História Playing With Fire - Imagine JungKook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Colégio, Comedia, Hoseok, Imagine Jungkook, Jimin, Jungkook, Namjoon, Oppa, Playing With Fire, Romance, Seokjin, Taehyung, Vmin, Yoongi
Visualizações 93
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei que é muito cedo para postar outro capítulo, mas acho que vocês não vão se importa!!!

Bom, espero que gostem e tenham uma boa leitura 💕

Capítulo 3 - Lista


Fanfic / Fanfiction Playing With Fire - Imagine JungKook - Capítulo 3 - Lista

Seul - 7:40 da manhã 

Mas no que eu fui me meter?


Vocês devem estar confusos de eu estar perguntando isso, mas eu lhes respondo o por que desta simples pergunta.

Bom, todos estão me olhando, maldito vídeo dos infernos, e vocês também sabem o motivo do porquê, pra ser sincera isso me incomoda muito, sempre fui transparente em tudo na escola, como em sala de aula, nas notas, nas atividades extras curriculares, na rede social, sempre fui bem invisível sobre estás questões, claro que nunca fui uma aluna ruim, que tira notas horríveis e que não tem vida social, eu era o exemplo de padrão, eu não tinha nada que chamasse a atenção de ninguém, nem pelo meu físico, nem pela minha inteligência e muito menos por meu humor, já que era um pouco ácida dependendo da situação, e ter os olhares todos sobre mim era extremamente ruim, numa escala de 1 a 10, eu escolheria 1.000.

Um pouco de drama não faz mal.

Eu andei o mais rápido possível ao meu armário, e deixei algumas coisas la, seria desnecessário carregar aquelas tralhas comigo.

Me esqueci completamente de dizer que, ontem a noite antes de dormir fiz uma ligação para o Tae, contando o que tinha acontecido e como as coisas haviam chegado naquele estado, ele como um amigo de saúde mental muito boa e de compaixão muito grande com a minha pessoa, ele riu, o desgraçado riu, eu pirei na hora e desliguei e fui me ajeitar para dormir.

Voltando ao agora, estou indo para a sala, se eu ficar perambulando por aí, todos vão ficar olhando pra mim, e isso, não é o que eu quero.

Entrei na sala e não tinha muitas pessoas, então me sentei e me debruçando em cima da mesa, com a cabeça baixa, alguns minutos se passaram e senti alguém me olhando, levantei o meu olhar e logo avisei o Jeon, que em seguida sentou-se no seu lugar, voltei a ficar na mesma posição que antes, mas fui chamada e reconheci a voz.

- Cecília! - levantei novamente a cabeça a virando-a para ele - Mudanças de planos!

- Que planos Jeon? 

- A gente não pode ficar na escola mais tarde.

Minhas presses foram ouvidas, ele desistiu desse treco desnecessário! Obrigada Deus, você é demais!!!

- Tudo bem Jeon, eu entendo - disse com um tom falsamente triste.

- Entende o que se nem te expliquei nada!? - opa que eu quase caí, ele não desistiu? - Vamos fazer isso na loja da minha tia! 

Foi muito cedo cantar vitória? Sim, claro ou com certeza?

- L-loja da sua t-iaa? - por Deus, que eu queria chorar!

- Sim, me espere na hora da saída e avise sua mãe! - ele disse, e logo em seguida me dando um daqueles sorrisos lindo deles, e eu aqui fazendo cosplay de tomate novamente!

Na verdade, eu já tinha avisado a minha mãe que chegaria mais tarde, só não disse que era com um menino, ela ficaria fantasiando as coisas, eu ser mais iludida ainda por coisas da minha mãe.

- Irei avisar Jeon! - disse olhando para frente, vendo alguns alunos entrarem.

- Cecília, não me chame de Jeon, pode me chamar de JungKook! - tá aí uma coisa que eu não esperava.

Apenas assenti em afirmação, e me ajeitei vendo a professora de física entrando com todo o seu humor, logo pela manhã.

Acho que devo explicar um pouco as coisas, eu estudo numa escola integral, para todos os gêneros, desde 8:00 da manhã, até 17:00 da tarde, claro, incluindo as atividades extras curriculares, que no meu caso fazia, dança e desenho, cada um podia escolher no máximo 3 atividades, optei por essas duas, sendo que o JungKook, faz o curso de desenho também, e não posso deixar de dizer, que ele desenha muito bem; por que você optou por dança e desenho? Bom, a resposta é fácil, meu pai desenhava, herdei o talento dele, e dançar? Por que eu me sinto bem dançando, é algo me faz me sentir livre.

Mas voltando ao mundo real, e começar a prestar atenção na aula também!

O sinal bateu indicando que era a hora do intervalo, então ajeitei minhas coisas e levantei, levei um susto por ver Jeon parado na minha frente, com um olhar de despreocupado.

- Eu sei que seu amigo não veio hoje, - Tae seu vadio! - e também sei que todos estão comentando, não quero te deixar sozinha!

Eu olhei para ele, e vi suas maçãs do rosto com uma leve coloração avermelhada, ele estava corado. Ele é tão fofo! 

