela mantia a paciência e tentava conversar com o cliente, ela é mais experiente, e também usei como argumento o fato de eu não ser boa com o horário e sempre atrasar o caixa. Depois de muita perturbação e quase meu emprego perdido o chefe disse que sim e nós trocou de cargo.


Estava ganhando 650 reais por mês, só trabalhava em um único turno, pelo menos eu consigo aliviar a barra do meu pai, ajudo pagando as compras de casa e na conta de luz, mas como uma pessoa incorfomada que eu sou, não consegui ver euzinha trabalhando e não ter pelo menos um dinheirinho para mim mesma, então surgiu uma idéia mirabolante que eu já uso pra mim não ter que ir pra escola.


Eu usaria meus clones para trabalhar no turno da tarde, das 16 horas da tarde até às 18:30 da noite, o problema é que meus clones não eram bons o bastante, então eu os aprimorei muito, estão quase que perfeitos, ainda falta alguns aprimoramentos mais isso eu vou conseguir com o tempo e prática. Meu clones que antes só duravam por 2 horas, agora duram 7 horas, e eu posso fazer até 10 clones e eles já se multiplicam entre si não daquele jeitão lá, pela individualidade lógico, eu já os uso para irem pra escola por mim e tudo mais, antes eu ficava cansada por ter que usá-los, agora nem tanto. Eu apresentei a proposta para o chefe e ele ficou meio receoso, ele disse que por precaução era para mim treinar por uma semana meus clones trabalhando no turno da noite, eles ficaram em observação e deu tudo certinho.


Agora eu trabalho apenas no turno da manhã e no turno da noite são os meus clones,  agora meu salário foi acrescentado mais um pouco, agora eu ganho 980 reais,eu não quis ter que usá-los nós dois turnos, eu estaria práticamente me beneficiando totalmente da minha individualidade, eu estaria práticamente que pisando no esforço das meninas que trabalham no mesmo estabelecimento que eu, e eu não gostaria de ficar só em casa,então ficou desse jeitinho. Eu também parei de andar de ônibus para ir ao trabalho e á escola, agora vou caminhando, agora eu ganhei um condicionamento físico um pouco melhor e eu também economizo o dinheiro que eu podia estar andando de ônibus, agora eu uso para comer meus lanche no caminho, a barriga fala mais alto que a comodidade.


Daqui poucos  dias terei de ir fazer o teste no Japão para ingressar na U.A, estou tão ansiosa e feliz para ir conhecer o Japão, claro, essa decisão foi tomada depois de muita conversa e de muita promessa de que daria tudo certinho, meu pai não concordou no começo mas depois aceitou, ele disse que depois de tanto esforço durante a minha vida para realizar meu sonho se ele não concordasse ele iria se culpar pelo reto de sua vida, ele disse que eu tenho trabalhado e eu tenho o ajudando bastante, então ele guardou um dinheirinho para mim viajar, ele disse que ele já pagou a passagem e que depois de alguns meses ele talvez iriam se mudar para o Japão, isso dependeria de ele fosse promovido na empresa, e a mamãe também voltou á trabalhar em sua área, ela se formou em administração e já não exercia mais a sua profissão á muito tempo para cuidar dos filh, mais ela conseguiu depois de inúmeras buscas e de inúmeros currículos espalhados pela cidade.


Minha irmã já está mais aliviada e agora ela só está revisando oque estou nesses anos, em novembro ela fará o vestibular e com certeza irá passar na prova,meu irmão também tem o sonho de ser um herói, mais ele me desafiou e disse que quando ele ficar grandinho ele irá me ultrapassar e disse que iria entrar na Shiketsu,um escola que só perde para U.A por não ter muita fama, mas que as duas eram quase do mesmo nível, quero ver se eu já não serei a heroína entre o top 10 do Japão.


Meu japonês eu ando treinando, já está bem melhor, eu uso meus clones para coletar o máximo de informação possível, eu fasso curso online e presencial, foi difícil para mim encontrar uma academia para japonês, eu estou me matando para aprender, ainda irei para o Japão sem aprender algumas coisas, mais o básico eu já sei, com a convivência e depois de muitas aulas eu irei conseguir falar fluentemente. 


Como eu linda e maravilhosa estava juntando dinheiro meu celular resolveu quebrar, do nada, bico doido que nem a dona, vida de trabalhador pobre é difícil, dos 980 reais  eu retiro 650 reais para casa e os 330  para mim mesma, e eu venho juntando esse dinheiro, no total eu tenho 1.650 reais, sei que não é muito mais é o suficiente, agora eu darei entrada em um celular novo, tava precisando mesmo, agora eu estou indo comprar um Samsung Galaxy A01, estou tão empolgada com um celular novo que eu estou pulando no meio do shopping.


