História Please, Don't cry for him - YoonJin - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Astro, Jihope, Jikook, Jimin, Jin, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kookiemonster, Min Yoongi, Namjin, Namkook, Park Jimin, Rap Monster, Sin, Suga, Sujin, Vhope, Victon, Vmin, Yoonjin
Visualizações 449
Palavras 586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como eu disse, aqui está, aproveitem e.e

Capítulo 8 - I need you


Fanfic / Fanfiction Please, Don't cry for him - YoonJin - Capítulo 8 - I need you

Narradora off and Jin on

Yoongi havia me beijado, eu não acredito nisso,  ele... Aaaaa, isso foi mesmo real? Não consigo não pensar no beijo.

Eu me sento no gramado e fico pensando em Yoongi, eu finalmente estava conseguindo esquecer Namjoon.

-Seokjin –Eu escuto aquela voz amaldiçoada... Era Namjoon.

-O que é? –Eu me levanto e olho para o mesmo com um olhar de ódio.

-Preciso falar com você –Ele me puxa para uma ‘’árvore’’ que tinha ali, que eu não me lembro quando tínhamos colocado ela ali, vai saber.

-O que você quer? Fala logo –Eu questiono.

Namjoon olha para trás e me prensa nela, forçando um beijo.

Eu empurro o mesmo e logo vejo ele gargalhar –Filho da puta –É a única coisa que consigo dizer.

-Se eu sou um filho da puta, você é um traíra –Ele diz, me confundindo, de que merda ele ta falando??

-Que? Como assim? –Eu questiono novamente.

-Sabe quem tava ali na porta? Era aquele branco azedo rebelde metido a gangster, agora ele deve pensar que você voltou pra mim, mesmo depois da ceninha romântica que vocês tiveram –Eu escuto ele rir mais alto, e eu entro em desespero.

Não... Não era possível que ele tenha chegado á esse ponto... Eu não... Yoongi...

Eu corro para dentro da casa, nem me importo que eu esteja cansado, eu preciso ver Yoongi, preciso falar com ele, preciso... Dele.

-JIMIN!! –Eu grito ao ver o mesmo, logo, ele se vira para mim, com uma feição irritada –Jimin eu preciso falar com o ...

-Yoongi? Não acha que já bagunçou a vida dele o bastante não? Sabe onde ele está? Chorando por você, e sabe onde você estava? Beijando a mesma pessoa que havia te tratado como lixo só para magoar Yoongi novamente, e Yoongi foi o único que te defendeu dele e você faz isso? E ainda diz que quer ver ele? Ah, por favor, Seokjin –Jimin caminha até o quarto de Yoongi e tranca a porta.

Não... Não acredito...

Eu caio de joelhos no chão... Yoongi... Eu sinto algo quente em minha bochecha, logo percebo que estou chorando novamente.

Eu grito o nome de Yoongi.

Eu grito novamente.

Logo, minhas mangas estão molhadas, meus olhos e minhas bochechas estão vermelhos, meus joelhos já estavam doendo de ficar naquela mesma posição, meus lábios estavam secos, eu estava soluçando, mas eu não me importava mais, eu havia perdido a única pessoa que me deu abrigo, que estava lá quando eu precisava.

Kim Namjoon... Esse nome agora apenas me dá ódio, raiva, fúria, qualquer sentimento ruim, péssimo.

Min Yoongi... O único que eu queria que estivesse em meus braços agora...

Eu já nem sabia mais se restavam lágrimas... Eu preciso me levantar... Preciso falar com Yoongi, mas... Eles não vão me permitir falar com ele...

Eu logo penso em Yoongi sorrindo... Yoongi feliz... Yoongi me abraçando... Yoongi me abraçando nesse momento onde meu lado mais patético toma conta de mim.

Vai ficar tudo bem...

Eu queria que ele estivesse aqui para dizer isso para mim.

Eu te amo...

Eu precisava que ele dissesse isso pra mim.

Eu preciso dele.

Eu me levanto e caminho lentamente até o quarto de Yoongi e bato na porta.

-Yoongi ... –Eu sussurro, já quase sem voz.

Taehyung abre a porta e me olha espantado, eu me jogo no mesmo e ele me segura, eu estou muito frágil, não consigo me manter de pé.

-Jin, o que aconteceu? –Ele questiona, preocupado.

-Yoongi... –Eu digo novamente –Preciso do Yoongi...


Notas Finais


COITADO DO MEU NENÊ GENT ;___;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...