História Playing with destiny - Capítulo 21


Escrita por:

Visualizações 29
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Despedidas


Fanfic / Fanfiction Playing with destiny - Capítulo 21 - Despedidas

Estava no carro junto com Alaric,Sara,Bonnie e Sara,o vento batia nos meus cabelos,eu ia sentir muita saudades daquele lugar,de Dylan,das praias,do sol,e de tudo.Coloquei o meu fone e a música que começou tocar foi "Like That" da Bra Miller,e aos poucos fomos deixando a praia,dava pra ver bem de longe ela,e agora o nosso caminho principal era o areoporto.Todos sabiam que Damon iria embora,e eles sabiam que eu estava arrasada,e que eu precisava de um tempo,tinha se passado só dois dias que tinha ocorrido o tal assunto,eu não podia ter certeza se ele iria voltar em 3 meses como o prometido,nem sabia se ele iria voltar,o motivo da viagem dele para não sei aonde era por culpa minha e do Stefan,ele queria que nós dois ficássemos juntos,mas não ia dar certo,por que o problema era que eu amava muito o Damon.

-Chegamos no aeroporto -disse Bonnie do meu lado,como assim já tinha se passado 20 minutos? pensei comigo mesma e abri a porta do carro,o vento tinha batido forte no meu cabelo então coloquei algumas mechas para trás,bati a porta do carro e vi que tinha um carro vermelho atrás de nós que possivelmente estava o restante,nem me dei ao trabalho de ver se Damon já tinha saído do carro,eu não queria ver ele,não queria falar com ele,ele ia me abandonar e queria que eu ficasse numa boa?

-Nós quatro vamos comprar algumas besteiras para comer no avião,se quiser pode esperar a gente lá dentro -disse Alaric do meu lado,olhei pra ele e tentei sorrir 

-Tá bom -Peguei a minha mala que  ja estava fora do porta malas e fui direto para dentro,aquele areoporto era lindo e enorme,fui até aonde eu tinha que esperar e fiquei em pé olhando a vista do céu azul e sem nuvens.Fiquei ali quando vi que Caroline,Stefan e Damon tinha chegado também,eles se sentaram perto de mim,em uma das cadeiras,respirei fundo e eles começaram a falar baixo,mas não tão baixo ao ponto de eu não ouvir:

-Eu não sei se eu falo com ela,ela tá muito brava -disse Damon 

-Mas tenta pelo menos Damon-disse Caroline 

-Eu não sou surda,tá bom? -eu disse me virando para os três,eles me olharam-Se querem falar baixo,falem realmente baixo -Peguei a alça da minha mala,e puxei ela -Vou dar uma volta que eu ganho mais -E fui direto para as lojas que tinham perto,e Caroline foi correndo atrás de mim 

-Ei!Espera Elena -E parou na minha frente -Posso andar com você? 

-Pode vai -Eu disse sorrindo fraco de lado,e ela saiu da minha frente,e fomos até uma loja de bichos de pelúcia-Sério mesmo?

-É sério,vamos comprar duas pelúcias,vem -Ela disse me puxando para dentro da loja 

Eu tinha comprado um pelúcia do Stitch grande e mais uma pelúcia de Koala,e Caroline tinha comprado também uma do Stitch e uma de Unicórnio,depois disso resolvemos tomar um cappuccino no Starbucks,as duas lojas ficavam perto da onde seríamos chamadas quando o avião chegasse então conseguimos ouvir quando chamou o nosso vôo,quando chegamos lá,todos estavam lá,fazendo o checking,fizemos os nossos também e entramos no avião,nos 8 íriamos ficar juntos de novo no mesmo avião,e eu Caroline sentamos juntas denovo também.A viagem não era muito demorada,no máximo 1 hora e meia de viagem.


Eu estava deitada na minha cama,e na "minha" casa lendo um livro chamado "A mediadora" quando a porta se abriu e era Damon que estava lá,meu coração pulou ao ver ele,ele sorriu de lado com aquele jeito debochado e muito irritante,ele veio até mim e sentou-se na cama,eu me sentei também já que eu estava deitada.

-Queria que você soubesse que eu estou indo amanhã já -Tentei fingir que estava tudo bem,então forcei um sorriso falso

-Sério?Boa viagem então-ele arqueou a sombracelha e pegou a minha mão 

-Não seja tão orgulhosa Elena,vem cá,me dá um abraço -Então o abracei forte,e caiu uma lagrima ao fazer aquilo,eu não sabia ao certo se veria ele novamente tão cedo,ou sequer se veria ele novamente.

-Eu te amo Elena,espero que saiba disso também 

-Eu sei,Damon,eu sei -Me soltei dele e limpei as lágrimas do meu rosto- Posso te pedir um favor?

-Claro -ele disse passando a mão pela minha bochecha 

-Me leva naquela estrada denovo,na estrada dos dois lugares ao mesmo tempo,quando estive lá eu não pude aproveitar muito por que começou a chover-ele me olhou no fundo dos olhos e assentiu 

-Vem,levanta,vou te levar -Me levantei e só coloquei um casaco por cima da minha blusa e da minha calça jeans e sai com ele.E assim foi,fomos de carro e demorou uns 15 minutos,já estava anoitecendo mas o pôr do sol continuava rosa com laranja,estava tão lindo,tão perfeito.

Chegando lá,ele parou no mesmo lugar daquela vez e eu sai do carro,ele fez o mesmo,peguei na mão dele e fomos até a divisória dos dois lugares,ele me olhou e eu disse:

-Me desculpa por ser tão orgulhosa? -Ele sorriu e eu coloquei as minhas mãos sob o pescoço dele.

-Vou pensar no seu caso Elena -Encostei a minha testa na dele e fiquei olhando ele 

-Me liga todos os dias? 

-Ligo sim,pode deixar-Ele fechou os olhos e eu inclinei um pouco a cabeça e o beijei,beijei como se fosse a última vez,como se fosse perdê-lo,ele me beijou delicadamente  passando as mãos pelo meu pescoço e pelo meus cabelos,no meio do beijo eu parei e falei as três palavras que eu mais tinha medo de falar:

-Eu te amo! -Ele sorriu ao ouvir aquelas três palavras,ficou surpreso mas feliz,pude ver pelo seu rosto,ele me abraçou com força e eu fiz o mesmo.

-Você foi a melhor coisa que já me aconteceu,parece que quando você apareceu tudo fez sentido,e está doendo muito te deixar -disse ele ainda me abraçando,o sol de fim de tarde batia nos nossos rostos.

-Mas isso vai até que ser bom para nós,sério,nós dois precisamos de um tempo -Ele se soltou de mim e me beijou novamente,e me lembrei de tudo,do nosso primeiro encontro no táxi,no nosso primeiro beijo no elevador,de como o meu coração acelerou quando ele sorriu,de como eu fiquei feliz ao ver o meu casaco costurado e limpo,de como eu me sinto quando estou perto dele,de como eu sou feliz com ele.Mas nos dois precisávamos de um tempo,de no máximo 2 meses,e eu deixei ele ir.




Notas Finais


Foi curto mesmo,mas espero que estejam gostando,estou fazendo com muito carinho,e se preparem que já já vem muita bomba e mt surpresas.
(confesso que chorei escrevendo esse capítulo kkkkkkkk)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...