História Please don't go(Errink) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Papyrus, Sans
Tags Dustberry, Errink, Horrorkiller, Shipis
Visualizações 90
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Padaria


Fanfic / Fanfiction Please don't go(Errink) - Capítulo 2 - Padaria

On ink

Eu acordei feliz da vida, acho que eu nunca fiquei tão feliz assim antes, fui ao banheiro fazer minhas igienes. Quando acabei desci as escadas e o café já estava pronto. Era sempre assim, mamãe acordava, se arrumava, fazia o café, e ia para o trabalho, vida de adulto e cansativo. Peguei o café e comi. Quando acabei, sai de casa e fui direto para a casa de Bluberry e Dream. Chegando lá, vi os dois jogando Mário.

- Sério? Sem mim?! - Falei fingindo que estava triste

- Ah! Desculpa Ink, e que você estava dormindo - Falou Bluberry ainda vidrado no Mário.

- E verdade - conformou Dream que estava como um Zumbi.

- A quanto tempo vocês estão jogando isso? - Perguntei

- a noite toda - Falaram os dois

- Oque?! Vocês são malucos!? Da isso aqui - Falei pegando os controles das mãos deles.

- Ah! Ink, por favor - Falava Bluberry fazendo cara fofa e Dream já estava desmaiado de tanto sono

- Não ! Agora vai dormir! - Falei olhando para Bluberry

- Não tô com sono, aqui e energia! - Falou ele inflando as bochechas.

- não e ponto final! - Falei empurrando ele no sofá - Eu vou comprar café - Foi até a porta, quando vi, ele já estavam dormindo.

Eu estava indo até a padaria, era muito chato andar na rua, alendo mas sozinho. Bem, estava lá no meu caminho, pensando todas as coisas aleatórias que existem…..

"Cara, tô vendo uma série nova de anime: Saitama. Mano, ele e muito legal, um careca estiloso" pensava andando pela rua, até que eu esbarrei em alguém.

- Oh! Desculpa, eu não queria - Falei meio nervoso olhando para a pessoa, e quando eu vi, eu lembrei do um garotinho em meu sonho.

- Não, não. Não tem problema, calma - Falou ele olhando para mim - Oque você está fazendo na rua sozinho? - Perguntou ele

- Estou indo comprar pão para o café - Falei com um sorriso

- Eu também estou, quer ir conversando no caminho ? - Perguntou ele fazendo um sinal com a mão apontando para o caminho

- Claro, por que não? - Felei seguindo o caminho e conversando com ele. - Quantos anos você tem? - Perguntei

- Eu tenho 15 - Falou ele ainda sorrindo, mas desfazendo o sorriso

- eu tenho 14…..por que você ficou triste? - Perguntei mas aínda

- não, nada, vamos. - Falou ele apresando o passo e chegando na padaria mas rápido que eu

- Bem, acho que teremos que mudar o rumo - Falei fazendo uma pequena piada

- "Por favor, não vai" - Falou ele olhando para mim

- Oque? - Perguntei

- Ehhhhh, tenho que ir - Falou ele correndo para uma direção.

Que estranho.

Chegando na casa de Dream e Bluberry, eu joguei o saco de pão na cara deles.

- acorda pra cospir! - Falei gritando no ouvido dos dois

- Não! Deixa eu dormir mas um pouco… :) - Falou Bluberry virando para o lado e abraçando Dream

- Eh! Só um pouco - Falou Dream - Vem aqui - Falou ele esticando o braço.

- Tá bom - Falei deitando junto com eles, e confesso, estava com um pouco de sono e dormir.

Com Error 

Cheguei na casa dos meus amigos muito feliz, eles suspeitaram e perguntaram:

- Oque aconteceu? - perguntou os dois(Dust e Horror) ao mesmo tempo.

- Eu vi um menino, ele tem 14 anos. Ele e muito gatinho e fofo - Falei me deitando no sofá que queles tinham.

- Calma ae "gatinho" ? "Fofo"? Quem e esse com essa magia ? - Falou Dust olhando o amigo com um sorriso

- E o amor! Que me mexe com minha cabeça e me deixa assim! - Horror cantava uma música que conhecia.

- Que bom que achou um menino como você Error! - Falou Dust feliz e Horror batendo palmas.

- mas….eu ainda quero lembrar de uma outra pessoa. - Falou Error fazendo um rosto triste.

- tem milhares de peixes no mar Error.… - Falou Horror deixando o amigo mas calmo

- Não……eu não vou desestir - Falou Error olhando para baixo e meio triste. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...