1. Spirit Fanfics >
  2. Playboy >
  3. 01

História Playboy - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - 01


Fanfic / Fanfiction Playboy - Capítulo 2 - 01

Mesmo que grata a tudo que tem, Wheein sempre se pergunta porque não tem mais.

Talvez fosse algo egoísta de pensar, afinal, muitas pessoas passam por dificuldades na vida e ela até ajuda os orfanatos das cidades próximas de Seul. Ok, ok, ela faz bem mais que ajudar orfanatos, tanto que sempre recebe um sermão do seu melhor amigo, Kim JunMyeon. Certa vez ele lhe disse que mesmo rica usa roupas tão ultrapassadas e fora de moda.

- Por isso não arruma um namorado — Junmyeon disse tomando um gole de seu whisky com gelo —

- Não preciso de um namorado JunMyeon, você que precisa me deixar em paz e ir cuidar da sua próprio vida — Mexou o gelo em meu copo com o canudo, pedindo mais um drink de frutas vermelhas — Você é tão desocupado assim?

- Ele está certo Wheein, a quanto tempo não transa? Nem mesmo dá uns bons e velhos amassos. Sua vida é de fato triste e sem graça — Falou HyeJin olhando descaradamente por barman — Você é jovem e bonita, deveria aproveitar bem esse corpo — Tragou o cigarro e levantou ajeitando o cabelo ao mesmo tempo que soltando aquela fumaça fedorenta de seus lábios bem avermelhados —

Hyejin era assim, sempre foi de ficar com um e outro não se importando com idade ou status, ela ainda mesmo fazia uma lista com graus de bom, ótimo e lixo. Claro que isso foi a muito tempo, mais específicamente na faculdade — que terminaram a quase 10 anos — e era sempre a HyeJin que namorava os mais bonitos e nem tão inteligentes assim. 

Somente um, um único garoto Hyejin nunca teve a audácia de usar e abusar, Kim Jongin, esse era da Wheein, e ela era dele, mesmo eles negando e se jogando farpas o tempo todo. Maldita professora de francês que o levou embora.

- Eu estou bem sem ninguém, me deixem em paz de uma vez — Se levandou bruscamente com a intenção de ir ao banheiro mas foi parada por alguma bebida em seu vestido ridiculamente amarelo e que de certa forma lhe marcava bem o corpo.

- Caramba seu... Seu... — Respirou fundo olhando para o rapaz a sua frente que estava com um sorriso indecifrável no rosto — Do que está rindo afinal?

- Foi sem querer eu não quis a sujar — Pegou guardanapos no balcão e passou na roupa da moça e sem perceber limpando quase que entre seus seios, só percebendo o que fazia ao levar um tapa forte na mão — Me desculpe

- Fique longe de mim, seu tarado — Contornou o corpo do rapaz e foi quase que correndo para o banheiro — Aquele imbecil...Hyejin vai me matar pelo vestido

Sabia que choramingar e resmungar não limparia o vestido, mas estava tão frustrada que não sabia o que fazer para se safar não só do sermão por sujar o vestido mas do sermão por não ter pego o telefone do cara que fez o tal feito no vestido. 

- Achei que tinha morrido lá — Murmurou Junmyeon ao ver a loira se sentar ao seu lado —

- Aconteceu um incidente, só isso — Pediu agora uma porção de batata frita — ainda não entendo co!o vendem batata frita e hambúrguer em um bar...

- É para atrair clientes — Hyejin ajeitou o batom borrado e pediu um soju ao barman —

- É impressão minha ou tem um cara olhando pra cá? — olhou para o mesmo lugar que Junmyeon olhava e revirou os olhos ao ver o idiota que lhe derramou bebida mais cedo — 

- Ele é um idiota e cego — Encheu a boca de batata frita e escutou o amigo rie — O que você tem criatura?

- Ele está mesmo olhando pra cá... Pra você Wheein

- Não diga asneiras seu professor maluco de artes

- Falou a apresentadora de um programa amoroso que não acredita em amor

- Eu acredito sim em amor Hyejin, só não fui feita pra ele 

Falou aquilo voltando a comer como se o mundo fosse acabar. Falou aquilo pemsando no Jongin, tinha certeza de que aqueles dois calorosos anos forá repleto de amor e felicidade, apesar de nunca terem realmente se assumido para os outros já que Jongin era o sagrado pupilo da rainha das malvadas.

- Ou você só se desacostumou a ele...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...