História Please, don't forget - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Alzheimer, Baekyeol, Cartas, Chanbaek, Songfic
Visualizações 22
Palavras 1.286
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Musical (Songfic), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente me desculpa.
Essa fic é triste, muito triste. Acho que foi a fic mais triste que eu já escrevi e chorei horrores no processo.
Spoiler alert: ninguém morre.
Mas enfim, depois de ouvir Don't Forget do iKON e ler a tradução eu fiquei tão triste e plotei baseada nela, então saiu isso aí. Fazia muito tempo que eu não escrevia nada do EXO e principalmente Chanbaek, um dia quem sabe Born To Darkness volte. Mas de qualquer forma, espero que vocês gostem.

Capítulo 1 - Don't forget us, don't forget me, everything about me


Os dois se encararam por um breve momento. Aquele seria seu último momento juntos, um pedido de Chanyeol. Baekhyun absolutamente não teve a coragem de negar ao rapaz aquele favor, não depois de tudo que tinham passado juntos.

Os olhos grandes do mais alto brilhavam por conta das lágrimas. A tarde parecia estar injustamente bonita em vista do que estava acontecendo. Para Baekhyun, principalmente, parecia estar havendo uma tempestade dentro de seu coração, daquelas que você tem medo só de olhar, se arrepia com os trovões e apenas quer que ela acabe de uma vez e que um dia de sol chegue logo. Mas por que o dia bonito do lado de fora parecia estar trazendo a tempestade e deixando Baekhyun sem saída?

Ele sentiu a mão grande contra o rosto, limpando uma lágrima teimosa que tinha insistido em cair por sua face de porcelana. Seus lábios tremiam assim como suas mãos, agora fechadas em punhos, em uma tentativa vã de tentar controlar a emoção. Chanyeol desceu a mão do rosto do rapaz, acariciando o braço dele gentilmente, o tomando pela mão, entrelaçando os dedos firmemente.

– Eu nunca vou  te esquecer. Prometo, mesmo que minha memória seja horrível. – Ele disse, em uma tentativa horrível de fazer humor no momento. Baekhyun soltou um riso soprado, acompanhado de mais algumas lágrimas.

– Vai sim. Não sou tão marcante assim. Mas eu nunca vou esquecer você.

– Besteira. Eu vou ler a carta todos os dias até gravar todas as palavras dela, tanto que eu não vou ter como esquecer.

– Chanyeol...

– Você sabe que é melhor assim, não é? Vai nos poupar muito no futuro. – Baekhyun assentiu lentamente antes de se aproximar do maior e abraçá–lo fortemente.

– Não nos esqueça. Não me esqueça. – Ele murmurou enquanto escondia o rosto na curva do pescoço de Chanyeol.  

– Não vou. Já te disse. Vamos, me entregue a sua, que eu te entrego a minha. – Ele murmurou dando um fim ao abraço e forçando um sorriso. Baekhyun tirou um papel dobrado em quatro partes do bolso e estendeu para Chanyeol que já tinha a sua em mãos.

– Vou sentir sua falta. Eu amo você. – O mais alto sorriu fraco, se inclinou, trocou as cartas e beijou a testa de Baekhyun uma última vez antes de dar as costas.

– Eu também vou, Baek. Amo você.

...

Querido Chanyeol.

É uma quarta–feira. Não temos aula na faculdade hoje e é a primeira vez desde que você me disse que não passamos juntos. Agora, você já não deve se lembrar. Mas eu estou escrevendo isso porque você me pediu e disse que seria melhor se nos separássemos. Por mais que me doa, como eu posso te negar alguma coisa quando você já fez tanto por mim?

Eu sei que você provavelmente não vai se lembrar, mesmo que eu te peça para lembrar de mim, de nós, de tudo que fomos e que passamos. Não é culpa sua, claro que não.

Mas eu achei que eu ia... ficar bem. Mas Yeol, parece que meu universo está caindo aos pedaços ao meu redor agora que eu sei que não somos para sempre. O tempo que antes parecia parado, em uma bolha, onde nós eramos felizes juntos, parece estar passando rápido demais pra eu sequer entender o que está acontecendo ao meu redor.