- Aaah t-tudo bem então - falei num fio de voz, logo em seguida saindo da sala e ele veio atrás.

Fomos um do lado do outro até o refeitório, onde todos pararam pra ver, e escutei, "não acredito que são um casal" , " o Oppa não pode fazer isso com a gente", " o que ela tem, que eu não tenho" e muitas mais coisas.

Nós pegamos nossa bandejas, e sentamos o máximo longe das pessoas.

- JungKook diga algo por favor, isso é constrangedor! - digo nervosa, olhando para a comida que peguei.

- "Algo por favor, isso é constrangedor!" - foi aí que conheci outro lado do tímido e reservado Jeon JungKook, dei uma risada abafada e ele, dei um sorriso de lado. Meigo.

- Você é bobo!

- Eu sei disso! - ele ainda estava com aquele sorrisinho, e logo levantou o rosto, me olhando nos olhos.

Eu disviei, já que eu não aguentaria sustentar o olhar dele contra o meu.

- Onde fica a loja da sua tia? - mudei de assunto bem sutil, meu jeito de fugir das coisas.

- Perto da minha casa, aliás, - deu uma pausa e abaixou sua cabeça, respirando fundo e a levantou-a novamente - você p-poderia me dar seu n-número?

Paralisei.

- C-claro.. que s-sim! - ele estendeu seu celular para que eu colocasse meu número, peguei-o e logo adicionei, logo devolvendo a ele - Jeon.. pode me chamar de Lia!

- Ok Lia! - ele deu um daqueles sorrisos de parar o coração. 

Voltamos a comer, no silêncio, acabamos de comer e colocamos nossas bandeiras no lugar, e voltamos andando devagar para sala, ainda em silêncio, quando chegamos, não tinha ninguém e então olhei pra ele que estava indo sentar-se no seu lugar e eu indo ao meu, quando senti meu celular vibrar, peguei ele do bolso e vi uma mensagem de um número desconhecido, eu já sabia quem era.

Número desconhecido:

Você tem uma péssimac criatividade!

Eu sei do que ele estava falando, era do  meu nome que coloquei no seu celular.

Apenas pus, Lia, sem coração ou apelido, acho que não era necessário.

Adicionar este número?

[Sim]                 [Não]

Cliquei em sim, adicionei como Jeon, não irei me iludir mais ainda colocando corações ou qualquer outra coisa.

Lia: 

Eu sei disso!

Logo guardo o celular, e bate o sinal indicando o final do intervalo, e entrando vários alunos, e em seguida o professor!

As aulas foram tranquilas, e agora estávamos na aula de Educação Física, na quadra da escola, e eu com cosplay de puta que roda bolsinha, pra que tão justo e curto? Ninguém nunca me reparou, até aquele vídeo, agora os garotos da minha sala estão de olho em mim, o que me deixa desconfortável e sem jeito. A aula se passou rápido, e logo fui tomar um banho e me vestir novamente. Eu fui a primeira a entrar e a primeira a sair, como sempre, fui em direção a saída da quadra e logo indo a direção do portão que não era muito longe.

Fiquei pouco tempo esperando o Jeon, e logo apareceu com um sorriso simplista no rosto, logo começando a me acompanhar. Não trocamos muitas palavras, afinal não tínhamos assunto, pegamos o ônibus, sentamos juntos, saímos do ônibus juntos, e fomos juntos até a loja da sua tia, que por acaso era a loja de conveniência que ia comprar minhas besteiras.

- Jin, eu vou ficar lá dentro, bata antes de entrar! - disse indo em direção a uma porta e abrindo-a, tinha uma escada para subir, e foi isso que nós fizemos, chegamos num lugar com três portas, uma dizendo que era o banheiro, a outro tinha uma plaquinha escrito, escritório e a outra porta, não tinha nada, entramos na que não tinha nada, e logo que entrei vi um sofá, uma escrivaninha com algumas coisas em cima, quadro, jogos e um video-game. 

- Você precisa saber algumas coisas antes... sobre mim! - diz num tô autoritário e logo me entregou uma lista.

10 coisas que você deve saber sobre mim: 

1- Sou desorganizado.

2- Gosto de companhia.

3- Gosto de carinho.

4- Amo jogar video-game.

5- Sou estudioso.

6- Eu sou carinhoso.

7- Sou extramente tímido.

8- Tenho uma boa lábia.

9- Gosto de animes.

10- Estou apaixonado.

*Bônus*

11- Ela não gosta de mim.

Ok foi muito coisa pra mim hoje!

- Por que me deu isso? - perguntei sem olha-lo.

- Por que eu quis! - oxi, tô falando que é bipolar!

Agora faz sentido ele sempre rejeitar todas as meninas da escola! 

Ele logo me entrega uma folha e uma caneta, não entendi, mas ok.

- Escrava 10 coisas sobre você, pra mim! 



Notas Finais


O que eu faço acordada a esse horário? Não sei!

Espero que tenham gostado e que possam dar apoio a essa fic 💕

Desculpe qualquer erro e obrigada por ter lido até aqui ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...