Mamãe disse que ia pagar depois de tanta insistência ksksksk por fora eu tava dizendo não mas por dentro eu tava dizendo graças a Deus, ela vai pagar pelo meu celular e também irá pagar minha capinha de celular, e um cartão de memória, dizendo ela que é para mim tirar muitas fotos, esse momento mãe e filha que eu tanto amo, minha vida é simplesmente perfeita, não tenho muito dó que reclamar, já passamos por tempos muito difíceis, hoje em dia estamos muito mais tranquilos.


Titio também irá ajudar no tempo em que eu ficarei no Japão, segundo ele, ele irá mandar uma quantia de dinheiro pouca, mais suficiente para mim poder pagar um aluguel de um kit Net e para mim não morrer de fome, coitado, só sei fazer miojo e olhe lá, é com o garfo no miojo e eu olhando a embalagem vendo se está certo, eu sou péssima na cozinha, mas mamãe como pensa em tudo está me ensinando á me virar na cozinha, pelo menos eu já sabia fazer café e um arroz e macarrão, agora eu já sei fazer carne, frango, peixe, não sei como irei sobreviver só tenho certeza de nada.


[...] Uma semana depois.


Cá estamos fazendo compras de roupas, na cidade que eu moro não é frio, diferente do Japão que tem o inverno, estamos com uma lista de roupas necessárias, moletons e casacos para o frio, calças e muitas outras roupas, compramos meus lindos e almejados ALL Star eu sou pobre e sempre sonhei em ter alguns, compramos dois deles, um preto e um vermelho, compramos uma rasteirinha, algumas sapatilhas não tão caras. Mamãe insistiu em ter que comprar maquiagem, eu não uso quase, apenas para eventos e sempre uso apenas um liptin um gloss rosa fraco e só,ela insistiu para mim comprar base,pó compacto, alguns pincéis que eu não para que servem e nem sem para onde vai, ela comprou uma paleta de sombras, blush e um batom da cor chocolate, foi barato então eu não me importei muito, nunca fui muito apegada em maquiagem, mais no quesito cabelo isso sim eu me importo.


Compramos shampoo e condicionador, cremes para os cabelos e etc, amo meu cabelo, são castanhos claros e ondulados e são enooormes passam do meu bumbum, são belíssimos, meus olhos também é uma coisa que eu amo em mim, são da cor mel e quando minha individualidade está ativada eles ficam da cor âmbar, pelo menos isso já que eu não tenho muito peito e nem muita bunda.


Daqui uma semana eu estarei no Japão, dá para acreditar nisso? É só tipo uma das coisas melhores do mundo, um dos meus sonhos  está prestes á ser realizado, Man, só não sei se eu irei entender oque eles irão falar, mais que eu estarei lá eu estarei, e ninguém me seguraaaa.


[....] Uma semana. Dia da Viagem.


- Não esquece de comer direitinho, e não se esquece de fazer uma cópia da chave para você não perder, uma só não, 5 o suficiente para você conseguir abrir a porta do pequeno apartamento - Ela diz arrumando meu cabelo que estava solto.

- E coloca despertador nessa jossa que eu e tua mãe compramos - Meu pai ordena.

- Não se esquece que nós existimos e liga sempre que puder hum? - Meu irmão alega.

- Tira muitas fotos e.. eu te amo tá coisa de Deus - Ela diz já com os olhos cheio de lágrimas.

- Tem um olho na minha lágrima, eu já disse eu amo vocês? Vocês são o meu tudo, como é que eu vou poder esquecer vocês? - Eu digo já chorando  e os abraço.

Xxx- Última chamada para o vol -----.

- Nós te amamos tá, eu..--- Mamãe não consegue terminar de falar e desaba nas lágrimas e eu vou junto.

- Vê se vocês chegam logo lá em - Eu abraço meu pai fortemente e em seguida meus irmãos. Eu entro e viro de costa e vou acenando até entrar completamente. Uma dos comissários de bordo vem até mim e me chama.


- Margarita Villanueva certo? Pegue isso aqui ele envolve o meu pescoço com uma espécie de cordão com alguns papéis dentro, ele pede para mim esperar em uma das cadeiras, eu pego o meu celular e.. já contei como é que é minha capinha? Ela é do anime Noragami, ela tem o Yato com o Yukine e é preta e cresce para o azul pastel.


Continuando..... Eu pego meu celular lindo e maravilhoso e tiro muita foto, quando eu estiver no avião eu irei escolher só algumas, eu mando mensagem dizendo que eu tô esperando e mando uma foto que eu acabei de tirar, pego meu belo fone preto e coloco nos meus ouvidos. Não disse ainda como estou trajada né? Estou vestida com um Cardigan de tricô na cor caramelo com franja( quem não souber pesquisa aí no Google) uma blusa branca e uma calça logger lurex da cor vinho e meu ALL star preto.

















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...