Eu espero que ao menos traços de mim você consiga recordar. Talvez um filme que eu te fiz amar de tanto insistir pra você ver, ou o sabor de sorvete que você passou a gostar e pedir sempre porque sempre roubava de mim. Ou talvez um desenho meu que você ache perdido no meio das suas coisas de cálculo porque eu sempre pegava suas folhas de anotação. Não sei, mas espero que se lembre de alguma coisa assim, boba e vaga, mas que no fundo significou o mundo pra gente um dia.

Todo mundo diz que a gente só valoriza quando perde, mas quero te dizer que eu sempre te valorizei, desde que a gente se conheceu no colégio, até o dia em que eu morrer. Não que você vá saber, mas eu te prometo isso, sempre vou lembrar de você como uma pessoa incrível e que merece o mundo, e que fez o meu mundo. Você me fez feliz e eu espero que eu tenha te feito igualmente feliz, que nosso crescimento tenha sido mútuo e nossos sentimentos os mais sinceros possíveis.

Te prometo tentar me conformar com isso o mais rápido possível, se você me prometer ficar bem e ser feliz. Isso é tudo que me importa.

Então uma vez na sua vida, obedeça o seu hyung, seja um bom dongsaeng e seja feliz, tudo bem? Aproveite o máximo da sua vida que você conseguir. E se cuide, não vou estar lá pra ficar cuidando as coisas que você bebe ou faz.

Me promete?

Obrigado por todos os nossos momentos juntos. Você é a melhor pessoa que eu conheço e eu não mudaria um fio de cabelo seu.

Eu sempre vou te amar, Park Chanyeol.

Não me esqueça.

Sempre seu, Byun Baekhyun.

...

Meu anjo, Baekhyunnie

As vezes eu já sinto as coisas escapando da minha memória. As vezes minhas memórias com você parecem mais um sonho do que a realidade, distantes e quase inalcançáveis que eu só sei que são reais quando eu me vejo de frente com você e vejo seu sorriso lindo e seus olhos brilhando. Acho que é disso que vou sentir mais falta de tudo. O som da sua risada, o cheiro do seu perfume, o jeito que você se mexe quando dorme.

Eu morro de medo de me esquecer totalmente de você, sabe? Foi por isso que eu pedi a carta, é um jeito de eu saber que você foi real, que nós fomos reais, um pedacinho de você, da sua mente, dos seus sentimos que eu nunca vou me esquecer. Que vou levar comigo pra sempre. É um promessa que eu te faço no escuro porque nós dois sabemos que eu vou acabar esquecendo tudo que passamos, mesmo que eu não queira, e isso não é uma coisa que eu quero você veja.

Por isso estou indo embora. Por isso estou dizendo esse adeus. Porque, por mais que te doa muito agora, eventualmente vai melhorar e você só vai lembrar do cara idiota da faculdade que te fazia rir e te dava trabalho, mas que também foi a pessoa que mais te amou nesse mundo enorme. Dói em mim também, se você quer saber.

Eu queria muito me lembrar de tudo e não ter que fazer isso. Mas não é uma escolha minha, ou sua, ou de ninguém. Então me deixe algo que eu possa me recordar de tudo que sentimos, do que foi a melhor fase da minha vida.

Então sou eu que te peço, Baekhyun. Não se esqueça de nós dois, de mim, de tudo que fomos. Você é o único que pode, então... se der, só se der, não se esqueça, tudo bem?

Vou me cuidar o melhor que puder e você faça o mesmo e encontre pessoas que te façam bem e que te amem pela pessoa incrível e maravilhosa que você é. Não abaixe a cabeça pra ninguém, você me prometeu isso uma vez e eu ainda não me esqueci. Então cumpra. E seja feliz. Vou fazer o meu melhor pra ser também daqui pra frente. Mesmo que você não esteja do meu lado nesses momentos.

Até hoje, você me fez e me faz a pessoa mais feliz desse mundo e eu espero que a recíproca seja real. Eu te amo mais que tudo, mesmo que um dia eu não vá mais lembrar disso.

Mas eu te amo.

Sempre seu, Park Chanyeol.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...